Blog do Romilson Cuiabá, 02 de Março DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Divergências

Democratas criticam governo Maggi, mas não deixam cargos

12/01/2010, 20h:51 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

  O DEM do pré-candidato a governador Jame Campos enfrenta uma situação contraditória e não está nem aí por isso. Seus líderes descem o pau no governo Blairo Maggi, como aconteceu no encontro do partido no último sábado em Poconé, mas posam de aliados da administração e, de quebra, ainda mantêm dezenas de filiados empregados em cargos de DAS na máquina. O presidente da Empaer, Leôncio Pinheiro, por exemplo, é um dos indicados do DEM (ex-PFL). Sua irmã Rosalina, embora efetiva, ocupa posto de diretoria da mesma empresa e pertence aos quadros do partido dos irmãos Jayme e Júlio Campos.

     Adriana Corrêa da Costa Monteiro, esposa de Leonardo Leão, assessor no Senado de Jayme, é secretária-adjunta de Ciência e Tecnologia. Ela é filha de Filinto Corrêa da Costa, ex-secretário de Estado de Saúde da gestão do próprio Jayme, e irmã do advogado João Celestino Corrêa da Costa, advogado do senador democrata. O prefeito de Nossa Senhora do Livramento, que no encontro dos democratas em Poconé, acusou o governador de menosprezar os prefeitos e de não atender pleitos dos municípios, tem o primo Valter Sampaio empregado na pasta de Infraestrutura como diretor do departamentode Pontes. Eduardo Abelara Vizoto, genro do ex-governador e ex-senador Júlio Campos, um dos caciques do DEM, foi nomeado há dois meses como chefe do Escritório de Representação do governo Maggi em Brasília.

     Desse modo, ao mesmo tempo que democratas atacam o governo e sinalizam para formação de bloco de oposição com o tucanato, capitaneado pelo prefeito de Cuiabá Wilson Santos, pré-candidato a governador, não abrem mão de cargos na administração. Os deputados democratas Gilmar Fabris, Dilceu Dal Bosco, José Domingos e Chica Nunes (ex-PSDB) não se mostram tão críticos ao governo como Júlio e Jayme para preservarem os seus apadinhados em postos estratégicos da máquina estatal. E, assim, o DEM caminhas sem rumo, esperando as convenções. Atira para todos os lados. Ora defende candidatura de Jayme à sucessão estadual, ora se mostra aliado do ex-adversário político Wilson e, ainda, não descarta uma outra hipótese: a de se manter no arco de aliança do PR de Maggi e vir a subir no palanque do peemedebista Silval Barbosa, que assume o Paiaguás a partir de 31 de março e concorrerá a governador.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • JOAO | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 22h13
    1
    1

    voces nào estao entendendo...O Jaime tem credibilidade e respeito dos Mato grossensses,é um politico comprometido c om seu povo.Tão responsavel que apoiou o Blairo em 2002,e sò rompeu com o Blairo por que o mesmo so pensou nos negocios .Esqueceu de que quem elege o politico é o povo,que precisa de saude , educaçao e segurança de qualidade.O blairo entrou no governo como o rei da soja e virou o rei do mundo,com o nosso suor e nossas lagrimas.

  • O PEDRO | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 21h57
    1
    1

    É JAIME DE NOVO,COM A FORÇA DO POVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Jerê | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 13h35
    0
    2

    Jaime, pode vir quente porque nós estamos fervendo. Lá, nas urnas, te daremos o que você merece!!! Toda nossa economia ficará comprometida e não teremos mais investidores querendo vir para MT porque você atrasa o pagamento de funcionários e não é bom administrador. Vocês, Campos, já tiveram chance e nada fizeram. Acabou!!!

