Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Contraponto

Edivá elogia venda da Travessa do Cotovelo

Edivá Alves   Responsável pelos projetos de readequação do tráfego de veículos da Capital com vistas aos jogos da Copa do Mundo de 2014, o secretário de Trânsito e Transportes Urbanos Edivá Alves (PSDB) saiu nesta segunda (4) em defesa da comercialização da Travessa Tuffick Affi, conhecida como Travessa do Cotovelo, no Porto. O trecho foi vendido em junho pela prefeitura por R$ 1,6 milhão ao supermercado Atacadão, do grupo Carrefour, e gerou polêmica na Capital.

   Em contraposição aos críticos da venda, que destacam a utilização da travessa como opção para as pessoas que pretendem se dirigir à região da feira do Porto, Edivá garante que a medida trará “benefícios incontáveis” para que o tráfego de veículos. "Muita gente já reclamava daquilo lá, achava esquisito o contorno fechado, o risco de colisões. A prefeitura resolveu essa questão de forma definitiva e a contento geral, conforme poderá ser comprovado no ato da operacionalização das mudanças definidas".

   Segundo ele, a travessa vai continuar existindo, mas com novo nome. "Ao contrário do que se propagou ela não foi extinta e, sim, deslocada mais à frente. Vai existir com novo nome. Apenas será fechada na atual localização. Além disso, a pista que liga as avenidas Beira Rio e Prainha passa a ter, pelo nosso projeto, três faixas. Isto significa uma melhoria concreta no trânsito de veículos naquela área".

   Edivá explica que também haverá a pista de acesso ao pátio do supermercado Atacadão que será deslocada para a Prainha. "O supermercado se comprometeu a transferir seu depósito da Avenida XV de Novembro para os fundos da empresa. A grande vantagem desta mudança é o corte definitivo do movimento de carretas que descarregam mercadorias na XV de Novembro e que, consequentemente, trava o fluxo de carros no lugar”.

   Conforme Edivá, os representantes do supermercado se comprometeram a colocar as mudanças em prática até meados de março. O sistema de semáforos da região também será modernizado. “A meu ver, Cuiabá ganha com isso, pois a rua não será extinta, e o movimento de veículos pesados na XV de Novembro vai desaparecer de vez”, assegura.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Souza | Quarta-Feira, 06 de Janeiro de 2010, 07h58
    0
    0

    Esse modismo de vender rua pode ter começado em Nobres (MT), onde um ex-prefeito tentou vender uma rua (Porto Público) e a trama foi descoberta por um vereador. Só que, quem pagou o adiantamento não conseguiu reaver o dinheiro. Tomou um "banho" do então prefeito, entre 97 a 2.000, como contou o vereador que desfez a negociação. Geralmente, quem adquire esse tipo de imóvel são empresas que atuam no ramo de produtos alimentícios, como o Atacadão e o Beco do Cotovelo. Esse Devair, hein?

  • Indio do Brasil Ferreira Araujo | Terça-Feira, 05 de Janeiro de 2010, 01h09
    0
    0

    Vamos Parabenizar nosso Prefeito: Ele resolveu o Problema da Travessa do Cotovelo e Criou um Calcanhar de Aquiles para sua Campanha. Ajuda Ele a chupar essa Manga agora Edivá!!!!!! Tô sentindo que essa Manga vai azeda demais nessa Campanha kakakakkakakaaaaa.Indio do Brasil

  • clarice menezes | Terça-Feira, 05 de Janeiro de 2010, 00h05
    0
    0

    Será que não querem comprar a rua da minha casa e dividirmos com os moradores da rua??????????

  • devair valim de melo | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 22h27
    0
    0

    Parabens, Carlos Santos voce esta com a razao, o orçamento da prefeitura e mais de MIL vezes o valor desta rua e nao vejo ninguem preocupado onde vai parar e como foi usado esse dinheiro, os analfabetos de plantao fica falando o que nao sabe so porque os porcos gritam os outros respondem, na verdade se a prefeirtura desse de graça para o atacadao so para acabar com os perigos que aquele contorno tem ja era lucro para a cidade e ainda recebeu alguns e mais o ATACADAO e um comercio que gera emprego e muitos impostos e mais uma rede bem social, pois vende os produtos mais barato do estado,,,,esses vereadores que falam pelo cotovelo nao merece nem ser reeleitos e o ministerio publico deveria entender mais do assunto para dar seus parecer e denuncias, a obra depois de pronta ficaram todos sem graça,,,,,, Deixa o Homem trabalhar...

