Blog do Romilson Cuiabá, 26 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

CONJECTURAS

Para Maluf, comando de Soares significa isolamento do partido

Guilherme Maluf   A possibilidade de um isolamento do PSDB em relação dos demais partidos, caso o ex-secretário de Saúde da Capital Luiz Soares consiga emplacar seu nome na presidência do diretório estadual da sigla, parece preocupar o deputado Guilherme Maluf, que também disputa o cargo. "Não sei exatamente quais são os objetivos dele, mas tenho ouvido falar que defende um distanciamento de outras forças partidárias", ponderou o parlamentar.

   Para Maluf, este não seria o momento para se afastar, já que o partido encolheu nos últimos tempos. Durante o governo Dante de Oliveira (1995/2002) a sigla era a maior do Estado, chegando a comandar 55 prefeituras. Hoje os tucanos têm apenas 4 prefeitos em todo o Estado. A legenda também perdeu espaço na Câmara Federal, no Senado e na AL, que hoje conta apenas com o próprio Maluf. "Não podemos entrar numa disputa assim. Não é hora de buscar um embate com outros partidos. Temos é que nos aproximar, porque o PSDB está muito pequeno", avaliou.

   Apesar das pontuações, Maluf parece não querer causar um desconforto dentro da sigla e reconhece a legitimidade da candidatura de Soares. "Acho que ele, assim como qualquer outro, pode se candidatar e sei que ele tem um porque para fazer isso. Foi um dos fundadores do partido", pondera. A eleição da Executiva está marcada para ocorrer em 17 de abril. A sigla tem sido comandanda pela ex-deputada Thelma de Oliveira, que não conseguiu se reeleger à Câmara Federal e assumiu o comando do PSDB depois do afastamento do ex-prefeito de Cuiabá Wilson Santos, derrotado na disputa pelo Governo do Estado.

   As convenções municipais serão realizadas em 20 de março. Disputa com Maluf e Soares o ex-prefeito de Sinop, Nilson Leitão, que figura como suplente na Câmara Federal. Até outubro ele demonstrava uma certa empolgação com a candidatura, principalmente depois de ter entrado para a lista dos deputados federais eleitos. Poucas horas antes da diplomação, contudo, Leitão acabou perdendo a vaga devido à validação e recontagem dos votos do hoje secretário estadual de Saúde, Pedro Henry (PP). O PSDB conta atualmente com cerca de 27 mil filiados em todo Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • alberto da silva | Segunda-Feira, 07 de Fevereiro de 2011, 15h02
    0
    0

    Temos que renovar, maluf esta corretamente, precizamos de nova LIDERANÇA. o maior lider ja foi que era o dante /

  • Sergio | Segunda-Feira, 07 de Fevereiro de 2011, 09h20
    0
    0

    Para o Sr. Roberto Pereira ( eu Protesto) acho que o senhor deveria ir para escola estudar, ao invés de ficar dando conselho furado para pessoa como o doutor Guilherme Maluf médico especialista em varias areas médicas. Para a prefeitura de Cuiaba você, Roberto Pereira ( eu protesto ) aposto quanto vc quiser, que não tem a quantidade de votos do cumpadre banga ou melhor vai ter uma aula com banga. Aula de humildade.

  • JOTA FLORESTA | Segunda-Feira, 07 de Fevereiro de 2011, 08h28
    0
    0

    O PSDB,TEVE A OPORTUNIDADE DE SER O PARTIDO "REI",DO ESTADO NA ERA DANTE.MAS A VAIDADE,A PREPOTENCIA,A ARROGANCIA,O DESCASO COM OS MENORES,ACIMA DE TUDO SUBESTIMARAM AS OUTRAS FACÇÕES,E O RESULTADO ESTÁ AÍ,EM TODO O ESTADO,VIROU UM PARTIDO PEQUENO,SEM LIDERANÇAS DE PESO,SEM UM NOME DE EXPRESSÃO ESTADUAL PARA ALAVANCAR UMA REESTRUTURAÇÃO E ACIMA DE TUDO,TIVERAM QUE TER VÁRIAS DERROTAS UMA ATRÁZ DA OUTRA,PARA ENXERGAREM ISSO,ENTÃO RAPAZIADA "PSDBISTAS",FAZEM UMA RECICLAGEM,ANTES DE SAIREM ACABANDO COM O POUCO QUE RESTA NO ESTADO,VALE AINDA LEMBRAR,QUE ESTE MEU COMETÁRIO AINDA FIZ NA ÉPOCA QUE,OS MANDA CHUVA,NÃO ACREDITAVAM QUE ESTAVAM PRESTEM A COMEÇAREM SE DESMORONAR,DAÍ VEIO A DERROTA DE "ANTERO,DANTE,ALKMIM",ETC,ETC,ETC,....E NAS ULTIMAS ELEIÇÕES FORAM QUASE QUE O RESTO POR AGUA ABAIXO.ESTUDO A POLÍTICA NACIONAL EM UM TODO,E,CONHEÇO OS 141 MUNICÍPIOS DO NOSSO ESTADO,PORTANTO ACORDEM "PSDBISTAS",SENÃO VAI DEMORAR SE ERGUEREM NOVAMENTE.

ELEIÇÃO AO SENADO

Pivetta abandona Euclides e sinaliza para apoio a Leitão

Por 26/09/2020, 10h:30 - Atualizado: 16min atrás

nilson leit�o 680

O vice-governador Otaviano Pivetta dá sinais de que apoiará Nilson Leitão (PSDB) ao Senado e não mais Euclides Ribeiro (Avante). O curioso é que foi o próprio Pivetta quem apresentou Euclides ao presidente regional do PDT, Allan Kardec, na expectativa de ambos construírem aliança para o pleito de 15 de novembro.

