Blog do Romilson Cuiabá, 27 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

HORÁRIO ELEITORAL

Em caso de 2º turno, propaganda já volta a ser apresentada na 3ª

Marcos Magno, Mauro Mendes, Silval Barbosa e Wilson Santos   Termina nesta quinta (30) a veiculação do horário eleitoral gratuito nas emissoras de rádio e televisão. Nos programas exibidos nesta quarta (29), os concorrentes aos cargos de governador, deputado estadual e senador foram ao ar com mensagens de agradecimento ao apoio dos eleitores e, mais uma vez, pedindo votos para a população, numa tentativa de se consolidar no próximo domingo (3).

   Com mensagens em clima de despedida, contando com a participação de familiares, os candidatos se dividiram entre aqueles que apenas utilizaram a vinheta padrão, principalmente nas campanhas proporcionais, com a apresentação de propostas que se repetiram durante o período de veiculação dos programas, e aqueles que preferiram incrementar a produção, trazendo cônjuges, filhos e até netos para pedir votos, como o concorrente à Assembleia, Carlos Avalone (PSDB).

   Nas campanhas majoritárias, o exemplo foi seguido pelo candidato Wilson Santos (PSDB), que contou com a participação de sua esposa, Adriana Bussiki, pedindo que os eleitores, além de seus votos, conseguissem mais um voto para levar o tucano ao segundo turno. A exceção foi o candidato à reeleição, governador Silval Barbosa (PMDB), que se despediu do público apresentando uma denúncia contra seu principal adversário no pleito, conforme apontam as pesquisas de intenção de voto, Mauro Mendes (PSB). O peemedebista encerrou sua participação no horário eleitoral gratuito com uma denúncia contra o empresário – veja aqui.

   Nesta quinta é a vez daqueles que pleiteam uma das oito vagas na Câmara dos Deputados fazerem a última aparição nos veículos de comunicação de massa em clima de campanha, devendo seguir a mesma linha para reforçar sua imagem junto ao público. A propaganda gratuita é um dos momentos mais esperados pelos candidatos para ganhar popularidade e chamar a atenção dos eleitores.

   Ao todo, nesta primeira fase, a propaganda eleitoral gratuita, que teve início em 17 agosto, contou com 43 dias de exibição, sendo veículada duas vezes por dia, de segunda à sábado. Sempre às segundas quartas e sextas, os candidatos ao Governo, Assembleia e Senado se dividiam entre os 50 minutos de programa para a aprsentação de propostas. Às terças, quintas e sábados o espaço era destinado aos postulantes à Presidência da República e à Câmara Federal.

   Em Mato Grosso, quem dispôs de maior tempo na corrida governamental foi Silval, que encabeça a coligação “Mato Grosso em Primeiro Lugar”, composta por 13 siglas. Ele contou com mais de 7 minutos de programa. O candiato tucano, líder de uma chapa com 8 legendas, teve cerca de 5 minutos, Mendes, referendado por quatro partidos, se apresentava em 3,5 minutos e, numa campanha isolada, o PSOL, do candidato Marcos Magno, dispunha de pouco mais 1,5 minuto.

   Caso haja um segundo turno, os candidatos da majoritária que se emplacarem na disputa voltam ao ar já na próxima terça (5). Desta vez, o tempo de apresentação será dividido igualitariamente entre os dois candidatos, sem levar em consideração as coligações a que pertencem, como é feito no primeiro turno. Os programas serão exibidos diariamente até 29 de outubro.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • mario okinawa | Sexta-Feira, 01 de Outubro de 2010, 07h16
    0
    0

    A educaçào em cuiabá desde os tempos do saudoso roberto frança já era muito boa. o ws não tem nd a ver com isto...

  • Antonio Voluntário Nº 76 | Quinta-Feira, 30 de Setembro de 2010, 17h49
    0
    0

    Segundo pesquisa... 70% da população brasileira não tem a capacidade de compreender/interpretar aquilo que lê. O $ilval está incluído nessa percentagem. Esse só pode ter comprado o Diploma. Vai ser ruim de Português lá no Paquistão. E ainda quer ser Governador no Voto. É prá acabar, mesmo. O problema é que analfabeto vota em analfabeto, e no Estado de Mato Grosso temos mais de 300 mil.

  • Karine Miranda | Quinta-Feira, 30 de Setembro de 2010, 15h30
    0
    0

    Se Silval ganhar as eleições atesta que um número significativo dos matogrossense não possue consciência política. Como eleger um candidato que não é nada sem a assessoria? Ele sequer sabe o que é concordância, plural, singular... Me pergunto como um bacharel em direito pode falar tão errado assim. Isso deve ser marketing para conquistar os eleitores seguindo a tendência popular e populista do Lula. Só pode.

