Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Trator Éder ataca e tira votos de Silval

   Em artigos e nas entrevistas, Éder desce o porrete no tucano e, por outro lado, como não poderia ser diferente, exagera nos elogios à figura do vice-governador. Se o ex-presidente da MT Fomento foi destacado para essa missão de porta-voz do Palácio Paiaguás, agindo como trator na tentativa de patrolar opositores de forma dura e um tanto agressiva, está sendo um erro estratégico. Um secretário de Fazenda já enfrenta naturalmente a ira de alguns segmentos, principalmente do empresariado, por causa da pesada carga tributária. A gestão Éder tem incrementado as receitas e isso é um grande mérito, mas, por outro lado, tem criado instabilidade por causa das operações de combate à sonegação fiscal. Essa linha dura de Éder, de mesclar o técnico com o político, deve tirar voto de Silval.

Éder de Moraes, da pasta da Fazenda  Num artigo intitulado "Silval Barbosa e a cegueira dos parasitas", Éder faz propaganda do seu futuro chefe. "É impressionante o grau de cegueira conveniente, parasitismo, críticas infundadas e, sobretudo, ignorância disfarçada da oposição, que a qualquer preço tenta desvirtuar as ações de sinergia entre Silval Barbosa e a população de Mato Grosso, mais precisamente da Baixada Cuiabana. Tentam confundir o jeito sereno, conciliador, objetivo, sincero e determinado do nosso vice-governador como alguém que precise de brutalidade para se impor". Em outro artigo, com título "Silval Barbosa humaniza a relação com o cidadão", Éder pinta o pré-candidato do PMDB como o melhor gestor do mundo. Afirma que Silval adotou uma forma inovadora de fazer política e governar em parceria com o cidadão. "Tenho acompanhado Silval em várias visitas, principalmente nos bairros, feiras-livres e movimentos sociais, cuja receptividade e empatia com a sociedade cuiabana tem sido a marca desses encontros", escreve o secretário.

   "Autofagia tucana"

   Numa outra abordagem, desta vez com o artigo "Alerta aos cuiabanos: autofagia do PSDB", Éder de Moraes afirma que "(...) Cuiabá está sendo violentada pela política tributária de São Paulo". Afirma que "cidades governadas pelo PSDB, que em tese deveriam compartilhar de experiências inovadoras e de uma relação de co-irmãs, até porque o prefeito da Capital defende com unhas e dentes a candidatura de José Serra à Presidência da República em 2010, (...) não estão tendo convivência honesta, unida pela naturalidade e pela convergência partidária", diz Éder. Depois, prossegue: "(...) No caso dessa relação, Cuiabá está sendo violentada por São Paulo ou Wilson está sendo sendo lesado por José Serra? Parece um jogo combinado, onde um faz caixa em cima do outro".

Pelo visto, enquanto não chegar 31 de março, quando tomará posse como governador e nomeará o seu secretário-chefe da Casa Civil com perfil para político, convergente e conciliador, Silval manterá na linha de frente o trator Éder de Moraes. Quando acordar, poderá ser tarde demais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • JOÃO DE BARRO | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 17h45
    3
    1

    Esse moço tem que dar explicação sua aparição nos meios de comuniação radios, jornais, jornalecos, tvs, blogs, revistas etc... chama muito atenção. Quando custa isso para os COFRES PÚBLICO DE MATO GROSSO!!!! Quem esta pagando essas despesas!!!! Essa moço já apareceu mais que o Govenador, mais que no próprio Presidente da Reublica LULA. MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL - ACORDA!!!! Não é briga de Galo, é o dinheiro público saindo pelo ralo. Nunca se viu uma coisa dessa aqui em Mato Grosso. Esse secretario já apareceu mais de 2324 vezes ao logo desse governo Blairo Maggi. No final do Governo Maggi,dezembro de 2010, vou apresentar para esse Blog, quantas vezes esse Secretario apareceu na Mídia. E o Ministerio Público, vai ter que apresentar a conta quanto foi gasto com o dinheiro público. Esse dinehiro gasto com o Sr. EDER MORAIS, Secretário da SEFAZ, dar para resolver o problema com a Saúde Público do Estado de Mato Grosso.

ESTRUTURA E MUDANÇAS

Seduc corta 55% dos servidores da sede e terá ambiente corporativo

Por 22/10/2019, 22h:49 - Atualizado: 05h atrás

Mayke Toscano

otaviano pivetta 680

O prédio cheio de labirinto, onde funciona hoje a secretaria estadual de Educação, em Cuiabá, empregava até o ano passado, no Governo Taques, nada menos que 1.260 servidores.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

R$ 496 mil em ares-condicionados; MT só tem 1/3 de escolas climatizado

Por 22/10/2019, 16h:08 - Atualizado: 22/10/2019, 16h:17

marioneide 680 seduc

A secretaria de Estado de Educação, sob Marioneide Klimaschewsk, fechou um contrato de R$ 496,2 mil com a empresa Wanda Comércio de Móveis e Equipamentos na compra de aparelhos de ares-condicionados. Mas esse investimento está muito aquém do necessário para se conseguir climatizar todas as 15.888 salas de aula, ocupadas por 395 mil alunos.

Postar um novo comentário

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 22/10/2019, 11h:17

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Otávio | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h29
    0
    0

    Não é de hoje que o disse-me-disse corre solto nesse sentido. Pensei que fosse passar batido mas essa. Eta Mato Grosso ainda falta muito para uma boa moralização.

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    3
    1

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    3
    1

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 21/10/2019, 16h:54

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luciano | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 18h33
    4
    1

    E você não comenta das empresas do Botey e do Jayme porque?

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 21/10/2019, 12h:56

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antônio Joaquim do nascimento neto | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 21h06
    0
    0

    Tem um matérial aqui sobre as calamidade de alto paraguai 93443569 chama eu passo pra vc

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    5
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438