Blog do Romilson Cuiabá, 02 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Ararath

Deucimar diz que a Polícia Federal só fez estardalhaço com prisões de Riva e Silval

Por 26/05/2014, 18h:38 - Atualizado: 27/05/2014, 16h:43

Rdnews

Deucimar Silva

 Deucimar Silva, que é suplente do PP,  ocupa a cadeira de Ezequiel Fonseca 

O deputado estadual  Deucimar Silva (PP)  afirmou em entrevista ao Grupo Rdnews, na manhã desta segunda (26), que os desdobramentos da 5ª etapa da Operação Ararath foram desnecessários da forma como aconteceram. O parlamentar, que ocupa a vaga de Ezequiel Fonseca (PP) na Assembleia, disse que a Polícia Federal fez um estardalhaço desde a residência do governador Silval Barbosa (PMDB), onde cumpriu mandado de busca e apreensão na última terça (20).

“Todo mundo acompanhou o governador ser dirigido à Polícia Federal por causa de uma arma que estava em sua casa com o porte vencido. E a polícia, na cidade inteira, com a sirene ligada”, destacou. A PF chegou a dar voz de prisão ao chefe do Executivo, que pagou fiança e foi liberado.

Deucimar também critica a prisão do deputado estadual José Riva (PSD) e a postura do ministro do Supremo, Dias Toffoli, responsável por mandar prender o social democrata. “Você vai lá, prende, massacra, algema e depois ainda fala que errou?” questiona, se referindo à decisão de Toffoli de soltar Riva após entender que o deputado tem foro de parlamentar e que, por isso, não poderia ter sido preso. “Se um cidadão deve tem que pagar pelos seus erros, mas não dessa forma como massacraram ele”, completa.

Embora não aprove a atuação das autoridades envolvidas na operação, Deucimar salienta que não defende Riva enquanto deputado, mas sim na condição de cidadão. “Foi desnecessário, tanto com Riva quanto com o governador. Quem paga por tudo isso é a família”, ressalta.

O progressista lembra que combatia questões como essa enquanto foi presidente da Câmara de Cuiabá. Na época em que presidiu a Mesa Diretora conduziu o processo de cassação dos ex-vereadores Lutero Ponce e Ralf Leite. “Hoje se você me perguntar se eu faria tudo aquilo, eu não faria de novo. A sociedade cobra muito, mas na hora de ter estar ao lado para ajudar a apurar tudo, não está”, critica.  

 Além disso, o deputado sugere que a população deve ser mais compreensiva com a classe política, porém reconhece que os representantes são vistos com maus olhos. Por outro lado, Deucimar garante que “quem trabalha muito, erra muito, quem trabalha pouco, erra pouco, quem não trabalha, não erra. Se você trabalha muito, chega ao ponto em que erra muito. Essas coisas acontecem”. 

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Kiko Cuiabano | Terça-Feira, 27 de Maio de 2014, 15h17
    3
    1

    Com os contratos que possui junto ao governo do estado, não é surpresa alguma esse indivíduo sair tão ardorosamente em defesa do governador.

  • Zé Poxoréo | Terça-Feira, 27 de Maio de 2014, 13h10
    3
    1

    Depois de tantas evidências, tiveram foi sorte seu Deucimar, se fosse no Irã teriam se dado muito mal! E essa conversa de que “quem trabalha muito, erra muito, quem trabalha pouco, erra pouco, quem não trabalha, não erra". Se é do jeito que as investigações estão apontando então para o bem da população seria melhor que ficassem em casa recebendo sem fazer nada. O Custo seria bem menor!

  • Paulo Cesar | Terça-Feira, 27 de Maio de 2014, 13h01
    4
    1

    Perdeu a oportunidade de ficar calado!!!

FUTURA MESA DA ASSEMBLEIA

Botelho arrasta negociação para fechar chapa; 12 disputam 7 cargos

Por 01/06/2020, 18h:29 - Atualizado: 01/06/2020, 18h:35

eduardo botelho 680

Eduardo Botelho entra nos 10 últimos dias para a eleição da Mesa Diretora arrastando as negociações e tendo de conviver com queda-de-braço entre colegas por espaço. Há 12 deputados, metade da composição da Assembleia, disputando sete cargos na Mesa.

Postar um novo comentário

BOLSONARISTA

Ex-suplente "mordido" com Selma por criticar filho de Bolsonaro ouça

Por 01/06/2020, 15h:06 - Atualizado: 01/06/2020, 15h:26

beto possamai 680

O sojicultor de Sorriso, Beto Possamai (PSL), ainda não digeriu a cassação e, em especial, a falta de habilidade política da ex-senadora Selma Arruda, de quem foi primeiro-suplente e financiador milionário da campanha feita, em parte, com caixa 2.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • USIEL | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 19h16
    4
    9

    Eu não quero saber, mais de Shelma Arruda, nem do Piveta ou do Faváro, eu já tô na luta pela eleição para o Senado, do Julio José de Campos, o 251. O resto é resto..kkkk

  • marcos antonio de souza | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 15h41
    10
    2

    Verdade Beto Possamai, vc está corréto, a senadora na verdade realizou um festival de coisas erradas, sem pensar, sem analizar as consequencias, subiu muito pra cabeça, por algum instante se achou a dona do mundo, foi ao delirio, errou em tudo o que fez, e pricilpalmente esqueceu de ouvir os amigos e companeiros, foi um total descontrole em suas ações. A politica é feita de convesa, muita conversa, para o confronto nunca devemos ir, muito dialogo. Foi uma pena, quantas lutas por nada.... Disso tudo fica uma grande lição, nunca devemos humilhar nimguem, aqui se faz aqui se paga.....(sábio ditado popular)....

