Blog do Romilson Cuiabá, 25 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Eleições

Em Sinop, pelo menos 4 pré-candidatos brigam por vaga na AL; 2 buscam reeleição

Por 16/03/2014, 09h:36 - Atualizado: 16/03/2014, 14h:41

.

montagem-Silvano Amaral-Gilson de oliveira-Dilmar Dal Bosco-Baiano Filho14-03-2014-Davi Valle.jpg

Pré-candidatos por Sinop: Silvano Amaral, Gilson de Oliveira, Dilmar Dal Bosco e Baiano Filho

Pelo menos quatro pré-candidatos a deputado estadual, de Sinop devem brigar por uma vaga na Assembleia. O município, que é o 4º maior e um dos principais pólos do agronegócio em Mato Grosso, é representado no Legislativo pelos deputados Dilmar Dal Bosco (DEM) e Baiano Filho (PMDB). Ambos buscam a reeleição, mas terão que disputar votos com outros dois, que prometem ter expressividade nas urnas.

Um deles é o ex-secretário municipal de Governo e Projetos Estratégicos, Silvano Amaral (PMDB), braço direito do prefeito Juarez Costa (PMDB), que, inclusive, deverá ser seu principal cabo eleitoral. O peemedebista deixou a pasta, no mês passado, para se dedicar à pré-campanha, na qual já percorreu por mais de 20 municípios. Tem se articulado com lideranças municipais e aposta na representação do interior para conquistar a simpatia dos eleitores.

Outro que almeja cadeira no Legislativo estadual é o comunicador e ex-vereador Gilson de Oliveira (PSB). Embora integre a sigla do prefeito, tende a ter o apoio de outra parte do grupo peemedebista, assim como Baiano Filho. Enquanto isso, a oposição fica por conta de Dilmar Dal Bosco, que tem apoio do deputado federal de Sinop, Nilson Leitão (PSDB). O outro deputado federal da região, Roberto Dorner (PSD), deve dar coro ao grupo da base governista.

Acontece que os pretensos pré-candidatos à reeleição saem na frente, justamente, por terem mandato na Assembleia. Além disso, o número expressivo de nomes ao posto pode prejudicar nas urnas devido à pulverização dos votos, lembrando que no decorrer do calendário eleitoral podem aparecer outros nomes no páreo. Na prática, para ser eleitor, o candidato e/ou coligação precisam obter cerca de 70 mil votos, conforme o quociente eleitoral.

Para Silvano, a quantidade de pré-candidatos não é um problema. “Um grupo não atrapalha o outro, devemos fazer o trabalho porque o resultado vai depender do empenho de cada um”, diz, referindo-se aos correligionários e adversários políticos. “Tem espaço para todos”, reforça.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Bianca | Quinta-Feira, 14 de Julho de 2016, 08h33
    0
    0

    Bianca, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • ja | Segunda-Feira, 18 de Abril de 2016, 15h29
    0
    0

    fernando assunção ou volgram e os unicus que fazem seu trabalho e não rouba e sei que se for pra arrumar uma assistencia medica pode contar com fernando mesmo não conhecendo porem tem de ser gente boa kkkk mas eu tambem não ajudaria essa escoria social da população nem se me pagasse kkkk

  • JULIANO MILESQUI | Segunda-Feira, 17 de Março de 2014, 21h48
    2
    2

    JULIANO MILESQUI, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Rondonópolis

Vice nega elo com ex-filiado que denuncia prefeito e vereadores

Por 25/05/2020, 11h:32 - Atualizado: 01h atrás

ubaldo vice-prefeito 680

O vice-prefeito de Rondonópolis, empresário Ubaldo Tolentino de Barros, que já está no quarto partido em menos de 10 anos de vida pública, tratou de se antecipar, aplicando "vacina" em si próprio,  sobre uma denúncia grave feita pelo radialista e apresentador de TV, Waldemir Costa, contra o prefeito Zé do Pátio e vereadores.

Postar um novo comentário

INSTITUTO FEDERAL

Na disputa à Reitoria, uma ameaça à hegemonia de um antigo grupo

Por 24/05/2020, 22h:39 - Atualizado: 06h atrás

deiver alessandro ifmt 680

Apoiado pelas chamadas bases de servidores com sentimentos de mudanças, o professor Deiver Alessandro Teixeira, diretor-geral do Campus do IFMT Cuiabá Bela Vista, se tornou uma ameaça à hegemonia do grupo do reitor Willian de Paula, que comanda o Instituto Federal de Mato Grosso há mais de duas décadas, ainda da época da escola técnica e CEFET.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Mirela | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 12h33
    0
    0

    Só pode ser brincadeira né!? Candidato da mudança? Deiver tevm cargo na gestão a muito tempo, inclusive com o ex-reitor tbem. Esqueceram de falar também que essa "votação expressiva" foi em uma eleição que só tinha ele de candidato kkk. Dos 19 diretores de campi, apenas 3 que em tese o apoiariam, 2 SEMPRE estiveram em cargo de gestão desde quando são servidores. Que mudança é essa? Quero mudança de verdade. Vamos esclarecer mais os fatos hein.