  • timoneiro | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 22h16
    0
    0

    MAS VOCE E PEITUDO MESMO EM CARLOS SANTOS ,SO PODIA TER SOBRENOME DE SANTOS,MESMO!!! ENTAO CARLOS SANTOS EXPLICA,A TRANZACAO EM DINHEIRO EM RS 1.600.000.00 HEIM COMO EXPLICAR BATOM NA CUECA HEIM CARLOS SANTOS.

  • Roberto Guiratinga | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 21h49
    0
    0

    Olha povo cuiabano e outros que moram e Cuiabá - o Secrtaria Ediva, merece um LITRO DE OLEO DE PEROBA, para passar na cara e dos demais Secretario do Wilson que defende esse disatino, essa pouca vergonha vender rua, e ainda tenta o Sec. Edival dizer que o Prefeito esta certo e toda a População de Cuiabá esta errada. É puxar saco de mais!!!. Cuidado Ediva, se jogarem braga no Prefeito Wilson, pode receber primeiro. Isso para não falar se jogarem ovo pôdre no Prefeito pega em sua rosto.

  • hermes do sao mateus | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 21h36
    0
    0

    VOTE!!!!!ESSE TARDO CARLOS EDUARDO,,,,,DEVE TA COM A BOCA NAS TETAS DE ALGUM POLITICO AI!!!!!!VAI LIMPAR A BOCA RAPAZ,,,,TA CAINDO BABO,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

  • Samir Sebastião da Costa Ribeiro | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 18h26
    0
    0

    Hoje minhas palavras são surdas, porém acredito que um dia serão ouvidas por muitos. Não podemos permitir essa situação de venderem patrimônio Público. Quero continuar a acreditar que a politica possui pessoas sérias e honesta.

  • Orlandir Cavalcante | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 17h36
    0
    0

    VAmos ficar de olho nas doações da campanha do povo ano que vem pra governador... heheheh pode aparecer ...e se vai aparecer hehehe nada é de graça!.....

  • Julio Cesar | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 16h31
    0
    0

    45 É MAIS "RESPONSABILIDADE"!

ESTRUTURA E MUDANÇAS

Seduc corta 55% dos servidores da sede e terá ambiente corporativo

Por 22/10/2019, 22h:49 - Atualizado: 04h atrás

Mayke Toscano

otaviano pivetta 680

O prédio cheio de labirinto, onde funciona hoje a secretaria estadual de Educação, em Cuiabá, empregava até o ano passado, no Governo Taques, nada menos que 1.260 servidores.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

R$ 496 mil em ares-condicionados; MT só tem 1/3 de escolas climatizado

Por 22/10/2019, 16h:08 - Atualizado: 22/10/2019, 16h:17

marioneide 680 seduc

A secretaria de Estado de Educação, sob Marioneide Klimaschewsk, fechou um contrato de R$ 496,2 mil com a empresa Wanda Comércio de Móveis e Equipamentos na compra de aparelhos de ares-condicionados. Mas esse investimento está muito aquém do necessário para se conseguir climatizar todas as 15.888 salas de aula, ocupadas por 395 mil alunos.

Postar um novo comentário

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 22/10/2019, 11h:17

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Otávio | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h29
    0
    0

    Não é de hoje que o disse-me-disse corre solto nesse sentido. Pensei que fosse passar batido mas essa. Eta Mato Grosso ainda falta muito para uma boa moralização.

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    3
    1

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    3
    1

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 21/10/2019, 16h:54

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luciano | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 18h33
    4
    1

    E você não comenta das empresas do Botey e do Jayme porque?

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 21/10/2019, 12h:56

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antônio Joaquim do nascimento neto | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 21h06
    0
    0

    Tem um matérial aqui sobre as calamidade de alto paraguai 93443569 chama eu passo pra vc

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    5
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438