Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Semana é de expectativa para candidaturas com decisão de Blairo e a filiação de Julier

Tendência é o senador, sob pressão e provocação de todo lado, assumir a pré-candidatura, o que "mataria" outras pretensões

Por 30/03/2014, 22h:17 - Atualizado: 30/03/2014, 22h:43

Esta semana será decisiva e importante para líderes políticos e para se ter uma clareza do quadro majoritário às eleições de outubro. Blairo Maggi (PR) vai dizer nesta segunda, em reunião com partidos da base, se topa ou não encarar a terceira candidatura a governador. Na quarta, Julier Sebastião da Silva, que acaba de deixar a carreira de magistrado, vai se filiar ao PMDB para tentar algum cargo eletivo, que pode ser de deputado federal, de vice ou de governador. Lúdio Cabral (PT) segue se articulando, torcendo para Blairo desistir de vez e para Julier se transformar num blefe, o que abriria mais chance do petista se consolidar como candidato da situação e apoiado pela presidente Dilma. Pedro Taques, da oposição, também está na trincheira, aguardando desdobramento dos acontecimentos políticos da semana.

A maior expectativa é sobre o destino político de Blairo. Pressões da base, de setores organizadores e do Palácio do Planalto estão dando força ao coro “Volta, Blairo”. Em conversas informais, ele admite entrar no páreo. Se isso acontecer, o ex-governador por dois mandatos “mata” as demais pretensões. Essa decisão sai a partir de terça, um dia após o encontro do senador licenciado com representantes de 9 partidos situacionistas: PR, PMDB, Pros, PSD, PC do B, PRB, PSC, PT e PP, que já está com um pé no palanque de Taques.

Embora Lúdio seja hoje o nome mais forte do bloco governista, já pontuando em segundo lugar nas intenções de voto, a entrada de Blairo como pré-candidato o tiraria do páreo. “Engoliria” também Julier e traria dor de cabeça para Taques. Blairo se mantém no muro, por enquanto. Mas seus aliados mais próximos dizem que ele deve mesmo disputar o Palácio Paiaguás, achando que pode repetir a estratégia de 2002, quando topou ser candidato a 90 dias das eleições. Apresentou na época discurso por honestidade e transparência, por um novo jeito de se fazer política, simbolizando os compromissos “na palma da mão”. Ganhou no primeiro turno. Fez bom mandato e se reelegeu.

Ednilson Aguiar

blairo maggi

O empresário Blairo Maggi (PR), em 30 de março de 2010, quando deixava o mandato de governador

Nome com forte densidade eleitoral, quando decide de última hora, obtém lá suas vantagens: não atropela etapas, torna a campanha mais barata e surge como “novidade”, embora já testada, após assistir aliados serem queimados no processo de viabilizar candidaturas e ainda com chances de arregimentar lideranças em poucos dias. Na trincheira, Blairo se preparou para isso, embora não admita publicamente. Mandou para o PTB o antigo afilhado político Luiz Pagot; para o PP o primo Eraí Maggi e para o PSB o amigo de infância e ex-prefeito de Rondonópolis Adilton Sachetti. Tem vários aliados em outras legendas, inclusive de partidos que hoje estão apoiando Taques. Daí a expectativa sobre Blairo.

Ademais, vive sob pressão da presidente Dilma e do ex-presidente Lula para voltar a concorrer à sucessão estadual, nem que seja pela chamada terceira via, com poucos partidos e correndo por fora, tendo de um lado um candidato do Paiaguás e de outro o opositor Taques.

Blairo encarou como provocação as declarações do presidente do PDT, Zeca Viana, que considerou o ex-governador sem tanto prestígio e está com imagem desgastada. Isso o deixou na bronca. De quebra, a presidente Dilma fez novo apelo ao senador, enfatizando que seu nome seria o único capaz de derrotar Taques. Dilma quer jogar pesado para não deixar o pedetista ganhar o governo de MT por entender que este, no Senado, está agindo de forma dura contra o governo, tanto que não só foi a Procuradoria-Geral da República pedir investigação contra a presidente no caso da Petrobrás, como assinou pedir de CPI.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Milton Ribeiro | Segunda-Feira, 31 de Março de 2014, 16h20
    3
    0

    Aposto 100,, contra 1, que Blairo é candidato a Governador!

