Blog do Romilson Cuiabá, 03 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Governistas se unirão na dor contra Taques

Embora estejam batendo cabeças e divididos em 5 nomes para governador, partidos pró-Silval e Dilma querem impedir que pedetista chegue ao poder alegando que Estado pode "travar"

Por 05/04/2014, 21h:00 - Atualizado: 06/04/2014, 11h:01

A base governista segue sem rumo, esperando por uma decisão de Blairo Maggi, que voltou a "engessar" o processo eleitoral. Não se sabe ao certo quem será o candidato do grupo, mas é possível assegurar em quais palanques os principais líderes vão estar. A tendência é que todos se unam. A classe política e aliados dos governos Silval e Dilma tendem a se juntar nem que seja "na dor".

Nesta fase de pré-campanha, a 2 meses das convenções e a 5 do pleito, os interesses pessoais dos caciques impedem avanço nas definições. Eles pensam no caminho mais fácil para conquistar espaço, seja em cargo eletivo, seja para alguém da família ou para aliados muitos próximos. Por isso, fazem cálculos, conjecturas e acordos, eliminando uns e incluindo outros. Não pensam no coletivo. Mas à medida que o prazo-limite se aproxima e Pedro Taques avança, eles vão buscando entendimentos.

No fundo, vão se juntar para tentar impedir que o pré-candidato oposicionista chegue ao poder. Entendem que trata-se de um senador com nome forte, com discurso pela moralidade pública e que expressa sentimento de mudança e renovação. Por outro, observam que carrega forte rejeição por ser considerado arrogante e pouco acessível. Temem que Taques, uma vez governador, admistre com "mão de ferro" e com a presença do Ministério Público dentro da administração, instaurando sindicâncias e processos em vários setores e insegurança geral, inclusive junto à classe empresarial. Propagam que, como o pedetista não confia em ninguém, deve centralizar poder, o que travaria a máquina. Ademais, "herdará" um Estado endividado e em crise.

pedro taques candidatura governador

Pedro Taques (PDT), cuja pré-candidatura ao Paiaguás pela oposição, está motivando a classe politica e aliados das gestões Silval e Dilma a se unirem, mesmo na "dor", para impedi-lo de chegar ao poder

A esperança dos governistas é que Blairo aceite polarizar a disputa com Taques. O ex-governador pediu trégua. Para uns, jura que não será candidato, mas seus correligionários próximos asseguram que o republicano está repetindo a estratégia de 2002, quando entrou no páreo faltando somente 3 meses para a campanha e se deu bem, vencendo no primeiro turno as duas eleições ao Palácio Paiaguás. Além de Blairo, figuram como virtuais concorrentes ao governo o ex-vereador cuiabano Lúdio Cabral (PT), o ex-juiz federal Julier Sebastião (PMDB) e o vice-governador Chico Daltro (PSD). Entre os nomes de maior peso, corre por fora o ex-diretor-geral do Dnit e ex-secretário de Estado, Luiz Pagot (PTB).

De um lado, está Taques tentando segurar o bloco oposicionista formado hoje pelo PDT, PPS, PSB, Solidariedade, DEM e PSDB. De outro, os governistas, com PMDB, PT, PSD, Pros, PC do B e PR. O PP está no muro e o PTB tenta se tornar uma terceira via.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • Ariosvaldez Rodrigues de Lima | Segunda-Feira, 07 de Abril de 2014, 11h41
    3
    3

    Ninguém é capaz de apresentar um fato concreto que desabone a conduta de Pedro Taques, assim, ficam atacando-o como se ele fosse da mesma estirpe da politicalha que está no poder já há décadas a nos sugar o sangue e a seiva! Discurso de eleitores (cabos eleitorais profissionais, na verdade!) hipócritas que esperam algo em troca com a manutenção dos atuais governantes dessa balbúrdia... É Taca neles...

  • DENI | Segunda-Feira, 07 de Abril de 2014, 11h13
    3
    0

    TRAVAR OS ROUBOS?

  • josé | Segunda-Feira, 07 de Abril de 2014, 10h44
    1
    0

    gostaria de saber por que nas safras de cana antes de 2010 o alcool era vendido nas bombas por 0,99 centavos ,depois disso ele sempre esta comparado com a gasolina

EM ALTO ARAGUAIA

Prefeito estima torrar quase R$ 2 mi pra revitalizar praça; MPE é avisado

Por 02/06/2020, 18h:30 - Atualizado: 02/06/2020, 18h:35

gustavo de melo 680 alto araguaia

O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (PSDB), licitou e pretende gastar nada menos que R$ 1,8 milhão na revitalização da praça da Matriz em plena época de pandemia global, agravada com crises sanitária e econômica.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Velho | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 23h01
    1
    0

    Deixa o GUGU quieto VEREADORES. Ele que ir para Novo Progresso.

  • segura peoaooooo | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 22h13
    2
    0

    sssegura peaoooo, é dinheiro para fazer expoaia e festival nautico nao tem. mas pra fazer reforma de pracinha tem ne. dindim paraisso nao falta ne

  • Felipe | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 21h56
    0
    2

    Bom, os vereadores aprovaram a suplementação para a revitalização da praça... Aprovaram por unanimidade... A obra foi licitada em fevereiro, ANTES DA PANDEMIA... não foi dada ordem de serviço justamente por causa da pandemia... Basta olhar para a praça para ver que a obra não começou, e nem começaram enquanto não tiver segurança sanitária para tal... Os vereadores tem conhecimento, porém usam o expediente deste ofício para realizar um verdadeiro espetáculo circense! E, diga-se de passagem, nenhum vereador agiu rápido, visto que tal expediente não passa se um pedaço de papel repleto de basofias! Não tem calor algum dada a absoluta falta se competência do poder legislativo em intervir em procedimento regular do Poder Executivo!

