Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Julho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

TROCO NAS URNAS

Sob gozação de “senador sem voto”, Medeiros sai das urnas como o 2º mais voto a federal por MT

Com 82.528 votos, parlamentar silencia os críticos e surpreende os céticos

Por 27/10/2018, 16h:20 - Atualizado: 28/10/2018, 11h:49

Desacreditado pelas lideranças e boicotado antes e durante praticamente todo processo eleitoral, zombado por petistas que, numa campanha sistemática para queimá-lo, chamavam-no de “senador sem voto” e de “sem noção”, além de acusá-lo de “fraudar ata”, José Medeiros emergiu das urnas como uma força política autônoma. Calou a boca dos críticos e surpreendeu os céticos.

jose medeiros 250

Deputado eleito José Medeiros em carreata

Sem estrutura de campanha e concorrendo pelo nanico Podemos, Medeiros foi o segundo mais votado em Mato Grosso, conquistando cadeira de deputado federal com 82.528. Os chamados votos espontâneos “brotaram” de todos os 141 municípios. Quase todos de eleitores que querem renovação na política e passaram a admirá-lo pela retidão, pela postura firme no Senado, especialmente no combate à quadrilha que se formou em torno do PT que, sob Lula e Dilma no Planalto, quebrou e afundou o país na corrupção. Milhares acompanham suas atividades nas redes sociais.

Na primeira tentativa a cargo eletivo, em 2006, Medeiros só obteve 8.175 votos à Câmara Federal, pelo PPS. Policial Rodoviário Federal em Rondonópolis, ele passou a atuar nas articulações políticas como membro da Executiva da legenda socialista. Em 2010, foi indicado primeiro-suplente de Pedro Taques ao Senado. A chapa saiu vitoriosa e, quatro anos depois, Taques renuncia para se tornar governador, levando Medeiros a ganhar de presente os quatro anos de mandato. E se tornou uma das poucas vozes no Congresso a enfrentar o petismo. Conviveu com briga jurídica fraticida com o empresário de Sinop, Paulo Fiúza (PV), que alega ser dono da primeira-suplência e sustenta tese de fraude na ata de 2014, com alternância dos nomes na hora da homologação do documento na Justiça Eleitoral. Já na pré-campanha à reeleição ao Senado, Medeiros é surpreendido com a decisão do TRE-MT, que cassou o seu mandato e mandou empossar Fiúza de imediato. Abatido, desistiu da recandidatura e apostou as fichas na disputa à Câmara. Em outra frente, recorreu ao TSE e conseguiu suspender a decisão do TRE, prosseguindo no cargo até hoje.

Votação

As maiores votações de Medeiros, defensor intransigente do presidenciável Bolsonaro, vieram justamente dos três principais colégios eleitorais, sendo Cuiabá (17.436), Rondonópolis (17.131) e Várzea Grande (7.239). Mesmo em municípios não visitados pelo senador no decorrer na campanha, obteve-se boa votação.

Proporcionalmente, Medeiros “abocanhou” mais votos em Guiratinga, no Sul do Estado. Ali, na origem, chegou aos 1.570, o que representa 32,9%. Explica-se: hoje aos 48 anos, o potiguar de Caicó não nega a infância de garoto pobre e sofrido. Viveu parte da infância no distrito de Vale Rico, em Guiratinga.

Medeiros também conquistou 11% dos votos válidos (170) na vizinha Tesouro. Até mesmo do Araguaia, o senador do Podemos saiu com votação expressiva. Em Barra do Garças obteve 1.150 e outros 1.238 em Nova Xavantina.

Em vários municípios, contabilizou acima de mil voto, como em Campo Verde (1.093), Jaciara (1.865), Juína (1.168), Lucas do Rio Verde (1.099), Nova Mutum (1.285) e Pontes e Lacerda (1.048).

