Blog do Romilson Cuiabá, 25 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

PELO PACTO FEDERATIVO

Fim de municípios sem autonomia financeira; parabéns, Bolsonaro

Por 05/11/2019, 23h:00 - Atualizado: 05/11/2019, 23h:11

Isac Nóbrega

bolsonaro 680

Muita oportuna a iniciativa do presidente Jair Bolsonaro de apresentar uma PEC no Senado para reduzir o número de municípios pequenos e que não têm autonomia financeira.

Nada mais justo e coerente do que aqueles com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total serem incorporados pelo município vizinho. Afinal, não conseguem sobreviver sozinhos.

Dos 5.570 municípios no país, 1.253 deixariam de existir, 34 deles em Mato Grosso.

Por aqui, nas décadas de 80 e 90, a Assembleia Legislativa, então com autonomia para tal, promoveu uma verdadeira farra política e eleitoral com criação de novos municípios. Para se ter ideia, em uma única data (13 de maio de 1986), os deputados transformaram 23 distritos em municípios.

Prefeitos com pires nas mãos vivem pedindo socorro aos governos estadual e federal. E, às vezes, lideram protestos. Querem mais recursos. A tal marcha dos prefeitos a Brasília já está na 22ª edição.

Veio em boa hora, em meio à discussão do Pacto Federativo, a proposta de manter apenas municípios que conseguem sobreviver com as próprias pernas. Pena que a fusão, se aprovada pelo Congresso, só começaria a vigorar a partir de 2026. Por essa posição de coragem e pela busca de medidas que geram economia, o presidente da República merece parabéns.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • carlos Luiz Milhomem de Abreu | Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019, 16h22
    0
    3

    É um assunto interessante. Não creio que a solução é extinguir municípios do interior de Mato Grosso sem qualquer estudo pois entendemos que o interior com as pequenas cidades proporcionam maior e melhor qualidade de vida. Faz tempo que o Governo não se faz ação de desenvolvimento de negócios regionalizados, levando oportunidade para que o povo saiam dos grandes centros e vão a busca de oportunidades. Gastam-se grandes quantias de dinheiro e coisas que não tem retorno.

  • ORLANDIR GONÇALVES CAVALCANTE | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 17h17
    3
    8

    kkkkkk meu Deus a idiotice é tanta que este tipo de medida recebe nota de "bem feito" kkkk Estamos no fundo do poço esmo.... onde tem um olho é rei kkkk adooooooro esta descida ao subterraneo ... está sendo tudo muito didático.... Aprenderemos com dor e sofrimento em nome de um mito kkkkk

  • Julho | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 11h21
    24
    6

    Só essa medida já justifica meu voto no Bolsonaro e olha que sou de um desses município que será incorporado. Não tem a mínima condição de caminhar sozinho, totalmente dependente do estado e da união, o pouco que tem é consumido na folha de pagamento de um número excessivo de funcionários e cabides aspones que de nada serve.

VAIDADES

Disputa de ego entre 2 entidades faz ministra cancelar agenda em Cuiabá

Por 24/09/2020, 16h:25 - Atualizado: 24/09/2020, 16h:29

antonio galvan normando corral

Antonio Galvan, da Associação dos Produtores de Soja, e Normando Corral, que dirige a Federação da Agricultura

Uma disputa pelo protagonista do que seria a construção de uma agenda para a ministra Tereza Cristina (Agricultura) em Cuiabá, envolvendo a Famato e Aprosoja, as duas maiores entidades do agronegócio, acabou jogando por água abaixo a tal programação.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Sem terra de Poconé | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 21h20
    1
    0

    02 pessoas que usam às instituições em benefício próprio. Normando Corral toca a FAMATO dando mordomia e beneficies a seus “amigos”, já Galvan é tido como louco é extremamente vaidoso.... O agro tá muito mal representado nesse momento...

