Blog do Romilson Cuiabá, 17 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Em pré-campanha, Taques se antecipa a Silval no Araguaia e desce porrete à gestão

Por 18/01/2014, 15h:11 - Atualizado: 18/01/2014, 15h:26

Pré-candidato à sucessão estadual pelo PDT, Pedro Taques se antecipou ao governador Silval Barbosa, que inaugura no Araguaia, na próxima semana, as primeiras obras do MT Integrado. Desde o último dia 13, o pedetista percorre a região e nesta sexta disparou críticas à administração. O senador passou por Novo São Joaquim, Serra Nova Dourada, Bom Jesus do Araguaia, Alto Boa Vista, Luciara, São Félix do Araguaia, Canabrava, Porto Alegre do Norte e Confresa, São José do Xingu, Santa Terezinha e Vila Rica. Neste sábado segue com agenda em Vila Rica. Na segunda, passa por 3 cidades: Querência, Ribeirão Cascalheira e Canarana. Na terça (21) tem reuniões em Campinápolis, Nova Xavantina e Araguaiana. Prossegue no Araguaia na quarta, com passagem por Torixoreu, Ribeirãozinho, Ponte Branca e Araguainha. A agenda avança para o Sul, onde visita Alto Garças e Alto Araguaia e fecha o roteiro em Alto Taquai e Barra do Garças, na sexta (24), mesmo dia em que Silval chega numa comitiva em Canabrava do Norte para inaugurar 22 km da MT-412.

pedro_taques_araguaia_criticas.jpg

Em ato, Pedro Taques, pré-candidato a governador, chama gestões Silval e Dilma de incompetentes

Em pré-campanha com discurso duro de opositor, Taques afirmou que o governo estadual não consegue tirar projetos do papel. Disparou também a metralhadora verbal contra o governo da presidente Dilma Rousseff, para quem está ausente. Foi aplaudido pelas pessoas que recepcionaram-no, inclusive prefeitos, que apresentaram a ele demandas específicas dos municípios.

Segundo o senador, entre os principais problemas enfrentados pelo cidadão do norte Araguaia estão a falta de regularização fundiária e de saúde e estradas precárias. Lembra que há 4 décadas habitantes da região sonham com asfalto na BR-163. Numa alusão ao MT Integrado, projeto do governo Silval que visa interligar 44 municípios com pavimentação asfáltica, Pedro Taques diz que "tudo não passa de promessa". “O tempo passou e as estradas para Mato Grosso não saíram do papel. Infelizmente, o governo é incompetente”.

De acordo com o pedetista, São Félix do Araguaia, por exemplo, é uma das cidades da região que sofrem com os reflexos da falta de estrutura. Para se chegar à cidade é preciso percorrer 120 km de estrada de chão na MT-242. A cidade já começa a explorar o turismo, mas não vai conseguir efetivamente o desenvolvimento desta área enquanto não for resolvido o problema de logística do Estado. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Leopoldo R Mendonça | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 10h01
    5
    2

    O excelente mandato do Senador Pedro Taques o credencia a voar mais alto. É lamentável esta estória de trampolim. O que precisamos é de um grande governador. O eleitor tem a liberdade de escolher e terá duas opções: continuar o governo dos escândalos e da ineficiência ou votar em alguém que se tornou exemplo de honradez na política nacional.

  • Gislton | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 09h32
    4
    0

    Eu minha família como eleitor que somos, estamos atentos às promessas de campanha eleitoral passada. - Respondendo aos amigos que me questionaram meu comentário, é o seguinte: - A minha bola de cristal ta mostrado é que este pré-candidato citado na reportagem vai usar o velho discurso de político profissional: (Sou Soldado do Partido é o povo que clama que eu saia candidato ao governo; o povo tá cansado e não aquenta mais....,). Este discurso ta manjado e o eleitor já conhece. É isso que quis dizer no meu comentário sem ofender o Senador. Olha a fala do Pedro: Se eleito, serei eleito para o mandato de oito anos, e vou cumprir os oito. Com isso ganhou nosso voto. Já estava-mos cansado de votar numa pessoa e lá no meio “TRAMPOLIM” deixava o vice-desconhecido seu lugar.

  • jonson | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 08h45
    2
    0

    na verdade e que nos( povo), não temos vergonha na cara, e deixamos isso acontecer, uma coisa eu sei, pode entrar o Pedro o João a Maria o Sebastião, que a porcaria vai continuar do mesmo jeito. Temos que movimentar uma campanha de ninguém ir votar. Que pais e este? fala em democracia, mas este governo porco obriga mais de 200 milhões de brasileiros ir votar, e nos burros ficamos quietos. Vamos acordar meu povo.

