Blog do Romilson Cuiabá, 10 de Dezembro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Jayme anuncia 2 de março para definição de candidatura com Wilson e ataca governador

Jayme Campos, em discurso em Poconé   O senador Jayme Campos anunciou neste sábado (9), durante encontro do DEM em Poconé, que em 2 de março será anunciado quem será o candidato do grupo a governador, se ele próprio ou se o prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB). Com sinais claros de que vai estar no palanque de oposição junto com o tucanato, o cacique disparou sua metralhadora verbal contra o governo Blairo Maggi (PR) e o vice-governador Silval Barbosa (PMDB), candidato do Palácio Paiaguás à sucessão estadual. Realizada na Câmara Municipal, a reunião motivou a presença de cerca de 300 pessoas, a maioria de outros municípios, como Cuiabá e Nossa Senhora do Livramento.

  Jayme acusou a atual administração de privilegiar meia dúzia de empresários com incentivos fiscais e criticou os setores da saúde e segurança pública. Disse que o governo Maggi, conforme relatório do Tribunal de Contas e reportagens publicadas pela imprensa nacional e estadual, autorizou R$ 1,5 bilhão em incentivos fiscais para seis empresários. Para ele, isso e usurpação do dinheiro público. Lembrou que, se fosse governador, atenderia a milhares de micro e pequenas empresas com o mesmo valor.  "Os pequenos são esquecidos por esse governo".

  Em seguida, disse que DEM e PSDB vão estar juntos nas eleições de outubro e que ou ele ou Wilson será candidato ao governo. "Ou eu ou o Wilson vai disputar e isso vai ser bom para Mato Grosso". Ex-prefeito de Várzea Grande por três mandatos e ex-governador, Jayme tinha Wilson como adversário político nos anos 1990. Na época, o hoje prefeito exercia mandato de deputado estadual. Duas décadas depois, militantes do DEM (ex-PFL) e tucanos buscam reaproximação. Em alguns municípios, o clima ainda é de racha. Em Poconé, por exemplo, a aliança só está sendo possível depois da desfiliação do DEM do ex-vereador Lauro Eubank , que foi para o PSB do pré-candidato a governador Mauro Mendes. O tucanato é conduzido por Ricardo Elias, que estava no encontro, e pelo ex-prefeito Euclides Santos, secretário de Infraestrutura de Cuiabá da gestão Wilson.

    Ainda em discurso, Jayme afirmou não ter medo de disputa majoritária, garante que lidera as pesquisas de intenção de votos e chegou a "inflar" os números a seu favor. Garantiu que pesquisas internas apontam que está 17 pontos na frente de Silval e que vai dar uma surra de votos no peemedebista. Em verdade, os números não batem. Até agora, nehuma pesquisa aponta Jayme na liderança absoluta.

    Segurança e saúde

   Quanto à segurança pública, o cacique afirmou que relatório da própria secretaria de Justiça e Segurança Pública revela que ocorreram no ano passado 900 assaltos, o que faz com que a população tenha medo de sair às ruas. Comentou para, em seguida fazer críticas, o fato de "99% das viaturas que atendem ao Estado serem alugadas e com placas de Pernambuco". Disse ainda que o salário dos policiais, de R$ 1,7 mil mensais, "é uma vergonha". Segundo o senador, em Goiás, um policial recebe R$ 3 mil, praticamente o dobro do subsídio praticado pelo governo mato-grossense.

   Disse também que a saúde no Estado está um caos e que o agora aliado Wilson, como prefeito da Capital, ajuda mais o setor do que o próprio governo estadual, considerando que "o atendimento pelo SUS de pacientes de Mato Grosso se concentra na capital, especialmente no Hospital e Pronto-Socorro Municipal".

