Blog do Romilson Cuiabá, 29 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Filiação de Julier no PMDB para disputar o Governo leva PR para palanque de Taques

Por 18/03/2014, 19h:00 - Atualizado: 18/03/2014, 19h:32

Jonathan Fernandes/Rdnews

julier sebastião

Julier Sebastião encontra dificuldades de viabilizar candidatura a governador pelo PT por causa da concorrência com Lúdio Cabral, segundo colocado nas pesquisas

A hipótese de Julier Sebastião desistir do PT e se filiar ao PMDB para concorrer ao Governo deve tirar o PR da base governista e dar o último empurrão que setores do partido esperavam para subir no palanque do pré-candidato oposicionista, senador Pedro Taques (PDT). O ex-governador e senador licenciado Blairo Maggi já havia adiantado que não apoia Julier de maneira alguma. Principal líder regional dos republicanos, ele carrega mágoa profunda do juiz federal, que foi duro na decisão de incriminá-lo como um dos responsáveis pelo escândalo do maquinário - esquema de superfaturamento pelo governo estadual na compra financiada de máquinas pesadas que foram repassadas às prefeituras em 2010.

Embora já tenha se comprometido com a presidente Dilma Rousseff em construir palanque em Mato Grosso a sua reeleição e se distanciado do colega Taques por este adotar uma linha de oposição, Blairo agora pode buscar uma reaproximação, principalmente com o fato do PDT nacional fazer parte do arco de alianças, assim como o PR, inclusive comandar o Ministério do Trabalho.

A posição de Maggi contra o projeto de candidatura de Julier é reforçada pela bancada republicana na Assembleia, composta de 7 deputados: Wagner Ramos, Jota Barreto, João Malheiros, Mauro Savi, Emanuel Pinheiro, Sebastião Rezende e Ondanir Bortolini, o Nininho. Nas negociações com o bloco de Taques, o deputado federal de seis mandatos Wellington Fagundes entraria como candidato a senador.

Julier já havia acertado filiação no PT, inclusive em conversação com a cúpula nacional, mas o surgimento do nome do ex-vereador pela Capital, Lúdio Cabral, que já desponta em segundo lugar nas intenções de voto, atrás apenas de Taques, provocou racha no petismo. Julier, que segue disposto a deixar a magistratura para disputar o Palácio Paiaguás, preferiu recuar do PT e, com respaldo do governador Silval Barbosa, agora admite aderir ao PMDB.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Luciano Ferreira | Quarta-Feira, 19 de Março de 2014, 11h40
    2
    3

    A Chapa do Governo Silval está rachando igual o asfalto e viaduto que estão construindo e o Maggi está vendo que a Dilma está mais queimada que fundo de panela, por isto está tentando ou ficar neutro ou ir pra oposição...

  • Moreira | Quarta-Feira, 19 de Março de 2014, 11h20
    3
    5

    A melhor opção é ir de Táxi, não tenho dúvida disso. O sistema está querendo é que o táxi capote mesmo... inventando estórias sobre Ata e tudo mais. Os votos que ele recebeu, quase 70% dos eleitores do estado, isso não vale nada...A soberania do voto popular não existe.. O que vão inventar mais? e quanto a Julier...PMDB? por essa eu não esperava...

  • Maria | Quarta-Feira, 19 de Março de 2014, 10h51
    4
    5

    Parceria sempre é bem vinda, só assim não vamos gastar c/ 2º turno, PEDRO TAQUES NA CABEÇA EM 2014 JÁAAAAAAAAA

PÓS-CASSAÇÃO

Ex-senadora agora monta escritório advocatício com 2 ex-assessores

Por 28/05/2020, 21h:55 - Atualizado: 01h atrás

selma arruda 680

Juíza aposentada e senadora com mandato prematuramente cassado neste ano por crimes eleitorais, Selma Arruda ainda não conseguiu licença da Ordem para atuar como advogada.

Postar um novo comentário

EM RONDONÓPOLIS

Governo Bolsonaro ama índio, diz ministra em MT veja

Por 28/05/2020, 18h:44 - Atualizado: 28/05/2020, 18h:50

damares discurso 680

A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), com um cocar sobre a cabeça, arrancou aplausos em Rondonópolis nesta quinta ao dizer que estava ali realizando a maior obra do Governo Bolsonaro, que é cuidar de vidas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Leonildo | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 21h09
    5
    2

    Que mentira!!!! E a boiada acredita....

