Blog do Romilson Cuiabá, 29 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

POSSE

Riva chora e agradece a família e os mais de 93 mil votos nas urnas

   Após quase sete meses longe da Assembleia, o deputado José Geraldo Riva (PP), empossado para seu quinto mandato, sentou novmente no lugar onde se sente mais a vontade, a cadeira de presidente da Casa. Eleito para conduzir o Legislativo no biênio 2009-2010, o progressista não pode concluir a tarefa, pois teve seu mandato cassado em julho do ano passado. No entanto, o Regimento Interno prevê que a solenidade de posse seja conduzida pelo último presidente eleito. Emocionado, Riva agradeceu sua família e, com lágrimas nos olhos, lembrou dos mais de 93 mil votos que obteve em outubro do ano passado.

   Desta forma, Riva conduziu toda a cerimônia na manhã desta terça, 1º de fevereiro, e teve a oportunidade de mostrar que o embate com a Justiça Eleitoral não o desanimou. Armado de toda a sua experiência, ele foi modesto em dizer que, provavelmente, era um dos deputados empossados mais nervosos.

   Mas apesar do nervosismo alegado, Riva usou palavras fortes para destacar os desafios e principais dificuldades enfrentadas pro Mato Grosso. Falou com prioridade de todas as principais áreas críticas do Governo: economia, meio ambiente, desenvolvimento rural, saúde, educação e segurança pública e não se intimidou ao cobrar mais atenção e ações pontuais do governador Silval Barbosa (PMDB).

   De acordo com o deputado, o fortalecimento do agronegocio é de extrema importância para o desenvolvimento do Estado e deve ser uma das principais metas do Governo. “O setor ainda é visto com olhos preconceituosos, mas os produtores rurais, pequenos ou grandes, encontrarão na Assembleia o caminho para suas lutas e reivindicações”, pontuou, fazendo um apelo para a priorização da agricultura familiar e o fortalecimento da Empaer.

   O progressista também lembrou que os países que mais cresceram no mundo investiram em educação, ciência e tecnologia. “É uma ação de inclusão social”, destacou. Ao colocar o Legislativo à disposição da Unemat, cobrou a aplicação da receita mínima prevista em lei e criticou o setor. “Nossa educação estatal não pode continuar servindo como modelo de produção e reprodução de desigualdades sociais”.

   Com o colega de partido, Pedro Henry (PP), no comando da secretaria de Estado de Saúde (SES), Riva poupou críticas e preferiu apostar em uma boa expectativa para o setor. “Acredito que a nova gestão vai dar uma resposta contundente e apontar soluções para que possamos fortalecer a saúde pública”, disse. “Esta Casa mostrou que não está alheia a essas discussões e chegou até a criar uma CPI para acompanhar a Saúde”, completou. Já em relação à segurança pública, o parlamentar alertou que é preciso buscar a coesão entre as polícias civil e militar e todos os segmentos do setor para oferecer um serviço de qualidade.

   Em meio à análise, Riva destacou que os discursos de posse devem ser maduros e proporcionar reflexão sobre o papel dos deputados. Neste sentido, ele falou sobre a principal preocupação do Governo. “A Assembleia, além de produzir leis, tem que realçar a sua preocupação em fazer da Copa de 2014 não só um evento memorável, mas um legado de desenvolvimento economico e social para a população”, citou. Além disso, ele acredita que os deputados empossados devem ultrapassar as fronteiras do Mato Grosso e se unir a parlamentares de outros Estados e da esfera federal. “Pretendo promover uma discussão de reformas nacionais”, destacou.

   Depois de falar sobre os desafios do Estado, o progressita falou de sua trajetória na Casa. “No meu quinto mandato como deputado quero citar algumas conquistas como o Fethab, a nova sede do parlamento, a consolidação do Gaeco, implantações salariais nas diversas categorias e até as privatizações, que chegrama a ser impreeendidas, mas já provam que foram um grande ganho para a sociedade”.