Postar um novo comentário

CHAPA PROPORCIONAL

Ivan desiste e enfraquece DEM, que só deverá eleger um na Capital

Por 25/09/2020, 20h:15 - Atualizado: 25/09/2020, 20h:20

ivan evangelista 680

O pecuarista Ivan Evangelista, que foi vereador por 13 anos e teve mandato cassado em 2010, jogou mesmo a toalha. Após contestar este Blog por ter revelado que ele recuaria da disputa, o ex-vereador acabou "enrolando" a cúpula do DEM até a última hora. E decidiu, enfim, não concorrer às eleições.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Luiza de Jaciara | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h21
    0
    0

    Luiza de Jaciara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 20h38
    8
    3

    Único caminho certo do DEM/Jayme e Júlio foi apoiar Leitão ao senado, pois será vitorioso. E se o DEM apoiasse Emanuel, com certeza faria de 4 a 5 vereadores. MM está afundando o DEM, até parece que após a eleição irá mudar de partido.

REFORÇO ELEITORAL

A esperança de França em 2 apoios graúdos

Por 25/09/2020, 14h:28 - Atualizado: 25/09/2020, 14h:30

roberto franca 680

Pela primeira vez, Roberto França (Patriota) entra numa disputa eleitoral ao Executivo num cenário nem tanto favorável, como nos pleitos em que se elegeu prefeito de Cuiabá, em 1996 e 2000.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ocuiabano | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 16h34
    19
    3

    INFELIZMENTE COM. MAURO MENDES.....MAL. ACOMPANADO.....NÃO TEM O NOSSO VOTO.

  • Adaildo | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 15h46
    9
    2

    A culpa do Bolsonaro não apoiar o Roberto França é da Tenente Coronel Fernanda, que rebelou e não aceitou o que o presidente Bolsonaro pediu que fizesse, isso vai custar muito caro para o Patriota e principalmente para o Roberto França! Isso só mostrou que pessoas com interesses próprios, não pensou em Cuiabá e muito menos no partido, ganância pelo poder!

CORRIDO À PREFEITURA

Pela 2ª vez, governador e vice em palanques diferentes em Lucas

Por 25/09/2020, 10h:52 - Atualizado: 25/09/2020, 10h:54

mauro mendes otaviano pivetta 680

Governador Mauro Mendes, que apoia Binotti em Lucas do Rio Verde, enquanto Otaviano Pivetta lança Miguel Vaz

Pela segunda vez, vice e governador estão em palanques diferentes nas eleições em Lucas do Rio Verde. E repetindo alguns dos personagens.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Rodolfo Schinaider | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h25
    0
    0

    Aqui em Lucas e Nova Mutum, e nos municipios proximos, todos os amigos,aliados e familiares do PIVETA estão incorporados na campanha de Nilson Leitão para o Senado, se brincar o Nilson sai com 70% dos votos da região, aguardem....

  • João da Costa Monteiro | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 19h20
    2
    0

    Esses dois ai (Mauro Mendes e Otáviano Piveta), continuam se desentendendo em decisões politicas, tanto para Prefeito de Lucas ,quanto pata eleição ao Senado, pois o Mauro apoia o Favaro, e o Piveta apoia o Nilson Leitão. E o paú vai quebrar agora em 2020, e na proxima em 2022, aguardem.....

  • joao | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 14h34
    2
    0

    Roberto não a lugar algum.

VAIDADES

Disputa de ego entre 2 entidades faz ministra cancelar agenda em Cuiabá

Por 24/09/2020, 16h:25 - Atualizado: 24/09/2020, 16h:29

antonio galvan normando corral

Antonio Galvan, da Associação dos Produtores de Soja, e Normando Corral, que dirige a Federação da Agricultura

Uma disputa pelo protagonista do que seria a construção de uma agenda para a ministra Tereza Cristina (Agricultura) em Cuiabá, envolvendo a Famato e Aprosoja, as duas maiores entidades do agronegócio, acabou jogando por água abaixo a tal programação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Israel Borges | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 07h00
    10
    3

    Antonio Galvan foi ele quem arrumou um pessoal para ficar vaindo gov mauro em sinop ... ele e disreipeitoso eos agricultores de mt nao mereçe ter um cara desse representando o nosso agro fora galvan

  • Sem terra de Poconé | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 21h20
    17
    1

    02 pessoas que usam às instituições em benefício próprio. Normando Corral toca a FAMATO dando mordomia e beneficies a seus “amigos”, já Galvan é tido como louco é extremamente vaidoso.... O agro tá muito mal representado nesse momento...

MORTE OU VIDA POLÍTICA

A incógnita Pedro Taques

Por 24/09/2020, 11h:49 - Atualizado: 24/09/2020, 11h:54

pedro taques 680

A resposta das urnas a ser dada a Pedro Taques em 15 de novembro, como um dos 11 candidatos a senador, representará a sua morte política ou então o consagrará como aquele que conseguiu dar a volta por cima.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • luizitosales@gmail.com | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 14h18
    28
    10

    Sou servidor público e tive o desprazer de participar de uma reunião com esse indivíduo quando ela estava (ainda bem) governador. Impressionante a arrogância, prepotência e falta de humildade. Se depender do meu voto, vai continuar no ostracismo político.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    20
    26

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    14
    20

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2606