Blog do Romilson Cuiabá, 24 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

CONFRONTO

Irmão de Wilson diz que governo persegue Cuiabá e Rondonópolis


Elias Santos afirma que o irmão Wilson está "mais experiente e tem condições de fazer governo monstruoso"

   O vice-prefeito de Chapada dos Guimarães Elias Santos (PMDB), irmão do candidato ao Palácio Paiaguás Wilson Santos (PSDB), disse, em visita ao RDNews, que Blairo Maggi e Silval Barbosa "fazem política de perseguição a prefeitos que não se incluem no bloco deles" e os tratam a "pão e água". Aponta o que chama de perseguição a Cuiabá e Rondonópolis. Ele citou como exemplo o caso da Capital, que agora tem como prefeito o petebista Chico Galindo, um dos cabos eleitorais de Wilson. Segundo Elias, como Galindo não pertence ao grupo do ex-governador e nem de Silval, que comanda o Estado desde abril e busca novo mandato, a administração da Capital "vai continuar excluída dos recursos para investimentos". "O governo só destinou sobra para Cuiabá e não aquuilo que a Capital realmente merece".

    Ele enfatiza que Cuiabá contribui com quase 30% de toda arrecadação de ICMS do Estado e, destes, apenas 15% de 25% retornam aos cofres do município. Elias pertence ao PMDB e, mesmo assim, ignora o nome do colega de legenda Silval e está na coordenação da campanha do irmão tucano. Na sua avaliação, qualquer município do entorno de Cuiabá que não conseguir buscar parceria forte com o Estado, deixa prefeito "queimado". Especifica como exemplo a gestão do chapadense Flávio Daltro (PP), de quem é vice. Conta que o município detém uma receita de R$ 1,7 milhão e gasta R$ 1,1 milhão com folha de pessoal. Precisa cuidar, por exemplo, de quase 500 km de malha viária e só pode investir no máximo R$ 500 mil por ano. "O Flávio é um prefeito honesto, trabalhador e, mesmo assim, sofre para administrar porque precisa ter parceria com o Estado para poder fazer investimentos".

   Elias Santos destaca que o Palácio Paiaguás está discriminando outras cidades, como Rondonópolis, terceiro maior município mato-grossense. Observa que, quando o prefeito era Adilton Sachetti, o governo Maggi "despejava" recursos e priorizava o município, mas depois que Zé do Pátio ganhou a prefeitura, houve corte em praticamente tudo.

    Feitos

    Ele se mostra entusiasmado quando discorre sobre a trajetória política e o desempenho do irmão Wilson enquanto prefeito de Cuiabá por cinco anos e três meses e até busca explicações sobre o desgaste sofrido pelo tucano, principalmente em consequência da série de problemáticas enfrentadas na segunda gestão. Elias conta que Wilson conseguiu avançar em praticamente todos os setores e culpa a imprensa por dar ênfase aos problemas e ignorar os feitos da administração, com propósito de desgatá-lo politicamente.

    De acordo com Elias, quando Wilson assumiu o Palácio Alencastro, Cuiabá tinha 32 Programas Saúde da Família e, cinco anos depois, entregou a gestão com 64. Lembra que o Pedra 90 ganhou uma policlínica. Vê melhoria das unidades do Verdão e Planalto e cita reforma e ampliação do Hospital e Pronto-Socorro Municipal. Destaca melhora no salário dos médicos que atendem pelo SUS cujo salário-base era de R$ 800, podendo chegar a R$ 2,6 mil dependendo dos plantões, e que passaram a ganhar até R$ 4,2 mil com um plantão semanal.

   Elias lista ainda como feitos a reforma da avenida Beira-Rio, com investimentos de R$ 4 milhões do município e outros R$ 4 milhões oriundos de emendas de deputados estaduais, e a construção da avenida das Torres, que beneficia mais de 100 bairros. Disse que o irmão teve a coragem de executar o projeto. A prefeitura aplicou R$ 26 milhões, o Estado contribuiu com R$ 10 milhões e outros R$ 7 milhões foram obtidos por meio de emenda da senadora Serys Marly junto ao orçamento da União. Destaca que o tucano conseguiu avançar na educação, tanto que Cuiabá saiu da 17ª para 7ª posição do Ideb e enfatiza que o salário dos profissionais da educação, que era um dos piores do país, hoje é o segundo melhor praticado nas capitais. Assegura que 900 alunos com necessidades especiais passaram a ser atendidos na rede municipal. 

