Blog do Romilson Cuiabá, 17 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Julier já "amarela" para o Governo e deve concorrer à Câmara Federal pelo PMDB

Por 19/03/2014, 16h:24 - Atualizado: 19/03/2014, 16h:31

Após mais de um ano de intensa articulação e marcada também por suspense e divergências internas, Julier Sebastião da Silva está "amarelando". Vai mesmo deixar a magistratura para se submeter ao teste das urnas, mas dificilmente como candidato a governador. Estuda agora concorrer a deputado federal pelo PMDB. Fontes revelam que o juiz federal, que estava com um pé no PT e recuou porque perdeu espaço para Lúdio Cabral, avaliou os últimos resultados da pesquisa Mark, em que figura como um dos lanternas, inclusive em Cuiabá, onde reside, e concluiu que a chance de vitória ao governo seria muito remota. Ademais, acumula inimigos demais, dentro e fora da política por causa de decisões judiciais duras e, por isso, teria dificuldades tanto de convivência quanto de buscar apoio dessas lideranças que já atuam na vida pública.

Em princípio, Julier havia "costurado" entendimento para voltar ao PT, onde militou por alguns anos antes de entrar para a magistratura. Seria o candidato natural do partido a governador. Fechou acordo nesse sentido com a corrente majoritária Construindo um Novo Brasil. Como tem o privilégio, por força do cargo, de poder escolher partido até seis meses antes das eleições, Julier vem postergando a decisão sobre candidatura. Nesse interím, o médico Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e com "recall" da campanha para prefeito de 2012, quando teve votação expressiva e levou a disputa para o segundo turno, se lançou também como virtual candidato a governador. Foi o bastante para rachar o PT e parte da base governista, hoje composta de 8 partidos que dão sustentação ao governo Silval Barbosa (PMDB) e à presidente Dilma (PT).

Percebendo dificuldades de viabilizar o projeto no PT, Julier passou a negociar filiação no PMDB. Recebeu apoio e incentivo de Silval para concorrer a qualquer cargo. Agora, ao invés de entrar numa briga majoritária, Julier estuda concorrer à Câmara Federal, juntamente com Bezerra, que vai à reeleição. A tendência é que Lúdio seja mesmo o candidato da base governista, num confronto direto com o oposicionista Pedro Taques (PDT).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Miriam sousa | Quinta-Feira, 20 de Março de 2014, 06h30
    2
    3

    E agora WILLIAN, ABICALLIL E A.CESAR, como justificar a toda companheira que esse se tratava de mais um pelego, pois de fosse petista não iria se filiar no PMDB. toma engole essa...

  • Rodrigo | Quinta-Feira, 20 de Março de 2014, 05h47
    4
    1

    À Câmara ? Então ele vai pro PT, não precisa do PMDB pra isso. Assim Abicalil-Sampaio-César, derrotam o traidor Ságuas.

  • solange de oliveira costa | Quarta-Feira, 19 de Março de 2014, 18h10
    3
    1

    Preciso da minha casa, estou morandode favor e espero até hj em ser comtemplada.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Pré-candidatos ao Senado entram em disputa por apoio de Bolsonaro

Por 17/01/2020, 10h:32 - Atualizado: 04h atrás

Marcos Corrêa

jair bolsonaro 680

Pré-candidatos ao Senado, na inédita eleição suplementar marcada para 26 de abril, estão buscando, de alguma forma, apoio do presidente Bolsonaro. E quem o obtiver ganhará um forte cabo eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Bruno | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 14h25
    2
    0

    Sou pecuarista e não voto nos chamados "representantes do agro" que só trabalham pela isenção fiscal dos exportadores e que sobrecarregam a carga tributária sobre o pequeno e médio agricultor que vende seus produtos dentro do país.

  • Luciano | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 14h19
    2
    0

    Engraçado tem um vídeo do Pivetta detonando o Bolsonaro e agora ele quer seu apoio?

