Blog do Romilson Cuiabá, 01 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Silval ainda conta com apoio de 6 partidos

Por 06/03/2014, 09h:20 - Atualizado: 06/03/2014, 09h:52

Os principais cargos no Governo Silval estão sob quatro partidos (PR, PMDB, PT e PSD) e, mesmo assim, o peemedebista administra com apoio de seis na Assembleia, somando-se ao PTB e PSDB. Mas, como a oposição é "apagada", evitando o enfrentamento da máquina, Silval conduz o Palácio Paiaguás com certa tranquilidade, a não ser quando surgem algumas críticas pontuais que partem de vozes que, sem eco, acabam sufocadas. O bloco situacionista era maior, pois tinha o PP e o DEM, que desembarcaram do governo e hoje integram a oposição.

Partidos e seus líderes começam a se movimentar em busca de composições e de cargos eletivos. Aliados a isso, soma-se ao fato da administração peemedebista enfrentar desgaste e também estar com os dias contados, o que leva a oposição a ganhar reforço naturalmente, no embalo do sentimento de mudanças. A tendência é que a partir de agora suba o tom das críticas ao governo.

As negociações convergem para duas principais candidaturas a governador. Uma é captaneada pelo senador Pedro Taques (PDT), que monta palanque de oposição com um grupo que pode chegar a 10 partidos, entre eles PDT, PPS, PSDB, DEM, PSB, PP, PTB e Solidariedade. A outra surgirá da base, que ainda bate cabeça para escolher quem lançar à sucessão estadual entre os nomes colocados de Maurição Tonhá e Cidinho dos Santos (ambos do PR), Lúdio Cabral (PT) e Julier Sebastião, que promete se filiar à legenda petista para também ser candidato. Mesmo sem definição majoritária, os dirigentes acreditam na unidade entre PR, PT, PMDB, Pros, PSC, PC do B, PSD e PRB.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • joao | Quinta-Feira, 06 de Março de 2014, 15h22
    1
    1

    tem que chamar pr se candidatar ao governo o senador jaime campos, ele vai colocar fazer o concurso para aumentar o efetivo da policia militar.....conversa fiada de aumentar a folha de pagamento..... é queestam colocando dinheiro do estado em outros lugares....má aplicação do dinheiro.

BOLSONARISTA

Ex-suplente "mordido" com Selma por criticar filho de Bolsonaro ouça

Por 01/06/2020, 15h:06 - Atualizado: 7min atrás

beto possamai 680

O sojicultor de Sorriso, Beto Possamai (PSL), ainda não digeriu a cassação e, em especial, a falta de habilidade política da ex-senadora Selma Arruda, de quem foi primeiro-suplente e financiador milionário da campanha feita, em parte, com caixa 2.

Postar um novo comentário

EMBATE EM VÁRZEA GRANDE

Jayme quer "esticar" mandato e Flávio fala em quebrar os Campos

Por 01/06/2020, 12h:13 - Atualizado: 03h atrás

flavio vargas 680

Enquanto o senador Jayme Campos se movimenta em Brasília pela prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores, o que beneficiaria a esposa Lucimar com mais dois anos à frente do Paço Couto Magalhães, o empresário Flávio Vargas está em pré-campanha à sucessão em Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • max | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 14h45
    2
    0

    Agora VG é Flavio

  • Israel Borges | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h33
    3
    3

    vamos aguardar flavio so para ver a surra que voce vai tomar

PREOCUPAÇÃO

Pais e crianças pedindo esmolas logo cedo nos semáforos em Cuiabá

Por 31/05/2020, 22h:03 - Atualizado: 31/05/2020, 22h:06

sos 680

É de partir o coração a cena de crianças, logo cedo, por volta de 7 horas, inclusive acompanhadas e exploradas pelos pais, pedindo esmolas ou qualquer outro tipo de ajuda a motoristas nos semáforos em Cuiabá. Alguns são oriundos de outros países, como Venezuela.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • AMLID | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h58
    2
    1

    POIS É , AO CONTRÁRIO DE ALGUNS QUE PODEM USAR O CORONAVOUCHER!!! Nestes caso, só lhes resta pedir e certamente é melhor que roubar ou vender outros acessórios. No caso, seria profissão roubar, vender drogas...... Veja a situação "in loco" antes de emitir opiniões sem quaisquer humanidades.

  • Walter liz | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 09h49
    9
    1

    isso infelizmente virou " Profissão ", e as autoridades não se mexem para resolver

  • AMLID | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 08h16
    6
    3

    ONDE ESTÁ O INSTITUTO MAGGI E SEUS COLABORADORES. ACASO A FOME TEM NACIONALIDADE? TALVEZ ESTA POPULAÇÃO NÃO RENDA VOTOS. Talvez fosse o momento de menos marketing e mais atitudes. Se perdermos um minuto do nosso precioso tempo(assim falam alguns) e conversem com estas pessoas. Alguns possuem nível superior, são profissionais qualificados em seus países e aqui é uma população invisível, assim, como os haitianos e tantos outros. O que nos dá enjoo é saber que muito usam da miséria humana para se tornarem brilhantes marketeiros. FAÇAM E QUE A MÃO DIREITA O QUE A ESQUERDA NÃO VEJA!!!!!

IMPASSE

Entre reeleição e disputa ao Governo

Por 31/05/2020, 15h:40 - Atualizado: 31/05/2020, 15h:44

emanuel pinheiro 680

A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (MDB) vive um impasse político, de olho no presente e pensando no futuro.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Povo otario | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 09h47
    1
    4

    Mané governador e vice Sinval...Riva e Pedro do Taques coordenador de campanha

  • servidora massacrada | Domingo, 31 de Maio de 2020, 21h28
    9
    1

    mil vezes o mané como governador do que esse atual que todo dia trama alguma coisa para retirar algum direito dos servidores publico. em 2022 só vou votar em quem tem compromisso com o servidor publico, chega de apanhar!

  • Maurício coophamil | Domingo, 31 de Maio de 2020, 20h57
    1
    2

    Maurício coophamil, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

FORA DA LISTA

Senador leva reclamação a ministro por constrangimento sofrido em MT

Por 30/05/2020, 21h:33 - Atualizado: 30/05/2020, 21h:40

carlos favaro 680

Inconformado por ter sido ignorado na solenidade da última quinta, em Rondonópolis, com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), o senador Carlos Fávaro levou o caso para Brasília.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Justiceiro | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h37
    1
    0

    Uai esse Brasil aceita tudo um cara que nem eleito foi conseguiram fazer uma gambiarra la em Brasília pra ele tampar a vaga que tomaram no tapetão! Eleitos foram Welington,Jaime Campos, mais esse elemento tá de brincadeira com o povo.

  • Professora | Domingo, 31 de Maio de 2020, 17h16
    10
    0

    Qua fo ganharuma eleição pode reclamar!

  • Ana Amélia | Domingo, 31 de Maio de 2020, 15h02
    21
    2

    kkkkkkkkkk senador do tapetãooooo tem que ser ignorado mesmo

EM SINOP

Pré-candidato passa por cirurgia

Por 30/05/2020, 20h:07 - Atualizado: 30/05/2020, 20h:10

roberto dorner 680

Aos 72 anos, o empresário e pré-candidato a prefeito de Sinop, Roberto Dorner, está hospitalizado. Se recupera de uma cirurgia.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Claudiano Almeida | Sábado, 30 de Maio de 2020, 23h15
    2
    1

    Que DEUS esteja operando com suas 🤚em sua Saúde do Senhor Roberto Doner força e melhoras 🙏👍🤠

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2550