Blog do Romilson Cuiabá, 17 de Agosto DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

EXECUTIVO-LEGISLATIVO

Governo aprova o que quer na AL

Por 21/07/2019, 08h:00 - Atualizado: 20/07/2019, 19h:26

Mayke Toscano

mauro mendes 680

Mesmo com articulação política fraca e com meia dúzia da oposição fazendo barulho, o governador Mauro Mendes tem aprovado o que quer na Assembleia. Dos 24 deputados, pelo menos 20 votam com o governo.

Logo em janeiro, no primeiro mês de mandato e ainda com as cadeiras no Legislativo ocupadas por deputados da legislatura anterior, o governo democrata conseguiu aprovação da reforma administrativa, do novo Fethab, ajustou a lei fiscal estadual, alterou competências no âmbito do MT Prev e critérios para concessão da RGA dos servidores públicos.

Agora, em nova investida em defesa do equilíbrio das contas públicas e para aumentar a arrecadação, o Executivo teve, de novo, respaldo da AL à mensagem pela reinstituição dos incentivos fiscais. Passou em primeira votação e será chancelada também em segunda.

Não é de hoje que, nessa relação entre Executivo e Legislativo, prevalece as regras de quem detém o poder da caneta.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • JORGE LUIZ | Domingo, 21 de Julho de 2019, 10h03
    8
    1

    O SITE ESTÁ ENGANADO REDONDAMENTE É SÓ ACOMPANHAR O DIÁRIO OFICIAL NA PARTE DE EVENTO DE PESSOAL QUE VERÁ O QUE É ARTICULAÇÃO, TODO DIA TEM CONTRATO TEMPORÁRIO A DAR DE PAU NAS SECRETARIAS DE SAÚDE E DE EDUCAÇÃO, QUEM NÃO QUER VER O QUE ESSE DESGOVERNO ESTÁ FAZENDO COM A FOLHA DE PAGAMENTO SÃO OS SITES DE NOTÍCIAS E O TRIBUNAL DO FAZ DE CONTAS - TCE

  • Matheus | Domingo, 21 de Julho de 2019, 08h58
    8
    0

    A assembleia legislativa, bem como o tribunal de justiça, além do ministério público, tornaram-se efetivamente, apenas um " puxadinho", do poder executivo! Só chancelam as determinações do governador!

CAIXA PARTIDÁRIO

DEM agora cobra dízimo dos filiados

Por 17/08/2019, 09h:47 - Atualizado: 17/08/2019, 10h:23

jayme botelho julio 680

Jayme Campos, Eduardo Botelho e Júlio Campos, ontem, em reunião na AL da cúpula do DEM com mais cinco

Em reunião ontem, no gabinete do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, dirigentes do DEM regional não só apagaram o incêndio causado por Fábio Garcia, que excluiu os Campos da discussão sobre membros do novo diretório de Cuiabá, como definiram como obrigação o pagamento mensal de dízimo pelos seus filiados.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Maria Helena | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 15h18
    0
    1

    Deveriam sim cobrar uma mensalidade dos seus filiados, que são indicados pelo Partido para os cargos de Chefia nos orgãos públicos, Federal,Estadual e Municipal,e dos Membros que tenham condição de contribuir desde 10 reais até quanto quiser, pois a manutenção de um Partido é caro e custoso. Aplausos.....

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 15h16
    1
    0

    Edivaldo pelo menos foi assim que se identificou. Você pega seu dinheiro e faça uma contribuição/doação para o Hospital do Câncer e se já é contribuidor/doador ao HC aumenta o valor. E se estiver sobrando muito dinheiro, procure uma entidade filantrópica faça uma contribuição/doação e seja feliz.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 15h14
    0
    0

    Edivaldo pelo menos foi assim que se identificou. Você pega seu dinheiro e faça uma contribuição/doação para o Hospital do Câncer e se já é contribuidor/doador ao HC aumenta o valor. E se estiver sobrando muito dinheiro, procure uma entidade filantrópica faça uma contribuição/doação e seja feliz.

  • João plenario | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 11h57
    4
    0

    Uma pergunta, quantos mil reais bem de fundo partidário, para o DEM, de Mato Grosso? Isso é uma VERGONHA!