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Maria Elizabeth Freitas | Quarta-Feira, 09 de Janeiro de 2019, 14h48
    0
    0

    Ele é muito bom mesmo, vai melhorar, vai ficar ótimo

  • Paulo Costantin Nopla. | Terça-Feira, 30 de Outubro de 2018, 14h22
    2
    0

    Sem "Puxa saquismo". O Zé Medeiros mereceu ser eleito. Foi um excelente estrategista. Viu que seria muito dificil,sua eleição como senador, então optou humildemente,descer um degraú,e se candidatar a uma vaga de dep.federal. Foi tiro na mosca. Foi eleito com sobra. Vai continuar com visibilidade,por mas 04 anos,podendo até,e com muita moral,concorrer a vaga de prefeito de Rondonópolis,com chances de ser eleito. Essa HUMILDADE,faltou ao gov. Pedro Taques.Que mesmo vendo sua imagem muito arranhada,mesmo assim foi tentar a reeleição a governador do estado. Deu a lógica! não foi eleito. Talvez se tentasse, a dep.federal,teria chance de se eleger,e continuar na atividade politica,e em Brasilia.

  • Iracema Pereira da Silva | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 16h33
    7
    2

    Esse tem todo o meu respeito. Parabéns Deputado.

  • Marinalva | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 13h24
    4
    2

    Excelente matéria. O Brasil precisa de políticos assim.

  • Gutemberg Gomes de Abreu | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 11h24
    6
    4

    votei nele porque acompanhei o seu trabalho no senado que merece elogios porque enfrentou os caciques do congresso é sério e competente

  • Joilza | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 07h56
    4
    3

    Acompanhei seu trabalho. Fez um excelente trabalho com com bravura e desempenho. Nos representou, ouviu nossa voz, responde nos perguntas. Parabéns. Meu muito obrigada!🇧🇷🇧🇷🇧🇷 Continue nos representando. Se tiver um bom trabalho, o meu voto para governo é seu. Meu trabalho é de graça.

  • mariane F. de Flores | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 00h21
    11
    5

    Medeiros, de fato, me representa. É um político de postura. E só de ser contra o PT já tem o meu apoio

  • Manuel Alexandre Barão | Sábado, 27 de Outubro de 2018, 23h15
    12
    4

    Esse cara, ele veio para acrescentar, novo, com caráter, inteligente e forte!!! Vai nos representar muito bem!!!!

  • Beto Indignado | Sábado, 27 de Outubro de 2018, 20h34
    11
    3

    Parabéns, Romilson. Show de artigo.

RESGATE HISTÓRICO

Banana na TV em 85 foi para Dante e não para professores, explica Júlio

Por 21/07/2019, 14h:21 - Atualizado: 44min atrás

Reprodução

julio campos banana tv

Então governador Júlio Campos dá banana a Dante de Oliveira, que, na disputa a prefeito, em 85, lhe provocara

O ex-governador Júlio Campos carrega há décadas uma carga jogada pela oposição sobre seus ombros que não lhe pertence. Tudo por causa do gesto de uma banana diante das câmeras de tv, em 1985, no pico das eleições para Prefeitura de Cuiabá. Essa banana foi para Dante de Oliveira, mas, espalhou-se, maldosamente, que fora para os professores. E até hoje ele carrega essa pecha.

Postar um novo comentário

EXECUTIVO-LEGISLATIVO

Governo aprova o que quer na AL

Por 21/07/2019, 08h:00 - Atualizado: 20/07/2019, 19h:26

Mayke Toscano

mauro mendes 680

Mesmo com articulação política fraca e com meia dúzia da oposição fazendo barulho, o governador Mauro Mendes tem aprovado o que quer na Assembleia. Dos 24 deputados, pelo menos 20 votam com o governo.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • JORGE LUIZ | Domingo, 21 de Julho de 2019, 10h03
    2
    0

    O SITE ESTÁ ENGANADO REDONDAMENTE É SÓ ACOMPANHAR O DIÁRIO OFICIAL NA PARTE DE EVENTO DE PESSOAL QUE VERÁ O QUE É ARTICULAÇÃO, TODO DIA TEM CONTRATO TEMPORÁRIO A DAR DE PAU NAS SECRETARIAS DE SAÚDE E DE EDUCAÇÃO, QUEM NÃO QUER VER O QUE ESSE DESGOVERNO ESTÁ FAZENDO COM A FOLHA DE PAGAMENTO SÃO OS SITES DE NOTÍCIAS E O TRIBUNAL DO FAZ DE CONTAS - TCE

  • Matheus | Domingo, 21 de Julho de 2019, 08h58
    3
    0

    A assembleia legislativa, bem como o tribunal de justiça, além do ministério público, tornaram-se efetivamente, apenas um " puxadinho", do poder executivo! Só chancelam as determinações do governador!