  • Dornele$ | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 06h53
    3
    2

    gislton, você apoia quem? Lúdio, Riva? Quem desse grupo politico? Mato Grosso precisa de um choque de gestão. Choque de honestidade. Mato Grosso tem que ser passado a limpo!

  • Romildo Alves | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 01h06
    3
    1

    Fala bem que é uma beleza, mas...

  • Ondino Lima Neto | Domingo, 19 de Janeiro de 2014, 19h14
    7
    4

    O discurso do senador é pobre e hipócrita.

  • André | Domingo, 19 de Janeiro de 2014, 13h12
    8
    4

    Taques, o Povo do Araguaia NÃO PRECISA DE VOCÊ. O Araguaia sabe trabalhar Sozinho !!!

  • gislton | Domingo, 19 de Janeiro de 2014, 10h42
    7
    2

    Resposta ao comentário de Robert Moreira, - O seu senador condenava veemente os políticos que deixavam o mandato pela metade. Com certeza Ele vai dizer aos quatro ventos, os que todos dizem: (é o povo que clama que eu saia candidato ao governador, o povo ta cansado, Sou soldado do partido). Este discurso seu Robert já ta manjado perante os eleitores. São todos iguais, promete prometem e prometem, eu sou o novo eu sou diferente. O código penal tá lá parado, e os menores “queridinhos” estão aterrorizando até casa de gente rico e autoridades como é o caso do Min. Gilmar Mendes.

  • Marcos | Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 20h01
    9
    3

    Digite o texto aquiCara de Peroba, Quem diria este cidadão ai na no passado recente descia o porrete, usando seu programa eleitoral, nos políticos atuais que usavam o cargo como trampulinho deixando o mandato pela metade. Com ele era diferente “se eleito, serei eleito para um mandato de oito anos e vou cumprir os oitos anos” tão querendo minha herança em vida. Ta gravado em mídia seu senador. Da pra acreditar num político deste! é possível é possível é possível e é possível. Só sabe falar isso que tudo é possuvel.

  • francisco Oliveiros | Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 19h07
    4
    6

    Não fez, porque não é função de legislador fazer trabalho de executivo, mas isto é dificil de ser entendido por quem escreve "fasio" quando queria escrever fácil. Além do mais a explicação é simples, emendas no Brasil é instrumento de "calaboca", Taques não se curvou a Dilma. Você prefere que o parlamentar pegue os "trinta dinheiros" e venda os interesses do seu estado, qual o tipo de representante você quer? um despachante de emendas, um estafeta, para isto já elegemos um governador e mais de 100 prefeitos, esta incumbência é deles. Ma sei que este comentário do sr. "Claúdio" não procura o debate real, procura desconstruir um candidato real. Vai sonhando.

CASAL MENDES

Caras diz que Mauro salvou esposa

Reprodução/Caras

mauro caras 680

Numa reportagem de três páginas, ilustrada com 10 fotografias e destaque de capa do casal Mendes, a revista Caras, que chegou hoje às bancas, diz que o governador Mauro Mendes, em 2014, salvou a vida da esposa Virgínia ao doar um rim a ela, que sofria de uma doença hereditária.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Vanessa | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h35
    0
    0

    Quase perdeu uma das mãos, agora um rim. É melhor ficar atento governador parece que tem alguém lá em cima insatisfeito com suas diabruras.

  • Lauro Cesar | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h45
    5
    0

    Eu aposto 1000 contra 1 que MM ainda tem os dois rins! me engana que eu gosto.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Pré-candidatos ao Senado entram em disputa por apoio de Bolsonaro

Por 17/01/2020, 10h:32 - Atualizado: 07h atrás

Marcos Corrêa

jair bolsonaro 680

Pré-candidatos ao Senado, na inédita eleição suplementar marcada para 26 de abril, estão buscando, de alguma forma, apoio do presidente Bolsonaro. E quem o obtiver ganhará um forte cabo eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Júlio | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h43
    0
    0

    Sou morador do Altos da Serra, voto Elizeu. O resto só vem aqui pedir voto, como esse Max que depois da eleição nunca mais vi. Esses Campos estão ricos enquanto VG está à mingua.

  • Maria | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h41
    0
    0

    Maria, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Dormeval | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h32
    0
    0

    Eduardo Bolsomim foi só o Júlio Campos dizer que seria candidato que os processos de homicídio contra ele começaram a andar na Justiça. Será porque? Sobre os candidatos, fico entre Medeiros e Elizeu Nascimento.

