Blog do Romilson Cuiabá, 01 de Outubro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

EM LEVERGER

Idosos vão às urnas em eleição

Por 05/09/2010, 13h:19 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:27

Maria Genária - Foto: Josinei Moreira   A eleição suplementar para a escolha do novo prefeito de Santo Antônio do Leverger é marcada por clima de tranquilidade. Com filas curtas, cada eleitor leva em média 60 segundos para votar. Os idosos, no entanto, têm mais dificuldade para entender como funcionam as urnas eletrônicas. Apesar disso, os fiscais não podem acompanhá-los até a urna pois o voto é secreto. A única forma de ajudar é orientando de longe, dizendo quantos algarismos são para cada cargo e quais teclas apertar. Maria Genária, de 81 anos, por exemplo, demorou mais de 5 minutos para executar a tarefa devido à idade avançada. Quando questionada a respeito de não ser mais obrigada a votar, a resposta é rápida. "Eu nunca deixei de votar. Mesmo com dificuldades faço questão de exercer esse direito" afirma a idosa.

   Maria não foi a única a comparecer ao local de votação. João Efigênio tem 77 anos e também votou, na compania de sua filha. "Como cidadão, cabe a mim cumprir o dever cívico. Nós, mais velhos, temos que nos colocar no lugar de quem se omite a cumprir o direito de votar" explica.  Vale ressaltar que, a partir dos 70 anos de idade, o voto é facultativo, assim como para aqueles que possuem entre 16 e 18 anos.

  Mesmo com pouco movimento, alguns comerciantes informais ficaram em frente às zonas eleitorais, com o intuito de vender suas mercadorias. A vendedora de salgados, Irani Santos, é de Poconé e se mudou para Santo Antônio do Leverger há um mês. Ela ainda não transferiu seu título de eleitor, mas estava antes das 8h na porta do colégio eleitoral vendendo seus lanches. "Eu fico aqui até a hora de acabar a votação, isso se meus salgados não acabarem antes. Sempre vendi em dia de eleição e nunca sobra nada" diz animada.

   A grande novidade da eleição suplementar é o voto dos detentos. Cerca de 30 presos irão votar, dividos em dois turnos: 15 pela manhã e 15 à tarde. Silvio Luís da Silva tem 39 anos e comemora a conquista. "Fiquei emocionado por votar já que é a primeira vez que nós temos esse direito. É uma oportunidade para exercer nossa cidadania" comemora. Mesmo assim, a regra só vale para presos provisórios, ou seja, que ainda não foram julgados.

   No município, os eleitores somam cerca de 14 mil pessoas entre os que residem nas zonas urbana, rural e de difícil acesso. A estimativa de despesas com a votação soma R$ 27,3 mil, contando com a alimentação de mesários, divulgação, combustível e transporte aéreo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • alex | Domingo, 05 de Setembro de 2010, 20h42
    0
    0

    essa lei de detento votar é de primeiro mundo, mas o brasil ainda peca em muitas coisas inclusive em ter um codigo penal arcaico, para beneficiar politicos corruptos e ladroes...

ESTRATÉGIA

Emanuel não irá aos debates

Por 01/10/2020, 16h:42 - Atualizado: 02h atrás

emanuel pinheiro 680

Repetindo a tradicional estratégia de vários candidatos líderes nas pesquisas, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro já foi orientado pela equipe de marketing a não participar de debates eleitorais. Só de entrevistas.

Postar um novo comentário

VAGA NA CÂMARA

Maiores apostas do DEM em Cuiabá

Por 01/10/2020, 10h:38 - Atualizado: 08h atrás

michelly alencar 680

Michelly Alencar no lançamento de sua campanha à vereadora pela Capital, com a primeira-dama Virgínia Mendes

O DEM de Cuiabá tem 25 no páreo a vereador e, por não lançar candidato a prefeito, o que enfraquece a chapa de proporcionais, a projeção é de eleger no máximo dois à Câmara.

Postar um novo comentário

ENGENHARIA E AGRONOMIA

Sob clima tenso, Crea-MT elege presidente nesta 5ª

Por 30/09/2020, 21h:51 - Atualizado: 30/09/2020, 21h:53

joao valente 680

Sob clima tenso, marcado por embates na Justiça, ameaças e acusações mútuas, quatro candidatos disputam nesta quinta, 1º de outubro, a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT).

Postar um novo comentário

CORRIDA AO SENADO

Agro rachado em 3 candidaturas; os Maggi e Mauro reforçam Fávaro

Por 30/09/2020, 16h:51 - Atualizado: 30/09/2020, 16h:53

Leopoldo Silva

carlos favaro 680

Os primos Blairo e Eraí Maggi se juntaram ao governador Mauro Mendes para reforçar a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro, do PSD.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Dutra | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 09h40
    4
    3

    Realmente os Grupos Maggi e Bom Futuro e as multinacionais do Agronegocios apoiam o Favaro, mais 80% dos pequenos e médios produtores de MT, estão apoiando o Nilson Leitão, que sempre os defendeu contra os Barões.

BASE NA CÂMARA

Bolsonaro recompõe quadro de vice-líderes e mantém Medeiros

Por 30/09/2020, 10h:53 - Atualizado: 30/09/2020, 10h:55

bolsonaro vice-lideres 680

O presidente Jair Bolsonaro e os novos vice-líderes do Governo na Câmara Federal, entre eles José Medeiros

O presidente Bolsonaro deu mostras de que continua tendo o deputado mato-grossense José Medeiros, candidato a senador pelo Podemos, na cota de aliados fiéis e de confiança.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Geniltom Malheiros | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 09h42
    0
    1

    Sempre encherido, querendo aparecer perto do Bolsonaro, que apoia a Cel.Fernanda pra o Senado e não o Medeiros, puxa-sacos.

LERO-LERO

Copiando bordão do irmão na campanha à vereadora

Por 30/09/2020, 10h:04 - Atualizado: 30/09/2020, 10h:06

giseli almeida 680

A apresentadora de TV Giseli Almeida usa em sua campanha à vereadora por Cuiabá o mesmo bordão explorado por vários anos pelo irmão Sérgio Ricardo, na época em que também concorreu à Câmara Municipal e a prefeito.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlos aleluia santos | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 21h49
    0
    1

    Carlos aleluia santos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • CABEÇÃO | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 14h02
    6
    2

    O QUE INOJA NA POLÍTICA SÃO INDIVÍDUOS COMO ESSE SERGIO RICAÇO, QUANDO FOI DEPUTADO FAZIA UM MONTE DE AÇÕES EM BENEFÍCIO DOS POBRES, ATÉ CASA ELE DAVA, DEPOIS DE ALCANÇOU SEUS OBJETIVOS FINANCEIROS NUNCA MAS FEZ NADA,RAÇA INFAME

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2609