Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Articulação

Henry adia licença; Daltro continua no staff

    Pedro Henry (PP) decidiu empurrar para abril o seu pedido de licença por quatro meses do cargo de deputado federal. Com isso, o primeiro suplente Chico Daltro, que já tinha limpado as gavetas para deixar a secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia com vistas a estrear na Câmara, pediu ao governador Blairo Maggi para prosseguir no primeiro escalão. Quem se vê frustrada com essa decisão de Daltro é sua adjunta Adriana Correira da Costa Monteiro, que iria assumir o comando da pasta por alguns dias. Daltro sairá do governo junto com o próprio Maggi, que renunciará em 31 de março para concorrer à vaga de senador.

   Daltro vai concorrer de novo a federal. No pleito de 2006, ele ficou na primeira-suplência, com 49.949 votos, numa coligação PP/PFL que garantiu duas cadeiras, uma com a eleição de Eliene Lima e outra com a reeleição de Pedro Henry. Os dois parlamentares também buscam novo mandato. A chapa proporcional do PP é considerada um das mais fortes. Tem ainda no páreo o empresário de Sinop Roberto Dorner (ex-PDT) e o produtor rural e suplente de federal Neri Geller (ex-PSDB). Presidente regional do PP, Chico Daltro pertencia ao grupo do ex-governador Dante de Oliveira (já falecido), do qual fez parte como secretário de Agricultura. Bastou Maggi chegar ao poder que se aliou à chamada turma da botina. Está há praticamente dois anos no comando da Ciência e Tecnologia, único cargo do primeiro escalão sob indicação do PP.

   Pedro Henry tem Cáceres como principal base eleitoral. Ele foi vice-prefeito e teve o irmão Ricardo como prefeito. Neste final de ano, quando Daltro já estava de olho no paletó para a posse na Câmara, Henry o avisou que só sairá de licença a partir de abril para ter mais tempo na agenda de sua campanha à reeleição. Partirá para o chamado "tudo ou nada". Quer intensificar as visitas para superar o desgaste que atravessou nos últimos três anos com envolvimento de seu nome em escândalos, que quase custaram o seu mandato. Aliás, foi cassado sob acusação de ter cometido abuso de poder econômico no pleito de 2006, mas conseguiu se segurar no cargo graças a uma liminar obtida no TSE.

    Apesar das críticas que sofre da oposição, Henry continua com a popularidade em alta na região Oeste, sustentada por vereadores e prefeitos que o tem como principal referência. Seu trunfo são os recursos federais. Bem articulado politicamente junto aos Ministérios do governo do presidente Lula, Henry consegue não apenas apresentar emendas, mas liberá-las depois e, ainda, com cerca agilidade. Assim, contempla alguns municípios com recursos e, em moeda de troca, fecha composições políticas com lideranças locais, visando o pleito de 2010.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Hailton César | Terça-Feira, 05 de Janeiro de 2010, 10h23
    0
    0

    Francamente,quanto a situação da SECITEC na possibilidade da então Sec. Adjunta ter sido quase substituida pelo Secretário Chico Daltro,FALA SÉRIO. Acredito na visão políca do Secretario numa melhor indicação para substituí-lo,com perfil de um verdadeiro Gestor com interesses voltados a beneficiar à Secretaria,e que também certamente terá uma postura ética tanto profissional,quanto à pessoal diante de todos que ali visita e trabalha. *Estamos de olho*

  • Carlos Antunes | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 09h49
    0
    0

    A adjunta Adriana Leão é muito mal educada e prepotente, menos ruim para os funcionários, a mesma esperar um pouquinho mais, apesar de ser comadre de JAYME CAMPOS, a mesma não é querida por quase ninguém na SECITEC, faça uma pesquisa lá ROMILSON, e verão se é verdade ou não?

  • D.MARIA | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 03h42
    0
    0

    Desta vez sua adjunta Adriana ficou somente na vontade, fingida, só quer tirar proveito... desta vez vc deu uma dentro Daltro.

ESTRUTURA E MUDANÇAS

Seduc corta 55% dos servidores da sede e terá ambiente corporativo

Por 22/10/2019, 22h:49 - Atualizado: 05h atrás

Mayke Toscano

otaviano pivetta 680

O prédio cheio de labirinto, onde funciona hoje a secretaria estadual de Educação, em Cuiabá, empregava até o ano passado, no Governo Taques, nada menos que 1.260 servidores.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

R$ 496 mil em ares-condicionados; MT só tem 1/3 de escolas climatizado

Por 22/10/2019, 16h:08 - Atualizado: 22/10/2019, 16h:17

marioneide 680 seduc

A secretaria de Estado de Educação, sob Marioneide Klimaschewsk, fechou um contrato de R$ 496,2 mil com a empresa Wanda Comércio de Móveis e Equipamentos na compra de aparelhos de ares-condicionados. Mas esse investimento está muito aquém do necessário para se conseguir climatizar todas as 15.888 salas de aula, ocupadas por 395 mil alunos.

Postar um novo comentário

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 22/10/2019, 11h:17

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Otávio | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h29
    0
    0

    Não é de hoje que o disse-me-disse corre solto nesse sentido. Pensei que fosse passar batido mas essa. Eta Mato Grosso ainda falta muito para uma boa moralização.

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    3
    1

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    3
    1

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 21/10/2019, 16h:54

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luciano | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 18h33
    4
    1

    E você não comenta das empresas do Botey e do Jayme porque?

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 21/10/2019, 12h:56

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antônio Joaquim do nascimento neto | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 21h06
    0
    0

    Tem um matérial aqui sobre as calamidade de alto paraguai 93443569 chama eu passo pra vc

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    5
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438