Blog do Romilson Cuiabá, 30 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Articulação

Deputado avalia que apoio do PR a Taques é conchavo e não terá aceitação popular

Por 02/05/2014, 17h:15 - Atualizado: 03/05/2014, 08h:35

.

deputado_julio_interna.jpg

Júlio Campos diz que para ele o que vale é o que foi acordado em reunião em Brasília

O deputado federal Júlio Campos, que preside o DEM em Mato Grosso, acredita que a política de atrair o PR para a aliança em torno da pré-candidatura do senador Pedro Taques (PDT), ao Governo, não deve prosperar. Para o dirigente, os republicanos são o principal sustentáculo do governo Silval Barbosa (PMDB), onde ocupam quatro secretarias e a adesão ao projeto que inclui PDT, PSDB, DEM, PSB, PPS e PV serve apenas para descredenciar o discurso oposicionista.

Enquanto combate o ingresso do PR na aliança oposicionista, com objetivo de manter o senador Jayme Campos candidato à reeleição na chapa majoritária encabeçada por Taques, o DEM se previne da possível rasteira que está sendo articulada pelo prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), e pelo deputado federal Wellington Fagundes (PR), que sonha com vaga no Senado. Para isso, tenta se colocar com terceira via numa aliança com possibilidade de atrair outras siglas que querem se descolar do Governo e seus desgastes, mas não se identificam com a alternativa apresentada pelo PDT.

   A terceira via em questão seria Jayme ao Governo sustentado pela aliança que pode incluir PSD, PP, PTB, Pros e até mesmo o PR, caso Wellington seja derrotado no debate interno sobre apoiar Taques. Neste sentido, longe da base governista, restaria ao republicano concorrer ao Senado na chapa majoritária liderada pelo senador do DEM.

Para Júlio, no entanto, ainda vale o que foi acordado durante reunião em Brasília, realizada há cerca de 45 dias, com a presença das principais lideranças dos partidos que apoiam Taques. Segundo o democrata, ficou acertado que o pedetista concorreria ao Governo e Jayme ao Senado. A vice-governadoria ficaria com a deputada Luciane Bezerra (PSB), que além de representar o segmento das mulheres, ainda é do Nortão e ligada ao agronegócio. “Conversei com o senador Taques e ele garantiu que o acordo de Brasília está mantido. Não é porque Mauro e Wellington são amigos e têm interesses empresariais conjuntos que nossa aliança será inviabilizada”, declara Júlio.

Além disso, o deputado afirma que o possível apoio ao senador, costurado por Wellington, serviria somente para rachar o PR. Na avaliação do democrata, a bancada republicana na Assembleia e os prefeitos da legenda não apoiariam o pedetista por serem leais a Silval. Assim, acredita que menos da metade do partido aceitaria aderir à candidatura da oposição. Por fim, Júlio dispara que o apoio de PR a Taques é um conchavo que será rejeitado pela população. “Nos anos 90, eu tinha 53% nas pesquisas para governador. Fiz aliança com Bezerra [Carlos Bezerra, do PMDB] e perdi a eleição. O povo não gosta de alianças entre adversários”, conclui. 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Eraldo | Sábado, 03 de Maio de 2014, 16h41
    2
    2

    A família campos sempre teve o PSDB de Mt, e principalmente o Dante como adversário, havia críticas pesadas de ambos os lados. Hoje, todavia estão do mesmo lado. O poder fala mais alto.

  • Edmotta | Sábado, 03 de Maio de 2014, 06h53
    5
    1

    parabéns deputado pela visao esse pr afudou o governo eles nao tem moral o senador nao pode jamais fazer isso aproximar fica sem discurso e nao ganha eleiçao

  • Luiz | Sexta-Feira, 02 de Maio de 2014, 23h58
    4
    1

    É verdade, se Pedro Taques juntar-se com o PR, estará fadado a derrota, de mesma forma que ocorreu em Tangará da Serra, com partidos fortes apoiando o candidato do PR a Prefeito.

HOMENAGEM

Turma do Pedal e 64 anos de Blairo

Por 29/05/2020, 19h:48 - Atualizado: 09h atrás

pedal blairo 680

Mesmo fora da vida pública, Blairo Maggi continua bastante prestigiado, carrega conceito de bom gestor e se tornou referência para muitos políticos de MT.

