Blog do Romilson Cuiabá, 20 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo às eleições

Parlamentar diz que siglas crescem "o olho" no cargo vice após Fávaro se articular para Senado

Por 14/08/2017, 10h:06 - Atualizado: 14/08/2017, 14h:36

O senador José Medeiros (PSD) avalia que outros partidos começam a “crescer” os olhos na vaga de vice-governador, hoje ocupada pelo presidente estadual do PSD Carlos Fávaro. “Na política não tem espaço vazio, as pessoas ficam de olho. No momento em que levanta da cadeira para buscar outras possibilidades, com certeza já tem muita gente de olho”, disse o senador em entrevista à Rádio Capital FM, nesta segunda (14).

Gilberto Leite

Carlos F�varo

 Carlos Fávaro tem intensificado sua agenda pelos 141 municípios de MatO Grosso

Fávaro tem “peregrinado” o interior para tentar viabilizar sua candidatura para o ano que vem. Embora ele ainda não fale oficialmente sobre o assunto, se articula para concorrer ao Senado.

Há também quem cogite que o vice rompa com Taques para disputar ao governo. Entretanto, ele nega qualquer movimentação e desconversa sobre o assunto.

De todo modo, Medeiros aponta que Fávaro é “peça” importante para poder articular outro cargo no pleito.

Com relação ao Senado, acredita que é o caminho mais difícil para o vice, uma vez que tem postulantes fortes do agronegócio, como o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), senador licenciado Blairo Maggi (PP). Tese também defendida por Fávaro. “E o próprio Adilton Sachetti (PSB) que as pessoas comentam que ele poderia vir ao governo e até ao Senado, caso Blairo dispute uma chapa presidencial”, conjectura.

Na eleição do ano que vem, segundo o parlamentar, o PSD terá um papel importante para viabilizar a eleição ao governo em razão do número de deputados estaduais. Hoje são seis na Assembleia. “O partido em Mato Grosso não dá para ser ignorado porque tem força como a bancada de deputado estadual muito forte, na formação do projeto eleitoral conta muito porque o governador depende da bancada estadual não é da federal”, avalia.

Apesar de avaliar a situação do cenário político eleitoral, Medeiros deve deixar a sigla para tentar se viabilizar sua reeleição. Foi convidado pelo PR, PMDB, PTB e o recém criado Podemos. O senador não descarta a mudança caso seja inviabilizado no PSD, entretanto, diz que a saída é mais “espuma do que chopp”.

São deputados estaduais do PSD Gilmar Fabris, Ondanir Bortolini, o Nininho, José Domingos Fraga, Leonardo Albuquerque, Wagner Ramos e Pedro Satélite.

Postar um novo comentário

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

PALÁCIO PAIAGUÁS

Mauro inicia 2º ano sem trocar staff; Taques mudou 7 no mesmo período

Por 20/01/2020, 10h:18 - Atualizado: 07h atrás

mauro mendes posse 680

Mauro Mendes (DEM) entra o segundo ano de mandato sem promover uma mudança no secretariado. Todos 16, incluindo os que tocam a PGE e a Controladoria, estão nos postos desde 1º de janeiro de 2019.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • andreia | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 15h19
    0
    0

    Jesus não agradou todo mundo, mas a sec. marioneide, vem desenvolvendo um trabalho, não é facil pegar as escolas todas arrebentada, aos poucos vai se arrumando, temos que ter esperança.

EFEITO-CASSAÇÃO

Selma, casarão em Chapada e risco de ficar mais pobre do que entrou

Por 19/01/2020, 19h:16 - Atualizado: 19/01/2020, 19h:20

casa selma chapada 680

Casarão de Selma Arruda, no Bom Clima, em Chapada dos Guimarães, avaliado por ela, em 2018, por R$ 600 mil

A senadora cassada Selma Arruda, dona de três imóveis, entre eles uma mansão em Chapada dos Guimarães, pode ficar mais pobre do que entrou na vida pública se tiver que pagar solidariamente, com os dois suplentes, pelos custos da eleição suplementar, que acontece em 26 de abril.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • jj | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 09h43
    14
    0

    isso ai deveria valer pra todos os politicos, quantos e quantos faz o que ela fez e ta bem ai de boa, e os 5 conselheiros do tribunal de faz de contas, que estao afastados entre aspas e recebendo altos salarios, isso tbem é uma vergonha.

