Blog do Romilson Cuiabá, 22 de Janeiro DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Saúde

Ex-vereador que lançou proposta de divisão do Estado está na UTI

18/01/2010, 21h:20 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Silval Barbosa e Valdemar Brandão  O ex-vereador por quatro mandatos e hoje no cargo de ouvidor-geral do Município de Sinop, Valdemar Brandão, está hospitalizado no Vita-BR, em Curitiba (PR). Foi submetido a procedimento de cateterismo cardiovascular nesta segunda. Os médicos orientaram esse exame cardiológico invasivo para diagnosticar ou corrigir problemas cardiovasculares. Constaram que Brandão, que integra o primeiro escalão da gestão Juarez Costa (PMDB), possui artérias obstruídas. Será necessária, então, ser submetido a novo procedimento, a chamada angioplastia, na tentativa de reverter o quadro. Aos 69 anos completados nesta segunda (18), Brandão está na UTI do hospital paranaense. Trata-se de um paciente de risco, já que possui um histórico de problemas cardíacos. Em 2002, após sofrer infarto, fez uma cirurgia e, na época, colocou 5 pontes safenas.

    Valdemar Brandão é um dos pioneiros de Sinop, cidade-pólo do Nortão. Presidiu a Câmara Municipal por duas vezes e hoje comanda o nanico PSC sinopense. É considerado um político polêmico. Foi dele a ideia de nova divisão territorial de Mato Grosso. Fundou até a Sociedade de Desenvolvimento para o Norte do Estado (Sudenorte). Nos anos 1980, Brandão fazia discursos inflamados em defesa da separação nas visitas aos municípios, principalmente como presidente da Ucemmat, entidade que representa as câmaras municipais mato-grossenses e que na época era denominada de Uvemat. A Sodenorte fazia oposição ao governo Dante de Oliveira (1995/2002), criticado por abandonar regiões, como o Nortão.

    O então deputado estadual Jorge Abreu, que era de Sinop, também encampou a luta pela divisão. Com sua morte prematura num acidente aéreo, coube a Silval Barbosa assumir o espólio da divisão. O grupo alegava que o Nortão sofria com o descaso e esquecimento do governo estadual. Foi com essa proposta que Silval, ex-prefeito de Matupá, se elegeu deputado estadual. Depois que assumiu como vice-governador, em 2007, o peemedebista não quis nem ouvir falar em separação territorial, assim como Brandão. Ambos argumentam que "o governo Blairo Maggi integrou as regiões, com investimentos em vários setores, principalmente em infraestrutura".

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Samir Ribeiro | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 15h37
    0
    0

    Gostaria de esclarecer que Vereador não tem como trabalhar na esfera Estadual. Então a verdadeira proposta foi sim do atua vice-governadorl e ex-deputado estadual Sival Barbosa.

  • Altair Mombach | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 13h37
    0
    0

    Primeiramente precisamos torcer pelo reestabelecimento do seu Brandão que precisa de nossas orações. Em segundo lugar é bom que fique claro, que o próprio Brandão diz em alto e bom tom que não existe mais o sentimento divisionista, a idéia de dividir morreu. Nem mesmo Brandão quer mais que o estado seja dividido, ouvi isso dele, pois agora, este governo tem trabalhado e muuuito em todo o nortão, o que é preciso, é que o próximo governador, seja, Silval, seja Wilson ou Jaime, continuem apoiando e investindo no nortão, como vem acontecendo no governo Blairo Maggi. Acho que ficou bem claro a questão né. Força Brandão.

  • nonato | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 12h04
    0
    0

    Acredito não haver mais motivos para discussão ou debates sobre redivisão do nosso Estado, o que ocorre, na minha opnião é o fato de não terem algo a fala sobre este gestor, assim o que resta é este falido e morto assunto. Por isso aguardarei para analiza-lo e ai sim tecer o meu juizo de avaliação política. Se for competente poderá ter o meu voto,do contrario não preciso nem dizer. Assim aguardemos

FONTE LIMPA

UFMT fecha negócio de R$ 5 mi para ter energia solar

Por 22/01/2021, 09h:15 - Atualizado: 02h atrás

ufmt 680

Até o final deste ano, a UFMT terá instalado em sua estrutura predial, na sede, em Cuiabá, energia solar fotovoltaíca ligada à rede SFCR, gerando energia sustentável e econômica pela radiação solar com aplicação conectado com a rede elétrica da Energisa.