EXÉRCITO EM MT

Sede do 9º BEC será mesma transferida para Sinop

Por 02/03/2021, 06h:32 - Atualizado: 01h atrás

nono bec sinop 680

O 9º BEC terá mesmo sua sede transferida de Cuiabá para Sinop.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Caio junior | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 07h28
    0
    0

    Véio caronero

EM CÁCERES

Ex-prefeito empurra dívidas e complica caixa da sucessora

Por 01/03/2021, 21h:35 - Atualizado: 01/03/2021, 21h:39

francis maris 680

O ex-prefeito de dois mandatos de Cáceres, Francis Maris, propaga até hoje que deixou R$ 33 milhões em caixa. Ele só não comenta que esse dinheiro ficou carimbado e será insuficiente para cobrir tantos compromissos e dívidas milionárias.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Regina Mendes | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 22h45
    2
    6

    Essas informações não são oficiais e a prefeitura não confirma. O ex-prefeito Francis tem como provar o que deixou na conta. Vamos fazer jornalismo sério!

NA ASSEMBLEIA

Deputado abandona chapéu após operação da PF

Por 01/03/2021, 19h:24 - Atualizado: 01/03/2021, 19h:26

nininho 680

Empresário, pecuarista, ex-prefeito de Itiquira e deputado pelo terceiro mandato, Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), abandonou o chapéu de palha que o acompanhou há anos nas sessões na Assembleia e nos eventos públicos.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Zeca Valeiro | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 07h27
    0
    0

    Sujeito sem noção de civismo. Chapéu é usado para cobrir sol, sereno, até pequena chuva. É apetrecho, não é peça de vestuário para se usar no trabalho na AL ou em qualquer lugar fechado.

  • Saulo | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 22h44
    8
    0

    E famoso, ganhou até um nome da operação da PF, acontece que tem imunidade, dificilmente vai preso.

  • Mato grossense | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 21h56
    7
    6

    Matéria tendenciosa. O deputado abandonou o chapéu faz tempo desde que colocou a mão no bolso e colocou cabelo na cabeça

TESTE DAS URNAS

Um delegado com pretensões políticas

Por 01/03/2021, 17h:14 - Atualizado: 01/03/2021, 17h:15

mario demerval 680

O diretor-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, pode ser uma das novidades dos quadros do governo na disputa por cargo eletivo.

Postar um novo comentário

NO GABINETE

46 assessores de senador de MT ganham quase R$ 500 mil por mês

Por 01/03/2021, 08h:34 - Atualizado: 01/03/2021, 08h:55

wellington fagundes 680

Em um Congresso Nacional que é o segundo mais caro do mundo, onde se consome mensalmente mais de R$ 32 milhões com a folha, perdendo apenas para o dos EUA, o senador mato-grossense Wellington Fagundes tem o privilégio de contar com 46 assessores no gabinete.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Antônio Carlos | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 19h37
    4
    1

    A culpa não é dele ...a culpa é de quem elege ele ...se eu estivesse no lugar dele faria o mesmo!!!...isso é o sistema ...cadê o povo pra ir pra rua protestar...e impedir essa bagunça ...então ..pq só ele é que está errado ...o maior errado é o povo .

  • PAULO | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 19h04
    5
    1

    Infelizmente não tem meu voto, vejo uma pessoa muito ambiciosa para poder assumir um cargo tão importante.

  • joao | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 14h23
    15
    1

    Que maravilha, tudo com o dinheiro do contribuinte. Tem jeito um país assim?.

INFRAESTRUTURA

Sem bancada federal, prefeito vai a Ministério pela duplicação da 163

Por 28/02/2021, 18h:35 - Atualizado: 28/02/2021, 18h:47

roberto dorner 680

O prefeito sinopense Roberto Dorner passou a liderar um movimento que, na prática, deveria ser encampado pela bancada federal mato-grossense, que tem, entre os 11 integrantes, o deputado do município Juarez Costa.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Edilson Almeida | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 08h09
    2
    4

    Não é verdade. O senador Wellington estava com o prefeito Dorner e outros prefeitos do Norte estavam na mesma audiência com o secretário nacional de Transportes Terrestres

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2676