EMBATE EM VÁRZEA GRANDE

Jayme quer "esticar" mandato e Flávio fala em quebrar os Campos

Por 01/06/2020, 12h:13 - Atualizado: 01/06/2020, 18h:47

flavio vargas 680

Enquanto o senador Jayme Campos se movimenta em Brasília pela prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores, o que beneficiaria a esposa Lucimar com mais dois anos à frente do Paço Couto Magalhães, o empresário Flávio Vargas está em pré-campanha à sucessão em Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João Vacarias | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 15h54
    0
    0

    João Vacarias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • max | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 14h45
    5
    15

    Agora VG é Flavio

  • Israel Borges | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h33
    19
    7

    vamos aguardar flavio so para ver a surra que voce vai tomar

PREOCUPAÇÃO

Pais e crianças pedindo esmolas logo cedo nos semáforos em Cuiabá

Por 31/05/2020, 22h:03 - Atualizado: 31/05/2020, 22h:06

sos 680

É de partir o coração a cena de crianças, logo cedo, por volta de 7 horas, inclusive acompanhadas e exploradas pelos pais, pedindo esmolas ou qualquer outro tipo de ajuda a motoristas nos semáforos em Cuiabá. Alguns são oriundos de outros países, como Venezuela.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • AMLID | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h58
    3
    1

    POIS É , AO CONTRÁRIO DE ALGUNS QUE PODEM USAR O CORONAVOUCHER!!! Nestes caso, só lhes resta pedir e certamente é melhor que roubar ou vender outros acessórios. No caso, seria profissão roubar, vender drogas...... Veja a situação "in loco" antes de emitir opiniões sem quaisquer humanidades.

  • Walter liz | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 09h49
    9
    2

    isso infelizmente virou " Profissão ", e as autoridades não se mexem para resolver

  • AMLID | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 08h16
    7
    3

    ONDE ESTÁ O INSTITUTO MAGGI E SEUS COLABORADORES. ACASO A FOME TEM NACIONALIDADE? TALVEZ ESTA POPULAÇÃO NÃO RENDA VOTOS. Talvez fosse o momento de menos marketing e mais atitudes. Se perdermos um minuto do nosso precioso tempo(assim falam alguns) e conversem com estas pessoas. Alguns possuem nível superior, são profissionais qualificados em seus países e aqui é uma população invisível, assim, como os haitianos e tantos outros. O que nos dá enjoo é saber que muito usam da miséria humana para se tornarem brilhantes marketeiros. FAÇAM E QUE A MÃO DIREITA O QUE A ESQUERDA NÃO VEJA!!!!!

IMPASSE

Entre reeleição e disputa ao Governo

Por 31/05/2020, 15h:40 - Atualizado: 31/05/2020, 15h:44

emanuel pinheiro 680

A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (MDB) vive um impasse político, de olho no presente e pensando no futuro.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Povo otario | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 09h47
    2
    5

    Mané governador e vice Sinval...Riva e Pedro do Taques coordenador de campanha

  • servidora massacrada | Domingo, 31 de Maio de 2020, 21h28
    10
    1

    mil vezes o mané como governador do que esse atual que todo dia trama alguma coisa para retirar algum direito dos servidores publico. em 2022 só vou votar em quem tem compromisso com o servidor publico, chega de apanhar!

  • Maurício coophamil | Domingo, 31 de Maio de 2020, 20h57
    1
    2

    Maurício coophamil, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

FORA DA LISTA

Senador leva reclamação a ministro por constrangimento sofrido em MT

Por 30/05/2020, 21h:33 - Atualizado: 30/05/2020, 21h:40

carlos favaro 680

Inconformado por ter sido ignorado na solenidade da última quinta, em Rondonópolis, com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), o senador Carlos Fávaro levou o caso para Brasília.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Justiceiro | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h37
    1
    0

    Uai esse Brasil aceita tudo um cara que nem eleito foi conseguiram fazer uma gambiarra la em Brasília pra ele tampar a vaga que tomaram no tapetão! Eleitos foram Welington,Jaime Campos, mais esse elemento tá de brincadeira com o povo.

  • Professora | Domingo, 31 de Maio de 2020, 17h16
    10
    0

    Qua fo ganharuma eleição pode reclamar!

  • Ana Amélia | Domingo, 31 de Maio de 2020, 15h02
    21
    2

    kkkkkkkkkk senador do tapetãooooo tem que ser ignorado mesmo

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2550