Blog do Romilson Cuiabá, 12 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Cuiabá

Polêmico projeto "Cidade Limpa" retorna à Câmara para votação

    O polêmico projeto Cidade Limpa, que vai implementar regras para a colocação de em front lights, outdoors, placas, cartazes, faixas e totens na Capital, terá que passar novamente pelo crivo dos vereadores antes de ser sancionado. Ocorre que das 13 emendas apresentadas pelos parlamentares, o prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) barrou 4. Agora, os vetos serão submetidos à apreciação dos 19 vereadores que podem manter ou não os vetos. “Ele aprovaram, por exemplo, uma emenda que prevê 180 dias para a implementação da proposta e não achamos que seja necessário tanto tempo, por isso vetamos”, afirmou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Archimedes Pereira. Caso o veto seja mantido, a lei entrará em vigor em 90 dias.

   Outra emenda desaprovada por Wilson é a que permite a colocação de outdoors em áreas edificadas e em lotes não construídos. “Neste caso ficará permitido apenas em terrenos onde não hajam construções”, disse Archimedes. Os vereadores haviam permitido também a instalação de até quatro outdoors aglomerados a cada 200 metros, o prefeito mantém a proposta de apenas dois. Além disso, a Prefeitura de Cuiabá não abriu mão do item da proposta que obriga os empresários que colocarem peças publicitárias em terrenos a auxiliar na limpeza dos mesmos. “Assim contribuímos para o combate ao mosquito da dengue”, argumenta o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano.

   Com a implementação do projeto Cidade Limpa, a prefeitura pretende reduzir em 50% a poluição visual do município. A lei prevê adequações técnicas em front lights, outdoors, placas, cartazes, faixas, totens, que devem possuir estrutura metálica e lona de plástico, em tamanho padrão de 9m x 3m de altura.

   A nova lei, que obteve respaldo de 16 vereadores, também prevê alterações em aparatos infláveis, como balão, para o tamanho padrão de 3 metros de diâmetro por 8 metros de área, enquanto que para os totens passa a valer o tamanho 5m altura x 5m de largura em locais fora do perímetro público. Com a sanção da lei, para exibir um anúncio na cidade, será necessário obter licença na prefeitura, além de respeitar dimensões especificadas e manter o anúncio em bom estado de conservação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • amazonia sustentável | Terça-Feira, 12 de Janeiro de 2010, 21h27
    1
    1

    como pode esse secretário denominar tal projeto de "cidade limpa" se a cidade está uma sujeira, os parques municipais se transformando em matagais e os terrenos baldios aumentando sem controle na cidade. mais trabalho arquimedes, e menos discurso. até agora esse secretário só faz discurso em cima do trabalho dos outros, e os fiscais da smades estão totalmente de braços cruzados, sem motivação pois falta comando.

  • edson nogueira | Terça-Feira, 12 de Janeiro de 2010, 20h16
    0
    1

    esse projeto deveria mudar de nome. "cidade limpa" nas atuais circunstâncias que cuiabá se encontra, com dezenas de bolsões de lixões espalhados pela cidade, com suspeitas gravíssimas sobre o contrato com a empresa qualix, com os mais de 50 mil terrenos baldios espalhados pela cidade, alguns inclusive localizados na região central da cidade, então, qualquer projeto que parta do poder executivo municipal já nasce com vicio de credibilidade, com muitas nuvens de suspeitas. em relação a questão de disciplinar os outdoors, há vários anos vem ocorrendo a redução desses painéis na cidade, e na verdade, deveriam era investigar os contratos de gaveta que foram feitos nestes últimos anos entre a prefeitura com as empresas desses painéis, onde ninguém sabe para onde foi parar a grana. para se ter um idéia, cada painel front-light tinha um custo de R$10 mil/ano, e os murmurinhos são fortes em relação ao fato de que teve gente nesta gestão municipal que acabou embalsando muita grana neste esquemão. então, agora querem enganar com esse projeto "cidade limpa", que peca por dois motivos: primeiro porque cuiabá está uma imundice, lixões para toda parte, e segundo, porque precisaria primeiro investigar esses contratos de gaveta que forma formalizados entre a smades e as empresas do setor.