Postar um novo comentário

Rondonópolis

Ato anti-vereadores por enterro de CEI terá pizza de 10 metros

Por 29/05/2020, 17h:45 - Atualizado: 29/05/2020, 17h:53

cei rondonpolis 10

Vereadores de Rondonópolis, uma das cidades mais politizadas do Estado, enterraram no último dia 22 um pedido de investigação contra o prefeito Zé do Pátio e, com isso, provocaram a ira do Movimento Popular, que neste sábado realiza um ato de protesto na praça Brasil.

Postar um novo comentário

LEGISLATIVO

Deputados perdem tempo com projetos inconstitucionais

Por 29/05/2020, 11h:47 - Atualizado: 29/05/2020, 11h:51

Fablício Rodrigues

assembleia fachada 680

Vários deputados têm se debruçados em propostas que, ao final, resultam em nada de concreto. Não se atentam à constitucionalidade dos projetos, mesmo tendo à disposição corpo jurídico.

Postar um novo comentário

PÓS-CASSAÇÃO

Ex-senadora agora monta escritório advocatício com 2 ex-assessores

Por 28/05/2020, 21h:55 - Atualizado: 29/05/2020, 07h:56

selma arruda 680

Juíza aposentada e senadora com mandato prematuramente cassado neste ano por crimes eleitorais, Selma Arruda ainda não conseguiu licença da Ordem para atuar como advogada.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Reginaldo Povoas | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h47
    4
    6

    Não preocupe não, em dezembro terá a eleições para o Senado, e esse Senador-BIONICO Carlos Favaro será expurgado do Senado, pelo cidadão Júlio José de Campos, que é um homem preparado e popular, que vai ocupar com dignidade o lugar da Dra Shelma Arruda. Xau Favàro, o breve.

  • Saulo | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h36
    6
    10

    Senadora Selma, tá muito claro a manobra pro Favaro assumir, Eduardo Cardoso petista era seu advogado, Tofoli que deu a liminar também petista, isso é vergonhoso, tem que ter um meio de denunciar isso.

EM RONDONÓPOLIS

Governo Bolsonaro ama índio, diz ministra em MT veja

Por 28/05/2020, 18h:44 - Atualizado: 28/05/2020, 18h:50

damares discurso 680

A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), com um cocar sobre a cabeça, arrancou aplausos em Rondonópolis nesta quinta ao dizer que estava ali realizando a maior obra do Governo Bolsonaro, que é cuidar de vidas.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Aldo | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h54
    3
    0

    Não sei quem é mais sem noção, quem fala isso ou quem acredita! Brasil a deriva.

  • Leonildo | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 21h09
    9
    3

    Que mentira!!!! E a boiada acredita....

  • Alberto | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h47
    7
    1

    Bolsonaro ama índio? Kkkkkk. Quem foi que disse que a cavalaria americana, ao contrário da nossa, foi competente ao exterminar os índios americanos.

EM RONDONÓPOLIS

Senador é ignorado e deixa ato constrangido

Por 28/05/2020, 13h:01 - Atualizado: 28/05/2020, 13h:09

damares favaro 680

O senador Carlos Fávaro (PSD) passou o maior constrangimento hoje, em Rondonópolis, durante ato de entrega de alimentos e máscaras faciais a povos indígenas com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Humberto Nunes (cerimonialista) | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 10h55
    2
    2

    Falta de respeito e ignorantes em protocolo e cerimonial, Senador é mais importante que Deputados, Prefeitos ou Secretários de Estado. O Sen.Carlos Favàro deveria ter retirado do local imediatamente em protesto pelo desacato. Falhou também o seu colega Wellington Fagundes em não chamar atenção do Cerimonial, pois a ofensa não foi ao cidadão Favàro mais sim a instituição Senado Federal.

  • Cristiano | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 16h08
    9
    25

    Medeiros é o candidato do Bolsonaro ao senado!

  • Lourinil | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h56
    18
    34

    Ele estava no lugar errado. Nem senador é só está na cadeira pq fez manobras , o jeitinho para estar lá. O lugar é legalmente da juíza que foi tirada , na proxima eleição Coronel Fernanda a candidata do Presidente

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2549