   Jayme arrastou para o encontro do DEM deste sábado políticos da chamada velha guarda, como os ex-conselheiros aposentados do TCE Ubiratan Spinelli, Júlio Campos e Branco de Barros, os ex-deputados estaduais Zeca D´Ávila e José Carlos de Freitas e os vereadores várzea-grandenses Baiano Pereira e Isabela Guimarães. Estavam presentes ainda os prefeitos Clovis Martins (PTB), de Poconé, e Zenildo Sampaio (DEM), de Nossa Senhora do Livramento, e os vereadores poconeanos Ornela Falcão e Nei Rondon, que preside a Câmara Municipal, assim como o presidente regional do DEM Oscar Ribeiro. Curiosamente, Leôncio Pinheiro, que comanda a Empaer, empresa que integra a estrutura do governo estadual, aplaudiu o discurso de Jayme contra a administração Maggi, da qual faz parte.  (Colaborou Júnior Fontes, do site Poconet Notícias)



Ex-deputado Zeca D´Ávila, Leôncio Pinheiro, da Empaer, e Branco de Barros, durante encontro do DEM, em Poconé
Fotos: Júlio Fontes

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Gerson de Oliveira | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010, 23h19
    0
    0

    Imagina o Cidinho...o Vice Silval não sabe com quem está mexendo. Pediu a Ele um assessoramento para palpitar sobre a EMPAER-MT e o mesmo já esta arquitetando para lançar como presidente o ISMAREL,um tecnico agricola, seu assessor para assuntos de MT-Reginonal, que foi prefeito de Denise, para presidente da EMPAER. Isso já cheira campanha, pois o Cidinho é candidato a deputado estadual. A Empaer é um orgão muito complexo, que exercita ciencia e tecnologia, não é qualquer um que pode se encaixar naquele orgão. Aliás, é uma Empresa que precisa de gente com competência para articular políticas públicas para atender a agricultura familiar. É lamentável. Aliás, o único político que tem visão clara e lógica da Empaer é o deputado Riva e Zé Domingos e Bezerra, esses são da massa mesmo...

  • Gusmão de Andrade | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010, 20h37
    1
    0

    Eu não sei oque o Blario está esperando para demitir o Leôncio. Os funcionários da Empaer-MT não aguentam mais tanta inolência, tanta incompetência deste sujeito que está perdido no espaço e no tempo. A Empaer-MT precisa de um Gestor com conhecimento técnico capaz de colocar a empresa no plumo. Vamos ver se acertam um Presidente para Empaer. Sabe-se que o Secretário de Assuntos Estratégicos "O Cidinho", que sempre jogou pedra na Empaer, agora está querendo colocar um dos seus assessores políticos no comando da Empaer para fazer campanha para sua eleição a Deputado Estadual. Olha em que embrolho a Empaer pode entrar. Ca entre nós...o Cidinho... fique de olho neste sujeito.. pois o MT-Regional também é só enrolação, pra que tantos orgãos mexendo com agricultura. Acho melhor trazer o MT-Regional para a SEDER e fechar aquela redoma de vidro.. pra INGLES VER...

  • NEY RONDON | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010, 13h00
    2
    0

    Estamos atentos, as reportagens e comentários constantes neste conceituado site de notícias. Estivemos realmente presente a reunião do DEM, no município de POCONÉ, no último dia 09 de janeiro, atendendo um convite dos democratas locais. Entendemos que nesse embate, para decidir entre o candidato Jaime e Wilson, sem sombra de dúvida torcemos para que o primeiro seja vencedor. Isso porque, além de ter uma vasta experiência de comando e estar ligados políticos da velha guarda, ele não é ligado a políticos demagogos e mentirosos, como acontece com o atual prefeito de CUIABÁ, que coloca pessoas desse nível em seus secretariados.

  • LAURO EUBANK | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010, 09h59
    0
    1

    Prezado Romilson, li atentamente a sua materia, principalmente no que se refere a visita do Senador Jaime Campos a Pocone e da alianca entre Wilson e Jaime. Essa Coligacao e tao licita como foi a de Julio e Bezerra. Sofremos muito para justificar aquela uniao, e, amargar a derrota. Acompanhei Jaime desde crianca, porem quando precisei nao tive o seu apoio. Em 2000, nao pode vir a Pocone por que estava cuidando de Varzea Grande. Em 2004 nao veio por que cuidava de Julio. Entao nao foi a minha saida do DEM que possibilitou a Uniao de Jaime e Wilson. Simplesmente entendo que agora e o momento do novo e o novo para mim e Mauro Mendes. POr outro lado, e junto ao PSB que vislumbro a possibilidade de Pocone e Pantanal voltar a ter representacao na Assembleia Legislativa. Forte abraco. LAURO EUBANK

  • Carla | Domingo, 10 de Janeiro de 2010, 20h07
    0
    1

    É muita cara de pau do Leôncio, mama no governo com cargo comissionado e acompanha Jaime Campos em reuniões onde se detona o atual governo do Estado. Quando digo que mama é pq a situação da Empaer está vergonhosa sob sua administração, ou seja ele nada tem feito. Entrgue o cargo e depois vá fazer oposição.