ARTICULAÇÃO

Stopa tem apoio de mais de 200 presidentes de bairros para ser vice

Por 12/07/2020, 11h:13 - Atualizado: 09h atrás

jose roberto stopa 680

José Roberto Stopa, presidente estadual do PV, seria hoje o nome preferido do prefeito Emanuel Pinheiro para vice da chapa na corrida à reeleição na Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Moreira | Domingo, 12 de Julho de 2020, 19h18
    1
    0

    PRESIDENTE DE BAIRRO DETERMINA VOTO?? KKKK

  • Lapada | Domingo, 12 de Julho de 2020, 18h44
    1
    0

    Rapaz esse cara é estupido,até o terceiro ano de mandato na secretaria ele era até de boa,depois começou a se achar ,tanto que esse cara mandou funcionário embora,por ouvir só um lado da história,se como secretario ele é assim imagina da o poder para um cara desse,mas vai tenta e leva o José Marcos Barbosa que tanto você defende, pra ser o seu tesoureiro da sua campanha,os servidores fica agradecido por você ter saido,,some da nossa frente e não volta mais.

  • Benedito costa | Domingo, 12 de Julho de 2020, 18h31
    1
    0

    Stopa trabalha bem, conhece todos os.provlemas de Cuiabá e fez bastante dentro das possibilidades ao seu alcance. Um bom nome!

alerta geral

Covid em MT fora de controle e pode superar todos Estados, alerta Hallal

Por 11/07/2020, 18h:24 - Atualizado: 11/07/2020, 18h:47

pedro halll 680

O coordenador do maior estudo epidemiológico sobre Covid-19, epidemiologista Pedro Hallal, reitor da  Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no RS, acendeu a luz vermelha para Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Helena | Domingo, 12 de Julho de 2020, 19h49
    1
    0

    Bravo!!! Precisamos de pessoas verdadeiramente compromissada com a vida,com as famílias q sofrem pelo descaso de nossas autoridades assistindo d camarote as mortandades e enchendo seus cofres particulares! Q vergonha Mato Grosso.

  • Kellen | Domingo, 12 de Julho de 2020, 08h52
    7
    0

    O mais “engraçado “ que acelera em tudo para adoença e ninguém acelera para a saúde , espera o pico para ainda pensar ou melhor não pensar em construir nada.... já recebeu $$$$ ajuda , promessas a juiz ( toda semana faz e juiz faz de conta que acredita ... o pior de tudo ) e nada é feito. Engraçado é que neste dias juízes , MP e outras autoridades ficam em silêncio total.

  • Kellen | Domingo, 12 de Julho de 2020, 08h51
    5
    0

    O mais “engraçado “ que acelera em tudo para adoença e ninguém acelera para a saúde , espera o pico para ainda pensar ou melhor não pensar em construir nada.... já recebeu $$$$ ajuda , promessas a juiz ( toda semana faz e juiz faz de conta que acredita ... o pior de tudo ) e nada é feito. Engraçado é que neste dias juízes , MP e outras autoridades ficam em silêncio total.

CARGO VITALÍCIO

Eis um cotado do Executivo pro TCE

Por 11/07/2020, 09h:23 - Atualizado: 11/07/2020, 09h:30

rogerio gallo 680

Os rumores de que o secretário de Fazenda de Mato Grosso, Rogério Gallo, teria interesse em assumir uma vaga de conselheiro do TCE têm causado um desconforto na Assembleia Legislativa.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Benedito costa | Domingo, 12 de Julho de 2020, 13h11
    0
    0

    De um lado o governador atendendo a seus interesses e de outro lado o presidente da assembleia querendo essa bocona. A briga vai ser boa boa e acalorosa

  • Realista | Sábado, 11 de Julho de 2020, 19h29
    11
    3

    Sinceramente, nenhum dos dois. Um já é um procurador de estado e nem tanto assim competente pois já vem de dois governos na gerencia da secretaria de fazenda e o estado continua essa "maravilha. Será que indo para lá vai acumular dos dois salários também? E o outro, certamente um politico ex parlamentar, nem precisa argumentar...vôte, credo! O certo mesmo seria mexer na Constituição Federal e suprimir esse critério espúrio de escolha membros do conselho de TC.

