Blog do Romilson Cuiabá, 04 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Presidente Dilma confirma visita a Lucas do Rio Verde na próxima 3ª e quer grande ato

Petista chega às 10h30, lança plantio e colheita da safra, anuncia novidades para o agronegócio e participa da inauguração da BRF. já o edital da Fico que chegará a Lucas ainda depende do TCU

Por 05/02/2014, 12h:49 - Atualizado: 05/02/2014, 13h:42

Está confirmada oficialmente a visita da presidente Dilma Rousseff a Lucas do Rio Verde, cidade pólo do Médio-Norte mato-grossense. Será na próxima terça, dia 11. A definção saiu nesta quarta, em reunião no Palácio do Planalto. Dilma já havia sinalizado que iria ao município neste mês, conforme o Blog do Romilson antecipou com exclusividade. Como o Palácio do Planalto ainda depende do aval do Tribunal de Contas da União para avançar, não incluiu na agenda da presidente, por enquanto, o lançamento durante o evento do edital da ferrovia da Soja ou Ferrovia Integração Centro-Oeste (Fico). Será a segunda visita da petista a Mato Grosso como presidente. Na primeira, em setembro do ano passado, ela inaugurou o terminal ferroviário da Ferronorte, em Rondonópolis.

Roberto Stuckert Filho

presidente Dilma

A presidente Dilma Rousseff, em setembro do ano passado, no terminal ferroviário de Rondonópolis; agora retorna a MT, desta vez para uma solenidade voltada ao setor produtivo em Lucas do Rio Verde

De todo modo, o ato vai ser voltado à agricultura. Em Lucas, Dilma faz o lançamento da colheira 2013/2014 e simbolicamente do início do plantio da segunda etapa de milho e algodão. Ela deve anunciar novidades para o setor do agronegócio, como reajuste no programa de garantia de preço mínimo do algodão e chegada de patrulhas para recuperação de trechos da BR-163. Vai participar ainda da inauguração do complexo industrial da BRF (Sadia e Perdigão). Fora uma série de outras autoridades, ao menos três ministros devem acompanhá-la, entre eles o de Agricultura, Antonio Andrade, e o Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

O evento será na Fundação Rio Verde. Começa às 10h30. Dilma virá de São Paulo direto para Lucas. Antes de fazer discurso, ela vai se dirigir a uma colheitadeira e faz lançamento simbólico da colheita e do plantio. Uma grande estrutura será montada no local. 

Edital

Quanto à expectativa do edital da Fico pode haver frustração geral. O TCU ainda não liberou o governo para lançar o edital com vistas a permitir que a concorrência ocorra neste primeiro semestre, antes da vigência de uma série de proibições pela legislação eleitoral, já que as eleições acontecem em outubro.

O projeto de privatização de ferrovias foi lançado em agosto de 2012, mas segue “empacado”. Até agora nenhuma ferrovia foi concedida. O modelo foi considerado complexo, faltaram estudos detalhados e houve questionamentos tanto do setor privado quanto do TCU em relação aos investimentos projetados para os trechos. Há uma briga do governo com o TCU, que determinou redução no volume de investimentos, de R$ 6,4 bilhões para R$ 4,8 bilhões, para o trecho de 1.065 km entre Lucas do Rio Verde e Campinorte (GO), o primeiro a ser concedido pelo novo modelo. Para o governo, um corte desse montante pode inviabilizar a concessão e, enquanto não resolver essa impasse, o edital fica engavetado. Pelo projeto, a Fico vai passar por 16 municípios, 9 deles de Mato Grosso: Lucas do Rio Verde, Sorriso, Nova Ubiratã, Paranatinga, Gaúcha do Norte, Canarana, Água Boa, Nova Nazaré e Cocalinho. 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • zé ricardo Neves | Quarta-Feira, 05 de Fevereiro de 2014, 16h09
    6
    6

    Vamos aproveitar para fazermos um grande protesto revindicando melhorias e muitos fogos para chamar a atenção de todos os politicos a cuidarem do nosso estado que padece com falta de infra-estrutura , saude e educação de qualidade

  • johni | Quarta-Feira, 05 de Fevereiro de 2014, 15h34
    3
    2

    mais uma vez lucas do rio verde ,,,vai se tornando potencia e referencia pra quem vem ao mato grosso