  • B | Domingo, 10 de Janeiro de 2010, 09h14
    0
    0

    A reunião realizada pelo DEM na cidade de Poconé tem tudo para virar piada no meio politico de Mato Grosso. Pois as presenças dos antigos fundadores da Arena, PFL e agora DEM, Branco de Barros, Tom Spinelli, Oscar Ribeiro e outros Sauros, somente revela a barca furada que esta candidatura. A presença de velhos politicos que se aposentaram e vivem as custas do erário público como Marajás( diversas aponsetadorias como ex- deputado, ex-professor e acumulando a de conselheiros) somente dará munição para desbancar este sonho do Milionário Jaime Campos. A presença do Prefeito de Poconé e do Pres. Da Camara Ney Rondon, não deve ser contado, pois os dois seguem a cartilha do Deputado Riva, obedecendo cegamente suas ordens. E o mais hilário, para quem conhece a politica poconeana, será ver no mesmo palanque , o EX Prefeito Euclides, a Ver. Ornella que brigam ate hoje pelo comando do PSDB municipal. E o pior, falar mal de Blairo Maggi, com certeza não é um discurso que convença o eleitorado que muito sofreu nas maõs da familia Campos, principalmente os professores que não se esquecem da caneta e da banana que o ex Julio campos deu para os funcionarios à epoca em greve e com sálarios em atraso, que por sinal nunca aconteceu no Gov. Blairo Maggi. Não foi um bom começo...

  • Nelson Marques | Domingo, 10 de Janeiro de 2010, 05h34
    0
    0

    Coitado do povo, não tem mesmo opção. Ou vota no sujo, ou vota no mal lavado. Vamos torcer para que apareçam novas caras na nossa política, porque senão a coisa tá feia.

  • Gilmar Brunetto | Domingo, 10 de Janeiro de 2010, 04h58
    0
    1

    É verdade, a saúde esta um caos porém Jaime deve muitas explicações sobre o Hospital central obra abandonada com denúncias gravissimas de corrupção.

  • Edilma Rodrigues | Domingo, 10 de Janeiro de 2010, 03h42
    0
    0

    Jayme Campos deveria se envergonhar ao tecer críticas ao Governador Blairo Maggi. Para aqueles que têm boa memória, basta lembrar da sua passagem no Governo do Estado, pois só nos lembramos que coisas ruins. Quem é ele para dizer que o Governador beneficia empresários, a Operação Pascenas é prova de que alguns dos empresários presos enriqueceram às custas do Desgoverno dele. Para finalizar, ele e seu irmão Julio Campos nunca fizeram nada por Várzea Grande. Murilo pegou essa Prefeitura, e não consegue sair do lugar por causa da maldição desses Campos por aqui. A cidade não possue infraestrutura, planejamento; porque sempre foi usada para beneficiar meia dúzia de pessoas improbas, assim como ele. Ficou rico às custas do saqueamento ao erário público. Meu desejo, e se Deus quiser, da maioria dos eleitores, sobretudo, de Várzea Grande; é extirpar essa raça da política. Fora Jayme!!! Fora Wilson Santos!!!

  • José de Barros | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 22h44
    0
    0

