Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Julho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

MILITARES

Para Fávaro, intervencionistas desconhecem história e não exercem papel de cidadã

Por 02/06/2018, 08h:00 - Atualizado: 03/06/2018, 07h:56

Pré-candidato ao Senado pelo PSD, o ex-vice-governador Carlos Fávaro atribui as manifestações pela intervenção militar à falta de conhecimento da história. Além disso, afirma que os chamados intervencionistas preferem entregar aos militares a responsabilidade de administrar o país para não exercerem suas responsabilidades enquanto cidadãos.

Gilberto Leite/Rdnews

vice governador carlos favaro

Pré-candidato, Fávaro diz que os intervencionistas pedem a volta dos militares ao poder por desconhecer a história

“A crise existe porque as pessoas se afastam da política, se afastam do seu dever de cidadão e delegam para os outros a responsabilidade de administrar o país. É muito fácil pedir para os militares fazer uma intervenção e calar todo mundo. Quem pede isso, nem sabe o que é”, afirmou Fávaro em entrevista ao .

Fávaro também lembrou o caso do caminhoneiro que reivindicava intervenção militar na BR-364 e ficou magoado após ser agredido por militares que usaram a força para desobstruir a pista para passagem de um comboio sob escolta. Segundo ele, a situação inusitada comprova a falta de conhecimento dos intervencionistas.

A greve dos caminhoneiros ocorreu por 10 dias e parou o Brasil. Em Mato Grosso houve desabastecimento de combustível, alimentos como frutas e verduras e ração para animais, até mesmo o fenômeno do canibalismo em granjas de aves e suínos foi registrado. Os bloqueios nas BRs só tiveram um fim depois do presidente Michel Temer anunciar dois acordos feitos com os caminhoneiros e garantir a redução de R$ 0,46 por litro de óleo diesel e outras demandas. Em alguns casos, os manifestantes só cederam com a ação das forças policiais e do Exército.

“Democracia é difícil, significa respeitar as pessoas. O problema é que muitos confundem democracia com anarquia, que acham que podem tudo e tem muitos direitos e poucos deveres. Ao invés de intervenção militar, o Brasil precisa de brasileiros com compromisso com um novo país. Se cada um fazer sua parte, ser um cidadão mais responsável, nós teremos uma grande nação”, completou.

Além do episódio do caminhoneiro, a ação dos intervencionistas chamou atenção em Cuiabá no decorrer da semana. Manifestantes de verde e amarelo fizeram passeatas e chegaram a se ajoelhar em frente aos quartéis pedindo para os militares derrubarem o presidente da República Michel Temer (MDB) com objetivo de “salvar” o Brasil do comunista que imaginam que está sendo implantado.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Maurício Pereira | Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 08h31
    0
    0

    A crise existe porque as pessoas se afastam da política, se afastam do seu dever de cidadão e delegam para os outros a responsabilidade de administrar o país.SE NÃO FOSSE PARA DELEGAR RESPONSABILIDADES AOS POLÍTICOS PARA ELES ADMINISTRAREM O PAIS, NÃO SERIA NECESSÁRIO ELEGER NINGUÉM COM ALTOS SALÁRIOS E REGALIAS.

  • Marcus | Domingo, 03 de Junho de 2018, 08h55
    2
    1

    Tudo quanto cidadão que mete a mão grande no dinheiro público e contra a intervenção militar porque sera. Porque tem que continuar a meter a mão como numa maldição. Votiiiii cruz credo desse povo

  • Davi | Sábado, 02 de Junho de 2018, 16h27
    5
    2

    A Marcha Pela Família foi uma série de manifestações públicas ocorridas entre 19 de março e 8 de junho de 1964 no Brasil em resposta ao que foi considerado pela sociedade uma ameaça comunista representada pelas ações dos grupos radicais e pelo discurso em comício realizado pelo então presidente João Goulart em 13 de março daquele mesmo ano. Na data, o mandatário assinou dois decretos, permitindo a desapropriação de terras numa faixa de dez quilômetros às margens de rodovias, ferrovias e barragens e transferindo para a União o controle de cinco refinarias de petróleo que operavam no país. Além disso, prometeu realizar as chamadas reformas de base, uma série de mudanças administrativas, agrárias, financeiras e tributárias, garantindo o que chamava de justiça social, que NA VERDADE NÃO PASSAVE DE UM GOLPE COMUNISTA, que transformaria o Brasil em uma Cuba ou Venezuela, estatizando a propriedade privada. A CF de 1988 foi criada e promulgada sob a égide de corruptos e de viés comunistas, os terroristas de outrora criaram uma constituição que lhes garantiu a ascensão ao poder, o enfraquecimento ou engessamento dos militares e a impunidade. Após a "redemocratização" a educação cumpriu bem o seu papel criando o ambiente de alienação ideológica e de ativismo político cego que nos conduziu à aceitação de um governo corrupto como se não tivéssemos outra opção, grande parte desse processo de doutrinação se fundamenta nos livros didáticos fornecidos pelo MEC.