  • Vilson Peres | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 16h31
    4
    2

    ESCREVE AI O SENADOR DO BOLSONARO E MEU É ZE MEDEIROS E VAI SER DE GOLEADA NESTE julio campos .

  • Eduardo Bolsomim | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 16h24
    0
    3

    Só fofoca, e fake-news, pois na realidade Bolsonaro não vai apoiar ninguem na eleição para o Senado em MT, pois o proprio candidato do DEM é seu amigo e foi seu eleitor o Julio Campos, e tem o apoio do Presidente da Camara Rodrigo Maia,do Presidente do Senado Davi Alcolumbre, dos Senadores Jaime Campos e Wellington Fagundes, e dos Ministros do DEM: Onyx Lourenzoni (Casa Civil),Henrique Mandetta (Saúde),Tereza Cristina(Agricultura)e do seu primo Roberto Campos Neto, Presidente do Banco Central do Brasil. Julio eleito, Bolsonaro terá um Senador firme e competente, por isso esqueça, o Presidente JB é inteligente e não vai entrara numa briga dessa,onde ele só tem a perder.

  • Mike | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h53
    1
    3

    Se o Bolsonaro não apoiar o sargento Elizeu Nascimento vai pegar uma queda de braço com os militares de Mato Grosso, que sempre foram seus cabos eleitorais gratuitos desde o início em favor de oportunistas como esse Pivetta que sempre foi PDT (esquerda) e sempre apoiou o ex-Presidente condenado.

  • Lúcia | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h49
    1
    3

    Vão juntar todos esses caras pra perder pro deputado Elizeu, da mesma forma que todo agro perdeu pra juíza Selma Arruda.

  • Hugo | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h47
    1
    3

    Cadê o deputado Elizeu na matéria? Façam uma pesquisa pra ver, esse cara tem voto por causa da CPI da energisa, cota zero e sua luta contra a Reforma da Previdência no estado.

  • Patrícia | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h44
    1
    3

    Sou servidora pública voto Elizeu Nascimento. Chega do agro.

  • Túlio | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h13
    6
    2

    O deputado mais atuante é esse Elizeu, mas o Medeiros também tem bastante voto. Como os dois são amigos do Bolsonaro acho que vão entrar num acordo pra sair um dos dois.

MUNDO SOCIAL

Caras entra na intimidade do casal Mendes; destaca família e superação

Por 16/01/2020, 23h:27 - Atualizado: 16/01/2020, 23h:36

Reprodução/capa/Caras

caras mauro mendes 680

O governador Mauro Mendes é um dos destaques de Caras, revista dedicada ao noticiário de famosos e celebridades e que chega às bancas nesta sexta.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • JORGE LUIZ | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 12h21
    0
    0

    JORGE LUIZ, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maykom | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 23h58
    3
    3

    Realmente é uma história de superação atual.

PAUSA PRA DESCANSO

Prefeito da Capital sai de "férias" por uma semana; vice não assume

Por 16/01/2020, 16h:34 - Atualizado: 16/01/2020, 16h:49

elvis emanuel emanuelzinho e marcia pinheiro 680

Prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, a esposa Márcia e filhos Elvis e Emanuelzinho tiram "férias" de uma semana

O prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB) viaja nesta sexta com a família para sete dias de descanso no litoral brasileiro.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • antonio da silva | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 11h51
    1
    0

    Está de férias com o paletó.

  • Frank Sabiá | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 20h06
    0
    6

    Toda Batalha exige um Guerreiro bem preparado. A Eleição de 2020 será mais pesada do que a de 2012. Uma Semana só é pouco tempo, mas um é que decide o que precisa para Recarregar a Bateria.

  • Ivan Deluqui | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 18h48
    8
    15

    Pode recarregar quantas baterias quiser, mas que vai levar uma surra nas urnas pode esperar, essa pesquisa feita foi pra alegrar o rei deposto e seus bobos da corte.

  • LUIS | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 18h31
    10
    1

    AOS DESAVISADOS UMA DICA. PARA QUE O VICE PREFEITO ASSUMA O CARGO É NECESSÁRIO QUE O AFASTAMENTO SUPERE 15 DIAS, OU QUE O MANDATÁRIO SE AUSENTE DO PAIS. NA HIPÓTESE VENTILADA NÃO HÁ PREVISÃO LEGAL DE ASSUNÇÃO DO VICE. PORTANTO, NÃO HÁ QUALQUER IMPEDIMENTO CRIADO PELO PREFEITO ELEITO. SÓ UMA QUESTÃO DE CUMPRIMENTO DA NORMA QUE DISCIPLINA OS AFASTAMENTOS.

