Blog do Romilson Cuiabá, 02 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Palácio Paiaguás

Não aceito pressão, avisa Silval

Silval Barbosa, do PMDB   A 72 dias de assumir o mandato de governador, o peemedebista e pré-candidato a governador Silval Barbosa avisa que não vai permitir que a velha guarda do PMDB venha mandar em sua administração, aposta na manutenção do arco de alianças, que já conta com adesões do PR e PT, e sonha em ter no bloco partidos que sinalizam para outro rumo, como o PSB do deputado Valtenir Pereira e do pré-candidato ao Paiaguás Mauro Mendes, assim como o DEM do senador Jayme Campos, outro virtual concorrente ao governo. As revelações de Silval são destaques no Diário de Cuiabá, que circula neste domingo.

    Silval toma posse como governador em 31 de março, no lugar de Blairo Maggi, pré-candidato a senador. Perguntado se iria abrir espaço na máquina para peemedebistas históricos, como o ex-vereador por Cuiabá Totó Parente, que deixou o cargo de secretário executivo de Desenvolvimento do Centro-Oeste, vinculado ao Ministério da Integração Nacional, Silval Barbosa deixou claro que não. Adiantou que pretende convidar a hoje primeira-dama e secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, Terezinha Maggi, a continuar no cargo. Apesar disso, a esposa de Maggi já decidiu que estará fora do governo. A tendência é que Roseli Barbosa assuma as ações sociais da administração.

    O vice-governador disse que tem mantido uma agenda "apertada" e que pensa diariamente na formatação do seu governo. Diz que sua principal preocupação é encontrar gestores para secretarias onde os ocupantes de cargos de primeiro escalão vai se afastar por serem candidatos, como Chico Daltro (Ciência e Tecnologia), Ságuas Moraes (Educação), Baiano Filho (Esporte e Lazer), José Aparecido dos Santos, o Cidinho (Projetos Estratégicos) e Neldo Egon (Desenvolvimento Rural). Perguntado se enfrenta pressão de aliados por cargos, principalmente do PMDB, Silval Barbosa jura que não. "Não há pressão nenhuma e não vou aceitar pressão de nenhum partido. Quero montar um governo tranquilo, sem ceder a qualquer pressão de um lado e nem de outro. A responsabilidade é muito grande de assumir o governo e, por esse motivo, estou sendo muito cauteloso."

-----------------------------------
Clique aqui e leia matéria completa

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Flavio Pinho | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 03h39
    0
    0

    FRANCAMENTE SR. FLÁVIO GOMES, O SR TRABALHA COM A SERYS, JÁ APRENDEU UM BOCADO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, É MORADOR ANTIGO DE PEIXOTO DE AZEVEDO. MEU AMIGO NÃO VENHA QUERER ILUDIR O POVO TECENDO ELOGIOS AO SILVAL BARBOSA, SIGA EM PAZ SUA CAMPANHA. MAS ESSE AÍ TODOS CONHECEM, NÃO SE QUEIME !!!

  • Carla | Domingo, 17 de Janeiro de 2010, 19h11
    0
    0

    Silval Barbosa estamos na torcida por vc, porém não vejo com bons olhos a permanência de Terezinha Maggi, assim como de alguns secretários do staff Maggi. Acredito que o tempo de "contribuição" desses acaba junto com a gestão Maggi. A população matogrossense espera por mudanças, principalmente em algumas secretarias!!!

  • Flavio Gomes | Domingo, 17 de Janeiro de 2010, 15h55
    0
    0

    com certeza o Silval será um ótimo Governador para Mato Grosso pois seu perfil é de uma pessoa muito humilde e sofrida, já encarou muitas barreiras em sua vida, igual o presidente LULA. vai em frente Silval e conte conosco!

NA PRISÃO

Conselheiro quis preservar o genro e se complicou

Por 01/07/2020, 21h:24 - Atualizado: 04h atrás

waldri teis 680

Dos cinco conselheiros afastados do TCE-MT desde 2017, o que mais se mostrou fragilizado foi Waldir Teis, preso nesta terça por supostamente tentar ocultar provas. Entrou em processo de depressão. E passou a conviver com outros problemas de saúde, como da próstata. Recentemente ficou cerca de um mês no Paraná, em tratamento.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • fernando pereira | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 21h59
    0
    0

    mas...ele naum e pago para ser Fiscal ou...e pra ....