EM LUCAS DO RIO VERDE

De última hora, Binotti troca vice da chapa

Por 26/09/2020, 18h:47 - Atualizado: 26/09/2020, 18h:49

luiz binotti 680

Em meio à crise interna, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD), trocou, de última hora, nome para vice de sua chapa à reeleição.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO AO SENADO

Pivetta abandona Euclides e sinaliza para apoio a Leitão

Por 26/09/2020, 10h:30 - Atualizado: 26/09/2020, 10h:32

nilson leit�o 680

O vice-governador Otaviano Pivetta dá sinais de que apoiará Nilson Leitão (PSDB) ao Senado e não mais Euclides Ribeiro (Avante). O curioso é que foi o próprio Pivetta quem apresentou Euclides ao presidente regional do PDT, Allan Kardec, na expectativa de ambos construírem aliança para o pleito de 15 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Eduardo | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 17h55
    2
    1

    O Nilson Leitão, só conseguiu o apoio do DEM de Jaime Campos, após ter a confirmação de que o PIVETA iria desistir da candidatura ao SENADO, pois o DEM estava disposto a apoia-lo contra o Favaro. Nilson já está tendo o apoio politico e financeiro de todo Grupo do Piveta em Lucas,Mutum e região do Médio Norte, e o bestalhão do Euclides jamais terá o apoio dos Pededista-Autenticos, que não aceitam negociatas como a praticada pelo safado do Alan Kardes, que desmoraliza a memória de Leonel de Moura Brizolla.

CHAPA PROPORCIONAL

Ivan desiste e enfraquece DEM, que só deverá eleger um na Capital

Por 25/09/2020, 20h:15 - Atualizado: 25/09/2020, 20h:20

ivan evangelista 680

O pecuarista Ivan Evangelista, que foi vereador por 13 anos e teve mandato cassado em 2010, jogou mesmo a toalha. Após contestar este Blog por ter revelado que ele recuaria da disputa, o ex-vereador acabou "enrolando" a cúpula do DEM até a última hora. E decidiu, enfim, não concorrer às eleições.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Elias | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 18h01
    0
    0

    Elias , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Luiza de Jaciara | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h21
    0
    0

    Luiza de Jaciara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 20h38
    15
    6

    Único caminho certo do DEM/Jayme e Júlio foi apoiar Leitão ao senado, pois será vitorioso. E se o DEM apoiasse Emanuel, com certeza faria de 4 a 5 vereadores. MM está afundando o DEM, até parece que após a eleição irá mudar de partido.

REFORÇO ELEITORAL

A esperança de França em 2 apoios graúdos

Por 25/09/2020, 14h:28 - Atualizado: 25/09/2020, 14h:30

roberto franca 680

Pela primeira vez, Roberto França (Patriota) entra numa disputa eleitoral ao Executivo num cenário nem tanto favorável, como nos pleitos em que se elegeu prefeito de Cuiabá, em 1996 e 2000.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ocuiabano | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 16h34
    23
    4

    INFELIZMENTE COM. MAURO MENDES.....MAL. ACOMPANADO.....NÃO TEM O NOSSO VOTO.

  • Adaildo | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 15h46
    13
    2

    A culpa do Bolsonaro não apoiar o Roberto França é da Tenente Coronel Fernanda, que rebelou e não aceitou o que o presidente Bolsonaro pediu que fizesse, isso vai custar muito caro para o Patriota e principalmente para o Roberto França! Isso só mostrou que pessoas com interesses próprios, não pensou em Cuiabá e muito menos no partido, ganância pelo poder!

CORRIDO À PREFEITURA

Pela 2ª vez, governador e vice em palanques diferentes em Lucas

Por 25/09/2020, 10h:52 - Atualizado: 25/09/2020, 10h:54

mauro mendes otaviano pivetta 680

Governador Mauro Mendes, que apoia Binotti em Lucas do Rio Verde, enquanto Otaviano Pivetta lança Miguel Vaz

Pela segunda vez, vice e governador estão em palanques diferentes nas eleições em Lucas do Rio Verde. E repetindo alguns dos personagens.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Rodolfo Schinaider | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h25
    2
    2

    Aqui em Lucas e Nova Mutum, e nos municipios proximos, todos os amigos,aliados e familiares do PIVETA estão incorporados na campanha de Nilson Leitão para o Senado, se brincar o Nilson sai com 70% dos votos da região, aguardem....

  • João da Costa Monteiro | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 19h20
    4
    0

    Esses dois ai (Mauro Mendes e Otáviano Piveta), continuam se desentendendo em decisões politicas, tanto para Prefeito de Lucas ,quanto pata eleição ao Senado, pois o Mauro apoia o Favaro, e o Piveta apoia o Nilson Leitão. E o paú vai quebrar agora em 2020, e na proxima em 2022, aguardem.....

  • joao | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 14h34
    4
    0

    Roberto não a lugar algum.

VAIDADES

Disputa de ego entre 2 entidades faz ministra cancelar agenda em Cuiabá

Por 24/09/2020, 16h:25 - Atualizado: 24/09/2020, 16h:29

antonio galvan normando corral

Antonio Galvan, da Associação dos Produtores de Soja, e Normando Corral, que dirige a Federação da Agricultura

Uma disputa pelo protagonista do que seria a construção de uma agenda para a ministra Tereza Cristina (Agricultura) em Cuiabá, envolvendo a Famato e Aprosoja, as duas maiores entidades do agronegócio, acabou jogando por água abaixo a tal programação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Israel Borges | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 07h00
    11
    4

    Antonio Galvan foi ele quem arrumou um pessoal para ficar vaindo gov mauro em sinop ... ele e disreipeitoso eos agricultores de mt nao mereçe ter um cara desse representando o nosso agro fora galvan

  • Sem terra de Poconé | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 21h20
    18
    2

    02 pessoas que usam às instituições em benefício próprio. Normando Corral toca a FAMATO dando mordomia e beneficies a seus “amigos”, já Galvan é tido como louco é extremamente vaidoso.... O agro tá muito mal representado nesse momento...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2606