Blog do Romilson Cuiabá, 19 de Agosto DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ESCUTAS NO GAECO

Promotor da "grampolândia" já deveria ter sido afastado do cargo

Por 17/07/2019, 09h:11 - Atualizado: 17/07/2019, 09h:13

marco aurelio 680 promotor

O promotor de Justiça Marco Aurélio de Castro, ex-coordenador do Gaeco, braço investigativo do Ministério Público, já deveria ter sido afastado do cargo. São gravíssimas as denúncias contra ele e outros membros do MPE sobre escutas telefônicas e outras práticas ilegais.

Se há indícios de atos de improbidade, como apontou militares em depoimento, a Corregedoria-Geral, sob o procurador Hélio Faust, deveria ter agido de imediato. Marco Aurélio, que se mudou com a família para Marília (SP), atua hoje em Cuiabá no Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

Só falta ele ser julgado pelo próprio Núcleo onde atua. Por muito menos, outros fora dos quadros do MPE já teriam sido denunciados sem dó e nem piedade por estes, que se acham os paladinos da moralidade e agora estão vendo a máscara cair.

Com a palavra o procurador-geral de Justiça, José Antonio Borges, e o corregedor-geral Hélio Faust.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • José | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 12h47
    7
    1

    QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

  • João Carlos | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 12h03
    3
    15

    Vi os PMS falarem, mas não vi um documento comprovando o alegado. Se o jornalista está dizendo que deve ser afastado, presumo que tenho provas ou seria total irresponsabilidade. Se tiver as provas, publique

  • Ana Maria | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 11h33
    17
    0

    Parabéns Romilson, muita coragem jornalística em aprofundar o assunto expondo de maneira clara o que a sociedade espera que seja investigado.

  • Manoel | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 10h33
    28
    0

    Isso é o que o povo espera! Quero ver o MP cortar na própria carne, pois, na carne dos que não são seus pares, eles cortam. E o fazem com gosto.

  • aurelindo | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 09h44
    22
    0

    Excelente opinição, digno de um sério jornalista que és...

FRAUDES NA SEDUC

Ex-secretária de Silval em apuros

Por 19/08/2019, 10h:25 - Atualizado: 34min atrás

rosa neide 680

A deputada federal petista Rosa Neide está apreensiva. Aguarda o resultado da operação Fake Delivery, deflagrada hoje pela Defaz, para se pronunciar publicamente. Por enquanto, emitiu uma nota curta, se colocando à disposição dos órgãos fiscalizadores.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • José | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 10h37
    0
    0

    QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

rumo a 2020

Em Cáceres, pré-candidato aposta em festas populares para "decolar"

Por 18/08/2019, 08h:57 - Atualizado: 18/08/2019, 09h:02

junior trindade 680

Depois do FIPE-2019, o secretário de Turismo e Cultura de Cáceres, Júnior César Trindade, tem pela frente a organização de dois grandes eventos com forte apelo popular e que servirão de trunfo para ver se ganha capilaridade eleitoral. É um dos nomes preferidos do prefeito Francis Maris (PSDB) para lançá-lo à reeleição, mas até agora não "decolou".

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Renatinho | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 10h45
    0
    0

    Adriano Silva em 2021

  • Grande. Cáceres | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 10h40
    0
    0

    Neste cenário político atual, não vejo outro nome que não seja do Professor Adriano Silva, pelo preparo técnico e experiência que tem em gestão pública, além do crescimento político que vem alcançando a cada eleição. Sem falar que tem maior grupo político da cidade. Acredito que para 2020 0 nome Professor Adriano Silva, será a viabilidade para Cáceres. Essa é a minha opinião.

  • Cacerense | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 10h34
    0
    0

    Fazer FIPE com dinheiro e apoio das entidade é fácil. Fazer 26 boi no rolete com dinheiro dos pecuaristas também é fácil. Fazer o melhor Natal de Luzes SEM transparência nas prestações de contas de todos esses eventos, também é fácil. Juntando tudo isso e mais o suposto dinheiro pra campanha de 2020 também vem fácil. Mesmo assim vai ficar difícil de ganhar pra prefeito. É um cara arrogante, prepotente e por mais que esteja tentando passar outra imagem, ninguém o quer ver prefeito de Cáceres.

  • Laura Cristina | Domingo, 18 de Agosto de 2019, 16h25
    12
    4

    Nós moradores do Municipio de Cáceres, não queremos festa, comida, nem farra, mais sim um GESTOR sério,competente e honrado, por isso acredito que o nome do Professor e ex-Reitor da UNEMAT Adriano Silva, é o mais preparado para ocupar o cargo de Prefeito a partir de 2021.

SEDUC, GREVE E PROMESSAS

Desafio de gestora que pouco fala

Por 17/08/2019, 22h:23 - Atualizado: 17/08/2019, 22h:29

marioneide seduc 680

Entre tantos desafios da secretária de Educação remanescente do Governo Pedro  Taques e sobrevivente na gestão Mauro Mendes, Marioneide Angélica Kliemaschewsk, que atravessou os 75 dias de greve dos professores evitando confronto com a categoria, está o plano de melhoria das unidades escolares. Mais técnica que política, Marioneide pouco fala. E evita duolo com sindicalistas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Cida Cortez | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 07h38
    2
    0

    Por favor publique as listas das escolas que foram reformadas, juntamente com as planilhas com os custos. Faça tambem uma matetia com o judiciario, nos informando porque nestes casos eles são inoperantes. Eles são rápidos só contra os trabalhadores?