Postar um novo comentário

CARGOS ELETIVOS

DEM é maior em MT em número de prefeitos e vereadores; MDB, 2º veja

Por 21/01/2021, 17h:38 - Atualizado: 21/01/2021, 17h:41

partidos quantidade mt 680

Com o resultado das urnas de novembro e já com os eleitos empossados, o DEM do governador Mauro Mendes se torna a maior legenda em número de ocupantes de cargos eletivos no Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Reginaldo Malheiros Silva | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 17h55
    4
    0

    Só que em número de eleitores e população os Prefeitos do DEM representam apenas 10% do eleitorado de Mato Grosso, e pouco mais de 12,5% da população do Estado. O município mais expressivo que o DEM governa é Juara, é sim o MDB , PSB, PSDB que tem a maioria dos eleitores de MT. Vitória de mentirinha essa DEM de MT.

COMPRA MILIONÁRIA

Membros do MPE sem data para receber celulares de última geração

Por 21/01/2021, 12h:34 - Atualizado: 21/01/2021, 12h:37

Rodinei Crescêncio/Rdnews

jose antonio borges 680

Os promotores e procuradores de Justiça de MT ainda não sabem quando receberão os aparelhos celulares de última geração para uso funcional.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Aldo | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2021, 07h13
    1
    0

    Enquanto isso quem trabalha e paga altas taxas de impostos mal conseguem pagar suas contas e comprar alimentos para suas famílias. Impostos pagos pelo povo pra comprar smartphones para os funcionários públicos que tem os maiores salários do estado.

  • Revoltado | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 13h05
    10
    0

    Parem de notíciar isso, não vamos poder fazer nada mesmo, povo acomodado. A tendência desse governo é privilegiar os órgãos que podem fiscaliza_lo em detrimento do resto da população.

ESTRATÉGIA

Com base e cargos, Wilson sufoca deputados de Rondonópolis

Por 20/01/2021, 22h:45 - Atualizado: 20/01/2021, 22h:49

Fablicio Rodrigues

wilson santos 680

Matreiro político, o ex-prefeito de Cuiabá, ex-deputado federal e hoje estadual Wilson Santos está ampliando base eleitoral além da Baixada Cuiabana.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Naldinho | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 06h31
    6
    3

    Ele precisa distribuir o seu livro para que esse pessoal não se eleja nunca mais. Por sinal, o Pátio traiu o PMDB em prol da candidatura alvissareira do Wilson a governador.

CORPORAÇÃO

MT tem hoje menos de 7 mil PMs para o trabalho ostensivo

Por 20/01/2021, 17h:54 - Atualizado: 20/01/2021, 17h:58

pms 680

A Polícia Militar conta hoje com 6.993 integrantes (fora 1.321 bombeiros) para atuar no policiamento ostensivo e preservação da ordem em um Estado com 3,6 milhões de habitantes nos 141 municípios. A proporção é de um policial para 514 habitantes, metade do número recomendado pela ONU.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Ruy | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 18h01
    0
    0

    Onde já se viu uma Polícia Militar com menos de 7 mil homens na sua tropa ter 214 Tenente-coronéis e 30 Coronéis. É um desperdício de dinheiro público tremendo e desnecessário. Precisamos sim de SOLDADOS, CABOS E SARGENTOS que estão na linha de frente enfrentando os BANDIDOS e não Almofadinhas que ficam em Gabinetes coçando o saco e conversando fiado.

  • jair monteiro | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 10h01
    5
    0

    Qual a necessidade de oficial estar lotado em órgão publico? Tem que ir pra rua e sair do ar condicionado

  • RAFAEL | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 09h52
    4
    0

    O número de policial por habitante na prática é muito menor. É muito policial em funções administrativas e na de imprensa, a serviço em outros órgãos e nas funções mais diversas. Só na segurança do governador tem um monte. Aí no TCE vemos diariamente vários deles, alguns organizando o estacionamento do órgão, o que se repete no TJ, MP e AL. Não bastasse isso, se criou um dito batalhão fazendário, onde só acompanham as fiscalizações. E mais, os números demonstram muito cacique para pouco índio na corporação...

PRESIDÊNCIA

2 mulheres na "briga" pelo Indea-MT

Por 20/01/2021, 13h:06 - Atualizado: 20/01/2021, 13h:09

daniella bueno indea 680

Emanuele Gonçalina de Almeida assumiu interinamente a presidência do Indea e com possibilidade de se efetivar no posto de comando.

Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • Servidora do Indea-MT | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 08h40
    0
    0

    Servidora do Indea-MT, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Só observo | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021, 17h31
    0
    1

    Só observo , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Lucineide_delgado@gmail.com | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021, 17h29
    4
    0

    É fácil descobrir “ Carlos Alberto” se o marido dela é servidor público do Estado também, se ele já foi “fornecedor” do Indea basta jogar o nome dele no Diário Oficial!! Nao fala mentira sobre um polícia rapaz!!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2660