EM CUIABÁ

Família Garcia quer Fabio na disputa a prefeito e cita exemplo de Mauro

Por 20/07/2019, 16h:44 - Atualizado: 20/07/2019, 16h:48

fabio garcia 680

Mesmo fora do Governo Mauro Mendes, o que o tira força política, e morando em Rondonópolis, o ex-deputado federal Fábio Garcia não perdeu as esperanças de ser candidato a prefeito de Cuiabá pelo DEM.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Emilia Luiza | Domingo, 21 de Julho de 2019, 07h32
    0
    0

    Estar em recuperaçao Judicial nao sera' o problema do Fabio Garcia para disputar a Prefeitura em 2020, o problema e' o seu desligamento total da politica de Cuiaba' e de MT. Siquer atende os telefonemas ,zap e email dos seus companheiro do DEM e aliados politicos. Optou pelo rico sogro de Rondonopolis e abandonou os amigos de Cuiaba'. Assim nao ganha eleiçao de jeito nhenhum.

LAZER

Prefeitura de Cuiabá destina R$ 2 mi pra construir parques pet em bairros

Por 20/07/2019, 08h:33 - Atualizado: 20/07/2019, 08h:37

jos� roberto stopa 680

A Prefeitura de Cuiabá vai construir parques pet em diversos bairros. Vão ser gastos nesses projetos R$ 2,1 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dos santos | Sábado, 20 de Julho de 2019, 13h03
    5
    2

    Era só o que faltava. Não tem coisa mais útil para se preocupar e investir o dinheiro publico? Nada contra os pets, mas eles pagam imposto?...Que tal retornar a operação tapa-buracos na cidade, que mais parece um queijo suiço?...que tal montar e executar um grande projeto de arborização urbana para amenizar o clima quentissimo da cidade?...Que revitalizar a histórica praça da republica, que esta abandonada ha anos?...existem tantas coisas mais uteis para se destinar esse dinheiro.

  • Afrânio Motta Filho | Sábado, 20 de Julho de 2019, 12h03
    4
    0

    Nada contra os pets, afinal de contas eu tenho duas, a Paçoca e a Pandora. Mas a Prefeitura de Cuiabá poderia olhar com um carinho especial as praças de muitos bairros que se encontram em estado de abandono, servindo de abrigo para consumidores de drogas e para a prática sexual por casais um pouco mais ousados. Um exemplo vivo dessa situação é a nossa praça do Jardim Primavera, que com pouco investimento poderia se tornar um espaço de convivência para a população, e porque não dizer dos pets também. Estamos cansados de reivindicar, de pedir, de nós humilhar diante do poder público municipal, mas entra prefeito e sai prefeito e a realidade continua a mesma. Triste realidade.

VIDRAÇA NA PEDRA

Deputados não se encorajam a criar CPI dos Grampos pra investigar MPE

Por 19/07/2019, 19h:21 - Atualizado: 19/07/2019, 19h:25

Helder Farias

fachada assembleia 680

É curioso ver a movimentação de deputados defendo CPI da Grampolândia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Critico | Sábado, 20 de Julho de 2019, 01h34
    1
    0

    Rabo preso

  • Ari | Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019, 21h46
    5
    0

    Todos c medo. Rabo preso. Estes procuradores são perseguidores

GRAMPOS NO GAECO

Chefe do MPE entre cruz e espada

Por 19/07/2019, 12h:10 - Atualizado: 19/07/2019, 14h:58

jose antonio borges 680 mpe

O promotor José Antonio Borges, há três meses no cargo de procurador-geral de Justiça do Estado, está entre a cruz e a espada.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marlan | Sábado, 20 de Julho de 2019, 06h55
    4
    0

    PAU QUE DÁ EM CHICO DÁ EM FRANCISCO.... NÃO É ISSO? A PM TA CORTANDO A PRÓPRIO CARNE E O MP? A SOCIEDADE EXIGE E MERECE UMA RESPOSTA (INVESTIGÃO) CONVINCENTE...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2395