Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Estratégia

Governador avisa que não vai responder aos ataques de Jayme

Senador Jayme Campos   Blairo Maggi acompanhou todas as críticas disparadas por líderes do DEM (ex-PFL) e, a menos de 90 dias de renunciar ao mandato, decidiu que não vai respondê-las. Assim, entende que caciques políticos, como o senador Jayme Campos, vão cair no vazio e mesmice porque os ataques não terão a repercussão que estão esperando. O governador disse aos correligionários que é preferível ficar em silêncio do que responder as críticas para também não comprar briga com a bancada do DEM na Assembleia, representada por Dilceu Dal Bosco, Chica Nunes, Gilmar Fabris e José Domingos. Enquanto os irmãos Jayme e Júlio Campos levantam problemáticas administrativas da gestão Maggi, para desqualificar o governo, os deputados do mesmo DEM não entram na discussão, afinal, temem o risco de perder as várias indicações de cargos comissionados feitas na estrutura da máquina.

   Em Poconé no último final de semana, durante encontro do DEM, Jayme Campos, pré-candidato à sucessão estadual, disse que a política de segurança pública do governo Maggi é uma vergonha. Apresentou dados estatísticos que mostram preocupação quanto à onda de assaltos (foram 900 só no ano passado) e citou que em Goiás um policial militar ganha R$ 3 mil, enquanto em Mato Grosso o salário praticado é de R$ 1,7 mil. Criticou também o Paiaguás por alugar veículos, inclusive à empresa de fora do Estado. O senador mencionou a crise na saúde pública e chegou a dizer que o prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB), de quem se aproximou visando as eleições gerais, "ajuda mais Mato Grosso na área da saúde do que o governo do Estado". Jayme Campos atacou a carga tributária e vê privilégios na política de incentivos fiscais. Disse que o governo Maggi concedeu R$ 1,5 bilhão de incentivos fiscais a seis empresários, enquanto o micro e pequeno empresário não têm o mesmo tratamento.

   Alguns secretários chegaram a ensaiar resposta às críticas de Jayme, que se elegeu senador em 2006 no palanque de Maggi, mas o próprio governador orientou a equipe a ficar em silêncio. Argumentou que não vale a pena entrar em conflitos num momento em que já começa a limpar as gavetas para deixar o Paiaguás com vistas a tentar cadeira de senador.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Edmilson | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 23h45
    2
    0

    Vou aproveitar este espaço para um breve histórico de Acorizal. De 1982 para cá passaram pelo governo do estado de MT: Julio campos, Bezerra, Jaime, Dante 2 mandatos, todos vieram na cidade pedir votos e todos prometeram asfaltar a 010 e construir pontes, alem de nao cumprir suas promessas, nada fizeram pelo municipio e seu povo; foi preciso um migrante no governo do estado para realizar nosso sonho. O senador devia ficar quieto pois ainda mama nas tetas e o seu rabo é muito cumprido.Vais levar uma cacetada. CUIDADO COM A JUSTIÇA, ELA TARDA MAS UMA HORA VEM.

  • CHARLES | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h30
    1
    1

    NAO VAI RESPONDER POR QUE ?? SERÁ QUE NÃO TEM ARGUMENTOS ?? OU NAO AGUENTA O DEBATE ??

  • Zé bomba | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h25
    2
    0

    Muito bem Governador Maggi o Sr é do bem , educado ,não deve responder esses ataques ,nós já conhecemos esses tipos de politicos ,eles fazem isso para tentar destruir e denegrir o seu governo fique tranquilo o povo graças a Deus já estão acostumado com essas baixarias de alguns politico do DEM e do PSDB .INVEJA MATA

  • pedro | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h45
    3
    0

    o pior de tudo é que a turma do blairo quer colocar as coisas do privado no publico, e tem secretario que não sabe fazer isso e foi o fiasco....que pena que só preocupam com estradas de interesse deles...estão duvidando? é só ficarem atentos...

