Blog do Romilson Cuiabá, 22 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Revistas

Tragédia no Haiti gera comoção no mundo

   A revista Época desta semana destaca o terremoto no Haiti, ocorrido na última terça (12), que matou milhares de pessoas, inclusive a missionária brasileira, Zilda Arns. Traz também matéria de alerta sobre o atentado em Angola na seleção de Togo, que pode manchar o brilho da Copa de 2014. Outro destaque é a confiança do secretário de Biodiversidade da ONU, Ahmed Djohglaf, que se diz confiante em acordo para financiar a preservação ambiental.

   Conforme a revista, o governo brasileiro vai mandar equipes médicas para ajudar as vítimas. Milhares de mortos estão amontoados pelas ruas e o atendimento aos feridos é difícil e improvisado. A ajuda estrangeira e as equipes de resgate têm dificuldades para chegar às áreas mais atingidas para prestar socorros os sobreviventes. Na sexta (15), a Organização Pan-Americana de Saúde (PAHO), ligada a ONU, estimou que o devastador terremoto pode ter causado a morte de 50 a 100 mil pessoas no país.

   O presidente do país, René Préval, confirmou que 7 mil corpos foram enterrados em uma vala comum. O governo brasileiro, além de enviar mantimentos, equipamentos e pessoal especializado em resgate, está mobilizando grupos de voluntários de hospitais e da sociedade civil para ajudar no atendimento. Um grupo de 100 voluntários do Grupo Hospitalar Conceição (GHC), em Porto Alegre, aguarda a autorização do Ministério da Saúde para embarcar para o Haiti. Traumatologistas, pediatras e cirurgiões devem ficar no país caribenho de 15 a 20 dias.
 

Postar um novo comentário

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 01h atrás

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    0
    0

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    2
    0

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 21/10/2019, 16h:54

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luciano | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 18h33
    2
    0

    E você não comenta das empresas do Botey e do Jayme porque?

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 21/10/2019, 12h:56

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antônio Joaquim do nascimento neto | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 21h06
    0
    0

    Tem um matérial aqui sobre as calamidade de alto paraguai 93443569 chama eu passo pra vc

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    5
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

RUMO À REELEIÇÃO

Com 13 siglas e podendo atrair o PSL

Por 20/10/2019, 20h:41 - Atualizado: 20/10/2019, 21h:50

emanuel pinheiro deputados 680

Emanuel com os deputados Sílvio Fávero (PSL), Paulo (PP), Avalone (PSDB), Janaína (MDB) e seu esposo Diógenes

A um ano das eleições, o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro já conta com apoio pré-estabelecido ao projeto de reeleição de nada menos que 13 partidos. E tende a aglutinar outros, inclusive o PSL do presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Pedro José Cruz | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 16h45
    0
    0

    Pedro José Cruz , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maria F. Albuquerque | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h16
    5
    8

    Desse jeito vai ganhar no primeiro turno. Até agora não apareceu adversário à altura para derrotar Emanuel. Juntando todos os pré-candidatos da oposição não dá um.

  • Claudiomario | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h31
    8
    11

    Neste quase três anos de mandato, o prefeito tem conseguido vencer as demandas, e tem buscado recursos pra continuar viabilizando esforços respeitando todas as possíveis diferenças politicas e partidárias que possam existir, , tudo dentro da normalidade!!

  • Pedro luis | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 21h59
    21
    9

    Se o eleitor Cuiabano votar no Emanuel, mesmo depois de vídeo do paletó, estará demonstrado que o eleitor não se importa com corrupção, e quem tem atitudes duvidosas é aplaudido. Estará demonstrando também que corrupção não é problema, que não se importa. Estará provado ao mundo que é um exemplo de eleitor, que vota sem se importar com a índole do candidato.

SOB INVESTIGAÇÃO

Promotor denunciado segue do Núcleo de Patrimônio e Probidade

Por 20/10/2019, 10h:44 - Atualizado: 20/10/2019, 13h:37

marco aurelio 680

Denunciado criminalmente pelo MPE por quebra de segredo de Justiça, após investigações do Naco, o promotor Marco Aurélio, ex-coordenador do Gaeco, não deve ser afastado do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438