  • CORNÉLIO CASSIMIRO | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 13h49
    1
    0

    Boa tarde. Ainda vai passar muita água por baixo desta ponte! Uma coisa é preciso que se fique claro, Mato Grosso não pode errar outra vez, o Estado precisa de alguém com Experiência Comprovada, chega de erra, é muito Fácil decidir, é só olhar á vida pregressa de cada um (DE TODOS OS PRÉ-CANDIDATOS) à para está Eleição Suplementar ao Senado da República que se Realizara no dia 26 de Abril em nosso Estado. É Muito Simples; da mesma maneira que se analisa um (CURRICULUM) na hora de CONTRATAR um Funcionário para sua empresa ou para sua casa, desta maneira é só Observar o que cada um dos Pré-Candidatos ao Senado já fez na vida. Simples assim: Só ver o que cada (Pré-Candidato) Ao Senado já Administrou e o que já fez na vida, porque chega de Continuar no Erro né, chega de quem Chega de Paraquedas né, Mato Grosso Precisa de Alguém com Experiência Comprovada... Não da pra erra mais né...

MUNDO SOCIAL

Caras entra na intimidade do casal Mendes; destaca família e superação

Por 16/01/2020, 23h:27 - Atualizado: 16/01/2020, 23h:36

Reprodução/capa/Caras

caras mauro mendes 680

O governador Mauro Mendes é um dos destaques de Caras, revista dedicada ao noticiário de famosos e celebridades e que chega às bancas nesta sexta.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • JORGE LUIZ | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 12h21
    0
    0

    JORGE LUIZ, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maykom | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 23h58
    2
    3

    Realmente é uma história de superação atual.

PAUSA PRA DESCANSO

Prefeito da Capital sai de "férias" por uma semana; vice não assume

Por 16/01/2020, 16h:34 - Atualizado: 16/01/2020, 16h:49

elvis emanuel emanuelzinho e marcia pinheiro 680

Prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, a esposa Márcia e filhos Elvis e Emanuelzinho tiram "férias" de uma semana

O prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB) viaja nesta sexta com a família para sete dias de descanso no litoral brasileiro.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • antonio da silva | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 11h51
    0
    0

    Está de férias com o paletó.

  • Frank Sabiá | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 20h06
    0
    3

    Toda Batalha exige um Guerreiro bem preparado. A Eleição de 2020 será mais pesada do que a de 2012. Uma Semana só é pouco tempo, mas um é que decide o que precisa para Recarregar a Bateria.

  • Ivan Deluqui | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 18h48
    5
    14

    Pode recarregar quantas baterias quiser, mas que vai levar uma surra nas urnas pode esperar, essa pesquisa feita foi pra alegrar o rei deposto e seus bobos da corte.

  • LUIS | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 18h31
    9
    0

    AOS DESAVISADOS UMA DICA. PARA QUE O VICE PREFEITO ASSUMA O CARGO É NECESSÁRIO QUE O AFASTAMENTO SUPERE 15 DIAS, OU QUE O MANDATÁRIO SE AUSENTE DO PAIS. NA HIPÓTESE VENTILADA NÃO HÁ PREVISÃO LEGAL DE ASSUNÇÃO DO VICE. PORTANTO, NÃO HÁ QUALQUER IMPEDIMENTO CRIADO PELO PREFEITO ELEITO. SÓ UMA QUESTÃO DE CUMPRIMENTO DA NORMA QUE DISCIPLINA OS AFASTAMENTOS.

  • octavio augusto regis de oliveira | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h51
    12
    4

    MERECIDO DESCANSO , POIS ESTE ANO VAI SER BEM AGITADO E ELEIÇAO DE SENADOR LOGO EM SEGUIDA PREFEITO , BOM DESCANSO PREFEITO

  • Luciano | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h06
    0
    1

    Luciano, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • junior | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 16h46
    11
    12

    ele pode proibir o vice em assumir ? é ditador esse paletó

TROPA OSTENSIVA

Estado tem hoje 7 mil PMs e poderia dobrar o efetivo sem nem alterar lei

Por 16/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 16/01/2020, 01h:25

pm 680 formatura

Solenidade de formatura de policiais militares realizada em setembro de 2016, na administração Pedro Taques

Com uma dimensão continental (906.806 km²) e 3,4 milhões de habitantes distribuídos em 141 municípios, Mato Grosso conta hoje com uma tropa de 7.144 policiais militares - fora homens do Corpo de Bombeiros.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Davi | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 12h58
    10
    2

    Sou policial militar e por mim não realiza concurso. Com o efetivo atual o incompetente do secretário da fazenda (que está no cargo desde o governo Taques) não consegue sequer pagar os salários dentro do mês trabalhado. Não entregou farda para os policias, equipamentos de uso obrigatório, transfere militar sem pagar com a ajuda de custa que é um direito, não paga adicional noturno, não consegue manter o sistema de previdência. Se não pode taxar os exportadores de commodities melhor deixar o efetivo diminuir a cada dia como está acontecendo com as aposentadorias de policiais. Além disso, a sociedade comprou um discurso de que servidor público é um peso, então porque reclamar de falta de PM. Comprem um 38 e se defendam. Abraços!

