Blog do Romilson Cuiabá, 26 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Depois da Asafe, Operação Ararath é a 2ª a colocar os Poderes em "cheque" - confira

Por 08/06/2014, 12h:27 - Atualizado: 08/06/2014, 12h:31

Davi Valle/Rdnews

ARARATH.jpg

Documentos apreendidos pela PF para investigações acerca da 5ª fase da Operação Ararath em maio

A deflagração da 5ª etapa da Operação Ararath, pela Polícia Federal, não abalou apenas as estruturas da cúpula política de Mato Grosso, mas também colocou em “cheque” membros de instituições responsáveis por fiscalizar e investigar a existência de irregularidades cometidas, inclusive, por agentes públicos.

O impacto, dependendo dos desdobramentos da investigação, pode provocar estragos similares ao da Operação Asafe, deflagrada em 2010, e que trouxe à tona a existência de possível esquema de venda de sentenças no Estado, manchando a imagem do Judiciário, que ainda se recupera. Ocorre que, além da Asafe, magistrados foram punidos com aposentadoria compulsória, no mesmo ano, pelo CNJ em decorrência de irregularidades e desvio de R$ 1,5 milhão do Judiciário.

Em relação à Ararath, a situação mais polêmica é a que envolve o Ministério Público, instituição que, até agora, nunca havia tido sua conduta questionada. Muito pelo contrário, a sociedade tinha o MP como fiscalizador da aplicação dos recursos públicos e ferrenha combatente aos chamados crimes do “colarinho branco”.

Agora, justamente o membro do Gaeco, a quem cabe fazer as investigações destes crimes, aparece em gravações telefônicas apontadas como suspeita pela Polícia Federal, em diálogos com Éder Moraes, ex-secretário de Fazenda e tido como o principal articulador de um esquema de lavagem de dinheiro e crimes contra a administração pública no Estado. Além disso, uma planilha com valores que seriam destinados ao pagamento de cartas de créditos para 47 membros foi apreendida na casa de Eder.

A situação tem provocado duros embates internos no MP e, seguramente, arranhou a imagem da instituição, que, mesmo tendo o nome envolvido no caso, continua desfrutando de fé pública, mas que precisa recuperar o total e irrestrito apoio da população. Embora o TCE seja, de forma recorrente, alvo de críticas por conta do fato de parte de seus membros terem chegado ao cargo vitalício por conta de indicações políticas, o Tribunal desperta na sociedade a sensação de que ajuda a fiscalizar a aplicação dos recursos públicos, tomando decisões importantes como a condenação de agentes, tomadas de conta especial e exigência da devolução de recursos.

Agora, com a denúncia de venda de cadeiras, que teria sido comprada por Sérgio Ricardo (ex-deputado), e de supostas negociatas feitas pelo membro afastado Humberto Bosaipo é inegável que as paredes da instituição estão em “cheque”. É bem verdade, entretanto, que não se pode colocar todos os membros e integrantes do Tribunal na mesma panela.

Afinal, o TCE é composto também por um corpo técnico, com auditores, procuradores e membros respeitados. Assim, agora, a missão será árdua, no sentido de “renovar” estes valores e recuperar a imagem do órgão. Enfim, o que a sociedade espera é que toda esta situação faça com que as instituições demonstrem com clareza o que está acontecendo e que, se necessário, cortem na própria carne, demonstrando que, de fato, são órgãos fiscalizadores, inclusive, de si próprios.

Postar um novo comentário

MESA DA ASSEMBLEIA

Negociação de Bezerra para Max abrir caminho à Janaina Riva

Por 26/05/2020, 10h:42 - Atualizado: 05h atrás

carlos bezerra 680

O cacique do MDB, deputado Carlos Bezerra, entrou no circuito para convencer Max Russi (PSB) a desistir de vez da disputa à Primeira-Secretaria da próxima Mesa da Assembleia.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • DE OLHO | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 15h25
    0
    0

    O FRUTO NÃO CAI LONGE DO PÉ !! vejam quem é o pé da JANAINA.

  • Valter | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 15h17
    0
    0

    Será porque a Deputada Janaina Riva está "brigando" para ocupar o cargo da Primeira-Secretaria da assembléia Legislativa? Nesse mato tem coelho,

  • Ze da roça | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 15h15
    0
    0

    A ARMA PODEROSA PRA EXTINGUIR POLÍTICO MUSEU É A NOSSA CONSCIÊNCIA ESTABELECENDO UM CRITÉRIO DE ESCOLHA QUE ELIMINA QUEM JÁ ASSUMIU CADEIRA NO LEGISLATIVO E EXECUTIVO NÃO VOTANDO EM FILHO SOBRINHO AFILHADO DE POLÍTICOS NÃO VENDENDO O PRÓPRIO VOTO POR EMPREGOS E BENS

ARTICULAÇÃO

A investida de um suplente para se tornar secretário de Estado

Por 25/05/2020, 18h:27 - Atualizado: 25/05/2020, 18h:30

oscar bezerra 680

Com a desistência de Faissal Calil do comando da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação e retorno à cadeira na Assembleia, o primeiro-suplente Oscar Bezerra perdeu espaço e ficou sem perspectiva para viabilizar sua candidatura a prefeito de Juara.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Roberto | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 09h06
    3
    2

    Efa Forte, comente sobre a gestão desta família aí em Juara. Luciane Bezerra fez um bom trabalho a frente da Prefeitura?