  • Alberto | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h47
    4
    1

    Bolsonaro ama índio? Kkkkkk. Quem foi que disse que a cavalaria americana, ao contrário da nossa, foi competente ao exterminar os índios americanos.

EM RONDONÓPOLIS

Senador é ignorado e deixa ato constrangido

Por 28/05/2020, 13h:01 - Atualizado: 28/05/2020, 13h:09

damares favaro 680

O senador Carlos Fávaro (PSD) passou o maior constrangimento hoje, em Rondonópolis, durante ato de entrega de alimentos e máscaras faciais a povos indígenas com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Cristiano | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 16h08
    7
    22

    Medeiros é o candidato do Bolsonaro ao senado!

  • Lourinil | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h56
    16
    32

    Ele estava no lugar errado. Nem senador é só está na cadeira pq fez manobras , o jeitinho para estar lá. O lugar é legalmente da juíza que foi tirada , na proxima eleição Coronel Fernanda a candidata do Presidente

  • Benedita | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h33
    13
    37

    Queria uma beira; si fu, o Medeiros veio foi junto com a comitiva; parabéns deputado José Medeiros, nosso futuro senador!

BATALHA JURÍDICA

Pedido de Albano para voltar ao TCE será julgado pelo Supremo na terça

Por 28/05/2020, 12h:28 - Atualizado: 28/05/2020, 12h:31

gilmar mendes 680

A Segunda Turma do Supremo julga na sessão da próxima terça (2 de junho), um agravo regimental do conselheiro Valter Albano, pleiteando retorno ao cargo. O pedido de HC chegou a entrar na pauta ontem, mas a presidente, ministra Cármen Lúcia, não o colocou em julgamento porque a sessão já havia extrapolado o prazo.

Postar um novo comentário

EM RONDONÓPOLIS

2 pré ao Senado disputam espaço em ato com ministra

Por 28/05/2020, 10h:30 - Atualizado: 28/05/2020, 10h:35

fernanda victorio galli 680

Rúbia Fernanda (de blusa rosa) e seu suplente da chapa ao Senado, Victorio Galli, aguardando chegada da ministra

Dois pré-candidatos à suplementar ao Senado, tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriota), e o deputado José Medeiros (Pode), participam do ato nesta manhã, na sede da Conab, em Rondonópolis, com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

Postar um novo comentário

PREOCUPAÇÃO

Por questão de segurança, Michelle Bolsonaro cancela agenda em MT

Por 28/05/2020, 07h:07 - Atualizado: 28/05/2020, 07h:20

michelle bolsonaro 680

Por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), a primeira-dama Michelle Bolsonaro cancelou sua participação no evento de entrega de cestas básicas para comunidades indígenas hoje, em Rondonópolis.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Elias | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 14h31
    6
    1

    Jedae, raça infame é a tua. Vira este disco. Todo mundo vê o que essa corja está fazendo para dedtruir o Brasil. Somente você e sua corja de mau caráter ainda defende estes milicianos. Pior, não tem a capacidade tem postar um comentário sem agredir petistas, disseminando ódio, espalhando peçonha. Gente gomo você são o câncer da sociedade e precisa ser extirpado com urgência.

  • Jedae | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 10h20
    5
    12

    Ver petistas, comunas e toda raça infame chorar, não tem preço. Bolsonaro, só precisa fazer duas coisas. Primeiro: Não deixar haver roubos em todos os níveis. Segundo: Nunca mais deixar o poder cair nas mãos dessa quadrilha, que se intitula progressistas. De quebra, limpar esse STF, repleto de corruptos e vendidos. Nem sei quem é pior. Se é o ex-carregador de malas do mula ou o ex do Temer, enterno vice da anta!!!!!!!!!

  • MOSSUETO | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 09h46
    9
    4

    Ridícula essa justificativa, o nosso País nunca teve esse tipo de ameaças, mas a falta de postura e respeito com os eleitores é que está gerando esse tipo de reação.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2548