Blog do Romilson Cuiabá, 24 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo às urnas

PSDB debate candidatura ao governo, mas prioriza aliança com Taques, alega Leitão

Por 18/02/2014, 12h:00 - Atualizado: 19/02/2014, 11h:58

Rodinei Crescêncio

nilson leitao ney (2).JPG

Deputado federal Nilson Leitão (PSDB) avalia cenário em entrevista ao RDTV

O PSDB, mesmo se esforçando para construir aliança com o grupo de oposição, encabeçado pelo senador Pedro Taques (PDT), vai discutir, depois do carnaval, a pré-candidatura do ex-secretário da Casa Civil no governo Dante de Oliveira (falecido), Maurício Magalhães, ao Palácio Paiaguás. O presidente da sigla deputado federal Nilson Leitão, em entrevista ao Grupo RDNews, minimiza a situação ao ressaltar que, antes do encontro, a pré-candidatura não será discutida pela legenda, muito menos um possível racha com Taques para lançar o tucano. 

Magalhães foi homem forte de Dante, sendo secretário de Administração antes de assumir a Casa Civil, mas, desde a morte do líder tucano, ele estava sumido da política e também da militância da legenda. A tendência é que a pré-candidatura seja só um balão de ensaio para o ex-secretário voltar aos holofotes e sair do ostracismo.

Questionado sobre a possibilidade de Magalhães lançar-se ao Governo ser uma forma de pressionar aliança com Taques, já que o pedetista também teve conversas com a base governista tanto do Estado, com PR, quanto Federal, ao viajar com a presidente Dilma Rousseff (PT), Leitão garante que não e, inclusive, é contra trabalhar sob “ameaça”. “Eu não funciono assim, não trabalho sob pressão”.

O deputado fez duras críticas tanto ao governo Dilma quanto ao Silval Barbosa (PMDB). Na esfera federal, ele está a frente das discussões da PEC das Demarcações (PEC 215), para regularização de terras, principalmente na questão dos territórios indígenas. Para ele, a presidente quer barrar as discussões e ressalta que ainda hoje (18) vai convocar a comissão da Câmara Federal para dar continuidade ao assunto. Outros setores que estão sob diálogo por meio da frente parlamentar é o trabalho escravo e o ponto eletrônico na área rural. “O governo fez relatório sobre trabalho escravo sem conhecer a realidade”, alega Leitão.

O deputado também alfinetou a vinda da petista a Mato Grosso criticando o fato de o avião presidencial ter pousado em Sinop dias antes para testar a pista, o que seria desnecessário devido a fiscalização regular realizada pelo próprio Governo. O presidente condenou os investimentos de 200 milhões de dólares em porto de Cuba e 60 milhões de dólares em equipamento energético da Bolívia, sendo que o país necessita de aplicações. “E a conta do brasileiro é enorme”, dispara durante o programa do RDTV

Quanto ao governo de Mato Grosso, o tucano disse que a gestão de Silval está sem rumo e com piora na Saúde e Educação. Questiona sobre o destino dos recursos do Fethab, que, boa parte, sai do bolso dos produtores com arrecadação de R$ 800 milhões anuais. "A Copa todo é financiada, o MT Integrado é financiado, então para onde está indo o recurso?” indaga. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ronega cruz neto | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 20h00
    3
    0

    Temos candidato a Presidência da Republica o Senador Aécio Neves de Minas Gerais. Sem palanque : PDT apoia Dilma , no congresso, aqui os vagais apoia taxis cadê o PSDB? Ainda Turma PSB de Eduardo Campos também vai de Taxi.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Sem Alckmin e Taques puxando pra baixo, Leitão vai ao Senado de novo

Por 23/01/2020, 20h:15 - Atualizado: 23/01/2020, 20h:21

nilson leitao 680

O ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB), com apoio de vários prefeitos, vereadores e setores do agronegócio, além da CNA, está decidido a concorrer novamente ao Senado na suplementar de abril.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Fernando | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 22h32
    4
    5

    O nortao unido pode ter senador. Cuiabá e Rondonópolis já tem, eleitores fizeram dever de casa. Leitão tem articulação em Brasília e pode ser sim, o representante do nortão, são mais de 500 mil eleitores. A chance voltou, moradores do norte, abracem está missão.