  • aloisio | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h42
    2
    0

    tudo bem que o jayme podee esta fazendo sua campanha rumo ao paiaguais, mas a situação de nossa segurança ta pessima, não vejo o governador com aquele ar de decisão querendo mais empenho do policia, pois falo isso por que nos governos que antecederam ele isso acontecia, e infelizmente quando o chefe não fala, os empregados fazem o que quer....

  • Roberta | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h20
    2
    0

    Eu gostaria de saber onde ele "senador" arrumou esse salario de R$ 3,000,00 para policial goiano, pois sou policial e meu salario não e esse! mas foi bom o senador me alerta pois vou atras dessa informação. Sou de Cuiabá mas morro em Goias mas vejo esse governador atual de Mato Grosso trabalhando totalmente diferente desse prefeito de Cuiabá e esse senador, que quando era governador não fizeram nem metade que o atual fez e esta fazendo por Mato Grosso "Eu tenho 40 anos e de todos os governadores que passou depois que comecei a entender de gente ó que mais se aproxima do atual governador e o ex. governador Julio Campos pois o resto muita conversa e pouco trabalho". PS: Senador vai trabalha mais um pouco ok! abraços

  • Marcelo Neves | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h16
    2
    0

    O governador Blairo Maggi está certo de não comentar as acusações do senador gaga, pois ele só quer ganhar palanque que não tem mais. O povo não tem saudade do seu governo Jaime, não fez nada de novo para MT. O Blairo fez e faz muito po MT, veja são várias as pavimentações asfalticas no Estado o que você Jaime não fez, nem seu irmão juju berere, nem o Dante gogó, é só tinha gogó igual o prefeito de Cuiabá o Wilson gogó. A saúde é de responsabilidade do prefeito. Os governos federal e estadual repassa verbas para os prefeitos investir saúde e se investiu é por falta de competência ou por desvio. Na sua época Jaime a polícia ganhava uma miséria e além disso não tinha moral, o povo tinha medo da PM. Poderia elencar as realizações de MT no governo de Blairo e LULA mas vou parar, pois o povo sabe e daremos a resposta a vocês da oposição nas próximas eleições.

  • Aladir Leite Albuqueque | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h16
    2
    0

    Quando vejo o silencio do governador referente as criticas do Senador Jaime Campos, fica claro que as criticas são verdadeiras porque quem cala consente , e vou mais alem nossa segurança infelizmente é uma insegurança sem falar na saúde, e outras áreas do governo.

  • Germano Souza Cruz | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h13
    2
    0

    Brairo, quem cala consente. Mas a verdade é uma só, o governo do PR(Brairo Maggi) não chegou nem aos pés do governo Dante de Oliveira. Esse Brairo governou apenas para meia dúzia de apaniguados, mas ele terá a resposta nas urnas. Verás também Seo Brairo, que quando deixares o governo, as pessoas que o apoiam cairá em mais de 50%, pois a maioria de seu apoio é composto de interesseiros. Quem viver verá!

  • Augusto Cesar Martins de Siqueira Júnior | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 16h16
    2
    0

    o governador está certo em não responder aos ataques deste senador, que nada fez por Mato Grosso enquanto era governador e tão pouco fez como senador, Mato grosso precisa de dar continuidade a uma administração moderna e comprometida com resultados, jaime representa o atraso político, um dos últimos coronéis da velha oligarquia política, por isso o blairo deve responder com trabalho e ações, parabéns governador

RUMO À REELEIÇÃO

Com 13 siglas e podendo atrair o PSL

Por 20/10/2019, 20h:41 - Atualizado: 20/10/2019, 21h:50

emanuel pinheiro deputados 680

Emanuel com os deputados Sílvio Fávero (PSL), Paulo (PP), Avalone (PSDB), Janaína (MDB) e seu esposo Diógenes

A um ano das eleições, o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro já conta com apoio pré-estabelecido ao projeto de reeleição de nada menos que 13 partidos. E tende a aglutinar outros, inclusive o PSL do presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maria F. Albuquerque | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h16
    0
    0

    Desse jeito vai ganhar no primeiro turno. Até agora não apareceu adversário à altura para derrotar Emanuel. Juntando todos os pré-candidatos da oposição não dá um.

