Blog do Romilson Cuiabá, 09 de Agosto DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

PELO PACTO FEDERATIVO

Fim de municípios sem autonomia financeira; parabéns, Bolsonaro

Por 05/11/2019, 23h:00 - Atualizado: 05/11/2019, 23h:11

Isac Nóbrega

bolsonaro 680

Muita oportuna a iniciativa do presidente Jair Bolsonaro de apresentar uma PEC no Senado para reduzir o número de municípios pequenos e que não têm autonomia financeira.

Nada mais justo e coerente do que aqueles com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total serem incorporados pelo município vizinho. Afinal, não conseguem sobreviver sozinhos.

Dos 5.570 municípios no país, 1.253 deixariam de existir, 34 deles em Mato Grosso.

Por aqui, nas décadas de 80 e 90, a Assembleia Legislativa, então com autonomia para tal, promoveu uma verdadeira farra política e eleitoral com criação de novos municípios. Para se ter ideia, em uma única data (13 de maio de 1986), os deputados transformaram 23 distritos em municípios.

Prefeitos com pires nas mãos vivem pedindo socorro aos governos estadual e federal. E, às vezes, lideram protestos. Querem mais recursos. A tal marcha dos prefeitos a Brasília já está na 22ª edição.

Veio em boa hora, em meio à discussão do Pacto Federativo, a proposta de manter apenas municípios que conseguem sobreviver com as próprias pernas. Pena que a fusão, se aprovada pelo Congresso, só começaria a vigorar a partir de 2026. Por essa posição de coragem e pela busca de medidas que geram economia, o presidente da República merece parabéns.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • carlos Luiz Milhomem de Abreu | Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019, 16h22
    0
    3

    É um assunto interessante. Não creio que a solução é extinguir municípios do interior de Mato Grosso sem qualquer estudo pois entendemos que o interior com as pequenas cidades proporcionam maior e melhor qualidade de vida. Faz tempo que o Governo não se faz ação de desenvolvimento de negócios regionalizados, levando oportunidade para que o povo saiam dos grandes centros e vão a busca de oportunidades. Gastam-se grandes quantias de dinheiro e coisas que não tem retorno.

  • ORLANDIR GONÇALVES CAVALCANTE | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 17h17
    3
    8

    kkkkkk meu Deus a idiotice é tanta que este tipo de medida recebe nota de "bem feito" kkkk Estamos no fundo do poço esmo.... onde tem um olho é rei kkkk adooooooro esta descida ao subterraneo ... está sendo tudo muito didático.... Aprenderemos com dor e sofrimento em nome de um mito kkkkk

  • Julho | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 11h21
    24
    6

    Só essa medida já justifica meu voto no Bolsonaro e olha que sou de um desses município que será incorporado. Não tem a mínima condição de caminhar sozinho, totalmente dependente do estado e da união, o pouco que tem é consumido na folha de pagamento de um número excessivo de funcionários e cabides aspones que de nada serve.

EM CÁCERES

Francis se distancia de sua vice, que ganha asas desvinculada do prefeito

Por 09/08/2020, 17h:27 - Atualizado: 04h atrás

eliene liberato francis 680

O prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), acabou empurrando para a oposição a sua vice Eliene Liberato, pré-candidata à sucessão pelo PSB.

Postar um novo comentário

EM LUCAS

Chapa vitoriosa é reeditada 16 anos depois pra tentar derrotar Binotti

Por 09/08/2020, 11h:53 - Atualizado: 09/08/2020, 11h:54

osvaldo martinello 680

Marino Franz (Republicanos) vai com tudo pela reconquista da Prefeitura de Lucas do Rio Verde. Dezesseis anos depois, deve repetir a mesma chapa vitoriosa de 2004, tendo como vice o também empresário Osvaldo Martinello (PR), da rede varejista Eletromóveis Martinello.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amaral antunes | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 15h39
    1
    0

