Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Reação ríspida de Taques a uma pergunta

Por 25/01/2014, 18h:22 - Atualizado: 25/01/2014, 19h:05

Pedro Taques, que deflagrou a pré-campanha a governador, não admite ser contrariado, principalmente em público. Ex-procurador da República por duas décadas e senador desde 2011, ele acaba de voltar de uma peregrinação de 13 dias pela região do Araguaia. Passou por 27 municípios e concluiu a primeira fase do movimento "Fala, Mato Grosso" com um grande ato em Barra do Garças, neste sábado. Com Taques é assim: bateu, levou. Se for provocado, também responde à altura. Não está nem aí se a resposta causa estrago e está pouco preocupado se o eleitor é sensível, se gosta de atenção, afago e carinho.

Na última segunda (20), o senador passou por Querência, na rota do Araguaia. A última vez em que esteve no município foi em 30 de agosto de 2010, em campanha ao Senado, da qual saiu vitorioso. Desta vez, 3 anos e 6 meses depois, após discurso para um grupo de mais de 80 pessoas, o pré-candidato a governador abriu para a platéia, perguntando se alguém queria se manifestar. Eis que surge um senhor e pediu a palavra. Destacou que há quase 4 anos Taques havia passado por Querência, pedido voto e obteve apoio da maioria dos eleitores locais e que agora, no retorno, trabalha a pré-candidatura a governador. Em seguida, emendou, perguntando o que o pedetista trouxe de recursos para o município.

Pedro Taques foi ríspido na resposta. Afirmou que, simplesmente não era despachante da União. A resposta dura ao questionamento do senhor, que fez a pergunta com simplicidade porque fora informado que cada membro da bancada federal tem direito a destinar R$ 15 milhões de emendas parlamentares por ano a projetos nos municípios que desejar, deixou os demais presentes no ato um tanto assustados. É possível que, aos poucos, no contato com o eleitor, Taques venha mudar de postura. A resposta pode ser negativa ou desconsertante, quando necessária, mas não pode ecoar com arrogância. Isso contraria do mais simples ao mais graduado eleitor.

Ana Rosa Fagundes

pedro taques barra do garças

Pré-candidato a governador Pedro Taques, em entrevista coletiva neste sábado, em Barra do Garças

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Ariosvaldez Rodrigues de LIma | Quarta-Feira, 29 de Janeiro de 2014, 08h34
    2
    0

    "A resposta pode ser negativa ou desconsertante, quando necessária, mas não pode ecoar com arrogância. Isso contraria do mais simples ao mais graduado eleitor" Ainda conta com meu voto para o governo, entretanto, não deixa de ser verdade que o candidato tem de aprender a dizer um "não" de forma adequada ao cidadão matogrossence!

  • rodrigo souza | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2014, 17h21
    2
    0

    Ele não chamou o povo de rato não, acostumado.

  • Ondino Lima Neto | Domingo, 26 de Janeiro de 2014, 07h29
    21
    1

    Em Alto Araguaia durante entrevista a TV Integração, o senador ficou em uma saia justa, quando perguntado se "ele mudou de postura ou opinião, sobre político que não cumpre o mandato e o usa como trampolim".

ELEIÇÃO AO SENADO

Principal nome da esquerda desiste; agora, PT saudações

Por 28/01/2020, 19h:44 - Atualizado: 1min atrás

carlos abicalil 680

Embora na lista de sete opções petistas para a disputa ao Senado, na suplementar de 26 de abril, Carlos Abicalil resolveu pisar no freio. E não pretende mais concorrer ao pleito.

Postar um novo comentário

BRIGA DOS CASSADOS

Suplente detona: "Jamais imaginei que dinheiro do empréstimo seria utilizado por Selma irregularmente"

Por 28/01/2020, 15h:05 - Atualizado: 04h atrás

beto possamai 680

O empresário e primeiro-suplente Gilberto (Beto) Possamai questiona matéria neste Blog entitulada "Selma e os culpados pela cassação", assegurando, em nota, que não fez negociata com o advogado Lauro da Mata para simular empréstimo com vistas a justificar mais de R$ 1,5 milhão na conta bancária da senadora, que teve o mandato cassado junto com os suplentes.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Glaucia Coxipo | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 17h55
    0
    1

    essa selma enganou ele, sujou o nome dele e enganou nós eleitores e ainda deu um prejuizo de que ter fazar outra eleição num gasto de quase 10 milhões

SEM INFRAESTRUTURA

Sob atoleiro e pontes caídas, BR-174 está intransitável no Noroeste de MT

Por 28/01/2020, 10h:41 - Atualizado: 09h atrás

br 174 680

A BR-174 está praticamente intransitável, principalmente na altura do km 850, entre Castanheira e Juruena, no noroeste mato-grossense. A péssima infraestrutura da estrada, aberta há quatro décadas e até hoje sem pavimentação asfáltica, se agrava com o excesso de chuvas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Inácio Roberto Luft | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 13h50
    4
    0

    E onde está o Fethab? Fortunas arrecadas para quê?