  • Maria | Segunda-Feira, 31 de Março de 2014, 14h40
    2
    5

    Senador Blairo, honre os votos que o povo te elegeu, não desgaste, Vossa Excia já governou o estado por duas vezes, 2014 o gigante acordou é o senador PT na cabeça.

  • mario | Segunda-Feira, 31 de Março de 2014, 14h24
    3
    4

    deus me livre blairo, gente o cidadão não quer ser candidato e mesmo assim querem que ele seja....esses politicos pucha sacos de blairo são irreponsaveis..... ---os maquinarios acabou só alegria....pegaram dinheiro nosso nosso e não vão todos pagar nem uns 50 mil reais de multa.....só alegria só alegria.... quem ta fora quer entrar e quem esta dentro não quer sair.....

  • CIBELE | Segunda-Feira, 31 de Março de 2014, 14h09
    4
    1

    É BOA BOA EM QUE TINHAMOS ESTRADA, AGORA AMARGAMOS 4 ANOS DE ABANDONO

  • Ademir | Segunda-Feira, 31 de Março de 2014, 07h32
    11
    6

    Quero que os dois (Blairo e Taques) se matem na campanha. Pq de qualquer jeito vou votar no Muvuca.

CONTESTAÇÃO

Taques reage e diz não ser ladrão

Por 21/01/2020, 11h:54 - Atualizado: 03h atrás

pedro taques 680

Como um leão que acaba de acordar de um sono profundo, o hoje advogado Pedro Taques (PSDB), que deixou a cadeira de governador há um ano, decidiu partir pra cima e contrapor quem lhe vincular à corrupção. Afirma que ficou um ano sabático e só apanhando. Agora, reagirá.

Postar um novo comentário

EM SORRISO

Rossato tem 5 opções e deve lançar ex-vereador para duelo com prefeito

Por 21/01/2020, 11h:44 - Atualizado: 07h atrás

rossato 680 sorriso

Dilceu Rossato (centro) e aliados Cesar Schevinski, Silvana Faccio, Alei Fernandes, Cláudio Oliveira e Ilton Polizello

O ex-prefeito de Sorriso, empresário Dilceu Rossato, não vai à reeleição, para pretende mergulhar na campanha do aliado que definir para o confronto nas urnas com o prefeito Ari Lafin (PSDB), que buscará novo mandato.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

MEC credencia 3 faculdades de MT

Por 21/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 21/01/2020, 01h:02

curso mec 680

Em sessão no mês passado, a Câmara de Educação Superior, vinculada ao MEC, aprovou o credenciamento da Faculdade Saber de Cuiabá (FASC), a ser instalada na rua Tenente Thogo da Silva Pereira. O relator Francisco Cesar de Sá se manifestou contra, mas foi voto vencido.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 20/01/2020, 20h:20

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Big John | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h45
    3
    0

    Com um conselheiro desse, se fosse agora... seria depois a cassação.

  • Ramon | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 07h08
    8
    0

    Com um " conselheiro" como Yuri , pode- se ter em mente uma série de equívocos.

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

PALÁCIO PAIAGUÁS

Mauro inicia 2º ano sem trocar staff; Taques mudou 7 no mesmo período

Por 20/01/2020, 10h:18 - Atualizado: 20/01/2020, 10h:27

mauro mendes posse 680

Mauro Mendes (DEM) entra o segundo ano de mandato sem promover uma mudança no secretariado. Todos 16, incluindo os que tocam a PGE e a Controladoria, estão nos postos desde 1º de janeiro de 2019.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • andreia | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 15h19
    3
    5

    Jesus não agradou todo mundo, mas a sec. marioneide, vem desenvolvendo um trabalho, não é facil pegar as escolas todas arrebentada, aos poucos vai se arrumando, temos que ter esperança.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478