Blog do Romilson Cuiabá, 14 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

TRE

MCCE denuncia “parcialidade" do TRE e elenca delitos ignorados

   O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) denuncia a suposta parcialidade do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), presidido por Evandro Stábile, nas decisões do Pleno e apreciações de recursos em caráter de liminar. O documento foi protocolado na Procuradoria Regional Eleitoral. No teor, os membros do MCCE levantam a suspeita de venda de sentenças. “Se no passado havia filho de juiz (dirigente da Corte) que advogava perante o Tribunal Regional, hoje há dúvidas em relação à parcialidade de alguns de seus membros em relação de determinados políticos e alguns partidos em especial”, diz o início da representação direcionada ao procurador regional eleitoral, Tiago Lemos de Andrade.

   Os indícios de venda de sentenças apontados no documento ainda precisam ser apurados pelo Ministério Público Federal para então ser formalizada a denúncia. O próprio procurador Tiago Lemos já tentou impedir o presidente do TRE de conceder liminares a políticos. Um dos casos em que a procuradoria está de olho é em relação ao processo contra contra o prefeito de Sinop, Juarez Costa (PMDB). O gestor se mantém no cargo por força de liminar concedida por Stábile. A procuradoria alerta que o recurso no TRE era relatado por outro magistrado e, diante disso, considera inusitada a distribuição do processo. Na representação, os membros do MCCE lembram que já há procedimentos investigatórios com o mesmo teor em curso no Conselho Nacional de Justiça. “Por certo outros questionamentos serão levados à apreciação daquela instância”.

   Também são feitos questionamentos sobre as pesquisas eleitorais, que serviriam para maquiar o custo real dos serviços, numa espécie de “caixa 2”. Um dos indícios da irregularidade estaria no fato dos levantamentos de intenção de voto terem custado entre R$ 1 mil e R$ 2 mil, enquanto em 2008 o Ibope cobrava R$ 30 mil, “o que já é um valor inexpressivo considerando os interesses e custos em jogo”. A representação cita supostas fraudes em licitações para angariar recursos com fins eleitoreiros e o abuso dos meios de comunicação por candidatos.

   Outro ponto questionado é o uso de “gabinete itinerante” pelos deputados estaduais Sérgio Ricardo (PR) e Dilceu Dal Bosco (DEM). “Uma das dificuldades dos eleitores é chegar ao gabinete do parlamentar e encontrá-lo, a fim de uma conversa, uma reivindicação ou mesmo pedir uma prestação de conta do mandato. Mas os mesmos encontram tempo para o chamado “gabinete itinerante”, uma inutilidade constituída de um “onibão” envelopado, com a cara do sujeito, que fica estacionado nas esquinas de nossas cidades, enfeiando-as – por certo – mas também sendo usado para propaganda eleitoral antecipada”.

   Ao final, os membros do MCCE alertam para a criação de casas de apoio pelos deputados estaduais Dilceu Dal Bosco, Ademir Brunetto (PT), Mauro Savi (PR), Wagner Ramos (PR), José Riva (PP) e José Domingos (DEM). “As tais casas de apoio não resistem a uma visita da vigilância sanitária, e uma analise dos recursos públicos que (algumas prefeituras) são usadas para manter o serviço”. A representação foi assinada em 22 de março pelo coordenador do MCCE, Antônio Cavalcante Filho, o Ceará.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • wilson miranda cardoso | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 17h59
    0
    0

    Parabens ao MCCE. Vamos cobrar do TSE as liminares do Pedro Henry, Chica Nunes e Percival. Até quando eles (TSE) vao ficar enrolando? Já está chegando outra eleiçao e nada de ser julgado uma simples liminar? Isso tá cheirando MARACUTÁRIA NO TSE....

  • luis medeiros | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 16h57
    0
    0

    luis medeiros, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Rosalvo Porto | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 09h18
    0
    0

    Esse tipo de denúncia, que levanta suspeitas sem provas, só enfraquece o MCCE... Não adianta escrever que a denúncia do mcce que culminou na aposentadoria dos juizes do TJ que não foi... Coitado do Nery e do Ceará...vão tomar uma processo enorme nas costas... Se fizessem denúncias com mais critério esse movimento até teria credibilidade...agora, considerando esse documento aí dá pra ver que o tal mcce é só barulho mesmo!

RUMO A 2022

Sonho de Jayme de ser governador, acreditando em Mauro ao Senado

Por 14/07/2020, 10h:54 - Atualizado: 01h atrás

Geraldo Magela

jayme campos 680

Aos 68 anos, Jayme Campos (DEM) ainda não enterrou o sonho de voltar à cadeira de governador. Não descarta concorrer em 2022.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eleitor | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 11h13
    6
    0

    Sonhar é permitido, mas a realidade em 2022 será bem diferente o povo já aprendeu que não pode votar em ricos porque rico governa para rico...

