Blog do Romilson Cuiabá, 02 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Mensaleiro

Defesa recorre de decisão e tenta evitar demissão de Henry do cargo no IML

Por 02/04/2014, 08h:10 - Atualizado: 02/04/2014, 08h:30

O advogado Jair de Oliveira Lima, que defende o ex-deputado federal Pedro Henry (PP), interpôs embargo junto à 2ª Vara Criminal de Cuiabá, sob Geraldo Fidelis Neto, e tenta reverter a decisão que determina a demissão imediata do mensaleiro do cargo de médico legista na Diretoria Metropolitana de Medicina Legal, em Mato Grosso.

Segundo o advogado, agora a defesa deve aguardar o magistrado apreciar a matéria para, então, tomar as medidas necessárias. “Não dá para ter expectativa. Temos que fazer o nosso trabalho e aguardar a decisão do juiz”, disse em entrevista ao Rdnews. A sentença contra o progressista foi proferida na semana passada, quando o magistrado acatou parecer do Ministério Público que, em seu parecer, destacou que a decisão do STF é muito clara no tocante a perca do direito a ter cargos públicos.

Henry renunciou ao mandato de deputado federal, mas solicitou o retorno para a rede pública estadual, onde é concursado. O ex-deputado foi condenado pelo Supremo a 7 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do Mensalão. Cumpre a pena na Polinter, em Cuiabá em regime semi-aberto.

Ele também é coordenador administrativo do hospital Santa Rosa, instituição privada. Anteriormente, chegou a pedir para trabalhar em esquema de plantão aos domingos no IML e estudar medicina hiperbárica, no entanto, foi negado pelo juiz Fidelis. O magistrado entendeu que havia incompatibilidade da pretensão de Henry, pois o cumprimento da pena seria reduzido abaixo do mínimo, o que estimularia, inclusive, a impunidade. 

Postar um novo comentário

GOVERNO MAURO

Secretário numa corda bamba

Por 02/06/2020, 17h:14 - Atualizado: 0min atrás

nilton borgato 680

Com a desistência de Faissal de entrar no staff do governo estadual, Nilton Borgato ganhou um certo fôlego como secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, mas está sufocado, andando numa corda bamba.

Postar um novo comentário

NAS ARTICULAÇÕES

Recuo do CREA para pleitear candidatura de vice-prefeito

Por 02/06/2020, 10h:56 - Atualizado: 06h atrás

juarez samaniego 680

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Cuiabá, Juarez Samaniego, cogita recuar da candidatura a presidente do Conselho Regional de Engenheira e Agronomia de Mato Grosso (CREA), marcada para 15 de julho.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Jones | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 14h41
    0
    0

    Não tenho dúvidas que João Valente é o melhor candidato, fez os funcionários do CREA trabalhar, alguns estavam acostumados a só receber salário e ficar sem fazer nada. O CREA com Valente voltou a ser o que deveria ser sempre, Forte e Atuante.

  • Jerônimo David dias de campos neto | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 13h47
    0
    0

    Está reportagem demostra que este não tem compromisso com a classe e sim com sua pessoa buscando assim um espaço para da bem

  • Jerônimo David dias de campos neto | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 13h09
    0
    1

    Está reportagem demostra que este não tem compromisso com a classe e sim com sua pessoa buscando assim um espaço para da bem

FUTURA MESA DA ASSEMBLEIA

Botelho arrasta negociação para fechar chapa; 12 disputam 7 cargos

Por 01/06/2020, 18h:29 - Atualizado: 01/06/2020, 18h:35

eduardo botelho 680

Eduardo Botelho entra nos 10 últimos dias para a eleição da Mesa Diretora arrastando as negociações e tendo de conviver com queda-de-braço entre colegas por espaço. Há 12 deputados, metade da composição da Assembleia, disputando sete cargos na Mesa.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Jedae | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 08h12
    4
    0

    Todos querem uma boquinha nessa farta teta!

BOLSONARISTA

Ex-suplente "mordido" com Selma por criticar filho de Bolsonaro ouça

Por 01/06/2020, 15h:06 - Atualizado: 01/06/2020, 15h:26

beto possamai 680

O sojicultor de Sorriso, Beto Possamai (PSL), ainda não digeriu a cassação e, em especial, a falta de habilidade política da ex-senadora Selma Arruda, de quem foi primeiro-suplente e financiador milionário da campanha feita, em parte, com caixa 2.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jose | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 12h02
    2
    0

    a selma achou que era a dona do pedaço

  • Amaral antunes | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 22h35
    7
    0

    Possamai foi um fantoche, usaram a grana dele, e só. O ruim é que ele acreditou nessa gente...dançou gsucho...

  • USIEL | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 19h16
    7
    16

    Eu não quero saber, mais de Shelma Arruda, nem do Piveta ou do Faváro, eu já tô na luta pela eleição para o Senado, do Julio José de Campos, o 251. O resto é resto..kkkk

EMBATE EM VÁRZEA GRANDE

Jayme quer "esticar" mandato e Flávio fala em quebrar os Campos

Por 01/06/2020, 12h:13 - Atualizado: 01/06/2020, 18h:47

flavio vargas 680

Enquanto o senador Jayme Campos se movimenta em Brasília pela prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores, o que beneficiaria a esposa Lucimar com mais dois anos à frente do Paço Couto Magalhães, o empresário Flávio Vargas está em pré-campanha à sucessão em Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Pato rocco | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 15h41
    0
    0

    Várzea Grande não teve sorte com os forasteiros.

  • JULIA NERIS DE CARVALHO DE FREITAS | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 15h36
    0
    0

    mato grosso precisa de sangue novo...politica do coronelismo precisa chegar ao fim.

  • João Vacarias | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 15h54
    0
    0

    João Vacarias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

PREOCUPAÇÃO

Pais e crianças pedindo esmolas logo cedo nos semáforos em Cuiabá

Por 31/05/2020, 22h:03 - Atualizado: 31/05/2020, 22h:06

sos 680

É de partir o coração a cena de crianças, logo cedo, por volta de 7 horas, inclusive acompanhadas e exploradas pelos pais, pedindo esmolas ou qualquer outro tipo de ajuda a motoristas nos semáforos em Cuiabá. Alguns são oriundos de outros países, como Venezuela.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • AMLID | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h58
    3
    1

    POIS É , AO CONTRÁRIO DE ALGUNS QUE PODEM USAR O CORONAVOUCHER!!! Nestes caso, só lhes resta pedir e certamente é melhor que roubar ou vender outros acessórios. No caso, seria profissão roubar, vender drogas...... Veja a situação "in loco" antes de emitir opiniões sem quaisquer humanidades.

  • Walter liz | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 09h49
    9
    2

    isso infelizmente virou " Profissão ", e as autoridades não se mexem para resolver

  • AMLID | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 08h16
    7
    3

    ONDE ESTÁ O INSTITUTO MAGGI E SEUS COLABORADORES. ACASO A FOME TEM NACIONALIDADE? TALVEZ ESTA POPULAÇÃO NÃO RENDA VOTOS. Talvez fosse o momento de menos marketing e mais atitudes. Se perdermos um minuto do nosso precioso tempo(assim falam alguns) e conversem com estas pessoas. Alguns possuem nível superior, são profissionais qualificados em seus países e aqui é uma população invisível, assim, como os haitianos e tantos outros. O que nos dá enjoo é saber que muito usam da miséria humana para se tornarem brilhantes marketeiros. FAÇAM E QUE A MÃO DIREITA O QUE A ESQUERDA NÃO VEJA!!!!!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2550