Blog do Romilson Cuiabá, 22 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Escolha de vice racha grupos políticos

É de praxe candidato ao Governo definir companheiro de chapa seguindo tese da representatividade regional; disputa é acirrada

Por 09/01/2014, 19h:50 - Atualizado: 09/01/2014, 20h:17

Se está difícil e complicado para partidos e seus líderes definirem cabeças de chapas majoritárias, imagine, então, para fechar chapa completa. A escolha de vice de cada futuro concorrente ao governo estadual será outra “guerra” que deve se estender até as convenções de junho. Para a primeira-suplência ao Senado a discussão é menos acalorada, mas também demanda tempo e muita articulação. Ainda bem que foi abolida a figura do segundo-suplente.

Os principais nomes que podem disputar o Palácio Paiaguás enfrentam brigas dentro do grupo para indicação de vice. O senador pedetista Pedro Taques, nome mais consolidado para a corrida sucessória do governador Silval, recebeu sugestão para ter como companheira de chapa a primeira-dama e secretária de Educação de Rondonópolis, Ana Carla Muniz, esposa do prefeito Percival, que comanda o PPS no Estado. Se não for feito a vontade de Percival, é possível que ele faça "corpo mole" na campanha. O PSB do prefeito cuiabano Mauro Mendes entende que também deve ficar com a cadeira de vice. Pensam igual outros possíveis aliados de Taques que estão no DEM, no PTB, no PSDB e até no PV.

As discussões afloram para além dos campos ideológicos e partidários. Entra interesse pessoal de cada líder. E nessa hora não se importa muita com perfil. Cada um impõe suas condições. Se aceitar uma indicação, desagrada outros.

Um dos poucos argumentos consistentes na hora da escolha é a representatividade regional. Se Taques mora na capital e representa a Baixada Cuiabana, tem-se como regra partir para escolha de alguém de outra região para compor a chapa. E quanto à candidatura governista? Se o ex-vereador Lúdio Cabral (PT) ou o quase petista Julier Sebastião for candidato a governador, quem seria vice? Ambos também são de Cuiabá. Lúdio até conversou com o empresário Rogério Ferrarim (PMDB), de Lucas do Rio Verde, sobre uma possível composição. Julier foi na mesma linha e deseja também alguém do PMDB de vice, que seria o prefeito de Sinop, Juarez Costa, ou o presidente da Assembleia, deputdo Romoaldo Júnior, ambos do Nortão.

E se, em meio a essa reviravolta, Blairo Maggi aceitar entrar no páreo, ele teria representante de que região na chapa? Como se identifica como da Grande Rondonópolis (Sul), na primeira eleição, em 2002, o hoje senador do PR teve de vice Iraci França, de Cuiabá. Na reeleição, em 2006, escolheu Silval, do Nortão. São discussões e debates que vão pautar as lideranças e a imprensa pelos próximos cinco meses.

Última eleição 

No pleito de 2010, o vitorioso Silval, ex-prefeito de Matupá (Norte) e que ganhou força porque foi carregado por Blairo e já ocupava cadeira de governador, definiu como vice Chico Daltro, que é da Grande Cuiabá.  Mauro Mendes, da Capital, para contrapor a chapa do peemedebista, escolheu um vice também da região do governador, que é Otaviano Pivetta, hoje prefeito de Lucas do Rio Verde. Wilson Santos, que havia renunciado ao mandato de prefeito de Cuiabá, teve como vice outro do Nortão, o ex-deputado Dilceu Dal Bosco. Como se vê, os principais candidatos a governador costumam ficar na trincheira nesta época e atentos à movimentação da concorrência. Seguem como nuvens. A cada momento podem avançar para uma região.

Postar um novo comentário

ADVOCACIA

Cria de Blairo se torna lobista no DF

Por 21/01/2020, 19h:49 - Atualizado: 06h atrás

novacki 680

Aos 46 anos e já aposentado como coronel PM-MT, recebendo proventos de R$ 30 mil, Eumar Novacki, hoje advogado, vai montar um escritório em Brasília, onde já reside há mais de 10 anos.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maria Figueiredo Gonçalves | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 23h36
    1
    0

    De fato, o Novacki é um privilegiadíssimo. Coronel PM aposentado aos 46 anos e ganhando R$ 30 mil. Isso é que é privilégio.

  • Francisco Assis roo | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 21h56
    0
    0

    Francisco Assis roo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • alex | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 21h39
    0
    0

    alex, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

CONTESTAÇÃO

Taques reage e diz não ser ladrão

Por 21/01/2020, 11h:54 - Atualizado: 05h atrás

pedro taques 680

Como um leão que acaba de acordar de um sono profundo, o hoje advogado Pedro Taques (PSDB), que deixou a cadeira de governador há um ano, decidiu partir pra cima e contrapor quem lhe vincular à corrupção. Afirma que ficou um ano sabático e só apanhando. Agora, reagirá.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jorge kurassaki | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 21h31
    0
    0

    Então reage Lulu; au au ! Então reage gatinho; miiaauu! Reage Pedrinho; pau- pau ; OBA!!!

  • jediel lemes | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 19h23
    3
    0

    Experimentando uma dose do seu próprio veneno ex. promotor Pedro Taques.

EM SORRISO

Rossato tem 5 opções e deve lançar ex-vereador para duelo com prefeito

Por 21/01/2020, 11h:44 - Atualizado: 21/01/2020, 11h:52

rossato 680 sorriso

Dilceu Rossato (centro) e aliados Cesar Schevinski, Silvana Faccio, Alei Fernandes, Cláudio Oliveira e Ilton Polizello

O ex-prefeito de Sorriso, empresário Dilceu Rossato, não vai à reeleição, para pretende mergulhar na campanha do aliado que definir para o confronto nas urnas com o prefeito Ari Lafin (PSDB), que buscará novo mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • RICARDO BRAZ | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 18h56
    0
    0

    QUEM É O CANTO SERTANEJO, O PRIMEIRO DA FOTO?

  • CARLOS | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 18h53
    1
    0

    CERTINHO MEU LÍDER ROSSATO, SOMENTE A SILVANA QUE NÃO DEVE SER CANDIDATA NÃO FEZ NADA QUANDO FOI SUA SECRETÁRIA, BORA DE #CLAUDIO

EDUCAÇÃO

MEC credencia 3 faculdades de MT

Por 21/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 21/01/2020, 01h:02

curso mec 680

Em sessão no mês passado, a Câmara de Educação Superior, vinculada ao MEC, aprovou o credenciamento da Faculdade Saber de Cuiabá (FASC), a ser instalada na rua Tenente Thogo da Silva Pereira. O relator Francisco Cesar de Sá se manifestou contra, mas foi voto vencido.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 20/01/2020, 20h:20

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Big John | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h45
    3
    0

    Com um conselheiro desse, se fosse agora... seria depois a cassação.

  • Ramon | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 07h08
    8
    0

    Com um " conselheiro" como Yuri , pode- se ter em mente uma série de equívocos.

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478