  • Claudiomario | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h31
    2
    2

    Neste quase três anos de mandato, o prefeito tem conseguido vencer as demandas, e tem buscado recursos pra continuar viabilizando esforços respeitando todas as possíveis diferenças politicas e partidárias que possam existir, , tudo dentro da normalidade!!

  • Pedro luis | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 21h59
    7
    6

    Se o eleitor Cuiabano votar no Emanuel, mesmo depois de vídeo do paletó, estará demonstrado que o eleitor não se importa com corrupção, e quem tem atitudes duvidosas é aplaudido. Estará demonstrando também que corrupção não é problema, que não se importa. Estará provado ao mundo que é um exemplo de eleitor, que vota sem se importar com a índole do candidato.

SOB INVESTIGAÇÃO

Promotor denunciado segue do Núcleo de Patrimônio e Probidade

Por 20/10/2019, 10h:44 - Atualizado: 20/10/2019, 13h:37

marco aurelio 680

Denunciado criminalmente pelo MPE por quebra de segredo de Justiça, após investigações do Naco, o promotor Marco Aurélio, ex-coordenador do Gaeco, não deve ser afastado do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

Postar um novo comentário

RUMO AO ALENCASTRO

Sem espaço no PDT, Julier sinaliza retorno ao PT para disputar Cuiabá

Por 19/10/2019, 10h:32 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:39

julier ludio pt 680

Petistas, entre eles o deputado Lúdio Cabral e presidente municipal Bob Almeida, após reunião com Julier, nesta 6ª

De um lado, um partido sem opção de candidatura a prefeito de Cuiabá. De outro, um ex-candidato sufocado e sem espaço na legenda onde está filiado desde dezembro de 2015.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h32
    3
    2

    Sai de um pequeno partido no Estado para um partido inexistente com o peso de ter patrocinado o maior esquema de desvios da história.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h05
    6
    0

    Dr Julier o senhor pode não gostar do meu comentário, mas vou falar, abra mão de candidatura a prefeitura, pois pessoas maldosas lhe tirou da magistratura, e comece do começo, candidate a vereador, com certeza o senhor será eleito, daí pra frente só depende de você. Vai por mim.

SEM RESPALDO

Barbudo agora terá de sobreviver politicamente longe de Bolsonaro

Por 18/10/2019, 18h:24 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:55

nelson barbudo 680

Embora esteja no início do mandato, Nelson Barbudo, o mais votado em 2018 junto ao eleitorado mato-grossense à Câmara Federal, enfrenta agora um grande desafio, o de sobreviver politicamente desgarrado de Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Paulo | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h20
    6
    0

    Esse senhor Barbudo é um falastrão. Com o apoio do presidente já não servia pra muita coisa, sem o apoio é que não serve mesmo pra nada. Como pode dar as costas pro presidente que o elegeu? Se não fosse o Bolsonaro esse homem tirava 200 votos e olhe lá.

  • jose carlos | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 08h44
    2
    1

    Aconselho este deputado a continuar ouvindo seu assessor Dal...B.... que assim ele vai longe , alto taquari

  • Frank Sabiá | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 14h50
    13
    0

    Como que MT elege um Urtigão desses ? Todos foram na Onda do Bolsonarismo, agora o maior beneficiado cospe no prato que comeu.

  • Angelo | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 10h02
    5
    8

    O presidente fraude anti-Brasil nunca abandonará barbudo ... ele sempre terá lugar cativo no lado esquerdo ... no lado esquerdo da bolsa escrotal do psicopata ... ele de um lado e Medeiros de outro...

  • Salas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 08h52
    10
    1

    Deputadinho “marca fraca”, sempre foi ridículo e se acha, agora vai pra vala.