GOVERNO MAURO

Secretário numa corda bamba

Por 02/06/2020, 17h:14 - Atualizado: 02/06/2020, 17h:21

nilton borgato 680

Com a desistência de Faissal de entrar no staff do governo estadual, Nilton Borgato ganhou um certo fôlego como secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, mas está sufocado, andando numa corda bamba.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Lindaura Rodrigues | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 20h37
    3
    0

    Outra cagada? já não basta perder toneladas de alimentos por pura incompetência, agora perder dinheiro de convênio? onde isso vai parar?

NAS ARTICULAÇÕES

Recuo do CREA para pleitear candidatura de vice-prefeito

Por 02/06/2020, 10h:56 - Atualizado: 02/06/2020, 11h:01

juarez samaniego 680

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Cuiabá, Juarez Samaniego, cogita recuar da candidatura a presidente do Conselho Regional de Engenheira e Agronomia de Mato Grosso (CREA), marcada para 15 de julho.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Eduardo | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 20h06
    0
    0

    Isso é mentira! Juares Não vai desistir da presidência do CREA-MT. Nota falsa. Este site deve nota de esclarecimento. Infelizmente há muita fake news nas mídias e temos que dar valor a sites confiáveis. Este site perdeu meu respeito depois dessa noticia. #fakenewsécrime E aos candidatos adversários, não é preciso fazer política de ódio. Deveriam mesmo é expor suas propostas e fazer campanha para si.

  • Rodrigo | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 17h34
    0
    1

    Juares só vai ser Vice de Emanuel e continuar no cargo de Secretário caso se eleja Presidente do Crea. Se não ele já era em tudo. Vai ter que voltar pro TJ. Não adianta recuar pra escapar duma derrota. Isso só o queimaria com seu próprio grupo pra sempre.

  • JUARES SILVEIRA SAMANIEGO | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 16h21
    0
    0

    NOTA DE ESCLARECIMENTO JUARES SILVEIRA SAMANIGO, engenheiro civil candidato à presidência do CREA/MT nas Eleições de 2020, vem por meio dessa nota informar sobre a inverdade acerca da divulgação de notícia falsa (fakenews) em relação ao candidato amplamente divulgada no site www.rdnews.com.br que afirma em matéria “RECUO DO CREA PARA PLEITEAR CANDIDATURA DE VICE-PREFEITO”, onde eu estaria cogitando em recuar da minha candidatura a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso. Trata-se de uma inverdade a referida notícia, tendo sequer sido entrevistado pelo site para confirmação de tais informações, o que desde já repudiamos esse tipo de conduta que, sem sombras de dúvidas, foi orquestrada pelos concorrentes no intuito de desestabilizar nossa campanha que conta com grande apoio da classe de engenheiros. Reafirmo meu compromisso de que sou candidatíssimo à presidência do CREA/MT e extremamente focado em nossa campanha e em nossa instituição pois, unidos somos mais fortes! JUARES SILVEIRA SAMANIEGO CHAPA 33

FUTURA MESA DA ASSEMBLEIA

Botelho arrasta negociação para fechar chapa; 12 disputam 7 cargos

Por 01/06/2020, 18h:29 - Atualizado: 01/06/2020, 18h:35

eduardo botelho 680

Eduardo Botelho entra nos 10 últimos dias para a eleição da Mesa Diretora arrastando as negociações e tendo de conviver com queda-de-braço entre colegas por espaço. Há 12 deputados, metade da composição da Assembleia, disputando sete cargos na Mesa.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Jedae | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 08h12
    5
    0

    Todos querem uma boquinha nessa farta teta!

BOLSONARISTA

Ex-suplente "mordido" com Selma por criticar filho de Bolsonaro ouça

Por 01/06/2020, 15h:06 - Atualizado: 01/06/2020, 15h:26

beto possamai 680

O sojicultor de Sorriso, Beto Possamai (PSL), ainda não digeriu a cassação e, em especial, a falta de habilidade política da ex-senadora Selma Arruda, de quem foi primeiro-suplente e financiador milionário da campanha feita, em parte, com caixa 2.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jose | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 12h02
    3
    0

    a selma achou que era a dona do pedaço

  • Amaral antunes | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 22h35
    8
    0

    Possamai foi um fantoche, usaram a grana dele, e só. O ruim é que ele acreditou nessa gente...dançou gsucho...

  • USIEL | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 19h16
    7
    18

    Eu não quero saber, mais de Shelma Arruda, nem do Piveta ou do Faváro, eu já tô na luta pela eleição para o Senado, do Julio José de Campos, o 251. O resto é resto..kkkk

EMBATE EM VÁRZEA GRANDE

Jayme quer "esticar" mandato e Flávio fala em quebrar os Campos

Por 01/06/2020, 12h:13 - Atualizado: 01/06/2020, 18h:47

flavio vargas 680

Enquanto o senador Jayme Campos se movimenta em Brasília pela prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores, o que beneficiaria a esposa Lucimar com mais dois anos à frente do Paço Couto Magalhães, o empresário Flávio Vargas está em pré-campanha à sucessão em Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Pato rocco | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 15h41
    1
    0

    Várzea Grande não teve sorte com os forasteiros.

  • JULIA NERIS DE CARVALHO DE FREITAS | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 15h36
    0
    1

    mato grosso precisa de sangue novo...politica do coronelismo precisa chegar ao fim.

  • João Vacarias | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 15h54
    0
    0

    João Vacarias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2551