Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Ex-diretor do Samu, Abdallah tentou implantar projeto, mas foi barrado

Por 12/04/2014, 17h:11 - Atualizado: 13/04/2014, 10h:27

Davi Valle/Rdnews

Daoub-Abdallah---foto---davi-valle.jpg

Daoub Abdallah conta que tentou implantar projeto do Samu mas foi barrado

O ex-diretor estadual do Samu e atual secretário de Saúde de Várzea Grande, Daoub Abdallah criticou a atual situação do serviço prestado à população. Há cerca de um ano longe da direção do Samu, ele garante que as condições continuam as mesmas. “Até onde sei faltam insumos e a estrutura está precária”, critica durante entrevista ao Rdnews. 

Adballah pediu demissão no ano passado depois de atrito com o então secretário estadual de Saúde, Mauri Rodrigues, por conta de um projeto reprovado pelo ex-gestor. O plano era implantar o programa Samu 100%, que levava o serviço para municípios do interior.

Ele conta que trabalhou dois anos no projeto que já contava com o apoio das prefeituras e, inclusive, já havia conseguido recursos do Ministério da Saúde. Quando estava quase pronto, Mauri não concordou com a medida. “Eu pedi para sair para deixar ele tocar conforme ele entendia”. 

Por outro lado, acredita que o Samu está melhor assistido pelo atual secretário, Jorge Lafetá. “Acredito que ele dará um jeito nisso e com um carinho especial porque ele começou a carreira médica lá”, diz. A expectativa de Abdallah é que o projeto seja executado em breve.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Mrs Ruth Beckham | Segunda-Feira, 20 de Outubro de 2014, 06h23
    0
    0

    Mrs Ruth Beckham, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • pedro | Domingo, 13 de Abril de 2014, 10h59
    3
    1

    Este cidadao é do mesmo grupo do sr, Pedro mensalao henry, fica falando balela agora que ganhou um cargo de VG, Coitado deste povo. Foi do SAMU e nao fez nada. Queria entregar para uma OSS e Mauri nao deixou agora fala besteira, pessoas assim deveria ser tiradas da politica. Por favor DAUDE peça para sair é o melhor que voce pode fazer por varzea grande.

  • dalva | Domingo, 13 de Abril de 2014, 10h47
    1
    3

    secretario de saude, incompetente, por que barrou esse projeto? é a cara do governo silval barbosa.....

  • Dornele$ | Domingo, 13 de Abril de 2014, 10h04
    2
    2

    Isso é cria de Maggi. Depois me falem dos resultados negativos, se é possível ficar pior do que já está!

  • mesquita | Sábado, 12 de Abril de 2014, 21h26
    1
    3

    O melhor diretor que o samu ja teve foi o senhor Daoub,tenho certeza que agora a saúde de várzea grande vai melhorar.

  • Raimundo Mendes | Sábado, 12 de Abril de 2014, 19h35
    2
    3

    Presenciei a determinação do Daud na elaboração do projeto SAMU 100% e a dedicação e o zelo pela implantação nos Municípios e ei que aparece um louco chamado Mauri Rodrigues e simplesmente não aprova o projeto do Dr Daud. O ministério da Saúde já tinha aprovado com louvor a implantação e até garantido recursos para o funcionamento, mas, veio esse incompetente e desequilibrado de Sinop e frusta a realização das ações.

  • Ricardo | Sábado, 12 de Abril de 2014, 19h30
    2
    1

    Pq em vez de se preocupar coma a politica a TRIMEC não acaba a obra da Estrada do Moinho??????????? A chuva ja parou pq esta tudo parado???????? QUerem aditivo???????????

  • Sérgio | Sábado, 12 de Abril de 2014, 19h10
    5
    1

    O Dauod se esqueceu de falar que junto com o PEDRO HENRY e o Vander queria entregar o SAMU para uma OSS. Aí sim só ele acha que era bom. Graças a DEUS e a interferência dos servidores de carreira e do Conselho Estadual de Saúde isto não aconteceu. E também esqueceu de falar que sob a sua sua direção e que o SAMU virou um caos total, consumindo uma fortuna na oficina única com aquelas viaturas velhas, sem médicos efetivos, sem remédios e insumos. Façam uma auditoria durante o tempo em que o DAuod ficou no SAMU e agora vem querer falar dos outros? O Dauod mesmo com a reprovação das OSS queria que o IPAS assumisse o SAMU. E a mais pura verdade e que o Mauri não deixou entregar para uma OSS. Se a SÉS não consegue manter o SAMU da baixada, imagina no eStado todo. Larga de conversa fiada.

  • Rodrigo | Sábado, 12 de Abril de 2014, 17h58
    3
    1

    Gostaria de saber qual projeto foi executado na gestão do Sr. Mauri Rodrigues...um homem que chegou como executor, corajoso, trabalhador...pasmem, sem nenhum legado nem certo e nem errado...simplesmente passou...perda de tempo!

ADVOCACIA

Cria de Blairo se torna lobista no DF

Por 21/01/2020, 19h:49 - Atualizado: 3min atrás

novacki 680

Aos 46 anos e já aposentado como coronel PM-MT, recebendo proventos de R$ 30 mil, Eumar Novacki, hoje advogado, vai montar um escritório em Brasília, onde já reside há mais de 10 anos.

Postar um novo comentário

CONTESTAÇÃO

Taques reage e diz não ser ladrão

Por 21/01/2020, 11h:54 - Atualizado: 04h atrás

pedro taques 680

Como um leão que acaba de acordar de um sono profundo, o hoje advogado Pedro Taques (PSDB), que deixou a cadeira de governador há um ano, decidiu partir pra cima e contrapor quem lhe vincular à corrupção. Afirma que ficou um ano sabático e só apanhando. Agora, reagirá.

Postar um novo comentário

EM SORRISO

Rossato tem 5 opções e deve lançar ex-vereador para duelo com prefeito

Por 21/01/2020, 11h:44 - Atualizado: 08h atrás

rossato 680 sorriso

Dilceu Rossato (centro) e aliados Cesar Schevinski, Silvana Faccio, Alei Fernandes, Cláudio Oliveira e Ilton Polizello

O ex-prefeito de Sorriso, empresário Dilceu Rossato, não vai à reeleição, para pretende mergulhar na campanha do aliado que definir para o confronto nas urnas com o prefeito Ari Lafin (PSDB), que buscará novo mandato.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

MEC credencia 3 faculdades de MT

Por 21/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 21/01/2020, 01h:02

curso mec 680

Em sessão no mês passado, a Câmara de Educação Superior, vinculada ao MEC, aprovou o credenciamento da Faculdade Saber de Cuiabá (FASC), a ser instalada na rua Tenente Thogo da Silva Pereira. O relator Francisco Cesar de Sá se manifestou contra, mas foi voto vencido.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 20/01/2020, 20h:20

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Big John | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h45
    3
    0

    Com um conselheiro desse, se fosse agora... seria depois a cassação.

  • Ramon | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 07h08
    8
    0

    Com um " conselheiro" como Yuri , pode- se ter em mente uma série de equívocos.

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478