Blog do Romilson Cuiabá, 24 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

PALÁCIO PAIAGUÁS

Governador extingue 3 secretarias, cria 2 e muda a nomenclatura de 5

Governador extingue 3 secretarias, cria 2 e muda nomenclatura de 5

Governador Silval Barbosa   A estrutura do primeiro escalão do governo estadual terá, a partir de 1º de janeiro, duas novas secretarias, a de Cidades e a de Justiça e Direitos Humanos. Por outro lado, serão extintas três extraordinárias, sendo elas de Projetos Estratégicos, de Acompanhamento às Políticas Ambientais e Fundiárias e de Apoio às Políticas Educacionais. Essas mudanças provocam automaticamente a exoneração de seus secretários, respectivamente, Renaldo Loffi, Vicente Falcão e Flávia Nogueira.

   Cinco pastas vão ter novas nomenclaturas. A Sejusp vai ser desmembrada em duas, Segurança Pública e Justiça e Direitos Humanos. Já a Secretaria de Desenvolvimento Rural passa a ser denominada de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf). A Infraestrutura será Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu). A pasta de Trabalho, Emprego e Assistência Social passa a ser chamada de Assistência Social e Trabalho (SEAST).

  Vinculados à Governadoria ficam cinco estruturas: Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Conselho de Governo, Vice-Governadoria, Casa Civil, Casa Militar, Auditoria-Geral e Procuradoria-Geral do Estado. Dezoito continuam com nomenclaturas de secretarias de Estado, sendo elas Administração, Cidades, Ciência e Tecnologia, Comunicação Social, Cultura, Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Desenvolvimento do Turismo, Educação, Esportes e Lazer, Fazenda, Indústria, Comércio e Mineração, Justiça e Direitos Humanos, Meio Ambiente, Planejamento e Coordenação Geral, Saúde, Segurança Pública, Assistência Social e Trabalho e Transporte e Pavimentação Urbana.

   De acordo com o projeto de lei complementar 46/2010, que começou a tramitar na Assembleia, o Estado manterá suas 8 autarquias, incluindo A Agecopa, criada especialmente para cuidar dos projetos voltados aos preparativos de Cuiabá para ser uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014. Estão preservados o Intermat (Instituto de Terras), o Indea (Defesa Agropecuária), o Detran (Trânsito), a Jucemat (Junta Comercial), o MT Saúde (Assistência à Saúde dos Servidores), o IMEQ/MT (Metrologia e Qualidade) e a Ager (Regulação de Serviços Públicos).

   O governador manterá também as três fundações, sendo elas Unemat (Universidade Estadual), Fapemat (Amparo à Pesquisa) e Funac (Nova Chance), as cinco empresas - Empaer (Pesquisa, Assistência e Extensão Rural), Metamat (Mineração), MT Gás, MT Fomento e Sanemat (Saneamento) -, e uma empresa pública, o Cepromat (Processamento de Dados).

Como fica a estrutura do governo do Estado a partir de janeiro de 2011

GOVERNADORIA
Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social – CONDES
Conselho de Governo
Vice-Governadoria
Casa Civil
Casa Militar
Auditoria Geral do Estado (AGE)
Procuradoria Geral do Estado (PGE)

SECRETARIAS DE ESTADO
Administração (SAD)
Cidades (Secid)
Ciência e Tecnologia (Secitec)
Comunicação Social (Secom)
Cultura (SEC)
Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf)
Desenvolvimento do Turismo (Sedtur)
Educação (Seduc)
Esportes e Lazer (SEEL)
Fazenda (Sefaz)
Indústria, Comércio e Mineração (SICME)
Justiça e Direitos Humanos (Sejudh)
Meio Ambiente (Sema)
Planejamento e Coordenação Geral (Seplan)
Saúde (SES)
Segurança Pública (Sesp)
Assistência Social e Trabalho (SEAST)
Transporte e Pavimentação Urbana (SETPU)

AUTARQUIAS
Instituto de Terras do Estado (Intermat)
Instituto de Defesa Agropecuária (Indea)
Departamento Estadual de Trânsito (Detran)
Junta Comercial do Estado (Jucemat)
Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado (Mato Grosso Saúde)
Instituto de Metrologia e Qualidade de Mato Grosso (IMEQ)
Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Ager)
Agência Estadual de Execução dos Projetos da Copa do Mundo do Pantanal – FIFA 2014 (Agecopa)

FUNDAÇÕES
Fundação Universidade do Estado (Unemat)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapemat)
Fundação Nova Chance (Funac)

SOCIEDADE DE ECONOMIA MISTA
Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural S.A. (Empaer)
Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat)
Companhia Mato-Grossense de Gás (MT Gás)
Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso S.A (MT Fomento)
Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (Sanemat)

EMPRESA PÚBLICA
Centro de Processamento de Dados do Estado (Cepromat)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Oliveira | Segunda-Feira, 13 de Dezembro de 2010, 08h58
    0
    0

    Tamanha desconsideração desse governador com Sinop. Estão dizendo que ele vai tirar a única secretaria (SEEL) que o município (região) representa e sequer atende o prefeito Juarez Costa. Isso que é amigo heim.

