Blog do Romilson Cuiabá, 02 de Março DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Não subirei no palanque de Wilson, afirma Rabello

11/01/2010, 18h:00 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

   Mais de um ano após a eleição à Prefeitura de Cuiabá, o único deputado estadual cassado no Estado, Walter Rabello, presidente municipal do PP, ainda dispara críticas à gestão Wilson Santos (PSDB). Ele adianta que não subirá no palanque do tucano caso o PP opte por apoiar o “galinho”. “Não posso trair o povo que votou em mim. Não tenho nada pessoal contra o prefeito, mas seria muito contraditório da minha parte pedir votos para ele”.

   Segundo Rabello, o tucano não cumpre as promessas da campanha de 2008. Ambos disputaram o pleito e, na ocasião, Wilson levou a melhor. Depois disso, o progressista passou a comandar o partido em Cuiabá, mas se mantém distante das discussões internas que envolvam a governabilidade da gestão Wilson Santos na Câmara de Cuiabá. Atualmente, o PP compõe a base de sustentação com três vereadores, incluindo o presidente Deucimar Silva. “Depois da eleição, fizemos um acordo com os vereadores em que eles têm total liberdade para conduzir todas as negociações com o prefeito. Isso é sustentabilidade e não tem nada a ver com acordo partidário para 2010”.

   Em contrapartida, Rabello também tem liberdade de percorrer os bairros da Capital e fazer oposição às ações do prefeito. “Faço um trabalho quase que de oposição, mas de forma partidária. Cuiabá precisa de mais um pronto-socorro, melhorar a malha viária. A tarifa do transporte coletivo poderia ser reduzida. As obras do PAC também estão empacadas e não há rede de esgoto. Diante disso, não tenho como deixar de me opor à atual gestão”, dispara.

   O problema é que Rabello é pré-candidato a deputado estadual. Se o PP apoiar a candidatura de Wilson ao governo, ambos devem ter as imagens associadas nos materiais de campanha. Para evitar isso, o progressista já adianta que pedirá aos correligionários a não inclusão de sua imagem ao lado de Wilson. “Vou avisar o pessoal para não confeccionar nada em que apareça eu e ele. Assim, evitamos gastos também”.

   Apesar de demonstrar verdadeira “aversão” às políticas públicas da gestão Wilson Santos, Rabello garante que não subirá nos palanques dos adversários do tucano, caso o PP coligue com o PSDB. Indagado sobre as pré-candidaturas de Jayme Campos (DEM), Silval Barbosa (PMDB) e Mauro Mendes (PSB), Rabello diz que a disputa está nivelada. “Não tenho preferência, vou seguir a orientação partidária, menos no caso do Wilson Santos”.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Valentin Serpa | Terça-Feira, 12 de Janeiro de 2010, 19h07
    4
    5

    Não quero, não devo e não pretendo votar no Wilson, mas, se o Walter insistir em falar que o Wilson não presta, vou votar no Wilson. Tudo que o Walter fala, entenda o contrário.

  • Oscar Lombardi Fernandes | Terça-Feira, 12 de Janeiro de 2010, 13h04
    7
    3

    Caro Walter, Você está correto! Esse Prefeito vive se elegendo vendendo ilusões à população.A cidade está um caos. Mas novas eleições virão e as coisas por certo mudarão. Abraços.

  • alessandro | Terça-Feira, 12 de Janeiro de 2010, 12h15
    4
    5

    mais uma vez nossa cidade é feita de degrau para sobirem para o Governo do Estado. Wilson Santos foi um bom politico para o legislativo (creio eu). Executivo tanto municipal quanto estadual necessita de administradores e não politicos. Cuiabá nunca sairá dessa bagunça se continuar aceitando esse procedimento politico de servir de escada.

EXÉRCITO EM MT

Sede do 9º BEC será mesma transferida para Sinop

Por 02/03/2021, 06h:32 - Atualizado: 30min atrás

nono bec sinop 680

O 9º BEC terá mesmo sua sede transferida de Cuiabá para Sinop.

Postar um novo comentário

EM CÁCERES

Ex-prefeito empurra dívidas e complica caixa da sucessora

Por 01/03/2021, 21h:35 - Atualizado: 09h atrás

francis maris 680

O ex-prefeito de dois mandatos de Cáceres, Francis Maris, propaga até hoje que deixou R$ 33 milhões em caixa. Ele só não comenta que esse dinheiro ficou carimbado e será insuficiente para cobrir tantos compromissos e dívidas milionárias.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Regina Mendes | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 22h45
    2
    3

    Essas informações não são oficiais e a prefeitura não confirma. O ex-prefeito Francis tem como provar o que deixou na conta. Vamos fazer jornalismo sério!

NA ASSEMBLEIA

Deputado abandona chapéu após operação da PF

Por 01/03/2021, 19h:24 - Atualizado: 01/03/2021, 19h:26

nininho 680

Empresário, pecuarista, ex-prefeito de Itiquira e deputado pelo terceiro mandato, Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), abandonou o chapéu de palha que o acompanhou há anos nas sessões na Assembleia e nos eventos públicos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Saulo | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 22h44
    4
    0

    E famoso, ganhou até um nome da operação da PF, acontece que tem imunidade, dificilmente vai preso.

  • Mato grossense | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 21h56
    5
    4

    Matéria tendenciosa. O deputado abandonou o chapéu faz tempo desde que colocou a mão no bolso e colocou cabelo na cabeça

TESTE DAS URNAS

Um delegado com pretensões políticas

Por 01/03/2021, 17h:14 - Atualizado: 01/03/2021, 17h:15

mario demerval 680

O diretor-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, pode ser uma das novidades dos quadros do governo na disputa por cargo eletivo.

Postar um novo comentário

NO GABINETE

46 assessores de senador de MT ganham quase R$ 500 mil por mês

Por 01/03/2021, 08h:34 - Atualizado: 01/03/2021, 08h:55

wellington fagundes 680

Em um Congresso Nacional que é o segundo mais caro do mundo, onde se consome mensalmente mais de R$ 32 milhões com a folha, perdendo apenas para o dos EUA, o senador mato-grossense Wellington Fagundes tem o privilégio de contar com 46 assessores no gabinete.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Antônio Carlos | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 19h37
    2
    1

    A culpa não é dele ...a culpa é de quem elege ele ...se eu estivesse no lugar dele faria o mesmo!!!...isso é o sistema ...cadê o povo pra ir pra rua protestar...e impedir essa bagunça ...então ..pq só ele é que está errado ...o maior errado é o povo .

  • PAULO | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 19h04
    3
    1

    Infelizmente não tem meu voto, vejo uma pessoa muito ambiciosa para poder assumir um cargo tão importante.

  • joao | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 14h23
    13
    1

    Que maravilha, tudo com o dinheiro do contribuinte. Tem jeito um país assim?.

INFRAESTRUTURA

Sem bancada federal, prefeito vai a Ministério pela duplicação da 163

Por 28/02/2021, 18h:35 - Atualizado: 28/02/2021, 18h:47

roberto dorner 680

O prefeito sinopense Roberto Dorner passou a liderar um movimento que, na prática, deveria ser encampado pela bancada federal mato-grossense, que tem, entre os 11 integrantes, o deputado do município Juarez Costa.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Edilson Almeida | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 08h09
    2
    3

    Não é verdade. O senador Wellington estava com o prefeito Dorner e outros prefeitos do Norte estavam na mesma audiência com o secretário nacional de Transportes Terrestres

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2676