  • . | Sábado, 11 de Julho de 2020, 18h48
    10
    3

    Eu torço para que NÃO consiga.

NOVO PARTIDO

Fracassa a busca por assinaturas em MT pelo Aliança de Bolsonaro

Por 10/07/2020, 12h:58 - Atualizado: 10/07/2020, 13h:03

bolsonaro 680

Apesar de fazer muito barulho e prometer juras de amor eterno a Jair Bolsonaro, os apoiadores do capitão ainda não conseguiram avançar com a colheita de assinaturas para o Aliança, partido que a família Bolsonaro pretende criar.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Ggm | Sábado, 11 de Julho de 2020, 16h11
    10
    7

    Mato Grosso não tem só gado, fora bozo.

  • Marcos | Sábado, 11 de Julho de 2020, 15h09
    5
    7

    BOLSONARO 2022....Chora Petezada...kkk

  • joaoderondonopolis | Sábado, 11 de Julho de 2020, 08h43
    18
    4

    Puxa vida, conseguiram ainda muitas assinaturas, isto tudo são reflexos de se aliar aos bandidos, pois na campanha dizia ir contra a bandidagem, porém mudou de ideia, traindo assim os eleitores do país.

EM CUIABÁ

Relatório da CPI traz esperança a Niuan de se tornar prefeito

Por 10/07/2020, 12h:49 - Atualizado: 10/07/2020, 13h:02

niuan ribeiro 680

O vice-prefeito Niuan Ribeiro (Podemos) encheu-se de esperanças de se tornar prefeito interinamente com a decisão da CPI do Paletó, que hoje aprovou relatório paralelo, propondo afastamento  do prefeito Emanuel Pinheiro por seis meses.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Amaral antunes | Sábado, 11 de Julho de 2020, 07h12
    0
    0

    Amaral antunes, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ricardo | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 23h22
    1
    2

    Gostaria de fazer uma esclarecimento. No mês de fevereiro os governadores e perfeitos não podiam decretar quarentena por duas razões: a primeira, essa atribuição so foi conferida em abril de 2020 por decisão do STF; segundo e mais importante, na PL13.979 de 09 de fevereiro de 2020 de autoria do poder execultivo federal em seu art. 1° e no §1° do art.3°, fica claro e cristalino que no mês do carnaval não podia ser decretado quarentena. Logo fica fácil de afirmar que os governadores e prefeitos NÃO são culpados. Sendo assim, considerando que o presidente nunca, repito NUNCA foi favorável distanciamento social. Então ele é o único culpado.

NOS BASTIDORES

"Amarrações" para Max ir para o TCE

Por 10/07/2020, 10h:44 - Atualizado: 10/07/2020, 12h:32

max russi 680

Há uma forte movimentação nos bastidores que pode resultar na ida do deputado Max Russi para o TCE-MT.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Reginaldo | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h44
    5
    0

    Tai eleitor de MT, os donos do poder ajustam as peças no tabuleiro político onde, seja qual for o resultado, eles ganham, sabe por que? Porque contam com a certeza do nosso voto. Cabe a nós negarmos nossos votos a esses de sempre, o voto que eles mais precisam para concretizarem seus planos. Vamos dar um sonoro não, já nas eleições de novembro e nas eleições de 2022.

  • joao neto | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h33
    0
    0

    Não foi esse que deu um bola fora no botelho no caso AGER????? tOMA GOLLLLL

  • renato | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h15
    5
    0

    se ele soubesse o que tá por vir

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2569