Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Senado

Maggi quer Savi para 1º suplente

Mauro Savi e Blairo Maggi: composição majoritária   O líder do governo na Assembleia, deputado Mauro Savi (PR), recebeu de Blairo Maggi um convite que o fez comemorar. Após ambos terem uma conversa no período festivo da virada do ano, em Balneário Camboriu (SC), o governador reforçou a proposta do deputado vir a ser o seu primeiro-suplente ao Senado. Savi topou na hora. Assim, as negociações nesse sentido estão praticamente fechadas. Falta Maggi escolher o segundo-suplente. Sob alegação de que trata-se de uma definição pessoal, Maggi não quer abrir espaço em sua chapa para outros partidos do arco de alianças, como PMDB e PT. Deixou isso claro para dirigentes partidários, principalmente para o presidente regional do PMDB, deputado Carlos Bezerra, numa reunião em Brasília no final do ano passado. Ele pode optar até pela definição dos dois suplentes do PR.

    Com Savi, Maggi espera contemplar o Nortão, já que o deputado de segundo mandato reside em Sorriso, onde foi vereador. Existe até comprometimento de, se eleito, abrir espaço para estreia de Savi no Senado. Vão estar em jogo dois terços da representatividade de Mato Grosso no Congresso Nacional, com encerramento dos mandatos de Serys Marly (PT) e de Gilberto Goellner (DEM), senador a partir de janeiro de 2008 com a morte de Jonas Pinheiro. A terceira cadeira continua sob Jayme Campos (DEM) até 2014. O mandato é de 8 anos. Cada eleitor vota em dois para o Senado.

    A escolha de Savi para concorrer à suplência de senador, após este permanecer alguns meses em pré-campanha para deputado federal, agrada a bancada do PR na Assembleia, composta por Sérgio Ricardo, Sebastião Rezende, Jota Barreto, Wagner Ramos e o próprio Savi. É que os deputados republicanos terão um concorrente interno a menos. Sérgio, por exemplo, já havia feito esse pleito diretamente ao governador.

     A estratégia de Blairo Maggi é buscar a primeira vaga para não correr o mesmo risco do ex-governador Dante de Oliveira, que deixou o Paiaguás em abril de 2002 já considerado eleito e acabou derrotado. As vagas ficaram com Jonas e Serys, que foi beneficiada com os chamados votos de protesto. Nos contatos com correligionários, o governador e um dos acionistas do Grupo Amaggi tem comentado que sua eleição ao Senado é questão de honra. Uma derrota, pondera, seria sinal de desprestígio e reprovação do longo mandato de sete ano como chefe do Executivo estadual. Estrutura logística er financeira não é problema. Ele avisou que não vai entrar em conflitos com nenhum grupo político para, na linha "paz e amor", atrair eleitores de todos os lados. Maggi está aproveitando os últimos dias como governador para mapear o Estado e fechar apoios políticos rumo a sua campanha majoritária. Ele pedirá voto para o peemedebista Silval Barbosa, que o substitui no Paiaguás a parrtir de 31 de março mas, primeiro, quer cuidar do seu futuro político.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Sofia | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 14h24
    0
    0

    Cuidado Mauro, que o Sr motoserra de ouro,pode derubar seus eleitores como ele fez com as arvores do estado e depois ainda pode criar uma lei te proibindo de reevindicar os mesmo.

  • CLAUDIO | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 14h02
    0
    0

    que pena eu sou eleitor do Mauro Savi, votaria nele p deputado mas como suplente do Blairo moto serra de ouro nao da

  • Sorriso | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 13h00
    0
    0

    Oque é olhar para cima? É por acaso promover o maior programa habitacional de Mato Grosso? É por acaso promover o maior programa de pavimentação de MT? É promover a maior distribuição de máquinário para os municípios? Dentre outros. Se isso for olhar para cima... Aliás O Governo de Blairo Maggi olhou Mato Grosso por igual e isso é uma verdade, lembram o sentimento divisionista que havia no governo anteriore a Blairo Maggi? Acabou. A escolha de Savi para a Suplência é mais uma demonstração de que Blairo Maggi olha e cuida de todo Mato Grosso.

REFORÇO JURÍDICO

Eraí Maggi bate duro para Fávaro virar senador antes da suplementar

Por 28/02/2020, 12h:14 - Atualizado: 02h atrás

erai maggi 680

Eraí Maggi, o rei da soja, segue firme na retaguarda financeira de Carlos Fávaro. Já colocou em ação, sem êxito, três planos na esperança de ver seu afilhado na cadeira de senador.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • R. Rodrigues | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 12h53
    3
    0

    Vai ficar querendo.... essa turma aí só quer facilidade, tem de ganhar nas urnas, chefe!!! Mau assessorado do começo ao fim.