  • REGINALDO BUFFER | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 12h47
    2
    5

    Essa obra foi construída em terra e apenas encascalhada pelo então Governador Júlio Campos entre 1983/87 e infelizmente até hoje não foi asfaltada como merecia. As pontes era de madeira só que no tempo do Governo dos Campos e do Maggi tinha a manutenção permanente e hoje não tem nada, a SINFRA desde o tempo do Silval e Taques no abandonaram a DEUS dará. Volta ...os 'Campos para o Governo para o Nortao ser valorizado de novo.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

DEM abre prazo até 16 de fevereiro e Júlio será único a se lançar à disputa

Por 27/01/2020, 23h:42 - Atualizado: 27/01/2020, 23h:49

julio campos 680

A direção estadual do DEM abriu prazo até 16 de fevereiro, ou seja, daqui a 18 dias, para quem desejar ser candidato à suplementar de 26 de abril para o Senado se manifestar oficialmente.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Danilo | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 15h44
    0
    0

    Como um simples observador da politica de Mato Grosso, conversando com muita gente daqui e do interior, o Julio Campos, mesmo com 73 anos de idade, ainda é o mais forte candidato ao Senado para enfrentar o bilionário Otaviano Piveta. Vai uma luta de um cara simplorio,humilde e carismatico como é o Julio, contra um cidadão tido como metido a besta, bilionário do Agronegocios, e pouco comunicativo com o povão. Qualquer cidadão fala de igual por igual com o Julio, quem consegue chegar no Pivetta ? Ninguem...preparem para a luta em 26 de abril.

  • Marsofo | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 15h34
    0
    1

    Fiquei sabendo hoje. Senador significa " homem velho". Deriva do latim " senis" ou seja , senil. Sem intenção de analogia com qualquer pessoa.

  • Rodolfo Sampaio | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 08h31
    18
    6

    Com todo respeito a historio do Sr. Julio, mas nova eleição com uma pessoa que esteve no poder a mais de 50 anos! Merecemos novas ideias, sangue novo. Fala sério.

EM PRIMEIRA MÃO

DEM prioriza 10 maiores, sobe pra 5 opções em Cuiabá e define em maio

Por 27/01/2020, 22h:11 - Atualizado: 03h atrás

rogerio gallo 680 dem

Rogério Gallo, secretário de Fazenda, se filiará ao DEM, se tornando uma das 5 opções da sigla a prefeito de Cuiabá

Em reunião de cúpula há pouco, no Palácio Paiaguás, o DEM do governador Mauro Mendes decidiu que terá candidatura a prefeito prioritariamente nos 10 maiores municípios do Estado, como Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis. E, no caso da Capital, ampliou-se para cinco o número de pré-candidatos.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Servidora aposentada | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 11h18
    8
    2

    QUALQUER CANDIDATO DO DEM DE MAURO MENDES VAMOS DAR UMA SURRA NAS URNAS, TAXOU DE FORMA IRRESPONSÁVEL OS SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS PRINCIPALMENTE OS VELHINHOS APOSENTADOS QUE AGORA TERÃO QUE SE VIRAR NOS 30 PRA NÃO MORREREM SEM REMEDIOS QUE A PRIORI AUMENTARAM DE PREÇO E DIMINUIU NOSSO PODER DE COMPRA

  • Vilmar | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 10h52
    8
    2

    Mauro Mendes é tão ruim, mas tão ruim que não consegue alavancar um candidato a prefeito viável em Cuiabá. Aplausos à sua incompetência. Como militante do DEM espero que os Campos se livrem logo desse oportunista.

  • Davi | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 10h50
    7
    2

    Mauro Mendes vai fazer com o DEM o que o Pedro Taques fez ao PSDB. Vai extinguir o partido no Estado.

COM OU SEM MAURO

Consultando sobre o que já decidiu

Por 27/01/2020, 21h:34 - Atualizado: 05h atrás

Romilson Dourado

wilson santos 680

Mesmo já tendo decidido se aliar a um governo sobre o qual vinha fazendo oposição dura, o deputado Wilson Santos (PSDB) resolveu fazer espécie de um plebiscito entre seus correligionários sobre apoiar ou não a gestão Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Alberto | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 15h27
    0
    0

    WILSON RODOANEL. Só para lembrar que foi Mauro Mendes que colocou o apelido de PINÓQUIO, sou seja, já conhece a peça.

  • mauro | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 12h20
    2
    0

    Quem te viu quem te vê, outrora foi intitulado de GALO ÍNDIO, em alusão a intransigente defesa de suas convicções, hoje em razão de espaço no governo para acomodar meia duzia de assessores, pode na minha opinião estar jogando por água a baixo toda a sua história.

  • JOAO RICARDO GUIMARAES HABIB | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 10h03
    2
    0

    Envergonho-me em ver esse "representante" do povo. Lembro-me de Rochinha, Renê Barbour, Milton Figueiredo, Garcia Neto.....hoje vejo isso ai. Triste Mato Grosso.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2482