  • povo | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 11h17
    17
    1

    Falta servidores na segurança é absurdo! 2019 fechou delegacias nos interiores, já não tem juiz e promotor, nem delegado e agora nem investigador. Os deputados estão calados! FALTA NÃO SÓ PM, NA PJC FALTA TUDO! O governador vai começar a fechar batalhões igual as delegacias. Esse secretário de segurança é um incapacitado! O crime só aumenta, o Estado com mais casos de violência domestica no Brasil. O que será da segurança até 2022?

  • Carlos | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 10h32
    2
    16

    Qual seria o real motivo para tantas críticas ao governo, seria a falta de papinha para algum setor da sociedade!

  • Silas | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 09h59
    13
    1

    Cadê o concurso público pra 1000 vagas, desde 2016 esse GOVERNADOR GOVERNA + AS EMPRESAS DELE do q Administra o ESTADO

SANGUE NOS OLHOS

Selma desce o porrete em Fávaro

Por 15/01/2020, 18h:32 - Atualizado: 15/01/2020, 18h:41

selma arruda 680

Benedito (Dito) Lucas, um dos 21 assessores do deputado José Medeiros, presidente do Podemos-MT, estreia nesta quinta o programa Roda de Conversa, pela TV Gazeta de Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Zé povooas | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 10h07
    5
    0

    BANCADA PELO AGRO, TÓXICO PRO RESTANTE DOS MATO GROSSENSES, ISENTOS DE IMPOSTOS, ISENTOS SE O GOVERNADOR E A ASSEMBLIA LEGISLATIVA PUDESSE ATÉ DA CULPA, CHEGARAM PEQUENOS, COLHIAM COM RAIZES ATOLAVAM NAS ESTRADAS E AGORA RANCAM O COURO COM IMPOSTOS NOS NATIVOS DAQUI, OS NOVOS BANDEIRANTES E OS VELHOS EXPLORADOS DESTE SOLO GENTIL.

  • Robson Souza | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 08h54
    9
    4

    Para os amigos as benesses da Lei. Para os inimigos os rigores da Lei. Essa senhora esta saindo da oportunista e entrando para as canalhices. Uma vergonha

  • Maria José | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 08h45
    6
    2

    O Dito vai ter um programa de entrevistas??? Hahahahahahahahahaha

  • Crítico | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 22h44
    6
    29

    Parabéns Dra pessoa HONESTA não sobrevive na POLITICA BRASILEIRA

  • Adelaide | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 22h33
    24
    7

    Pega seu banquinho e saia de mansinho ex juiza senadora cassada. Tu és tão corrupta quanto quem vc ja mandou prender.

  • Amadeu Fuik | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 21h35
    13
    1

