Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rei da soja alega falta de tempo e desiste de pré-candidatura ao governo pelo PP

Por 11/02/2014, 08h:56 - Atualizado: 11/02/2014, 13h:03

O rei da soja, Eraí Maggi (PP), ex-PDT, revelou ao RDnews na noite desta segunda (10) que desistiu de ser candidato ao governo, ao Senado e a qualquer outro cargo eletivo. Ele era a grande aposta do PP para as eleições deste ano por ter o setor produtivo ao seu lado. Eraí justificou que tomou a decisão após conversa com o primo e senador Blairo Maggi (PR). Ambos chegaram ao entendimento de que não há tempo hábil para que Eraí se desincompatibilize do grupo Bom Futuro.  

Acontece que ele descobriu que o vínculo que tem com a corporação é de pessoa física e não jurídica. Isso significa que Eraí teria que se desvincular de cada um dos 5 mil funcionários, bem como de todos os financiamentos de máquinas que estão no nome dele. 

Para fazer tudo isso em tempo hábil, ele gastaria três vezes mais do que desembolsaria para que o processo ocorresse em seu curso natural. Todas as questões legais e burocráticas precisam estar sanadas até junho, data em que se realizam as convenções e, logo em seguida, encerra-se o prazo para que os políticos registrem suas candidaturas junto à Justiça Eleitoral. 

Eraí também atribuí a desistência a sua idade e ao cansaço. Com 55 anos, o empresário diz ter trabalhado muito tempo de forma braçal, lidando com enxada. Ele diz ainda ter trabalhado a vida inteira visando o social e que agora quer descansar. Assim, mais uma vez, ele optou por permanecer apenas nas articulações internas. É conhecido por ser um dos principais financiadores de campanhas.

Agora o PP perde a possibilidade, que já era remota, de ser protagonista no processo eleitoral deste ano. Hoje a pré-candidatura mais consolidada é a do senador Pedro Taques (PDT), do grupo que faz oposição ao governador Silval Barbosa (PMDB). Já a base governista ainda não definiu qual rumo vai tomar e estuda lançar vários nomes como o do ex-vereador cuiabano Lúdio Cabral (PT), o vice-governador Chico Daltro (PSD), o ex-prefeito de Água Boa Maurição Tonhá (PR), o suplente do senador republicano Blairo Maggi, Cidinho dos Santos e até mesmo o próprio Maggi. Também podem entrar na disputa o juiz federal Julier Sebastião da Silva, assediado pelo PT e PCdo B. Este tem até 5 de abril para decidir se deixa a magistratura para concorrer.  

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • sergiodofiltro | Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2014, 07h43
    4
    0

    POR QUE PAROU COM A PIADA TAVA GOSTANDO, MUDA MATO GROSSO

  • Luiz Carlos | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 22h52
    3
    1

    Parabéns Erai, esse PP, partidinho sujo não te merece. Deixe essa turma do Pedro Henry, Azambuja e Ezequiel se afundar sozinhos, não se elemento pra nada.

  • Denner | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 15h17
    4
    0

    Falou tudo, Ondino (Mercedes).

  • Ondino Lima Neto | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 13h23
    4
    0

    A piada já tinha ido longe demais.

  • Elias Santos-ex vice prefeito de chapada | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 12h38
    4
    1

    Que pena! Dentre os empresários do Agronegócio, para mim o Eraí tem um perfil de gestor que o Estado de Mato Grosso precisa, ou seja, um gestor que olha com muito carinho a parte social ele é um homem que tem um grande coração além de ser um administrador super competente, saiu de uma vida de trabalhador braçal e tornou-se uns dos mais importante empresario do seu segmento no mundo.

CONTESTAÇÃO

Taques reage e diz não ser ladrão

Por 21/01/2020, 11h:54 - Atualizado: 02h atrás

pedro taques 680

Como um leão que acaba de acordar de um sono profundo, o hoje advogado Pedro Taques (PSDB), que deixou a cadeira de governador há um ano, decidiu partir pra cima e contrapor quem lhe vincular à corrupção. Afirma que ficou um ano sabático e só apanhando. Agora, reagirá.

Postar um novo comentário

EM SORRISO

Rossato tem 5 opções e deve lançar ex-vereador para duelo com prefeito

Por 21/01/2020, 11h:44 - Atualizado: 06h atrás

rossato 680 sorriso

Dilceu Rossato (centro) e aliados Cesar Schevinski, Silvana Faccio, Alei Fernandes, Cláudio Oliveira e Ilton Polizello

O ex-prefeito de Sorriso, empresário Dilceu Rossato, não vai à reeleição, para pretende mergulhar na campanha do aliado que definir para o confronto nas urnas com o prefeito Ari Lafin (PSDB), que buscará novo mandato.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

MEC credencia 3 faculdades de MT

Por 21/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 21/01/2020, 01h:02

curso mec 680

Em sessão no mês passado, a Câmara de Educação Superior, vinculada ao MEC, aprovou o credenciamento da Faculdade Saber de Cuiabá (FASC), a ser instalada na rua Tenente Thogo da Silva Pereira. O relator Francisco Cesar de Sá se manifestou contra, mas foi voto vencido.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 20/01/2020, 20h:20

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Big John | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h45
    3
    0

    Com um conselheiro desse, se fosse agora... seria depois a cassação.

  • Ramon | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 07h08
    8
    0

    Com um " conselheiro" como Yuri , pode- se ter em mente uma série de equívocos.

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

PALÁCIO PAIAGUÁS

Mauro inicia 2º ano sem trocar staff; Taques mudou 7 no mesmo período

Por 20/01/2020, 10h:18 - Atualizado: 20/01/2020, 10h:27

mauro mendes posse 680

Mauro Mendes (DEM) entra o segundo ano de mandato sem promover uma mudança no secretariado. Todos 16, incluindo os que tocam a PGE e a Controladoria, estão nos postos desde 1º de janeiro de 2019.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • andreia | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 15h19
    3
    5

    Jesus não agradou todo mundo, mas a sec. marioneide, vem desenvolvendo um trabalho, não é facil pegar as escolas todas arrebentada, aos poucos vai se arrumando, temos que ter esperança.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478