INFRAESTRUTURA

Governador autoriza licitar mais 2 trechos de rodovias e por 30 anos

Por 01/07/2020, 16h:54 - Atualizado: 08h atrás

Mayke Toscano

mauro mendes 680

O governador Mauro Mendes autorizou ontem a Sinfra a abrir licitação para fazer concessão de mais dois trechos de rodovias estaduais. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Reginaldo | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 21h18
    5
    0

    A jogada é a seguinte, a empresa vence que a licitação, que fez o estudo de viabilidade econômica, investe economizando o máximo possível, após a construção das praças de pedágio, faturam por um tempo e depois começa a postergar os investimentos que ela se comprometeu no contrato e o governo finge que nada acontece.

  • Amaral antunes | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 19h54
    8
    0

    O povo paga pra fazer. O povo paga pra usar. O governante terceiriza pra faturar e intitula-se gestor. Patifaria

HOMEM DE CONFIANÇA

Blairo triste com prisão de seu ex-secretário

Por 01/07/2020, 16h:10 - Atualizado: 04h atrás

blairo maggi 680

A prisão hoje pela Polícia Federal de Waldir Julio Teis, investigado na operação Gerion e flagrado em ocultação de documentos, deixou o ex-governador e ex-senador Blairo Maggi extremamente triste, constrangido e preocupado.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Joao cezar | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 21h48
    6
    0

    O Blairo Maggi fez uma plástica e retirou as orelhas... Kkkkk

  • Marlan | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 19h24
    5
    3

    REALMENTE É TRISTE VER O VALDIR TEIS ENVOLVIDO NESSE PROCESSO,. E ATÉ.SURPREENDENTE PARA QUEM O CONHECEU AINDA JOVEM EM RONDONÓPOLIS CURSANDO DIREITO NO ENTÃO CESUR (CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE RONDONÓPOLIS) NA DÉCADA DE 90...

  • Thiago martelo | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 18h33
    19
    3

    Blayro só revelou CORRUPTOS em seu Desgoverno!!! O POVO CONFIOU E TOMOU!!!!! QUBROU O ESTADO, JUNTO COM SILVAL######

NA RESERVA

Um olho à Câmara, outro no Senado

Por 01/07/2020, 11h:15 - Atualizado: 01/07/2020, 11h:20

gisela simona 680

Quem está empolgada com a possível candidatura de Emanuelzinho (PTB) a prefeito de Várzea Grande é a ex-superintendente do Procon de Mato Grosso, Gisela Simona (Pros).

Postar um novo comentário

NOS BASTIDORES

Acordão para Botelho ir a prefeito com Mauro e Emanuel no palanque

Por 30/06/2020, 16h:30 - Atualizado: 30/06/2020, 16h:35

Maurício Barbant

eduardo botelho 680

Em uma reunião na semana passada com Emanuel Pinheiro (MDB), o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (DEM), admitiu a possibilidade de ser candidato a prefeito de Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Firmo Oliveira filho | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 17h03
    1
    0

    Mais um acordo entre políticos, vai agradar os servidores dos municípios, é só alegria depois vem a facada nas costas desses servidores e outras partes dos munícipes que os elegerem,acorda Cuiabá e Várzea grande.

  • alex r | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 11h09
    7
    0

    Rapaz podemos não ter politico que preste mas tamo melhorando enquanto sociedade ver as pessoas derrubando as mascaras dos politicos e pedindo renovação me dá esperança que talves uma hora a gente se encontre .

  • Eleitor atento | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 10h41
    8
    0

    Eduardo Botelho vai mesmo para Cuiabá se candidatar vamos ver a sua cara de quem é contra o povo . Agora vc quer procurar o povo né seu. ...

EFEITO-PANDEMIA

Sob desgaste, prefeitos não querem adiamento das eleições

Por 30/06/2020, 09h:53 - Atualizado: 30/06/2020, 09h:57

z� do patio 680

Prefeitos com possibilidade de buscar a reeleição não querem adiamento para novembro da data das eleições porque vêem suas administrações afetadas com prolongamento do desgaste dos efeitos negativos da pandemia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • MOSSUETO | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 16h03
    6
    1

    KKKKKKKKKKK; passaram o mandato inteiro coçando, deixando para fazer ou começar a fazer alguma coisa bem próximo da eleição, não contavam com a COVID-19, ela chegou de repente, mudando tudo, inclusive a data das eleições, que se continuar nesse crescimento, não será possível mexer com eleições este ano.

  • Gutemebrg Abreu | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 12h37
    6
    1

    Essa eleição vai ser de avaliação dos gestores, aqueles que tiveram coragem e competência para enfrentar a pandemia terão o respaldo do povo, agora os que ficaram só fazendo política e não agiram, vão ser reprovados nas urnas.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2564