Blog do Romilson Cuiabá, 04 de Março DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

EM PARANATINGA

Audiência para a concessão de 140 km da MT-130 deverá ser bem tensa

Por 07/10/2019, 12h:46 - Atualizado: 07/10/2019, 13h:37

audiencia paranatinga trecho pedagio 680

Paranatinga está se mobilizando para a audiência pública convocada pelo governo para a próxima quinta (10), com vistas a debater a concessão de mais um trecho de rodovia estadual, desta vez os 140,6 km da MT-130, entre aquele município e Primavera do Leste. Estão previstas duas praças de pedágio.

Várias lideranças locais devem lançar questionamentos e se posicionam contra, o que deve deixar o clima tenso.

Alguns trechos dessa rodovia que recebe tráfego pesado, com centenas de carretas transportando soja, milho e calcário, foram asfaltados, inclusive com concreto, no Governo Dante. Depois teve continuidade sob Blairo Maggi e ficou sem manutenção na gestão Silval. Sob Pedro Taques, a empreiteira Tripolo, da família do deputado Nininho, recuperou alguns trechos, mas hoje há vários buracos e são constantes os registros de acidentes na rodovia.

A audiência acontece na Câmara Municipal, a partir das 14 horas. Vão estar presentes agentes do governo, especialmente da secretaria de Infraestrutura e Logística, como o secretário Marcelo Padeiro, o adjunto de Logística e Concessões, Huggo Waterson dos Santos, e o superintendente de Gestão de Concessões, Jossy Soares.

O governo diz levar em consideração o que é debatido nessas audiências, tanto que as respostas serão publicadas após o evento para consulta dos interessados. A concessão envolve recuperação, manutenção, implantação de melhorias e operação.

Já são oito trechos de MTs sob administração da iniciativa privada. As concessionárias, que exploram ao todo 673,7 km, cobram de pedágio entre R$ 4 reais e R$ 7,90. E a ideia do Palácio Paiaguás e entregar outras praças para empresas privadas tocar.

Postar um novo comentário

RUMO A 2022

Quem são as apostas do MDB à Câmara Federal

Por 03/03/2021, 14h:54 - Atualizado: 03/03/2021, 14h:54

valtenir pereira 680

O MDB já possui cinco virtuais candidatos à Câmara Federal, pretende fechar chapa completa com 16 e aposta na manutenção das duas vagas, ocupadas hoje por Carlos Bezerra e Juarez Costa.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Eduarda | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 23h47
    0
    1

    VOLTA DEP VALTENIR PEREIRA,FAZ FALTA ,A POPULAÇÃO QUE ESTA ÓRFÃ DE UM DEP MUNICIPLISTA ,QUE SEMPRE TEVE UM OLHAR DIFERENCIADO COM A POPULAÇÃO

  • Mauro Silva | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 22h06
    1
    10

    Precisamos de pessoa conhecedora e compromissada com as nossas políticas públicas, e, dentre os que conheço, o Valtenir possui esses requisitos.

  • Mauro Silva | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 21h58
    2
    9

    Valtenir é o melhor para Mato Grosso.

RUMO A 2022

MDB pretende eleger ao menos 5 deputados estaduais veja alguns pré

Por 03/03/2021, 10h:24 - Atualizado: 03/03/2021, 14h:56

assis raupp

Atuando forte nos bastidores e com antecedência, o MDB já conta com uma lista de pré-candidatos a deputado estadual. Com chapa completa, chegando a 48 nomes de diferentes regiões, o partido quer garantir ao menos cinco das 24 cadeiras.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • adair ferreira | Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 07h46
    0
    0

    tamb candidato forte pra ganhar a deputado estadual. o ex. vereador ex. diretor administrativo do intermat. ex. prefeito de paranatinga e advogado nosso companheiro CARLINHOS

  • Mauro sergio | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 18h53
    0
    4

    Aqui na região de castanheira foi o deputado q mais trabalhou só Ponte na região foi 7 na área rural

  • reginaldo | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 16h58
    0
    9

    eu voto dr WALACE CERTZA SERA ELEITO.