    Entre outras ações que Elias considera marca do governo Wilson estão o Cuiabá-Vest, que ajudou mais de 3 mil alunos a entrar em curso de terceiro grau, a concessão de 804 bolsas universitárias para estudantes carentes e o Cuiabanco, criado para ajudar os pequenos investidores. Lembra que o irmão "herdou" a prefeitura com praticamente 4 folhas atrasadas e, em poucos dias, conseguiu regularizá-las, e também consolidou o projeto do passe-livre e instituiu no transporte coletivo o passe eletrônico. "O governo Wilson avançou em todos os setores. O transporte, por exemplo, não está o ideal, mas houve renovação de frota e criação do passe eletrônico". Cita que o tucano recebeu 5 prêmios nacionais por causa da "boa gestão". Destaca ainda que houve melhora na receita. Observa que Cuiabá arrecadava R$ 480 milhões e, no ano passado, fechou com R$ 880 milhões. "Curiosamente, o Estado leva somente 17 dias para conseguir essa receita".

     Diz também que o irmão teve a coragem de renunciar ao mandato num dos melhores momentos de sua gestão, com perspectiva da Capital receber mais de R$ 1 bilhão de investimentos para sediar a Copa de 2014 para "enfrentar a máquina do Estado na defesa dos interesses de Cuiabá". Elias defende que o Estado construa um pronto-socorro estadual em Cuiabá para atender a demanda. Para ele, "Wilson está com mais bagagem e experiência e pode fazer uma administração monstruosa no comando do Estado". Entende que o ex-prefeito "fez muito" e que a oposição tenta prejudicá-lo. Garante que o tucano "cumpriu praticamente todas as promessas de campanha".

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • Rodrigo Lapenda | Quarta-Feira, 01 de Setembro de 2010, 17h53
    0
    0

    Bom enfim ... cada partido tem seus apoios ! Silval , blairo e Dilma . Certo ?? Wilson , Antero e nosso Querido josé Serra ! Agora respondão Quaaaaal é o partido do Silval ?? hain?? responda rapido blairo ?? hain !! Dilma !! ?? hain !! é tudo politicagens ! até mauroo ta qrendoo um pedaço do bolo achando q dilma CORONÈL ! irá ganhar ! dpois de elitos cada um na sua csa (Partido) para o estado ter "verdadeiramente " verbas o governo tem q ter o apoio do presidente AMBOS dos mesmo partido!independente! Serra ... (psdb) Wilson (psdb) Antero (psdb)

  • eduardo | Quarta-Feira, 01 de Setembro de 2010, 13h38
    0
    0

    Elias Santos é uma pessoa que tenho grande admiração pela sua conduta ética e militante também dos movimentos sociais e ambientais. Não liga não por alguns comentários feitos, pois são de pessoas sem caráter, gente com cargo de DAS no governo do estado, e que morrem de medo de perder a boquinha, e pior, já estão começando a ficar deprimidos devido ao crescimento de wilson santos em cuiabá. Elias, esse pessoas de cabresto, sabem muito bem o potencial eleitoral do galinho em cuiabá, e já cometeu o desespero. 45 vêm aí, a cuiabania no poder deste estado, para redução das desigualdades sociais e por um modelo de desenvolvimento sustentado, com respeito ao meio ambiente.

  • edgar nogueira | Quarta-Feira, 01 de Setembro de 2010, 13h25
    0
    0

    Quem conhece Elias Santos sabe que é um cara fantástico, simples, povão mesmo, e que possui também militância na área ambiental, inclusive com participação ativa no movimento ambiental deste estado. Acredito Elias, que tudo que você disse não pode deixar de ser colocado nesta campanha eleitoral, é preciso desmistificar o governo da turma da botina, as mazelas sociais ignoradas pelo atual governo, a insensibilidade em relação a área da saúde (comprou hospitais fantasmas e não investiu nos hospitais regionais, sucateados), na área de educação os indices do estado de MT são os piores do país, além de terem fechado escolas (que absurdo!!!!) e os desmandos na área ambiental cometidos por maggi e companhia, ganhando prêmios como motosserra de ouro, inchando a sema de apaniguados politicos (mais de 500 contratados), monitoramento e perseguições aos técnicos de carreira (gravações de video, aquisição de equipamentos de vigilância interna com cameras e catracas eletrônicas, etc.), indice de desmatamento e queimadas descontrolado, dois secretários presos, um secretário adjunto preso, politica salarial de fome para os técnicos de meio ambiente, nomeação de coronel da policia como secretário de meio ambiente (enquanto falta policiais nas ruas para a segurança da sociedade), lixões em mais de 90% dos municípios de mato grosso, apenas 15% de esgoto tratado, educação ambiental de faz de conta, pois não há ações preventivas de controle a poluição ambiental, + de 90% das multas canceladas, licenças ambientais fraudulentes, sendo aprovadas sem consistência técnica, gestão de recursos hidricos incompetente, com apenas um comitê de bacia hidrográfica criada, rios assoreados, cidades sendo tragadas por erosões gigantescas (voçorocas), não há incentivos econômicos para empresas que possui práticas sustentáveis, enfim, não há uma politica ambiental no estado de mato grosso, que na verdade serve de apendice, de sustentação a um modelo de desenvolvimento superado, responsável pelo ar poluido que estamos respirando nestes dias. Por tudo disso, é preciso mudanças urgentes, sob pena de não sobrar nada, nem rios, nem florestas, nem peixes, nem água pura, nem ar para respirar. Precisamos ter qualidade de vida, e não apenas enriquecer meia duzia tendo como preço a destruição do nosso meio ambiente.