  • ana | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 12h10
    0
    0

    o IFMT esta tendo aula pelo menos on line? e os salarios?

  • Roberto | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 11h34
    6
    4

    Os comentários deixam claro o desespero da posição e a falta de argumentos. Sim O Deiver foi candidato único e colocou seu nome a aprovação da comunidade que referendou seu nome quase por unanimidade e seu trabalho na gestão do campus provou que a comunidade estava certa. Transformou o campus em unidade de referência, nesse período adverso o campus produziu e distribuí álcool, e é campus do IFMT autorizado a fazer exames do COVID 19. Agora associar o Deiver a politicagem fora dos campi e falta de argumentos e incompetência deixando claro que a matéria está correta. O grupo atual vai usar todas as ferramentas esdrúxulas para se manter no poder.

EFEITO-PANDEMIA

Coronavírus vai matar reeleição de muitos prefeitos

Por 24/05/2020, 21h:27 - Atualizado: 24/05/2020, 22h:57

z� do patio 680

A Covid-19 deve matar o projeto de reeleição de muitos prefeitos, seja por causa de denúncias de irregularidades e má aplicação dos recursos à saúde, seja pela postura adotada em relação à pandemia. 

Postar um novo comentário

CENA RARA

Onça-pintada com filhotes em rodovia de MT veja vídeo

Por 24/05/2020, 21h:25 - Atualizado: 24/05/2020, 22h:15

onca 2 680

Uma onça-pintada, acompanhada de dois filhotes recém-nascidos, despertou atenção de motoristas, que interromperam o trânsito na MT-110, na região da Serrinha, próximo à entrada para São José do Povo, entre Rondonópolis e Guiratinga, para acompanhar e filmar os felinhos na travessia da rodovia estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Thyago | Domingo, 24 de Maio de 2020, 23h42
    3
    1

    Este felino é um Leopardo e a vegetação não caracteriza o cerrado, temos carros com placas que não são do nosso padrão, e a pessoa responsável pela filmagem não é brasileira, acho que cometeram um engano nesta noticia. https://br.sputniknews.com/videoclube/2020042215487980-felinos-em-aula-leopardo-ensina-filhotes-a-atravessar-estrada-video/

  • Márcio | Domingo, 24 de Maio de 2020, 23h35
    6
    1

    Onça pintada essa? Acho que enganaram o Ronilson.

  • Sandro | Domingo, 24 de Maio de 2020, 21h55
    4
    1

    Isso não é no Brasil, e também não é onça e sim leopardo!

CONTESTAÇÃO

Ex-governador registra BO contra matéria que o liga a castelo nos EUA

Por 24/05/2020, 11h:42 - Atualizado: 24/05/2020, 11h:50

silval barbosa 680

Revoltado com o que chama de fake news, uma matéria na manchete do jornal A Gazeta de sábado, sob título "Silval tem casa secreta", o ex-governador registrou um boletim de ocorrências no mesmo dia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carla Mendonça | Domingo, 24 de Maio de 2020, 18h41
    2
    1

    Silval, vc vai para o inferno enquanto não se arrepender e delator todos, mais tem que ser todos mesmo. Muda de vida homem abrindo o seu coração e seja um exemplo de restauração para os seus futuros netos.

  • Débora | Domingo, 24 de Maio de 2020, 17h50
    1
    0

    Débora , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

PESQUISA

Governo Bolsonaro já se derrete em Cuiabá, com 58% de reprovação

Por 23/05/2020, 23h:18 - Atualizado: 23/05/2020, 23h:27

bolsonaro 680

Com um ano e três meses de mandato, o presidente Jair Bolsonaro começa a se derreter. Ao menos junto aos moradores da calorenta Cuiabá, onde o capitão foi bem votado em 2018.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • antonio da silva | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 07h50
    2
    0

    Lula na Cadeia

  • Andrade | Domingo, 24 de Maio de 2020, 20h07
    5
    6

    Jedae, como você é ignorante. Vem com essa conversa mole, tentando justificar o injustificável. Com certeza, nem sequer sabe qual é a diferença entre socialismo e comunismo e se acha o dono da verdade. Só para refrescar a tua memória: cerca de 61% dos brasileiros aptos a votar não votaram em Bolsonaro. Destes que votaram no Bozo, uma grande parcela votaram só por causa do ódio ao PT. Muitos já se arrependeram, descobriram que deram um tiro no pé. Só uma pequena parcela da população da brasileira continua fiel ao Mico. Estão se mexendo como minhoca em asfalto quente defendendo o cara, que a cada dia se afunda mais. Ele é incompetente demais, o pior presidente da história do Brasil.

  • naldo | Domingo, 24 de Maio de 2020, 19h57
    6
    9

    Zé da roça, como você consegue ser tão idiota! É de tanto comer capim ou tomar cloroquina? Está aqui só obedecendo ordens do Carluxo via gabinete do ódio. Vai criar vergonha na cara, idiota!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2546