  • Lucas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 05h15
    17
    0

    Esse Barbudo que nem sei de onde surgiu. E blm colocar a barba o bigode o chapeu a botina de molho. Quis fazer gracinha. Virou traira tambem. Agora vai ter que rebolar p se manter

  • alexandre | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 20h21
    13
    1

    quem era o PSL , antes do Bolsonaro ? vai voltar para o ostracismo...

  • GILMAR DE PAULA | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 15h59
    24
    0

    O Barbudo , se continuar nesse "lero lero", aventando possível candidatura a prefeito de Cuiabá e participando de conluios com os camundongos famintos do PSL terá, no futuro, uma difícil campanha para vereador em Alto Taquari, com chances reais de fragorosa derrota.

  • Benedita da Silva | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 13h39
    17
    1

    Muito cacique pra pouco índio, e agora Barbudo ficou, não só com as barbas de molho, como num mato sem cachorro. E não fez um ano de mandato, a lojinha do PSL pegando fogo.

  • Joacir Gimene de Lima | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 12h57
    11
    6

    Depressão à vista.....Falta o Mouro. 🤔🤔

TRANSIÇÃO

MTI vai à extinção e a tecnologia do governo ficará sob empresa privada

Por 18/10/2019, 13h:03 - Atualizado: 18/10/2019, 18h:34

mti 680

O governador Mauro Mendes vai mesmo extinguir a Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - antigo Cepromat). O processo anda a passos largos.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • jose renato | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h46
    1
    0

    Não serve para nada essa MTI.

  • Luiz Junior | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 17h47
    15
    1

    A MTI presta tem uma excelente infraestrutura de rede com equipe de primeira linha para manutenção da rede e uma excelente equipe de desenvolvimento. Possui uma excelente equipe para fazer o diferencial pena que passou por gestões que sucateou a empresa.

  • Silva Marcondes | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 17h04
    7
    24

    Melhor coisa, sou servidor do estado a muitos anos e nunca vi essa empresa prestar um bom serviço, cobrando sempre absurdo, salários altíssimos, todos reclamam. Não generalizando, tem alguns ótimos profissionais, mas infelizmente os bons levam a fama dos ruins. Parabéns Governador!!!

  • Homem da verdade | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 16h50
    24
    0

    O governador achou uma forma de legitimamente captar/pagar fundos de campanha. A ábaco vai pagar um salário absurdo para manter o que existe hoje funcionando e o Estado que vai pagar.... achando ainda que está fazendo coisa boa.

  • Almyr souza vieira | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 16h36
    17
    1

    Em epoca de interesses, o estado deixou de ser um servidor social de seu povo, agora´a saída e privatizar para obter lucro de quem e para quem? na politica tudo é possivel, quando ha interesse oportuno...!

  • Alberto | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h19
    7
    39

    Demorou. Maior parte dos serviços da MTI já são contratados da iniciativa privada, acabando o governo pagando mais caro. Então demita esse pessoal e a iniciativa privada contrata, e ainda agrada o parça da Ábaco.

  • Mr. Santos | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h16
    36
    6

    MTI nunca cruzou os braços para o estado.

  • GOIANO | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h11
    1
    2

    GOIANO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joao grandao | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h06
    1
    2

    joao grandao, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h00
    40
    3

    Phust.. de novo com esta conversa...deixa a mti em paz gov.

PRÁTICAS CRIMINOSAS

Denunciado pelo MPE, promotor já é processado por desembargador

Por 17/10/2019, 20h:02 - Atualizado: 17/10/2019, 20h:08

marcos machado 680

O próprio Ministério Público Estadual concluiu, em investigação conduzida pelo NACO, que o ex-chefe do Gaeco, promotor Marco Aurélio de Castro, expôs, de forma criminosa, o desembargador Marcos Machado, que integrou os quadros do MPE por mais de 20 anos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Crítico | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h24
    5
    3

    FALAR A VERDADE É CRIME OU INVERSAO DE VALORES!

  • Crítico | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h24
    2
    3

    FALAR A VERDADE É CRIME OU INVERSAO DE VALORES!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2437