Blog do Romilson Cuiabá, 25 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

CÂMARA MUNICIPAL

Fabrício assume vaga e pode se licenciar para assumir a Cultura

Marcus Fabrício   O vereador Marcus Fabrício (PP) tomou posse na Câmara de Cuiabá nesta quarta (2). A solenidade ocorreu durante a tarde, pouco tempo após ter sido realizada a primeira sessão depois do recesso de fim de ano. O progressista, que já atuou como titular na Casa entre 2004 e 2008, assumiu a vaga de Levi Andrade, o Leve Levi (PP), que se licenciou do cargo por enfrentar sérios problemas de saúde.

   Fabrício assume a vaga com a possibilidade de ter que se licenciar do cargo em breve. Isso porque o vereador é um dos cotados dentro do PP para assumir a secretaria de Cultura. A pasta está sendo administrada por Moisés Dias, que também atua como secretário de Esporte e Cidadania, desde que Sérgio Cintra (PDT) se demitu. O ex-gestor desistiu do cargo, porque a secretaria estava com o orçamento completamente comprometido. O fato, inclusive, foi o motivo do cancelamento da festa popular de rèveillon e do show de queima de fogos no bairro do Porto.

   Apesar da secretaria fazer parte da cota do PDT, foi "transferida" para o PP quando um racha interno protagonizado pelo senador Pedro Taques (PDT) criou um impasse sobre a indicação do nome que ocuparia a vaga deixada por Cintra. Enquanto o diretório municipal indicava Rodrigo Rodrigues, Taques alegava que Rodrigo não teria perfil para assumir a pasta e nem poderia ser considerado uma indicação partidária.

   Esta é a segunda vez que Fabrício atua nesta Legislatura. Em 2009, também por causa de uma licença de Levi, ele tomou posse por 20 dias. Na época, Levi voltou às pressas para poder votar na abertura da Comissão Processante que investigava o ex-presidente da Câmara, Lutero Ponce (PMDB). Ele era acusado de causar um rombo de R$ 7,5 milhões e foi cassado por ato de improbidade administrativa.

   No ano passado, numa nova licença de Levi que se afastou na época em que buscava se eleger deputado estadual, Fabrício cedeu a vaga ao colega de sigla Juca do Guaraná, segundo suplente do PP. Fabrício é sobrinho da ex-deputada estadual Chica Nunes (DEM), acusada de desviar R$ 6,5 milhões da Câmara no período em que presidiu a Casa, e primo do vereador Thiago Nunes (PSDB), que substitui o titular Paulo Borges (PSDB), licenciado do cargo para assumir a secretaria de Infraestrutura da Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • elizeu | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 17h33
    0
    0

    VAMOS VER SE AGORA CUMPRAM COM OS COMPROMISSOS ASSUMIDOS VEREADOR, VOCE E SEUS ASSESSORES PARA NÃO FALTAR AQUELE VOTINHO QUE FALTOU EM 2008, NA PROXIMA ELEIÇÃO!!!!!!!!!

  • Bima Melo | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 13h02
    0
    0

    Parabéns Ver. Marcos Fabricio, você apenas esta voltando de onde nunca deveria sair, trabalhe pelo povo Cuiabano, assumir a Cultura que os artista Cuiabano sorriam ai esta o cara que Trabalha.

  • Rosenildo | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 11h44
    0
    0

    (A pasta está sendo administrada por Moisés Dias, que também atua como secretário de Esporte e Cidadania)

VAIDADES

Disputa de ego entre 2 entidades faz ministra cancelar agenda em Cuiabá

Por 24/09/2020, 16h:25 - Atualizado: 24/09/2020, 16h:29

antonio galvan normando corral

Antonio Galvan, da Associação dos Produtores de Soja, e Normando Corral, que dirige a Federação da Agricultura

Uma disputa pelo protagonista do que seria a construção de uma agenda para a ministra Tereza Cristina (Agricultura) em Cuiabá, envolvendo a Famato e Aprosoja, as duas maiores entidades do agronegócio, acabou jogando por água abaixo a tal programação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Israel Borges | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 07h00
    3
    1

    Antonio Galvan foi ele quem arrumou um pessoal para ficar vaindo gov mauro em sinop ... ele e disreipeitoso eos agricultores de mt nao mereçe ter um cara desse representando o nosso agro fora galvan

  • Sem terra de Poconé | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 21h20
    6
    1

    02 pessoas que usam às instituições em benefício próprio. Normando Corral toca a FAMATO dando mordomia e beneficies a seus “amigos”, já Galvan é tido como louco é extremamente vaidoso.... O agro tá muito mal representado nesse momento...