EM CUIABÁ

PSB deixa Emanuel e espera sim do Paiaguás para fechar com França

Por 24/09/2020, 09h:54 - Atualizado: 24min atrás

adilson levante 680

O PSB pulou do palanque à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, deixou a chapa de 38 candidatos a vereador numa saia-justa e está esperando sinalização do Palácio Paiaguás para ver se fecha mesmo aliança com Roberto França (Patriota).

Postar um novo comentário

VISITA

Ministra em agenda do agro em Cuiabá

Por 23/09/2020, 22h:46 - Atualizado: 23/09/2020, 22h:50

tereza cristina 680

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) visita Cuiabá na próxima segunda (28).

Postar um novo comentário

SOJICULTORES

Aprosoja vai renovar diretoria e, por enquanto, um se lança à presidência

Por 23/09/2020, 20h:01 - Atualizado: 23/09/2020, 20h:07

fernando cadore 680

Com cerca de 7 mil associados, a Aprosoja-MT, entidade que representa a categoria de sojicultores que detém o maior peso da economia estadual, escolherá seu novo presidente e outros 11 da diretoria em 9 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Caio Oliveira | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 21h06
    2
    0

    Aproenoja...

  • Jose | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h55
    2
    1

    A aprosoja ao invés de se preocupar com as queimadas fica fazendo propaganda pra reforma administrativa

PLANTAÇÃO E COLHEITA

A estratégia de Mauro para 2021

Por 23/09/2020, 15h:25 - Atualizado: 23/09/2020, 15h:30

mauro mendes 680

Independente da busca ou não da reeleição, Mauro Mendes está convicto de que, a partir do próximo ano, irá elevar a popularidade, inclusive em setores, como do funcionalismo público e do agronegócio, que torceram o nariz e fizeram protesto contra o governo por causa das reformas implementadas.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Marlan | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h15
    3
    5

    ...QUE OS ANJOS DIGAM AMEM...

  • Rafael | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 19h34
    8
    4

    Oportunista.... Usou do poder público para ressuscitar as suas empresas.... O povo tá de olho...

  • O ATALAIA | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 19h27
    10
    4

    Se não fosse em época de campanha política já era dificil de acreditar. Como MM tem. Interesse na eleição de seu senador e de prefeito aí, fica muito difícil de o eleitor acreditat, aliás, ele, ja tem a fama de prometer durante a campanha e virar as costas apos vitória. Quem quiser acredite!...

MARKETING ELEITORAL

Efeito-Selma afasta candidatos do marqueteiro Brasa; veja contratados

Por 23/09/2020, 07h:34 - Atualizado: 23/09/2020, 07h:39

junior brasa 680

Mesmo com o mercado do marketing eleitoral aquecido em MT com duas campanhas majoritárias paralelas, de prefeito e de senador, Junior Basa, até então bastante requisitado, não fechou contrato ainda com nenhum dos principais candidatos.

Postar um novo comentário

TUDO DE NOVO

Nova votação do relatório da CPI na 5ª e base do prefeito tem desfalque

Por 22/09/2020, 20h:31 - Atualizado: 22/09/2020, 20h:36

chico 2000

A nova votação em plenário do relatório da CPI do Paletó pode acontecer já na quinta (24) e, desta vez, em pleno período eleitoral e sob risco do prefeito investigado Emanuel Pinheiro ter um voto a menos entre os vereadores. É que Chico 2000 saiu de licença e o substituto Ralf Leite está impedido pela Justiça de assumir a cadeira.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Francisco Antonio de Almeida | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 09h40
    4
    1

    É hora destes vereadores pensarem melhor e refazer seus votos pela aplicação da moralidade e derrubada da corrupção. Orgulhen-se de um dia poderem contar aos seus filhos que lutaram por um Cuiabá e um BRASIL melhor.

  • carol dantas | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 08h42
    3
    0

    companheiro é companheiro.. e fdp é fdp !

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2605