ASSESSORAMENTO

Barbudo é o que menos emprega da bancada; Wellington, campeão

Por 13/07/2020, 21h:16 - Atualizado: 13/07/2020, 21h:24

Dayanne Dallicani/Rdnews

nelson barbudo 680

Com 15 assessores, Nelson Barbudo é o que menos emprega no serviço público em Brasília entre os 11 integrantes da bancada federal mato-grossense, composta de 8 federais e 3 senadores.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Elisa | Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020, 23h00
    1
    1

    Boa noite , também quero saber se o meu nome está na lista.meu zap 71991515085

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

A peregrinação de Cidinho por um consenso ao Senado

Por 13/07/2020, 17h:25 - Atualizado: 13/07/2020, 17h:29

cidinho 680

Empolgado com a provável candidatura ao Senado pelo DEM, na eleição suplementar que deve acontecer em novembro, o empresário e ex-senador Cidinho Santos vem conversando com alguns pré-candidatos na tentativa de construir um consenso.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Luciano | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 11h14
    0
    1

    Pior senador do mato grosso não fez nada.

  • Luciano | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 07h43
    0
    1

    Luciano, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Alex prado | Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020, 20h35
    0
    1

    Alex prado, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

ONTEM E HOJE

A cria abandonando o seu criador

Por 13/07/2020, 10h:58 - Atualizado: 13/07/2020, 11h:05

marco marrafon 680

Considerado homem forte do Governo Pedro Taques e fiel escudeiro do então governador, o advogado Marco Marrafon, presidente estadual do Cidadania, está fazendo um esforço sobrenatural para se desvincular politicamente do ex-chefe.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Mauro | Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020, 16h53
    5
    0

    Esse cidadão é o responsável técnico em colocar o Estado de MT em dificuldades financeiras nos últimos 05 (cinco) anos, vez que num atitude ternamente incorreta superestimou o orçamento da arrecadação estadual, alavancando assim os repasses aos poderes e ai não precisa falar mais nada. Segundo informações é pessoa com bastante teoria e pouca prática.

  • deovaldo | Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020, 16h04
    3
    4

    Vinculo, compromisso é apenas quando o barco esta navegando e caso afunde pula-se do barco e busque outro porto seguro. Sempre foi assim,,,,,MIMIMIMIMIMIMIMI DEMAIS...parabens marrafon estamos juntos

VACÂNCIAS

Definidos presidente e vice interinos da Assembleia de Deus de MT

Por 12/07/2020, 20h:56 - Atualizado: 12/07/2020, 21h:19

pastor joao de franca 680

O pastor João de França, que conduzia o campo da região de Sorriso, já responde como presidente interino da Assembleia de Deus de Mato Grosso, igreja pentecostal com maior número de fiéis tanto no Estado, chegando próximo de 400 mil, quanto no resto do país.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • EDSON LIMA | Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020, 15h40
    3
    1

    ESSE TEM SEMBLANTE DE EVANGÉLICO.PARECE .

  • Laerte Canavarros | Domingo, 12 de Julho de 2020, 22h55
    8
    2

    Parabéns ao nosso novo presidente e também a mesa diretora por indicar o pastor Silas como presidente da região de Cuiabá! Deus abençoe os nossos líderes e estamos seguros que agirão sempre na orientação de Deus.

ARTICULAÇÃO

Stopa tem apoio de mais de 200 presidentes de bairros para ser vice

Por 12/07/2020, 11h:13 - Atualizado: 12/07/2020, 11h:19

jose roberto stopa 680

José Roberto Stopa, presidente estadual do PV, seria hoje o nome preferido do prefeito Emanuel Pinheiro para vice da chapa na corrida à reeleição na Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Ademir | Domingo, 12 de Julho de 2020, 20h30
    0
    0

    Ademir, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Moreira | Domingo, 12 de Julho de 2020, 19h18
    9
    0

    PRESIDENTE DE BAIRRO DETERMINA VOTO?? KKKK

  • Lapada | Domingo, 12 de Julho de 2020, 18h44
    10
    1

    Rapaz esse cara é estupido,até o terceiro ano de mandato na secretaria ele era até de boa,depois começou a se achar ,tanto que esse cara mandou funcionário embora,por ouvir só um lado da história,se como secretario ele é assim imagina da o poder para um cara desse,mas vai tenta e leva o José Marcos Barbosa que tanto você defende, pra ser o seu tesoureiro da sua campanha,os servidores fica agradecido por você ter saido,,some da nossa frente e não volta mais.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2570