CÁCERES

Já sob alerta, prefeita parte para reforma com planos de demissões

Por 02/03/2021, 21h:18 - Atualizado: 02/03/2021, 21h:21

eliene liberato 680

A nova prefeita cacerense Eliene Liberato, que recebeu uma bomba de efeito retardado, disse que não tem outra saída senão promover uma reforma administrativa, com enxugamento de cargos e redução do quadro de pessoal, para se enquadrar no limite da lei fiscal.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Valdeir caramujo | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 10h25
    5
    0

    Em épocas de campanhas a conversa era outra mais agora a realidade muda o discurso aí da pra perceber a falta ee conhecimento da gestão mesmo com 8 anos de vice prefeito e para piorar temos aí uma pandemia de promete reduzir o PIB do país com este efeito surpresa termos mais dificuldades no futuro se preparem e apertem os cintos a viagem de 4 anos será bem turbulenta.

  • Olho cacerense | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 09h38
    1
    1

    Olho cacerense, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Joao do Correio | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 08h59
    6
    4

    Amanda Lima, infelizmente no setor público, salvo algumas exceções, quem trabalha são os comissionados (contratados). Veja por exemplo a Unemat, onde os efetivos tem outros negócios, moram em Cuiabá, tem professor morando em Ribeirão Preto e quem está fazendo alguma coisa são os contratados. Então, volte á realidade, vá a prefeitura e veja os "cabos eleitorais", senão estão todos lá trabalhando. Outra coisa, veja a quantidade de servidor efetivo que está de atestado.

EFEITO-DECRETO

De novo, prefeito e governador não se entendem

Por 02/03/2021, 19h:05 - Atualizado: 02/03/2021, 19h:07

emanuel pinheiro mauro mendes 680

Em mais um capítulo de uma relação política conflituosa entre os chefes dos palácios Paiaguás e Alencastro, Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro divergem de novo, desta vez sobre as medidas restritivas para conter a segunda onda do Covid-19.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 15h17
    0
    0

    João , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • januário | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 12h53
    5
    0

    Tem que ser cada um no seu quadrado. O Governador tem que entender que as Prefeituras não são quintais do estado.

  • Lucas | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 08h02
    4
    5

    O prefeito vai se candidatar ao Governo, tá claro isso. Engambelou o povo, durante a campanha dizendo que cumpriria o mandato, mas não vai cumprir.

RONDONÓPOLIS

Prefeito não repassa R$ 3,5 mi para Santa Casa e MPE é acionado

Por 02/03/2021, 15h:43 - Atualizado: 02/03/2021, 15h:48

ze do patio 680

A Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis ingressou com uma representação na 1ª Promotoria de Justiça contra o prefeito Zé do Pátio. Propositalmente ou não, a prefeitura vem atrasando em demasia os repasses ao hospital de recursos estaduais e federais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ARIOSVALDEZ RODRIGUES DE LIMA | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 18h32
    2
    1

    Nenhuma novidade...

EXÉRCITO EM MT

Sede do 9º BEC será mesma transferida para Sinop

Por 02/03/2021, 06h:32 - Atualizado: 02/03/2021, 06h:34

nono bec sinop 680

O 9º BEC terá mesmo sua sede transferida de Cuiabá para Sinop.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Bainho | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 11h39
    11
    8

    Creio que no local deveriam criar uma escola militar. E quem está comentando mal do EB não sabe o que quer dizer Segurança Nacional. Todos os países por mais pobre que sejam, mantêm suas forças armadas, pois é uma das instituições de defesa mais antigas do mundo.

  • Dra Edna de Oliveira | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 10h11
    15
    13

    Alguém poderia informar por que temos que sustentar esse exército inútil com nossos impostos? Os caras não trabalham. Ficam no ar condicionado e aposentam cedo.

  • oscar domingues | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 09h33
    15
    4

    Alguém saberia informar quantos milhões mensais são gastos em Cuiabá, no comercio local e em soldos, para manter a estrutura do IX BEC?

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2677