  • Efa Forte | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 07h53
    6
    0

    Esse cidadão acabou com a carreira política da sua esposa. Nem sei como consegui dormir. Agora quer ser prefeito novamente. É brincadeira esse nosso Mato Grosso. E ainda vai ganhar, pois são muito ricos.

  • Comentarista | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 19h13
    1
    1

    E eu achando que era o adjunto que queria ser

Rondonópolis

Vice nega elo com ex-filiado que denuncia prefeito e vereadores

Por 25/05/2020, 11h:32 - Atualizado: 25/05/2020, 11h:42

ubaldo vice-prefeito 680

O vice-prefeito de Rondonópolis, empresário Ubaldo Tolentino de Barros, que já está no quarto partido em menos de 10 anos de vida pública, tratou de se antecipar, aplicando "vacina" em si próprio,  sobre uma denúncia grave feita pelo radialista e apresentador de TV, Waldemir Costa, contra o prefeito Zé do Pátio e vereadores.

Postar um novo comentário

INSTITUTO FEDERAL

Na disputa à Reitoria, uma ameaça à hegemonia de um antigo grupo

Por 24/05/2020, 22h:39 - Atualizado: 25/05/2020, 07h:33

deiver alessandro ifmt 680

Apoiado pelas chamadas bases de servidores com sentimentos de mudanças, o professor Deiver Alessandro Teixeira, diretor-geral do Campus do IFMT Cuiabá Bela Vista, se tornou uma ameaça à hegemonia do grupo do reitor Willian de Paula, que comanda o Instituto Federal de Mato Grosso há mais de duas décadas, ainda da época da escola técnica e CEFET.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • gislaine.costa2022 | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 22h38
    6
    2

    E vamos de Deiver! A eleição não será fácil. A máquina sempre jogou pesado nas eleições. Olhem as portarias. Tem remoção de servidor acontecendo mesmo com as atividades suspensas! Vamos ficar de olho.

  • Adriana.velas@hotmail.com | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 22h27
    6
    2

    Votar em Júlio é votar em Glaucia, Marcus Taques e Adriano Breuning. Mais 4 anos de retrocesso! PRECISAMOS DE MUDANÇA

  • sabinoafranio2018@gmail.com | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 21h47
    6
    0

    Trabalhei com o professor Deiver em Cáceres. Muito bom ele ter colocado o nome a disposição. Sempre foi muito firme e sério. Não temos reitoria hoje. Já pedi agenda com o reitor duas vezes e sempre dizem que está viajando e se quero falar com a vice reitora. Precisamos de mais respeito com nossa instituição. Na última eleição votei no professor Rui, mesmo não o conhecendo, votei pq ele era da oposição. E nessa eleição, se o professor Deiver dor candidato mesmo terá meu voto e meu apoio.

EFEITO-PANDEMIA

Coronavírus vai matar reeleição de muitos prefeitos

Por 24/05/2020, 21h:27 - Atualizado: 24/05/2020, 22h:57

z� do patio 680

A Covid-19 deve matar o projeto de reeleição de muitos prefeitos, seja por causa de denúncias de irregularidades e má aplicação dos recursos à saúde, seja pela postura adotada em relação à pandemia. 

Postar um novo comentário

CENA RARA

Onça-pintada com filhotes em rodovia de MT veja vídeo

Por 24/05/2020, 21h:25 - Atualizado: 24/05/2020, 22h:15

onca 2 680

Uma onça-pintada, acompanhada de dois filhotes recém-nascidos, despertou atenção de motoristas, que interromperam o trânsito na MT-110, na região da Serrinha, próximo à entrada para São José do Povo, entre Rondonópolis e Guiratinga, para acompanhar e filmar os felinhos na travessia da rodovia estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • elias | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 14h50
    0
    0

    Que lindos..em plena destruição das florestas é bom vermos imagens assim..

  • Adão | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 20h20
    0
    0

    Adão, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Thyago | Domingo, 24 de Maio de 2020, 23h42
    10
    2

    Este felino é um Leopardo e a vegetação não caracteriza o cerrado, temos carros com placas que não são do nosso padrão, e a pessoa responsável pela filmagem não é brasileira, acho que cometeram um engano nesta noticia. https://br.sputniknews.com/videoclube/2020042215487980-felinos-em-aula-leopardo-ensina-filhotes-a-atravessar-estrada-video/

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2546