  • octavio augusto regis de oliveira | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h51
    13
    6

    MERECIDO DESCANSO , POIS ESTE ANO VAI SER BEM AGITADO E ELEIÇAO DE SENADOR LOGO EM SEGUIDA PREFEITO , BOM DESCANSO PREFEITO

  • Luciano | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h06
    0
    1

    Luciano, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • junior | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 16h46
    12
    14

    ele pode proibir o vice em assumir ? é ditador esse paletó

TROPA OSTENSIVA

Estado tem hoje 7 mil PMs e poderia dobrar o efetivo sem nem alterar lei

Por 16/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 16/01/2020, 01h:25

pm 680 formatura

Solenidade de formatura de policiais militares realizada em setembro de 2016, na administração Pedro Taques

Com uma dimensão continental (906.806 km²) e 3,4 milhões de habitantes distribuídos em 141 municípios, Mato Grosso conta hoje com uma tropa de 7.144 policiais militares - fora homens do Corpo de Bombeiros.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Davi | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 12h58
    10
    2

    Sou policial militar e por mim não realiza concurso. Com o efetivo atual o incompetente do secretário da fazenda (que está no cargo desde o governo Taques) não consegue sequer pagar os salários dentro do mês trabalhado. Não entregou farda para os policias, equipamentos de uso obrigatório, transfere militar sem pagar com a ajuda de custa que é um direito, não paga adicional noturno, não consegue manter o sistema de previdência. Se não pode taxar os exportadores de commodities melhor deixar o efetivo diminuir a cada dia como está acontecendo com as aposentadorias de policiais. Além disso, a sociedade comprou um discurso de que servidor público é um peso, então porque reclamar de falta de PM. Comprem um 38 e se defendam. Abraços!

  • povo | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 11h17
    17
    1

    Falta servidores na segurança é absurdo! 2019 fechou delegacias nos interiores, já não tem juiz e promotor, nem delegado e agora nem investigador. Os deputados estão calados! FALTA NÃO SÓ PM, NA PJC FALTA TUDO! O governador vai começar a fechar batalhões igual as delegacias. Esse secretário de segurança é um incapacitado! O crime só aumenta, o Estado com mais casos de violência domestica no Brasil. O que será da segurança até 2022?

  • Carlos | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 10h32
    2
    16

    Qual seria o real motivo para tantas críticas ao governo, seria a falta de papinha para algum setor da sociedade!

  • Silas | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 09h59
    13
    1

    Cadê o concurso público pra 1000 vagas, desde 2016 esse GOVERNADOR GOVERNA + AS EMPRESAS DELE do q Administra o ESTADO

SANGUE NOS OLHOS

Selma desce o porrete em Fávaro

Por 15/01/2020, 18h:32 - Atualizado: 15/01/2020, 18h:41

selma arruda 680

Benedito (Dito) Lucas, um dos 21 assessores do deputado José Medeiros, presidente do Podemos-MT, estreia nesta quinta o programa Roda de Conversa, pela TV Gazeta de Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Zé povooas | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 10h07
    5
    0

    BANCADA PELO AGRO, TÓXICO PRO RESTANTE DOS MATO GROSSENSES, ISENTOS DE IMPOSTOS, ISENTOS SE O GOVERNADOR E A ASSEMBLIA LEGISLATIVA PUDESSE ATÉ DA CULPA, CHEGARAM PEQUENOS, COLHIAM COM RAIZES ATOLAVAM NAS ESTRADAS E AGORA RANCAM O COURO COM IMPOSTOS NOS NATIVOS DAQUI, OS NOVOS BANDEIRANTES E OS VELHOS EXPLORADOS DESTE SOLO GENTIL.

  • Robson Souza | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 08h54
    9
    4

    Para os amigos as benesses da Lei. Para os inimigos os rigores da Lei. Essa senhora esta saindo da oportunista e entrando para as canalhices. Uma vergonha

  • Maria José | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 08h45
    6
    2

    O Dito vai ter um programa de entrevistas??? Hahahahahahahahahaha

  • Crítico | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 22h44
    7
    29

    Parabéns Dra pessoa HONESTA não sobrevive na POLITICA BRASILEIRA

  • Adelaide | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 22h33
    24
    7

    Pega seu banquinho e saia de mansinho ex juiza senadora cassada. Tu és tão corrupta quanto quem vc ja mandou prender.