CUIABÁ

Prédio dos Campos alugado pela Gestão, que vê valor de mercado

Por 28/02/2020, 10h:12 - Atualizado: 04h atrás

Rodinei Crescêncio/Rdnews

controladoria geral cuiaba 680

Alguns vereadores, mesmo ainda sem embasamento técnico e pesquisa de mercado, analisam denunciar ao MPE a locação da nova sede da Controladoria-Geral de Cuiabá. O prédio, localizado na avenida Mato Grosso, pertence à Michelle, uma das filhas do senador Jayme Campos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 10h55
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EFEITO-SENADO

Leitão terá Doria de cabo eleitoral e tenta arrumar emprego pra Taques

Por 27/02/2020, 22h:22 - Atualizado: 08h atrás

joao doria 680

Nilson Leitão acionou alguns líderes nacionais do PSDB para reforçar sua pré-candidatura ao Senado e barrar a intenção de Pedro Taques de cruzar seu caminho.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Denner | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h58
    3
    1

    Consultor da Sabesp, assim como Antero num recente passado.

  • João | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h48
    10
    5

    Tanques é um cara firme e sensato e muito inteligente. Uma homem desses não fica sem emprego, além de bom professor é um excelente advogado. Subiu na vida por méritos e não por politicagem barata

  • José Carlos | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 02h28
    6
    10

    Taques é uma pessoa muito má

TEMOR GERAL

Em Alto Taquari, um monitorado e milhares preocupados

Por 27/02/2020, 20h:49 - Atualizado: 27/02/2020, 20h:59

alto taquari 680

Cravada na divisa de MT com Goiás, a pequena Alto Taquari vê parte de seus cerca de 12 mil moradores mudarem a rotina por causa do monitoramento de um de seus filhos, que pode estar com coronavírus.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Julio | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 06h46
    6
    0

    Tmoro em Alto Taquari e conheço o jovem em questão. Ele so procurou a sec. Saude para saber como proceder caso viesse a ter os sintomas, ja que irculou pela italia. Todo este boato comecou apos a postagem irresponsavel de um cidadao local, que se diz jornalista, eque não checou a fonte e os fatos e publicou como verdade as suas suposicoes. Pela nossa cidade vai tudo muito bem obrigado.

SOB INVESTIGAÇÃO

Enquanto PSDB esperava Taques em ato, ele estava depondo no MPE

Por 27/02/2020, 18h:50 - Atualizado: 27/02/2020, 19h:20

pedro taques 680

Pedro Taques tem muitas coisas para se preocupar do que a pré-candidatura ao Senado e seu futuro com ou sem o PSDB.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • José Carlos | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 02h26
    7
    1

    É uma pessoa muito má

  • Davi | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h01
    12
    2

    O Pedro Taques de hoje é o Mauro Mendes daqui 2 anos - persona nom grata.

  • joao | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 19h13
    6
    7

    Parabéns PSDB pela decisão.

PETISMO RACHADO

Lúdio busca assinaturas para bater chapa com Barranco ao Senado

Por 27/02/2020, 18h:32 - Atualizado: 04h atrás

ludio cabral 680

Lúdio Cabral espalhou nos últimos dias que não tinha pretensão de concorrer ao Senado, mas destacou assessores e vários correligionários para o trabalho de coleta de assinaturas, com vistas a se inscrever amanhã.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Kleber Amorim | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h03
    5
    1

    Caro Romilson, não sei quem é tua fonte, mas infelizmente mais uma vez ela está equivocada. Lúdio em nenhum momento se colocou à frente para essa disputa. Ao contrário disso, várias tendências/coletivos do interior do Partido, assim como vários setores da sociedade, sindicatos, categorias, é, até mesmo outros líderes e partidos de centro e de esquerda entendem que o nome que reúne as melhores condições, neste momento, para enfrentar essa disputa com a direita conservadora, é o nome do companheiro Ludio. Portanto, não é o deputado que designou ninguém, nós nos achamos no direito, enquanto cidadãos e filiados, de propor o melhor nome para esse embate de características de disputa nacional. "O melhor candidato deve ser escolhido pela sua base, e não o contrário". A partir daí cabe à cúpula do Partido decidir o que realmente quer pra si, para seu futuro e da classe trabalhadora do estado. Grande abraço!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2500