Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

NÃO AO PEDÁGIO

Paranatinga rejeita ideia do governo de concessão de 140 km da MT-130

Por 12/10/2019, 19h:27 - Atualizado: 12/10/2019, 19h:31

paranatinga hugo 680 mt 130

Secretário-adjunto da Sinfra Hugo dos Santos (ao centro), na audiência em Paranatinga sobre concessão da MT-130

Se depender da população de Paranatinga, a proposta de concessão dos 140,6 km da MT-130, ligando aquele município a Primavera do Leste, inclusive com duas praças de pedágio, não sai do papel. O secretário-adjunto de Logística e Concessões, Huggo Waterson dos Santos, porta-voz do Palácio Paiaguás na reunião, ficou praticamente acuado.

A segunda audiência pública, na última quinta, para debater o projeto do governo estadual - a primeira foi realizada em Primavera do Leste -, recebeu rejeição praticamente unânime.

Vereadores, presidentes de entidades, como de transportadoras, do comércio e de clube de serviços, subiram à tribuna da Câmara, onde foi promovido o debate, para se posicionar contra. E por sua série de razões, uma delas da inevitável cobrança de pedágio, que refletirá no bolso de todos da região.

Citam exemplo do trecho entre Primavera e Rondonópolis, que foi entregue à iniciativa privada, que montou praças de pedágio, fatura milhões, mas não recupera e nem faz manutenção da rodovia como prometido. Para as lideranças, o próprio governo tem condições de tocar o trecho, com obras de qualidade, evitando que a região tenha o ônus do pedágio, se a rodovia for transferida a empresas privadas.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Paula Goetz | Domingo, 13 de Outubro de 2019, 06h38
    1
    0

    Parabens ao povo. Malandragem tem de ser combatida. O povo paga a obra (impostos) e tem de pagar para ter ceiros para usá-la?? Chega de malandros.

EM CUIABÁ

No Alencastro, prefeito dorme com inimigo e ainda de olhos fechados

Por 23/10/2019, 16h:19 - Atualizado: 03h atrás

niuan ribeiro 680

Mesmo considerado "persona non grata" no Palácio Alencastro, o vice-prefeito Niuan Ribeiro (Podemos), já em pré-campanha a prefeito da Capital pela oposição, não arreda o pé do prédio.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • jj | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 17h28
    0
    2

    povo cuiabano vamos acordar pra realidade, esse Niuan como vice ainda não fez nada e nem esta fazendo em prol da sociedade, e agora ja quer ser prefeito, pense bem, anda pra traz não

  • Gabriel | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 17h16
    0
    0

    Gabriel , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EQUIPAMENTOS

Cuiabá fecha contrato de R$ 700 mil para comprar microcomputadores

Por 23/10/2019, 13h:10 - Atualizado: 01h atrás

ozenira felix soares 680

A secretaria de Gestão da Capital, sob Ozenira Félix Soares, fechou contrato para compra de 160 microcomputadores do tipo portátil (notebook) e de mesa (desktop), incluindo peças de informática, ao custo global de R$ 700,6 mil. Os equipamentos (60 do tipo 1, avaliados em R$ 5 mil cada; e 100 do tipo 2, com custo unitário de R$ 4 mil) vão atender a todas as secretarias.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 14h16
    3
    2

    Não paga nem quem já acabou as obras e serviços a meses e agora vai comprar computadores. Tenha vergonha na cara e pague os que devem para depois fazerem novas dívidas...

ESTRUTURA E MUDANÇAS

Seduc corta 55% dos servidores da sede e terá ambiente corporativo

Por 22/10/2019, 22h:49 - Atualizado: 22/10/2019, 22h:56

Mayke Toscano

otaviano pivetta 680

O prédio cheio de labirinto, onde funciona hoje a secretaria estadual de Educação, em Cuiabá, empregava até o ano passado, no Governo Taques, nada menos que 1.260 servidores.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Servidor da Educação | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 17h29
    1
    0

    Verdade porem tem demandas das escolas que enviamos e a mais de seis meses nao se tem resposta .....

  • jpsilva | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 11h13
    3
    3

    Sempre defendi essa idéia, isso serve para as secretarias municipais de educação, que estão nessa situação tbem, a muito tempo, labirintos pra se esconderem , porque trabalho mesmo só alguns.... parabéns pela iniciativa ....

  • Gutemberg Abreu | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 09h24
    9
    9

    Isso precisa ser estendido à todos os setores do estado implantando uma gestão eficiente, moderna e humanizada, hoje o que nos constatamos é que o menos importante é o cidadão que precisa dos serviços do estado. Parabéns ao Vice-governador, que vem da iniciativa privada e sabe bem como funciona uma gestão eficiente onde todos ganham. Na Seduc, segundo informações a maioria já tem direito à aposentadoria mas não pede porque não querem perder os penduricalhos nos salários e apenas batem ponto e ficam esperando o final do expediente.

  • andreia | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 08h40
    7
    6

    Infelismente o povo não contenta com nada tudo é critica, mas pura verdade a seduc cortou muito o efetivo, e esta trabalhando com onumero bem reduzido, parabens Secretaria Martioneide e equipe, Deus dando foça a voces

  • Alberto | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 07h39
    21
    15

    E no prédio da Seduc vai ser o que? A Cooperlucas?

EDUCAÇÃO

R$ 496 mil em ares-condicionados; MT só tem 1/3 de escolas climatizado

Por 22/10/2019, 16h:08 - Atualizado: 22/10/2019, 16h:17

marioneide 680 seduc

A secretaria de Estado de Educação, sob Marioneide Klimaschewsk, fechou um contrato de R$ 496,2 mil com a empresa Wanda Comércio de Móveis e Equipamentos na compra de aparelhos de ares-condicionados. Mas esse investimento está muito aquém do necessário para se conseguir climatizar todas as 15.888 salas de aula, ocupadas por 395 mil alunos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • andreia | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 08h41
    2
    6

    essa sra. secretaria é competente, força Secretaria, temos que pensar no melhor para nossas escolas

  • Crítico | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 21h00
    8
    0

    Essa SECRETARIA não é do PT.

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 22/10/2019, 11h:17

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Otávio | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h29
    2
    0

    Não é de hoje que o disse-me-disse corre solto nesse sentido. Pensei que fosse passar batido mas essa. Eta Mato Grosso ainda falta muito para uma boa moralização.

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maicon | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 09h14
    3
    0

    Presta atenção aí, que só vou escrever uma vez: Aos Tribunais de Contas compete a auto organização administrativa, assim como ocorre em relação aos Tribunais Judiciários, na forma prevista nos arts. 73 e 96 da CF. Logo, essa tão acalentada emenda à constituição estadual é inconstitucional. Por outro lado, o próprio RI do TCE-MT estabelece no § 9º do art. 10 que somente Conselheiros poderão votar e ser votados. Essa é a regra que deverá ser observada, por materializar a competência de auto governo prevista no art. 96, I e II da CF. Os Senhores Substitutos, na interinidade, deveriam é ter se preocupado em "aclarar" o Regimento Interno. A questão, portanto, é se o termo "Conselheiro" do aludido § 9º do art. 10 do Regimento Interno, contempla os Substitutos quando em substituição. Pelo que me lembro, ao longo dos últimos anos, quando o voto de 1 interino não tinha peso para definição da eleição da mesa diretora, sempre se permitiu que o substituto do Bosaipo pudesse votar. Vê-se, portanto, o tamanho do abacaxi a ser descascado. Desse modo, dia 05/11 a eleição será com ou sem emoção?

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    3
    2

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    3
    1

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438