   Ao assumir o novo desafio, ele ressalta que para desempenhar um bom trabalho, ele deve começar adequando a Assembleia aos anseios da sociedade. “Vou propor ao colegiado, em nossa primeira reunião, a realização de sessões regionais. Em cada região desse estado deveremos fazer pelo menos uma sessão por mês”, anunciou.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • silvia | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 10h48
    0
    0

    Valeu Dep.RIVA!!! As tuas lágrimas é de agradecimento,de recompensa,de vitória, de fé... Parabéns pela coragem... Até a proxima se DEUS quiser.

  • Jedae | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 09h49
    0
    0

    Tem que chorar mesmo. Depois de perder a imunidade e correr perigo de rodar de patamo negra, foi duro. Agora ele chegou novamente na era da bonança. Os excêlentes ventos estão de volta. Do teu passado já não me lembro mais!

  • otair antunes | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 08h14
    0
    0

    valeu dep. Riva vc merece tudo de bom. agora vamos para governador com muita fé..........e Deus quér vc lá........???????

FAMILIOCRACIA

7 deputados têm esposas, irmãos e tio candidatos - saiba quem

Por 28/09/2020, 19h:05 - Atualizado: 04h atrás

max andreia 680

Dos 24 deputados estaduais, sete contam com algum familiar na disputa eleitoral de 15 de novembro, seja a prefeito, vice e/ou a vereador.

Postar um novo comentário

EM CUIABÁ

8 ex-vereadores querem voltar

luiz pocao 680

Oito ex-vereadores pela Capital se inscreveram para o teste das urnas, na esperança de reconquistar mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • marta | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 14h04
    0
    0

    marta, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INVESTIGAÇÃO

Pela 2ª vez, Câmara de Cuiabá vota amanhã relatório da CPI do Paletó

Por 28/09/2020, 10h:01 - Atualizado: 28/09/2020, 10h:09

convocacao cpi 680

A Câmara de Cuiabá realiza amanhã, às 9h, uma sessão extraordinária por videoconferência para votar, de novo, o relatório da CPI do Paletó. A convocação já foi feita pelo presidente Misael Galvão - veja documento acima.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eloi Wanderley da Silva | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 10h35
    11
    2

    Se for arquivado novamente será uma desonra a classe política municipal de Cuiabá. Contra imagens não há argumentos, vamos ficar de olho na corja que pedirá arquivamento da CPI do paletó.

CASANDO A IMAGEM

A segunda "senadora de Bolsonaro"

Por 28/09/2020, 09h:38 - Atualizado: 28/09/2020, 09h:40

fernanda adesivo 680

Em 2018, Selma Arruda fez campanha como "senadora de Bolsonaro". Todo material publicitário trazia imagem dela colada à do presidente.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dra Alice Albuquerque | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 14h01
    4
    5

    Patético. Uma mulher sendo capacho de um incapaz.

  • Antonio Miguel da Silva | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 13h04
    5
    2

    Só uma pergunta, ela está mentindo ou o povo tem que aceitar realmente que ela é de fato a candidata escolhido pelo presidente

UM VICE DESCARTADO

Queria tudo, ficou sem nada

Por 27/09/2020, 18h:46 - Atualizado: 27/09/2020, 18h:51

niuan ribeiro 680

Alçado vice-prefeito de Cuiabá a partir de 2017, Niuan Ribeiro se sentiu grande. Achou que atingira tamanha envergadura que lhe possibilitaria ocupar todos espaços políticos possíveis que viriam pela frente, seja de prefeito, de senador, seja de dirigente partidário.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Carlos | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 17h01
    1
    0

    ...e para sempre!!!

DERROCADA

Desacreditado e isolado, PT disputa em 4 pólos apenas com chapa pura

Por 27/09/2020, 13h:48 - Atualizado: 27/09/2020, 13h:51

julier 680

Nocauteado pela chegada da direita ao poder, o PT ficou tão fragilizado e desacreditado que, nos 10 maiores municípios de MT, só lançou candidato a prefeito em quatro (Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Cáceres). E, mesmo assim, com chapa pura.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Janio carlos | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 05h06
    0
    0

    Janio carlos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro Laurin | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 22h36
    10
    28

    Espera pra ver. O PT é quem defende trabalhadores.

  • Beto | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 20h44
    27
    8

    pt NUNCA MAIS.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2607