  • Junior Mendonça sorondo | Quarta-Feira, 05 de Fevereiro de 2014, 13h38
    1
    0

    Junior Mendonça sorondo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

DESENVOLVIMENTO

Um pool de novas indústrias em Primavera; 7 anunciam fábricas

Por 04/06/2020, 12h:09 - Atualizado: 01h atrás

primavera do leste vista a�rea 680

No ranking de quinta economia do Estado e com quase 100 mil habitantes, Primavera do Leste está recebendo sete novas indústrias, mesmo em meio à pandemia da Covid-19, agravada com crises sanitária e econômica em praticamente todo o mundo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Francisco Assis roo | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 13h17
    0
    0

    é isso mesmo Léo busca emprego e renda para essa cidade bonita e pugante que vc está tendo a oportunidade de administrar não fica nessa só de fazer praça e coisa e tal igual um prefeito que eu conheço na nossa região

INICIATIVA INÉDITA

Reeducandos em Cuiabá produzem saneantes e álcool em gel

Por 04/06/2020, 10h:42 - Atualizado: 02h atrás

deiver ifmt producao 680

Cerca de 30 reeducandos em Cuiabá estão fabricando saneantes, substâncias destinadas à higienização e desinfecção, como água sanitária, detergente e desinfetantes, e ainda álcool em gel para distribuição nos presídios.

Postar um novo comentário

REPERCUSSÃO

Governo e AL vão decretar luto oficial; Adriano sonhava ser prefeito

Sem velório, corpo será transladado a Cáceres nesta 5ª e direto para cemitério

Por 03/06/2020, 21h:44 - Atualizado: 03/06/2020, 22h:04

adriano silva 680

O governador Mauro Mendes vai decretar luto oficial de três dias pelo falecimento nesta quarta do ex-reitor da Unemat, professor Adriano Silva, que presidia a Fapemat, fundação vinculada à secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. A Assembleia Legislativa também fará igual.

Postar um novo comentário

PODER SEM PODER

Mesmo sem mandato, Selma quer manter controle de cargos federais

Por 03/06/2020, 19h:13 - Atualizado: 03/06/2020, 19h:19

selma arruda 680

A briga entre o senador tampão Carlos Fávaro (PSD) e a cassada Selma Arruda (Pode) tem um novo round. Nos bastidores, Selma tenta impedir que Fávaro assuma o controle de "seus" cargos federais.

Postar um novo comentário

CARGO VITALÍCIO

Botelho deve ir mesmo para o TCE

Por 03/06/2020, 16h:16 - Atualizado: 03/06/2020, 22h:11

Maurício Barbant

eduardo botelho 680

O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), que na próxima semana será reeleito para mais dois anos de gestão no Legislativo, deve mesmo ir para o TCE.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • alexandre | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 08h20
    4
    0

    não precisa gastar com campanha eleitoral, 70 mil de proventos e verbas...

  • Janio carlos | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 16h40
    7
    1

    Senhor prefeito de Primavera do Leste, se as condições se sua cidade está ótima por que os moradores com covid está vindo para Rondonópolis tem alguma coisa errada.

EFEITO-PANDEMIA

Prefeito de Primavera reage e afirma que Pátio é omisso e mentiroso

Por 03/06/2020, 16h:00 - Atualizado: 03/06/2020, 16h:06

leonardo bortolini 1200

Leonardo Bortolini, de Primavera do Leste, reage às críticas de Zé do Pátio, de Rondonópolis, sobre leitos de UTI

O prefeito Leonardo Bortolini (MDB) se mostrou indignado com as declarações do colega de Rondonópolis, Zé do Pátio (SD), que afirmou que municípios vizinhos não estão dando respaldo às vítimas da Covid-19 e citou, como exemplo, Primavera do Leste.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Joaquim Silva | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 20h02
    3
    0

    Zé Carlos, vergonha alheia tem limites. Procura se informar melhor antes de proferir um disparate desses, certas coisas é muito fácil checar.

  • Adaildon E M Costa | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 16h12
    10
    3

    Esse José Carlos do Pátio é um trapalhão. Fico imaginando como que o povo esclarecido de Rondonópolis vota num sujeito populista como Esse.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2552