    O que o Senador falor esta aqui, e a populaão de Mato Grosso precisa ler com atenção. Veja o que esta por de baixo do tapete do Governador Blairo Maggi. Esta situação é mascarada com quilometros de asfaltos que só beneficiam essas empresas. Vejam e publiquem, saiu na folha de sp rodrigo vargas da agência folha, em cuiabá relatório técnico do tce (tribunal de contas do estado) de mato grosso aponta que a concessão de incentivos fiscais vem crescendo desde a posse do governador blairo maggi (pr), em 2003, e nos últimos anos atingiu mais de r$ 1,08 bilhão --mais do que o previsto nos orçamentos de saúde e segurança e semelhante ao total destinado à educação. a pedido da assembleia legislativa, oito auditores do tribunal analisaram as renúncias fiscais concedidas pelo estado entre 1998 e 2008 em mato grosso e concluíram que, embora o ritmo de expansão dos benefícios no atual governo tenha superado a expansão do pib e da arrecadação tributária, isso não se refletiu na geração de empregos, uma das justificativas oficiais para a ampliação das medidas. "nem o produto econômico, nem o volume de empregos cresceram como seria desejável, tendo em vista o volume de concessões feitas e de compromissos firmados pelos beneficiários", diz um trecho. o relatório diz que os incentivos beneficiam principalmente a indústria de transformação e o setor agropecuário, que não ocupam o topo do ranking da geração de empregos no estado --a posição é dos segmentos de comércio, serviços e construção civil, para os quais inexistem programas específicos de incentivo. "a agropecuária [...] gerou apenas 16% dos novos empregos em 2008. quanto à indústria da transformação, essa foi responsável por apenas 32 postos de trabalho a mais, de um total de 22.893 em 2008", aponta o relatório. o estudo constatou que a maior parte dos incentivos foi destinada a poucas empresas e cidades. dos mais de r$ 450 milhões de incentivos concedidos em 2008 pela secretaria de de indústria, comércio, minas e energia, 20% foram destinados a apenas quatro empresas. pelo regulamento do programa, a concessão dos benefícios está atrelada a contrapartidas, como a geração de empregos e capacitação de mão de obra. oito estudos de caso elaborados pelos auditores revelaram falhas na verificação e cobrança dessas exigências. o texto cita o caso de empresas que cumpriram menos da metade das metas de geração de empregos e que, ainda assim, tiveram o benefício renovado. segundo o relatório, o governo de mato grosso não controla adequadamente o cumprimento dessas metas e produz avaliações de resultados com base em informações "incompletas" e que "não coincidem com as que constam nos balanços contábeis das empresas." "pedimos e não conseguimos obter a fonte das informações contidas nos balanços apresentados pelo governo, o que nos leva a crer que as contrapartidas previstas estavam sendo contabilizadas como metas cumpridas, sem verificação in loco", disse à folha o auditor luiz henrique lima, que chefiou o trabalho. segundo ele, a dimensão das renúncias exige uma estrutura equivalente de acompanhamento. "o que verificamos foi uma preocupante fragilidade de instâncias de controle, se comparada com as existentes em outras políticas públicas como a educação, que tem orçamento semelhante", disse. Dr. José de Barros

SEM TRÉGUA E SEM MANDATO

Alertada sobre cheques e cassação, Selma desafiou: "vou pagar pra ver"

Por 09/12/2019, 19h:04 - Atualizado: 08h atrás

selma arruda 680

A senadora Selma Arruda (Podemos), que deve ter o mandato cassado em definitivo nesta terça pelo TSE, foi alertada e aconselhada a fazer uma composição financeira e saldar as dívidas com o marqueteiro Júnior Brasa, bem antes da formulação da denúncia sobre caixa 2 e abuso de poder econômico.

Postar um novo comentário

AQUISIÇÕES

Defensoria do Estado vai gastar R$ 1 mi na troca de velhos computadores

Por 09/12/2019, 13h:22 - Atualizado: 09/12/2019, 13h:27

clodoaldo 680 defensor geral

A Defensoria Pública do Estado, sob Clodoaldo Aparecido de Queiroz, planeja trocar os seus obsoletos computadores, tanto os da sede administrativa quanto das comarcas. Vai gastar R$ 1 milhão nas aquisições dos equipamentos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ely | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 18h19
    0
    1

    Cada dia que passa mais o Zé tem meu respeito votaria nele quantas vezes for possível

EM CUIABÁ

Câmara já tem data pra cassar Abílio

Por 09/12/2019, 08h:01 - Atualizado: 08/12/2019, 19h:57

abilio 680

A Câmara de Cuiabá tem data e hora para, com voto de pelo menos 17 dos 25 vereadores, cassar o mandato de Abílio Brunini, investigado por vários casos de quebra de decoro parlamentar.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • alexandre | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 12h40
    5
    7

    quem é contra o governo , é caçado, agora pode bater, desmatar , que não acontece nada..