  • Carlos Nunes | Sábado, 02 de Junho de 2018, 15h18
    6
    2

    Puxa vida! Quando teve intervenção militar a partir de 1964, fui contra...era do MDB - manda brasa. Hoje vendo que são assassinados no país anualmente mais de 50 mil pessoas, e tem ano que chega aos cem mil...que saudade dos militares. O país virou um antro de ladrões. Muitos políticos, até acima de qualquer suspeita, hoje são apontados pelo delatores premiados, que abrem o bico e dizem na cara: Esse? Pediu propina também. Passei na banca de jornais, e vi a Revista ISTO É, na capa tá a delação do Palloci, que conta as peripécias do tio Lula, fala também da Dilma, da Gleici. Tio Lula, segundo o Palloci, seu braço direito, só gostava de receber propina superior a 10 milhões, menos que isso não aceitava. Não apareceu até agora nenhum partido de coragem pra lançar como candidato a presidente um General - daqueles bem patriota, honesta e competente. Se ele garantisse que ia parar a roubalheira desgraçada no pais...ganhava no primeiro turno. Eu votava nele. Não existe partidos de coragem no Brasil, infelizmente. Como tem vai aparecer o General, vou de Capitão Bolsonaro mesmo. O Brasil, pra endireitar, precisaria era o Capitão América, mas como este é só personagem do gibi, vamos tentar o Capitão Bolsonaro mesmo. Mas só Bolsonaro não adianta...temos que eleger um NOVO Congresso Nacional...NOVOS senadores, NOVOS deputados federais. Tudo novinho, zerado.

  • Buno | Sábado, 02 de Junho de 2018, 11h22
    5
    3

    Todo corrupto tem medo de uma intervenção militar no país. Será porque?

RESGATE HISTÓRICO

Banana na TV em 85 foi para Dante e não para professores, explica Júlio

Por 21/07/2019, 14h:21 - Atualizado: 28min atrás

Reprodução

julio campos banana tv

Então governador Júlio Campos dá banana a Dante de Oliveira, que, na disputa a prefeito, em 85, lhe provocara

O ex-governador Júlio Campos carrega há décadas uma carga jogada pela oposição sobre seus ombros que não lhe pertence. Tudo por causa do gesto de uma banana diante das câmeras de tv, em 1985, no pico das eleições para Prefeitura de Cuiabá. Essa banana foi para Dante de Oliveira, mas, espalhou-se, maldosamente, que fora para os professores. E até hoje ele carrega essa pecha.

Postar um novo comentário

EXECUTIVO-LEGISLATIVO

Governo aprova o que quer na AL

Por 21/07/2019, 08h:00 - Atualizado: 20/07/2019, 19h:26

Mayke Toscano

mauro mendes 680

Mesmo com articulação política fraca e com meia dúzia da oposição fazendo barulho, o governador Mauro Mendes tem aprovado o que quer na Assembleia. Dos 24 deputados, pelo menos 20 votam com o governo.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • JORGE LUIZ | Domingo, 21 de Julho de 2019, 10h03
    1
    0

    O SITE ESTÁ ENGANADO REDONDAMENTE É SÓ ACOMPANHAR O DIÁRIO OFICIAL NA PARTE DE EVENTO DE PESSOAL QUE VERÁ O QUE É ARTICULAÇÃO, TODO DIA TEM CONTRATO TEMPORÁRIO A DAR DE PAU NAS SECRETARIAS DE SAÚDE E DE EDUCAÇÃO, QUEM NÃO QUER VER O QUE ESSE DESGOVERNO ESTÁ FAZENDO COM A FOLHA DE PAGAMENTO SÃO OS SITES DE NOTÍCIAS E O TRIBUNAL DO FAZ DE CONTAS - TCE

  • Matheus | Domingo, 21 de Julho de 2019, 08h58
    2
    0

    A assembleia legislativa, bem como o tribunal de justiça, além do ministério público, tornaram-se efetivamente, apenas um " puxadinho", do poder executivo! Só chancelam as determinações do governador!