    Virou Cosa Nostra em Lucas

ELEIÇÃO AO SENADO

Sob incentivo do governador, Pivetta se anima; Sachetti segue 1º suplente

Por 08/08/2020, 22h:16 - Atualizado: 08/08/2020, 22h:29

Mayke Toscano

mauro mendes otaviano pivetta 680

Convencido pelo governador Mauro Mendes a se manter no páreo, o vice Otaviano Pivetta (PDT) se reanimou para a disputa ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Nicinha | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 23h15
    7
    3

    Adilton Sachett o marido da influencer que envolveu no acidente que matou o menor e tentou fugir do local, justamente no dia dos pais!!! Caso a chapa ganhe e Adilton Sachett assuma Mato Grosso terá a esposa de um senador que envergonhará nosso estado!

RUMO AO ALENCASTRO

9 partidos já fechados pela reeleição e 4 brigam pela vice de Emanuel

Por 08/08/2020, 12h:43 - Atualizado: 08/08/2020, 12h:43

emanuel pinheiro 680

Nove partidos já estão fechados para o apoio à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. São eles: MDB, PTB, PP, PV, Republicanos, PL, PSB, PSDB e PTC.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Cuiabano de xapa e cruz | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 15h28
    0
    1

    Discordo será volta de novo a ser nosso Prefeito o melhor que tivemos todos os bairros tem uma obra só andar não vê quem não quer têm nosso voto sim com certeza.

  • Alex | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 22h10
    9
    4

    Depois do vídeo do paletó. Me arrependo de ter votado no Emanuel.

  • Pedro luis | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 18h42
    13
    6

    Esse prefeito vai sofrer a maior derrota política. Aquele vídeo do paletó vai desmoraliza-lo, será humilhado e massacrado pelos adversários. A sociedade vai conhecer que realmente é esse cidadão, e vai coloca-lo no seu devido lugar. Só para lembrar: todos que foram filmados embolsando o dinheiro do Silvio, foram dxpurgados da vida pública. O único que ainda respira é o nosso prefeito.

CHAPA AO SENADO

No acordão Leitão-Júlio, Wellington mantém indicação do 2º suplente

Por 07/08/2020, 15h:34 - Atualizado: 07/08/2020, 16h:04

wellington fagundes 680

 

O senador Wellington Fagundes, cacique do PL, participou do acordão que resultou na indicação de Júlio Campos à primeira-suplência ao Senado do tucano Nilson Leitão.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amaral antunes | Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020, 18h50
    10
    7

    Que limpa faremos. Dessa vez leitao e julio, daqui a menos de 3 anos, esse que nunca faz nada welinton.

rumo às urnas

DEM e 3 destinos ao Senado

Por 07/08/2020, 11h:22 - Atualizado: 07/08/2020, 11h:27

otaviano pivetta 680

O DEM está dividido em três sobre disputa ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Francisco Antônio de Almeida | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 08h27
    0
    0

    Depois do vídeo do paletó, se mostra tão indecente quanto o personagem principal do vídeo.

  • José Carlos | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 17h47
    2
    3

    Realmente o DEM autentico e verdadeiro, do tempo de Jonas Pinheiro, hoje liderado pelo Senador Jaime, Deputado Dilmar e ex-Governador Julio, sem duvida alguma vai coligar com o PSDB e apoiar o ilson Leitão, e os dissidentes vão divifdir entre Piveta e Faváro. Eu prefiro apoiar o Leitão que é o menos ruim, e não será empregado nem de Mauro Mendes e nem de Blairo e Erai Maggi, vãi lutar pelo povo de Mato Grosso.

  • Maria Luiza do DEM | Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020, 17h12
    5
    3

    Fabio Garcia, o presidente-sumido do DEM, que tem atende telefone ou zap dos seus companheiros, vai ficar chupando dedo sentando numa cadeira de balança, pelo apoio do DEM ao Piveta, como o Mauro Mendes, tambem com apoio dos Democratas ao Carlos Fávaro, pois ambos devem estar de passagem no DEM-MT.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2582