MORTE OU VIDA POLÍTICA

A incógnita Pedro Taques

Por 24/09/2020, 11h:49 - Atualizado: 24/09/2020, 11h:54

pedro taques 680

A resposta das urnas a ser dada a Pedro Taques em 15 de novembro, como um dos 11 candidatos a senador, representará a sua morte política ou então o consagrará como aquele que conseguiu dar a volta por cima.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • luizitosales@gmail.com | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 14h18
    17
    7

    Sou servidor público e tive o desprazer de participar de uma reunião com esse indivíduo quando ela estava (ainda bem) governador. Impressionante a arrogância, prepotência e falta de humildade. Se depender do meu voto, vai continuar no ostracismo político.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    11
    16

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    7
    11

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

EM CUIABÁ

PSB deixa Emanuel e espera sim do Paiaguás para fechar com França

Por 24/09/2020, 09h:54 - Atualizado: 24/09/2020, 09h:57

adilson levante 680

O PSB pulou do palanque à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, deixou a chapa de 38 candidatos a vereador numa saia-justa e está esperando sinalização do Palácio Paiaguás para ver se fecha mesmo aliança com Roberto França (Patriota).

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Candidata | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    Nota mentirosa. PSB está firme com Emanuel. Nunca se uniria a Mauro Mendes

  • Psdbista | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    MAIOR MENTIRA DO PLANETA. RUSSI SABE QUE O DEM SAÍRA MAIS PERDIDO QUE CACHORRO QUE CAIU DE MUDANÇA E NÃO IA ESTRAGAR A CHAPA DO PSB. DIVULGUEM A VERDADE

  • Ojusticeiro | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 15h15
    5
    0

    Na política vale tudo..... olha Máxi dando pitada na política cuiabana QUA. QUA QUA ele vai e nos eleitores não mais QUA

VISITA

Ministra em agenda do agro em Cuiabá

Por 23/09/2020, 22h:46 - Atualizado: 23/09/2020, 22h:50

tereza cristina 680

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) visita Cuiabá na próxima segunda (28).

Postar um novo comentário

SOJICULTORES

Aprosoja vai renovar diretoria e, por enquanto, um se lança à presidência

Por 23/09/2020, 20h:01 - Atualizado: 23/09/2020, 20h:07

fernando cadore 680

Com cerca de 7 mil associados, a Aprosoja-MT, entidade que representa a categoria de sojicultores que detém o maior peso da economia estadual, escolherá seu novo presidente e outros 11 da diretoria em 9 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Juscileide Kliemaschewsk Rondon | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 19h27
    0
    0

    Bando de canalhas! Se serviram da EMBRAPA, empresa brasileira pública para começar o plantio da soja no estado e agora jogam pedra nos serviços públicos!

  • Caio Oliveira | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 21h06
    6
    0

    Aproenoja...

  • Jose | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h55
    6
    1

    A aprosoja ao invés de se preocupar com as queimadas fica fazendo propaganda pra reforma administrativa

PLANTAÇÃO E COLHEITA

A estratégia de Mauro para 2021

Por 23/09/2020, 15h:25 - Atualizado: 23/09/2020, 15h:30

mauro mendes 680

Independente da busca ou não da reeleição, Mauro Mendes está convicto de que, a partir do próximo ano, irá elevar a popularidade, inclusive em setores, como do funcionalismo público e do agronegócio, que torceram o nariz e fizeram protesto contra o governo por causa das reformas implementadas.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • ROGERIO SENA DA SILVA | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h25
    3
    0

    Tá achando que o servidor público é bobó chera chera. Perdemos poder de compra sem RGA e agora diminuiu nosso salário com aumento da alicota previdenciária. Muitos estão com dificuldades pra comprar remédios e entrando em empréstimos. Não esqueceremos terá o mesmo fim de Pedro

  • Charles Dias | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 11h53
    8
    1

    Nunca mais terá o meu voto, enganou os servidores público, não taxou o agronegócio e ainda taxou os Pensionista e Aposentados 14% na alíquota previdenciária. A corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Se o Roberto França eleger para Prefeito vai acontecer a mesma coisa, apoiado por Mauro MENTE!!! ABRE O OLHO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL!!!

  • Marlan | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h15
    4
    10

    ...QUE OS ANJOS DIGAM AMEM...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2605