EM CUIABÁ

Família Garcia quer Fabio na disputa a prefeito e cita exemplo de Mauro

Por 20/07/2019, 16h:44 - Atualizado: 20/07/2019, 16h:48

fabio garcia 680

Mesmo fora do Governo Mauro Mendes, o que o tira força política, e morando em Rondonópolis, o ex-deputado federal Fábio Garcia não perdeu as esperanças de ser candidato a prefeito de Cuiabá pelo DEM.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Emilia Luiza | Domingo, 21 de Julho de 2019, 07h32
    0
    0

    Estar em recuperaçao Judicial nao sera' o problema do Fabio Garcia para disputar a Prefeitura em 2020, o problema e' o seu desligamento total da politica de Cuiaba' e de MT. Siquer atende os telefonemas ,zap e email dos seus companheiro do DEM e aliados politicos. Optou pelo rico sogro de Rondonopolis e abandonou os amigos de Cuiaba'. Assim nao ganha eleiçao de jeito nhenhum.

LAZER

Prefeitura de Cuiabá destina R$ 2 mi pra construir parques pet em bairros

Por 20/07/2019, 08h:33 - Atualizado: 20/07/2019, 08h:37

jos� roberto stopa 680

A Prefeitura de Cuiabá vai construir parques pet em diversos bairros. Vão ser gastos nesses projetos R$ 2,1 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dos santos | Sábado, 20 de Julho de 2019, 13h03
    5
    2

    Era só o que faltava. Não tem coisa mais útil para se preocupar e investir o dinheiro publico? Nada contra os pets, mas eles pagam imposto?...Que tal retornar a operação tapa-buracos na cidade, que mais parece um queijo suiço?...que tal montar e executar um grande projeto de arborização urbana para amenizar o clima quentissimo da cidade?...Que revitalizar a histórica praça da republica, que esta abandonada ha anos?...existem tantas coisas mais uteis para se destinar esse dinheiro.

  • Afrânio Motta Filho | Sábado, 20 de Julho de 2019, 12h03
    3
    0

    Nada contra os pets, afinal de contas eu tenho duas, a Paçoca e a Pandora. Mas a Prefeitura de Cuiabá poderia olhar com um carinho especial as praças de muitos bairros que se encontram em estado de abandono, servindo de abrigo para consumidores de drogas e para a prática sexual por casais um pouco mais ousados. Um exemplo vivo dessa situação é a nossa praça do Jardim Primavera, que com pouco investimento poderia se tornar um espaço de convivência para a população, e porque não dizer dos pets também. Estamos cansados de reivindicar, de pedir, de nós humilhar diante do poder público municipal, mas entra prefeito e sai prefeito e a realidade continua a mesma. Triste realidade.

VIDRAÇA NA PEDRA

Deputados não se encorajam a criar CPI dos Grampos pra investigar MPE

Por 19/07/2019, 19h:21 - Atualizado: 19/07/2019, 19h:25

Helder Farias

fachada assembleia 680

É curioso ver a movimentação de deputados defendo CPI da Grampolândia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Critico | Sábado, 20 de Julho de 2019, 01h34
    0
    0

    Rabo preso

  • Ari | Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019, 21h46
    4
    0

    Todos c medo. Rabo preso. Estes procuradores são perseguidores

GRAMPOS NO GAECO

Chefe do MPE entre cruz e espada

Por 19/07/2019, 12h:10 - Atualizado: 19/07/2019, 14h:58

jose antonio borges 680 mpe

O promotor José Antonio Borges, há três meses no cargo de procurador-geral de Justiça do Estado, está entre a cruz e a espada.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marlan | Sábado, 20 de Julho de 2019, 06h55
    3
    0

    PAU QUE DÁ EM CHICO DÁ EM FRANCISCO.... NÃO É ISSO? A PM TA CORTANDO A PRÓPRIO CARNE E O MP? A SOCIEDADE EXIGE E MERECE UMA RESPOSTA (INVESTIGÃO) CONVINCENTE...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2395