  • ANTONIO | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h29
    1
    1

    ANTONIO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • neto | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h29
    12
    6

    nem dinheiro no paletó, deu cassaçao...

  • ANTONIO | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h29
    1
    0

    ANTONIO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Elson Oliveira | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 10h34
    15
    7

    Não é resultado antecipado, é resultado PREVISTO! O relator apresentará seu parecer e vai pra votação! Mas tem mais é que cassar mesmo! Vai fazer falta nenhuma!

  • Jonas Matos | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 10h25
    0
    0

    Jonas Matos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Paty antunes | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h45
    29
    13

    vou expressar minha opinião náo to pra defender ninguem, mas uma pessoa que só ri debocha não apresenta projetos fica o tempo caçando intrigas tem mais que ser cassado mesmo. não me representa

  • Amarildo | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h32
    19
    14

    Vai recorrer no Judiciário e vai voltar...resultado antecipado parece armação...kkkkkkk

  • ELEITOR CUIABANO | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h27
    19
    17

    Ou seja ta tudo armado, segundo o RDNEWS, todos são suspeitos uma vez que já fizeram juízo antecipadamente. Só esqueceram de colocar na matéria qual dia e qual Juiz vai reintegrar ele ao cargo, diante de tantas irregularidades.

  • marcos | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h26
    21
    17

    É o Maior tiro no Pé que esses vereadores Pró Emanuel vão fazer,a população está vendo tudo

RUMO A 2020

Oposição se une, mas bate cabeça, e Pátio surfa livre em Rondonópolis

Por 08/12/2019, 17h:00 - Atualizado: 08/12/2019, 11h:07

Wheverton Barros

ze do patio 680

Enquanto o chamado grupo dos nove quebra cabeça para definir entre eles uma candidatura forte de oposição e que seja capaz de manter depois todos dentro do barco, Zé do Pátio (SD) rema tranquilamente pela reeleição em Rondonópolis.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Leandro Xavier Godoi | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 12h43
    7
    0

    Zé Do Pátio cada vez mais forte, oposição está desesperada não consegui viabilizar nem chapa de vereavereadores ,quanto mais prefeito .

  • José Gomes | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h25
    0
    6

    Zé do Pátio já era, foi eleito com a minoria e hoje tem uma rejeição record em Roo devido o seu trabalho pífio e de isolamento político Rondonópolis está perdendo recursos para as cidades do nortão pois a classe política não confia mais nele, qualquer nome que for lançado pela oposição ganha do Zé do Pátio, Rondonópolis está um verdadeiro Caos.

EM ALTO TAQUARI

Trunfo de prefeito e shows da virada

Por 08/12/2019, 10h:11 - Atualizado: 08/12/2019, 10h:17

fabio alto taquari 680 prefeito

O prefeito de Alto Taquari Fábio Mauri Garbugio resolveu usar o trunfo do réveillon para, com dinheiro público, tentar recuperar a popularidade.

Postar um novo comentário

CONFRATERNIZAÇÃO

Blairo junta 3 grupos, governador e 4 ex e avisa que não será candidato

Por 07/12/2019, 17h:59 - Atualizado: 08/12/2019, 09h:26

ex-governadores 680 blairo mauro

Os ex-governadores Osvaldo Sobrinho, Blairo Maggi, Mauro Mendes, Júlio Campos e Moisés Feltrin, neste sábado

Blairo Maggi reuniu neste sábado, numa confraternização em sua chácara, em Cuiabá, cerca de 100 pessoas, incluindo quatro que ocuparam, mesmo que por alguns dias, a cadeira de governador (Júlio Campos, Moisés Feltrin, Oswaldo Sobrinho e o próprio Blairo), e ainda o atual Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jeferson de Andrade | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h27
    0
    0

    jeferson de Andrade, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Antônio CPA | Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 09h27
    8
    0

    Ueee cadé o X...9..DO DELATOR....sinvallllllduuuuu

  • Joao pancada | Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 09h24
    6
    1

    Tudo mala...e puxa....faltou o bobo cheira..cheira

  • O pensador | Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 09h18
    9
    0

    O título está contrário, convocou todos pra dizer que é super candidato.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2458