  • Fernando | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 20h48
    2
    4

    O nortao unido pode ter senador. Cuiabá e Rondonópolis já tem, eleitores fizeram dever de casa. Leitão tem articulação em Brasília e pode ser sim, o representante do nortão, são mais de 500 mil eleitores. A chance voltou, moradores do norte, abracem está missão.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Bolsonaro com Medeiros ao Senado

Por 23/01/2020, 16h:21 - Atualizado: 23/01/2020, 16h:26

jose medeiros bolsonaro 680

Presidente Jair Bolsonaro recebe o deputado José Medeiros, que lhe presenteia com viaturas em miniaturas da PRF

Jair Bolsonaro decidiu que, na suplementar de 26 de abril em Mato Grosso para o Senado, apoiará o seu vice-líder na Câmara, deputado José Medeiros. Trata-se do mais importante cabo eleitoral e que tende a ser decisivo no pleito.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Joaquim Alves | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 22h15
    4
    2

    Digite o texto aquiMais um motivo para não votar no Medeiros, que só faz passar vergonha ao povo de MT. Tenho passagens só de ida para China em nome de Medeiros e Barbudo. Alguém vai sentir falta?

  • João plenario | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 21h51
    3
    4

    Nesta situação, não tem chororô, MEDEIROS será o Senador por Mato Grosso, a lealdade faz a diferença, isso não pode ser tirado do José Medeiros, e acima de tudo um ótimo parlamentar. Tem o meu voto!

  • joao | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 19h06
    12
    14

    Se for verdade, Medeiros acaba de perder meu voto e de minha família. O presidente até agora não cumpriu nada que foi proposto na campanha. Medeiros não pode ter este apoio.

  • joao ires | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 16h58
    20
    6

    meu voto ta decidido .

DISPUTA NO DEM

A esperança de Gilberto de ser o cardápio escolhido pelo governador

Por 23/01/2020, 12h:23 - Atualizado: 23/01/2020, 12h:30

Brunna Maria

gilberto figueiredo 680

O vereador licenciado da Capital Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde, está animado com a possibilidade de ser escolhido pelo seu futuro partido, o DEM, para concorrer ao Palácio Alencastro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eleitor Atento | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 15h41
    1
    0

    MM quer fazer uma Monarquia tudo para os amigos do rei. Vamos ao voto, solta a fera.

VIDA EMPRESARIAL

Os Barbosa expandindo os negócios

Por 23/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 22/01/2020, 23h:18

rodrigo barbosa 680

Em silêncio, o ex-governador Silval Barbosa, que não quer mais saber de política, está reerguendo os negócios mantidos nas áreas da pecuária, mineração e comunicação.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • arildo | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 09h49
    23
    2

    PARABENS AO MINISTERIO PUBLICO DE MATO GROSSO CONTINUE ASSIM, VOCES SAO UMA VERGONHA.

SUPLEMENTAR AO SENADO

Álvaro e Selma querem Pode com Pivetta, o que inviabiliza Medeiros

Por 22/01/2020, 17h:05 - Atualizado: 22/01/2020, 17h:10

Waldemir Barreto

jose medeiros

O ex-senador e deputado José Medeiros, vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, está com a faca, mas falta o queijo nas mãos para consolidar sua candidatura ao Senado na suplementar de 26 de abril.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Hélio Povoas | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 14h15
    1
    6

    Até agora partidariamente o único candidato que merece o meu apoio para o Senado e' o Júlio Campos, que nunca traiu o seu partido e os seu correligionários pois foi da ARENA, PDS,PFL e agora DEM / nunca fez trairagem como esses outros concorrentes ao Senado, que mudam de Partido como mudam de camisa. Fora vendilhões: sou JULIO JOSE DE CAMPOS para Senador.