  • Francisco | Quinta-Feira, 09 de Dezembro de 2010, 14h10
    0
    0

    Brincadeira, insistir em manter assistência social com trabalho e emprego, principalmente colocando qualquer um pra tomar conta. Primeira dama só serve pra assistencialismo, pensar em geração de emprego e renda é coisa pra especialista. Depois de oito anos com Dona Terezinha, que gosta de ser chamada de doutora, ninguem aprendeu a lição?

  • Marilia | Quinta-Feira, 09 de Dezembro de 2010, 12h18
    0
    0

    acho que era o momento de repensar a ouvidoria geral do estado, deveria o quanto antes virar uma secretaria e não apenas ser vinculada a casa civil. a ouvidoria geral deveria estar acima das demais secretarias para que possa desenvolver seu trabalho de maneira imparcial e sem se sentir atada aos demais secretários.

VISITA

Ministra em agenda do agro em Cuiabá

Por 23/09/2020, 22h:46 - Atualizado: 06h atrás

tereza cristina 680

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) visita Cuiabá na próxima segunda (28).

Postar um novo comentário

SOJICULTORES

Aprosoja vai renovar diretoria e, por enquanto, um se lança à presidência

Por 23/09/2020, 20h:01 - Atualizado: 09h atrás

fernando cadore 680

Com cerca de 7 mil associados, a Aprosoja-MT, entidade que representa a categoria de sojicultores que detém o maior peso da economia estadual, escolherá seu novo presidente e outros 11 da diretoria em 9 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Caio Oliveira | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 21h06
    0
    0

    Aproenoja...

  • Jose | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h55
    0
    0

    A aprosoja ao invés de se preocupar com as queimadas fica fazendo propaganda pra reforma administrativa

PLANTAÇÃO E COLHEITA

A estratégia de Mauro para 2021

Por 23/09/2020, 15h:25 - Atualizado: 23/09/2020, 15h:30

mauro mendes 680

Independente da busca ou não da reeleição, Mauro Mendes está convicto de que, a partir do próximo ano, irá elevar a popularidade, inclusive em setores, como do funcionalismo público e do agronegócio, que torceram o nariz e fizeram protesto contra o governo por causa das reformas implementadas.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Marlan | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h15
    3
    3

    ...QUE OS ANJOS DIGAM AMEM...

  • Rafael | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 19h34
    5
    4

    Oportunista.... Usou do poder público para ressuscitar as suas empresas.... O povo tá de olho...

  • O ATALAIA | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 19h27
    8
    4

    Se não fosse em época de campanha política já era dificil de acreditar. Como MM tem. Interesse na eleição de seu senador e de prefeito aí, fica muito difícil de o eleitor acreditat, aliás, ele, ja tem a fama de prometer durante a campanha e virar as costas apos vitória. Quem quiser acredite!...

MARKETING ELEITORAL

Efeito-Selma afasta candidatos do marqueteiro Brasa; veja contratados

Por 23/09/2020, 07h:34 - Atualizado: 23/09/2020, 07h:39

junior brasa 680

Mesmo com o mercado do marketing eleitoral aquecido em MT com duas campanhas majoritárias paralelas, de prefeito e de senador, Junior Basa, até então bastante requisitado, não fechou contrato ainda com nenhum dos principais candidatos.

Postar um novo comentário

TUDO DE NOVO

Nova votação do relatório da CPI na 5ª e base do prefeito tem desfalque

Por 22/09/2020, 20h:31 - Atualizado: 22/09/2020, 20h:36

chico 2000

A nova votação em plenário do relatório da CPI do Paletó pode acontecer já na quinta (24) e, desta vez, em pleno período eleitoral e sob risco do prefeito investigado Emanuel Pinheiro ter um voto a menos entre os vereadores. É que Chico 2000 saiu de licença e o substituto Ralf Leite está impedido pela Justiça de assumir a cadeira.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Francisco Antonio de Almeida | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 09h40
    3
    1

    É hora destes vereadores pensarem melhor e refazer seus votos pela aplicação da moralidade e derrubada da corrupção. Orgulhen-se de um dia poderem contar aos seus filhos que lutaram por um Cuiabá e um BRASIL melhor.

  • carol dantas | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 08h42
    3
    0

    companheiro é companheiro.. e fdp é fdp !

SAINDO DA RESERVA

3 vice das maiores cidades agora querem cadeira de titular

Por 22/09/2020, 17h:44 - Atualizado: 22/09/2020, 17h:52

welinton marcos 680

Três vice-prefeitos que ocupam mandatos entre as 10 maiores cidades mato-grossenses agora querem a cadeira de chefe do Executivo, com ou sem apoio dos atuais prefeitos.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2605