Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Pivetta quer Dilma no palanque de Taques

Pedetista agora é cortejado pela petista e tenta costurar acordo

Por 20/02/2014, 00h:22 - Atualizado: 20/02/2014, 01h:41

Desde o último dia 11, Dilma Rousseff passou a incluir o prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta, na cota de líderes influentes do setor produtivo e também na lista de aliados do projeto de reeleição. Ela ficou impressionada com o discurso do pedetista, que, em 8 minutos na abertura da solenidade em que a petista fez o lançamento da colheita da safra 2013/2014, contou a história de desenvolvimento do município, levantou as demandas do setor produtivo e foi aplaudido pelas lideranças do agronegócio. De quebra, fez rasgados elogios à presidente da República, com reconhecimento, gratidão e torcida pelo sucesso do governo.

Foi o bastante para Pivetta não só receber um abraço demorado da petista, como ver as portas do Palácio do Planalto se abrirem para ele. E, a partir dessa brecha, o prefeito passou a investir no trabalho de aproximação de Pedro Taques do governo central, após posições duras e críticas do senador disparadas da tribuna e também pode ter disputado a presidência do Senado como nome de oposição. Até então, Dilma tinha forte rejeição ao senador mato-grossense.

Pivetta propôs à presidente que, em Mato Grosso, contasse com Taques como candidato a governador e ponderou até que seria possível construir dois palanques, estratégia importante para o projeto de reeleição da petista. Disse mais: que o PDT é aliado da administração, tanto que comanda Ministério e que Taques quer apoiá-la. Dilma, então, ficou animada e, mesmo tendo sido procurada durante o evento em Lucas por outros possíveis candidatos governistas, como o petista Lúdio Cabral e os republicanos Maurição Tonhá e Cidinho dos Santos, com os quais saiu na fotografia, a presidente não declarou apoio para ninguém. Para ciumeira geral dos situacionistas, Dilma ainda levou Taques para Brasília no avião presidencial.

O pré-candidato pedetista, líder nas intenções de voto conforme as últimas pesquisas registradas pelo instituto Mark, está levando a sério as orientações de Pivetta, entre as quais a de não bater no governo federal e de agir com cautela em relação à administração estadual, sendo prudente nas colocações e mais centrado nas propostas. A jogada é não fechar portas e insistir na tese do convencimento de Dilma de apoiar Taques, nem que seja para ter dois palanques em Mato Grosso.

Essa investida do PDT tem preocupado petistas e outros partidos da base de apoio ao governo Silval, tanto que Lúdio Cabral, um dos possíveis candidatos, procurou a direção nacional para reivindicar que Dilma tenha palanque único no Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • JOÃO CARLOS | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2014, 19h59
    2
    0

    se a dilma subir no palanque do taque perdi meu voto aceito essa gentinha do pt com nós não. somos psb

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

DEM abre prazo até 16 de fevereiro e Júlio será único a se lançar à disputa

Por 27/01/2020, 23h:42 - Atualizado: 04h atrás

julio campos 680

A direção estadual do DEM abriu prazo até 16 de fevereiro, ou seja, daqui a 18 dias, para quem desejar ser candidato à suplementar de 26 de abril para o Senado se manifestar oficialmente.

Postar um novo comentário

EM PRIMEIRA MÃO

DEM prioriza 10 maiores, sobe pra 5 opções em Cuiabá e define em maio

Por 27/01/2020, 22h:11 - Atualizado: 05h atrás

rogerio gallo 680 dem

Rogério Gallo, secretário de Fazenda, se filiará ao DEM, se tornando uma das 5 opções da sigla a prefeito de Cuiabá

Em reunião de cúpula há pouco, no Palácio Paiaguás, o DEM do governador Mauro Mendes decidiu que terá candidatura a prefeito prioritariamente nos 10 maiores municípios do Estado, como Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis. E, no caso da Capital, ampliou-se para cinco o número de pré-candidatos.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • jose | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 23h39
    2
    0

    nenhum vale nada

  • AUDITOR SENIOR | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 23h04
    4
    3

    marcelo Padeiro bom nome

  • Diego A L | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 22h27
    6
    2

    De todos o menos ruim é o Marcelo padeiro, queira sim queira não tem serviço prestado em Cuiabá, mas não voto nele tbem...

COM OU SEM MAURO

Consultando sobre o que já decidiu

Por 27/01/2020, 21h:34 - Atualizado: 06h atrás

Romilson Dourado

wilson santos 680

Mesmo já tendo decidido se aliar a um governo sobre o qual vinha fazendo oposição dura, o deputado Wilson Santos (PSDB) resolveu fazer espécie de um plebiscito entre seus correligionários sobre apoiar ou não a gestão Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

GUERRA SANTA

A mesma que prega harmonia no TCE, persegue e dissemina discórdia

Por 27/01/2020, 19h:59 - Atualizado: 08h atrás

jaqueline jacobsen 350

 

A  conselheira substituta Jaqueline Jacobsen, que nesta segunda participou de culto ecumênico no TCE, invocou a palavra de Deus, defendeu união, amor, harmonia e pregou que se deve fazer as coisas sempre pela Glória de Deus, é a mesma que tentou, por mais de uma vez, desgraçar com a vida de José Carlos Novelli, um dos cinco conselheiros afastados do Pleno.

Postar um novo comentário

ÓRGÃOS PÚBLICOS

Governo abre em março quase 3 mil vagas para estágio saiba os valores

Por 27/01/2020, 13h:47 - Atualizado: 27/01/2020, 13h:54

André Romeu

fachada pal�cio paiguas 1200

O governo estadual está abrindo 2.664 vagas de estágios em diversos órgãos e secretarias para contratação a partir de 1º de março. A bolsa remuneratória tem dois valores.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ahiga Zurac | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 16h07
    5
    0

    Será que dessa vez vai? Vale lembra que em julho do ano passado foi publicado a mesma noticia das vagas do estágio e até então não saiu do papel

  • jj | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 14h50
    4
    1

    BOA

Rondonópolis

Prefeito diz que Santa Casa é buraco sem fundo; gestão desmente assista

Por 27/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 26/01/2020, 22h:24

ernando patio 680 santa casa

Empresário Ernando Cabral, da Acir, uma das entidades que ajudam na gestão da Santa Casa, e prefeito Zé do Pátio

Recursos federais destinados à Santa Casa de Rondonópolis, por meio de emendas parlamentares, estão sendo travados pela burocracia imposta pelo prefeito Zé do Pátio, propositalmente ou não.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 11h00
    1
    3

    MANE DO PALETÓ nunca mais

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2482