  • Edivaldo | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 11h19
    2
    3

    Fui filiado no DEM de Goiás e sempre os membros do Diretorio pagavamos mensalmente uma pequena contribuição ao Partido, para sua manutenção e vejo isso como salutar e participativa. Gostaria de voltar a filiar-me no DEM de Cuiabá, como faço, e onde posso fazer isso ?

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 10h31
    3
    0

    Com esta cobrança de dízimo, vai ser o partido com o meno número de filiados no estado (vai voltar a ser nanico). Estou fora.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 10h31
    2
    0

    Com esta cobrança de dízimo, vai ser o partido com o meno número de filiados no estado (vai voltar a ser nanico). Estou fora.

  • Carmem Miranda Sousa | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 10h06
    1
    2

    Concordo plenamente com a cobrança da contribuição partidária, uma vez que o partido tem suas obrigações e necessita de recursos para mantê-lo. O que acho estranho é a pessoa ser candidata por meio de uma sigla partidária e achar que o Presidente do partido tem obrigação de arcar com tudo. Deixo claro que sei que há recursos advindo do Directório Nacional dos partidos, que são distribuídos de acordo com a representação do mesmo a nível federal.

FÓRUM SINDICAL

Antes intransigentes e agora num clima amistoso com Governo Mauro

Por 16/08/2019, 17h:08 - Atualizado: 16/08/2019, 17h:16

oscarlino edmundo mauro mendes mauro carvalho 680

Os sindicalistas Oscarlino Alves e Edmundo Cesar com governador Mauro e secretário Mauro Carvalho, nesta quinta

Uma semana após encerramento da greve histórica de 75 dias dos profissionais da educação, o governador Mauro Mendes recebeu no gabinete, nesta quinta à noite, alguns sindicalistas do Forum Sindical, entre eles Oscarlino Alves, dos servidores da Saúde, e Edmundo Cesar, do Sinpaig, que agrega profissionais da área instrumental.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Lenhadora | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 19h47
    3
    0

    Onde estão os membros do Fórum Sindical? São mais de trinta sindicatos e somente quatro membros representam todos os servidores públicos de MT???

EMPREGO NO SETOR PÚBLICO

Empresa vai selecionar quase 3 mil estagiários para atuar no governo

Por 16/08/2019, 10h:41 - Atualizado: 16/08/2019, 10h:45

ciee 680

O Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), com matriz em São Paulo e filial em Cuiabá, apresentou o melhor preço no pregão eletrônico, em dois lotes, sob condução da secretaria estadual de Planejamento e Gestão. E será contratada pelo Estado para preenchimento de 2.664 vagas de estágios na estrutura do governo.

Postar um novo comentário

OFENSIVA NO SUL

Governo e ações em Rondonópolis para contrapor críticas de prefeito

Por 15/08/2019, 21h:22 - Atualizado: 15/08/2019, 21h:30

Mayke Toscano

mauro mendes 680

Incomodado com as críticas do prefeito Zé do Pátio, entre elas de que o governo estadual abandonou Rondonópolis, Mauro Mendes prepara algumas ações no município.

Postar um novo comentário

EM CÁCERES

Transparência cita salário errado de Francis, que doa mais do que recebe

Por 15/08/2019, 19h:44 - Atualizado: 15/08/2019, 19h:50

francis maris 680 caceres

O prefeito Francis Maris, de Cáceres, não recebe R$ 30 mil mensais de salário, como constava até esta quinta pela manhã no portal Transparência da própria prefeitura. Em verdade, o seu provento é de R$ 15 mil.

Postar um novo comentário

BASE DESCONTENTE

Deputados se valem de votação secreta para trair Governo Mauro

Por 15/08/2019, 13h:44 - Atualizado: 15/08/2019, 13h:46

JL Siqueira

emerson jos� rodrigues

Emerson Almeida, reprovado por deputados, e José Rodrigues, chancelado por unanimidade para compor Ager-MT

Alguns deputados aproveitaram a votação secreta na sessão nesta quarta para, num recado ao governador Mauro Mendes, demonstrar certo descontentamento. Rejeitaram, por 10 a 8, a indicação do advogado Emerson Almeida de Souza à diretoria da Ager-MT.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2409