  • Francisco Assis roo | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 13h58
    2
    1

    Quem têm mandato tem que comprir o mandato por isso que eu falo que tem que ser a Gisela ela já mostrou liderança quando obteve53mil votos na eleição passada e a vaga era de uma mulher nada mais justo eleger uma mulher

  • Francisco Assis roo | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 13h56
    1
    1

    Quem têm mandato tem que comprir o mandato por isso que eu falo que tem que ser a Gisela ela já mostrou liderança quando obteve53mil votos na eleição passada e a vaga era de uma mulher nada mais justo eleger uma mulher

  • Marlan | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 06h05
    8
    5

    CARO MEDEIROS VAI APRENDENDO QUE O PODER ECONÔMICO É QUE MANDA EM QUALQUER ATIVIDADE HUMANA, SOBRETUDO, NA POLÍTICA. CONTINUE A DESEMPENHAR COM AFINCO, DEDICAÇÃO E HONESTIDADE SEU MANDATO DE DEPUTADO QUE A POPULAÇÃO MATOGROSSENSE ESTÁ ATENTA AO DESEMPENHO PARLAMENTAR DE TODOS NOSSOS REPRESENTANTES, E VC TEM SE DESTACADO... É POR AÍ O CAMINHO ...

  • Zenil Marques Da Silva | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 05h23
    9
    2

    Medeiros termina o seu mandato de deputado federal... precisamos aprender votar, não votar em quem nem terminou o seu mandato e já quer entrar em outro será porque? Pensem meu povo MT.

  • alvaro sincero | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 22h05
    12
    3

    Na verdade ele usou o partido Podemos, usou fundo partidario destinado ao podemos, foi desleal com Alvaro Dias e fez campanha par Bolsonaro.

  • jj | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 18h11
    16
    14

    sou da seguinte opinião, o o cara mau assumiu como deputado federal, alias já não esta fazendo nada, e ja quer atravessar na frente. povo mato-grossense, ja que temos que votar em alguém, não vote em quem ainda com mandato aberto, mau assumiu ja quer pular o trampolim, acorda povo.

ORIENTAÇÕES E OMISSÕES

Selma e os "culpados" pela cassação

Por 22/01/2020, 09h:57 - Atualizado: 22/01/2020, 10h:02

lauro da mata 680

Selma Arruda, "a Moro de saias", pega em crimes eleitorais e punida com a perda do mandato de senadora, tem uma lista de "culpados" por isso.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Chirrão | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 21h14
    9
    3

    Votei nela MAS DOU GRAÇAS A DEUS PELA CASSAÇÃO...Olhem a CAMBADA QUE TAVA JUNTO COM ELA...TO FORA.

  • Ramon | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 18h59
    7
    0

    Quem tem Yuri, Pagot e mais uns não precisa de aliados e conselheiros.

  • walter liz | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 15h48
    14
    3

    ela ganharia a eleição sem marqueteiros, sem negociatas ,sem gastar muito dinheiro, infelizmente ela preferiu se misturar com pessoas que gravitam em torno do sistema politico cheio de vicios onde até cobra criada passa apuro.

  • Amadeu Fuik | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 15h37
    6
    0

    Hélcio lembro desse nome em algum lugar escuro

  • Diego A L | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 11h14
    13
    25

    A juíza Selma Arruda não é política e entrou com o intuito de tentar agir em novas leis para um Mato Grosso e um Brasil melhor, sendo assim muitos políticos encostaram se dizendo simpatizantes a sua postura indicaram toda a assessoria política que ela não tinha, muitos com experiência vasta e outros sem experiência alguma, aí imagino que foi feito já tudo de caso pensado para acontecer o que aconteceu...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2479