    vi esse artigo, e super justo foi o apontamento do Jornalista Antoniel Pontes do F5: Selma trapaça, vira vítima e já pode pedir vaga de roteirista na Broadway Condenada em todas as instâncias, a senadora que foi cassada por trapacear na eleição criou um roteiro digno de qualquer ficção da Broadway A senadora cassada Juíza Selma Arruda deixa seu posto de senadora da república com todos os motivos para comemorar, ilesa, a ex-juíza tem por trás forças ocultas que a blindam e provam que a trapaça vale a pena. A senadora que empunhou a bandeira da moralidade na campanha de 2018 e anticorrupção, apesar de ter sido condenada em todas as instâncias da justiça eleitoral conseguiu sair ilesa e sem a mancha de ter trapaceado na eleição pra senado. O fato é que em outras épocas a condenação acabaria de vez com qualquer prestígio político, porém a expertise da juíza e de sua assessoria a transformou numa uma figura perseguida além de dar a ela, a sensação que seu apoio poderá ser decisivo na escolha do seu substituto. Selma Arruda usou de algumas estratégias para tirar a mancha de ser a primeira senadora cassada da história de Mato Grosso que foi cassada por crimes graves durante a eleição. Durante o processo, a senadora foi julgada e considerada culpada unanimemente por prática de abuso de poder econômico e arrecadação ilícita de recursos nas eleições de 2018; ela espertamente usou o presidente Bolsonaro como principal apoiador e defensor e com isso ganhou o apoio incondicional de muitos dos seus apoiadores. Para ela, Lula que foi condenado em segunda instância é criminoso, porém ela que percorreu o mesmo caminho é perseguição. E vamos aqui equiparar que para alguns bolsonaristas e também lulopetistas, a paixão por uma ideia os cegam e impossibilitam enxergar que um crime é um crime, independente de quem o cometa. Selma Arruda vitimizou-se aproveitando a onda de enfraquecimento da credibilidade da Justiça. Perspicaz, a juíza escreveu um roteiro em que se colocava como protagonista de uma grande perseguição de uma justiça implacável por ser a “cara nova” da Política. Esse roteiro brilhantemente pensado culminou no verdadeiro plot twist que acontece em qualquer ficção, onde o antagonista se torna o preferido do público que deixa de torcer pelo correto, onde os valores e senso de justiça acabam sendo distorcidos gerando apenas impunidade e a sensação de que o crime vale a pena. Porém o desfecho real da história já pode inspirar os roteiristas da Broadway. Aliás, caso a ex senadora se canse da vida pacata de análises jurídicas agora por hobby, ela já pode até virar roteirista na terra do Tio Sam de alguma série de drama político. Inspiração para conspiração não faltará no seu repertório. E aqui cabe uma pergunta, a você, nobre leitor: e se fosse às velhas figuras da política mato-grossense, como por exemplo, o ex governador Pedro Taques, ou até mesmo o Maggi, eles teriam o mesmo tratamento que a juíza teve? O ato durante a Campanha de Selma é condenável sob qualquer ótica. Usar de manobras para ganhar uma eleição não é exemplo e deveria ser motivo para condenação em qualquer sociedade que prime pelo senso de justiça. Mas por alguma razão que tento destrinchar nesse artigo, a pecha de corrupta não colou e recuso à acreditar que tenha respaldo e apoio de algum colega da área. Corrupção não tem RG, CPF ou partido e é um crime que deveria ser combatido pela população. Tornar isso uma arma que brinca como se fosse uma roleta russa que escolhe em quem dar o tiro é deixar de combater o que importa para reforçar a ideia que a sociedade atual passa por um hiato de espaço onde a máxima de que o crime compensa seja colocado como princípio de realidade. Não adianta só ir às redes sociais e repudiar, deve-se extinguir essa ideia, antes que o artigo 5 da Constituição seja substituída pela ideia de que todos são iguais , diante a interesse de algum grupo da sociedade.

  • Jonas Eduardo de Queiroz Moraes | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 19h52
    22
    4

    O C-H-O-R-O é livre!!!

  • flavio | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 18h53
    25
    3

    kkkkkkkkkkkkkk, Selma é uma grande vergonha para o estado de MT. Uma juiza que não gosta da lei! Pau que bate em chico, bate em francisco DOUTORA!

  • Divina Oda | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 18h49
    21
    2

    Falsa moralista

EM CUIABÁ

Por reeleição, vereadores farão troca partida; um deve mudar 2 vezes

Por 15/01/2020, 17h:12 - Atualizado: 15/01/2020, 18h:50

Bruna Maria

orivaldo da farmacia 680 vereador

Vereadores cuiabanos começam a montar estratégias pensando na reeleição e vários aguardam a janela de março para fazer troca partidária. A debandada só não será geral porque a maioria dos partidos não aceita adesão de quem já exerce mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • marcos | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 15h22
    0
    0

    Elegemos esse Tal de Orivaldo da farmácia aqui da nossa região do industriário,pedra 90,e sabe o que ele está fazendo por nós? Nada, o negócio dele só é votar a fazer em tudo que o Emanuel coloca em pauta e dane-se o povo da sua região,esqueça de reeleição meu amigo

  • Frank Sabiá | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 20h20
    4
    0

    Tá certinho o Vereador Orivaldo da Farmácia, ninguém sabe o que pensa o PP. De um lado Paulo Araújo que está com Emanuel, de outro Neri Geller, Margareth Buzetti, Blairo Maggi e Diego Guimarães... Março está bem aí, o tempo se esvai !!

  • Ze leite | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 18h19
    5
    0

    Em VG não é diferente vai ser um pega pra capar

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2476