  • Fernandes | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 09h35
    18
    1

    Nós servidores públicos devemos nos unir e votar em candidatos que não são do agro, pois eles defendem a isenção fiscal dos seus amigos e parceiros , e a conta disso tudo recai sobre nós servidores com alíquotas que já beiram 14,25%, recebendo nossa remuneração parcelada e em atraso!

  • Gilston | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 08h03
    18
    3

    Tem que ser no rigor da leis, não era assim que ela agia? Então ela tem que pagar esta despesa que ela mesma fez ao cometer seu crime. Não o povo.

BR-163

Governo fecha em 2021 todo trecho duplicado Cuiabá-Rondonópolis

Por 19/01/2020, 11h:21 - Atualizado: 19/01/2020, 11h:32

br-163 680

Mesmo com o trecho da BR-163, entre Cuiabá e Rondonópolis, entregue à concessionária Rota do Oeste, inclusive com três praças de pedágio, o governo federal segue o trabalho de duplicação.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Juscelino Ribeiro | Domingo, 19 de Janeiro de 2020, 12h39
    6
    0

    E O Trecho do Distrito Industrial de Cuiabá até o Rosário Oeste, é de responsabilidade de quem duplicar ?. Lá também se cobra pedágio e a rodovia é muito ruim.

GOVERNO DE MT

Após reformas, outra pauta-bomba

Por 18/01/2020, 18h:06 - Atualizado: 18/01/2020, 18h:14

Tchelo Figueiredo

mauro mendes 680

Vem mais uma pauta-bomba aí.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Luciano | Domingo, 19 de Janeiro de 2020, 16h13
    1
    0

    Alencar seja menos ingênuo. Esse governador não faz nada de graça. Ele trabalha para lobistas. Nesse angu tem caroço.

  • Alencar | Domingo, 19 de Janeiro de 2020, 07h58
    2
    3

    Tem que aprovar. Estão acabando com os peixes do nossos rios.

  • Davi | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 19h45
    10
    3

    Aí tem coisa. Quem vai vender peixe no estado? Quem está por trás do governador?

  • Davi | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 19h44
    12
    3

    MM só trabalha para lobistas. Já tem uma empresa amiga para fornecer peixe no Estado a "convite" do MM.

NOVA GESTÃO NO TCE

Maluf define postos de comando

Por 18/01/2020, 11h:25 - Atualizado: 18/01/2020, 11h:51

Thiago Bergamasco

guilherme maluf 680

Empossado há um mês na presidência do TCE-MT, Guilherme Maluf definiu quase todos os mais de 30 cargos de secretários, diretores e outros postos de comando do órgão de controle externo de toda estrutura dos poderes públicos municipais e estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • marta | Domingo, 19 de Janeiro de 2020, 20h54
    0
    0

    o prefeito de leverger precisa de auxilio, mas acho que os seridores municipais não querem trabalhar pra ele.

  • Os Matogrossenses | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 15h38
    6
    0

    O QUE NÓS MATOGROSSENSES QUEREMOS DO ATUAL PRESIDENTE DO TCE GUILHERME MALUF É JUSTIÇA EM RELAÇÃO A CARGA HORÁRIA CONFORME A LEI, EXIGIR O CUMPRIMENTO DE 08 HORAS POR DIA DE TRABALHO DE TODOS OS SERVIDORES DESTE TCE, POIS OS SERVIDORES PÚBLICOS DESTE ÓRGÃO DEVERÃO SER EXEMPLOS PARA O ESTADO DE MT. DESEJAMOS UMA EXCELENTE GESTÃO PARA A MESA DIRETORA DO TRIBUNAL DE CONTAS.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478