  • FRANCINILDO PEREIRA BARBOSA (MANQUINHO) | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 22h48
    0
    3

    FRANCINILDO PEREIRA BARBOSA (MANQUINHO), Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

CAIXA PARTIDÁRIO

DEM agora cobra dízimo dos filiados

Por 17/08/2019, 09h:47 - Atualizado: 17/08/2019, 10h:23

jayme botelho julio 680

Jayme Campos, Eduardo Botelho e Júlio Campos, ontem, em reunião na AL da cúpula do DEM com mais cinco

Em reunião ontem, no gabinete do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, dirigentes do DEM regional não só apagaram o incêndio causado por Fábio Garcia, que excluiu os Campos da discussão sobre membros do novo diretório de Cuiabá, como definiram como obrigação o pagamento mensal de dízimo pelos seus filiados.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Maria Helena | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 15h18
    0
    2

    Deveriam sim cobrar uma mensalidade dos seus filiados, que são indicados pelo Partido para os cargos de Chefia nos orgãos públicos, Federal,Estadual e Municipal,e dos Membros que tenham condição de contribuir desde 10 reais até quanto quiser, pois a manutenção de um Partido é caro e custoso. Aplausos.....

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 15h16
    1
    0

    Edivaldo pelo menos foi assim que se identificou. Você pega seu dinheiro e faça uma contribuição/doação para o Hospital do Câncer e se já é contribuidor/doador ao HC aumenta o valor. E se estiver sobrando muito dinheiro, procure uma entidade filantrópica faça uma contribuição/doação e seja feliz.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 15h14
    0
    0

    Edivaldo pelo menos foi assim que se identificou. Você pega seu dinheiro e faça uma contribuição/doação para o Hospital do Câncer e se já é contribuidor/doador ao HC aumenta o valor. E se estiver sobrando muito dinheiro, procure uma entidade filantrópica faça uma contribuição/doação e seja feliz.

  • João plenario | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 11h57
    4
    0

    Uma pergunta, quantos mil reais bem de fundo partidário, para o DEM, de Mato Grosso? Isso é uma VERGONHA!

  • Edivaldo | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 11h19
    2
    3

    Fui filiado no DEM de Goiás e sempre os membros do Diretorio pagavamos mensalmente uma pequena contribuição ao Partido, para sua manutenção e vejo isso como salutar e participativa. Gostaria de voltar a filiar-me no DEM de Cuiabá, como faço, e onde posso fazer isso ?

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 10h31
    3
    0

    Com esta cobrança de dízimo, vai ser o partido com o meno número de filiados no estado (vai voltar a ser nanico). Estou fora.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 10h31
    2
    0

    Com esta cobrança de dízimo, vai ser o partido com o meno número de filiados no estado (vai voltar a ser nanico). Estou fora.

  • Carmem Miranda Sousa | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 10h06
    1
    2

    Concordo plenamente com a cobrança da contribuição partidária, uma vez que o partido tem suas obrigações e necessita de recursos para mantê-lo. O que acho estranho é a pessoa ser candidata por meio de uma sigla partidária e achar que o Presidente do partido tem obrigação de arcar com tudo. Deixo claro que sei que há recursos advindo do Directório Nacional dos partidos, que são distribuídos de acordo com a representação do mesmo a nível federal.

FÓRUM SINDICAL

Antes intransigentes e agora num clima amistoso com Governo Mauro

Por 16/08/2019, 17h:08 - Atualizado: 16/08/2019, 17h:16

oscarlino edmundo mauro mendes mauro carvalho 680

Os sindicalistas Oscarlino Alves e Edmundo Cesar com governador Mauro e secretário Mauro Carvalho, nesta quinta

Uma semana após encerramento da greve histórica de 75 dias dos profissionais da educação, o governador Mauro Mendes recebeu no gabinete, nesta quinta à noite, alguns sindicalistas do Forum Sindical, entre eles Oscarlino Alves, dos servidores da Saúde, e Edmundo Cesar, do Sinpaig, que agrega profissionais da área instrumental.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • orlandir cavalcante | Domingo, 18 de Agosto de 2019, 11h45
    4
    0

    ainda bem que o sintep nao participa de pelegagem.O unico sindicato que nestes tempos defende sua categoria

  • Lenhadora | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 19h47
    8
    0

    Onde estão os membros do Fórum Sindical? São mais de trinta sindicatos e somente quatro membros representam todos os servidores públicos de MT???

EMPREGO NO SETOR PÚBLICO

Empresa vai selecionar quase 3 mil estagiários para atuar no governo

Por 16/08/2019, 10h:41 - Atualizado: 16/08/2019, 10h:45

ciee 680

O Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), com matriz em São Paulo e filial em Cuiabá, apresentou o melhor preço no pregão eletrônico, em dois lotes, sob condução da secretaria estadual de Planejamento e Gestão. E será contratada pelo Estado para preenchimento de 2.664 vagas de estágios na estrutura do governo.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2410