  • Amadeu Fuik | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 21h35
    13
    1

    vi esse artigo, e super justo foi o apontamento do Jornalista Antoniel Pontes do F5: Selma trapaça, vira vítima e já pode pedir vaga de roteirista na Broadway Condenada em todas as instâncias, a senadora que foi cassada por trapacear na eleição criou um roteiro digno de qualquer ficção da Broadway A senadora cassada Juíza Selma Arruda deixa seu posto de senadora da república com todos os motivos para comemorar, ilesa, a ex-juíza tem por trás forças ocultas que a blindam e provam que a trapaça vale a pena. A senadora que empunhou a bandeira da moralidade na campanha de 2018 e anticorrupção, apesar de ter sido condenada em todas as instâncias da justiça eleitoral conseguiu sair ilesa e sem a mancha de ter trapaceado na eleição pra senado. O fato é que em outras épocas a condenação acabaria de vez com qualquer prestígio político, porém a expertise da juíza e de sua assessoria a transformou numa uma figura perseguida além de dar a ela, a sensação que seu apoio poderá ser decisivo na escolha do seu substituto. Selma Arruda usou de algumas estratégias para tirar a mancha de ser a primeira senadora cassada da história de Mato Grosso que foi cassada por crimes graves durante a eleição. Durante o processo, a senadora foi julgada e considerada culpada unanimemente por prática de abuso de poder econômico e arrecadação ilícita de recursos nas eleições de 2018; ela espertamente usou o presidente Bolsonaro como principal apoiador e defensor e com isso ganhou o apoio incondicional de muitos dos seus apoiadores. Para ela, Lula que foi condenado em segunda instância é criminoso, porém ela que percorreu o mesmo caminho é perseguição. E vamos aqui equiparar que para alguns bolsonaristas e também lulopetistas, a paixão por uma ideia os cegam e impossibilitam enxergar que um crime é um crime, independente de quem o cometa. Selma Arruda vitimizou-se aproveitando a onda de enfraquecimento da credibilidade da Justiça. Perspicaz, a juíza escreveu um roteiro em que se colocava como protagonista de uma grande perseguição de uma justiça implacável por ser a “cara nova” da Política. Esse roteiro brilhantemente pensado culminou no verdadeiro plot twist que acontece em qualquer ficção, onde o antagonista se torna o preferido do público que deixa de torcer pelo correto, onde os valores e senso de justiça acabam sendo distorcidos gerando apenas impunidade e a sensação de que o crime vale a pena. Porém o desfecho real da história já pode inspirar os roteiristas da Broadway. Aliás, caso a ex senadora se canse da vida pacata de análises jurídicas agora por hobby, ela já pode até virar roteirista na terra do Tio Sam de alguma série de drama político. Inspiração para conspiração não faltará no seu repertório. E aqui cabe uma pergunta, a você, nobre leitor: e se fosse às velhas figuras da política mato-grossense, como por exemplo, o ex governador Pedro Taques, ou até mesmo o Maggi, eles teriam o mesmo tratamento que a juíza teve? O ato durante a Campanha de Selma é condenável sob qualquer ótica. Usar de manobras para ganhar uma eleição não é exemplo e deveria ser motivo para condenação em qualquer sociedade que prime pelo senso de justiça. Mas por alguma razão que tento destrinchar nesse artigo, a pecha de corrupta não colou e recuso à acreditar que tenha respaldo e apoio de algum colega da área. Corrupção não tem RG, CPF ou partido e é um crime que deveria ser combatido pela população. Tornar isso uma arma que brinca como se fosse uma roleta russa que escolhe em quem dar o tiro é deixar de combater o que importa para reforçar a ideia que a sociedade atual passa por um hiato de espaço onde a máxima de que o crime compensa seja colocado como princípio de realidade. Não adianta só ir às redes sociais e repudiar, deve-se extinguir essa ideia, antes que o artigo 5 da Constituição seja substituída pela ideia de que todos são iguais , diante a interesse de algum grupo da sociedade.

  • Jonas Eduardo de Queiroz Moraes | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 19h52
    22
    4

    O C-H-O-R-O é livre!!!

  • flavio | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 18h53
    25
    3

    kkkkkkkkkkkkkk, Selma é uma grande vergonha para o estado de MT. Uma juiza que não gosta da lei! Pau que bate em chico, bate em francisco DOUTORA!

  • Divina Oda | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 18h49
    21
    2

    Falsa moralista

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2477