MORTE OU VIDA POLÍTICA

A incógnita Pedro Taques

Por 24/09/2020, 11h:49 - Atualizado: 24/09/2020, 11h:54

pedro taques 680

A resposta das urnas a ser dada a Pedro Taques em 15 de novembro, como um dos 11 candidatos a senador, representará a sua morte política ou então o consagrará como aquele que conseguiu dar a volta por cima.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • luizitosales@gmail.com | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 14h18
    13
    5

    Sou servidor público e tive o desprazer de participar de uma reunião com esse indivíduo quando ela estava (ainda bem) governador. Impressionante a arrogância, prepotência e falta de humildade. Se depender do meu voto, vai continuar no ostracismo político.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    10
    12

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    7
    10

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

EM CUIABÁ

PSB deixa Emanuel e espera sim do Paiaguás para fechar com França

Por 24/09/2020, 09h:54 - Atualizado: 24/09/2020, 09h:57

adilson levante 680

O PSB pulou do palanque à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, deixou a chapa de 38 candidatos a vereador numa saia-justa e está esperando sinalização do Palácio Paiaguás para ver se fecha mesmo aliança com Roberto França (Patriota).

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Candidata | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    Nota mentirosa. PSB está firme com Emanuel. Nunca se uniria a Mauro Mendes

  • Psdbista | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    MAIOR MENTIRA DO PLANETA. RUSSI SABE QUE O DEM SAÍRA MAIS PERDIDO QUE CACHORRO QUE CAIU DE MUDANÇA E NÃO IA ESTRAGAR A CHAPA DO PSB. DIVULGUEM A VERDADE

  • Ojusticeiro | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 15h15
    5
    0

    Na política vale tudo..... olha Máxi dando pitada na política cuiabana QUA. QUA QUA ele vai e nos eleitores não mais QUA

VISITA

Ministra em agenda do agro em Cuiabá

Por 23/09/2020, 22h:46 - Atualizado: 23/09/2020, 22h:50

tereza cristina 680

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) visita Cuiabá na próxima segunda (28).

Postar um novo comentário

SOJICULTORES

Aprosoja vai renovar diretoria e, por enquanto, um se lança à presidência

Por 23/09/2020, 20h:01 - Atualizado: 23/09/2020, 20h:07

fernando cadore 680

Com cerca de 7 mil associados, a Aprosoja-MT, entidade que representa a categoria de sojicultores que detém o maior peso da economia estadual, escolherá seu novo presidente e outros 11 da diretoria em 9 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Juscileide Kliemaschewsk Rondon | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 19h27
    0
    0

    Bando de canalhas! Se serviram da EMBRAPA, empresa brasileira pública para começar o plantio da soja no estado e agora jogam pedra nos serviços públicos!

  • Caio Oliveira | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 21h06
    6
    0

    Aproenoja...

  • Jose | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h55
    6
    1

    A aprosoja ao invés de se preocupar com as queimadas fica fazendo propaganda pra reforma administrativa

PLANTAÇÃO E COLHEITA

A estratégia de Mauro para 2021

Por 23/09/2020, 15h:25 - Atualizado: 23/09/2020, 15h:30

mauro mendes 680

Independente da busca ou não da reeleição, Mauro Mendes está convicto de que, a partir do próximo ano, irá elevar a popularidade, inclusive em setores, como do funcionalismo público e do agronegócio, que torceram o nariz e fizeram protesto contra o governo por causa das reformas implementadas.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • ROGERIO SENA DA SILVA | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h25
    1
    0

    Tá achando que o servidor público é bobó chera chera. Perdemos poder de compra sem RGA e agora diminuiu nosso salário com aumento da alicota previdenciária. Muitos estão com dificuldades pra comprar remédios e entrando em empréstimos. Não esqueceremos terá o mesmo fim de Pedro

  • Charles Dias | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 11h53
    6
    1

    Nunca mais terá o meu voto, enganou os servidores público, não taxou o agronegócio e ainda taxou os Pensionista e Aposentados 14% na alíquota previdenciária. A corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Se o Roberto França eleger para Prefeito vai acontecer a mesma coisa, apoiado por Mauro MENTE!!! ABRE O OLHO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL!!!

  • Marlan | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h15
    4
    9

    ...QUE OS ANJOS DIGAM AMEM...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2605