Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Eleição 2012

TRE anula sentença de 2012 contra Clovito e parlamentar se livra de inelegibilidade

Por 11/04/2014, 11h:16 - Atualizado: 11/04/2014, 17h:11

Rodinei Crescêncio/Rdnews

clovito--fotos-ney-(4).jpg

Clovito Hugueney havia deixado de entregar documentos de campanha ao TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) anulou por unanimidade sentença de 2012 que julgou como não prestadas as contas da campanha daquele ano do vereador Clovis Hugueney (Solidariedade), o Clovito. O parlamentar havia entrado com recurso e, agora, com a decisão favorável, permanece elegível.

O processo, que estava sob a relatoria do juiz membro Samuel Franco Dalia Junior, foi instaurado depois de identificadas diversas irregularidades na prestação de contas do parlamentar. Entre elas, estava a falta de apresentação de recibos eleitorais, extratos bancários, além de declaração de despesas realizadas com combustíveis e lubrificantes sem o correspondente registro de receitas e despesas com veículos. Posteriormente, Clovito apresentou a documentação que faltava, mas o fez fora do prazo, resultando na continuidade do processo eleitoral.

Diante da situação, o parecer do Ministério Público Eleitoral foi pela desaprovação mesmo havendo a apresentação dos comprovantes. O Pleno, no entanto, não seguiu o entendimento ministerial e anulou a decisão.

Este, no entanto, não é o único impasse que vem à tona nos últimos meses envolvendo Clovito. Uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas (TCE) na Câmara de Cuiabá, em 2013, apontou irregularidades na contratação de funcionários configurando casos de nepotismo. Entre eles, estava o da esposa do parlamentar, Daniela Ribeiro Cardoso Hugueney, que era comissionada da secretaria de Apoio à Cultura e ao Resgate Histórico e recebia um salário de R$ 8 mil. Além disso, o “pente fino” realizado pelos auditores constatou irregularidades também quanto ao acúmulo de proventos de aposentadoria por invalidez com o subsídio de vereador de Clovito.

Ele era servidor em cargo comissionado no Núcleo de Tesouraria da Câmara e foi aposentado por invalidez, com proventos integrais em 2 de maio de 2002, por meio do ato 156/2002. Desse modo, não poderia exercer atividade laboral. Ele, contudo, seguiu com as atividades parlamentares. Ainda conforme trecho da auditoria do TCE, é um paradoxo pensar que Clovis não possa exercer cargo comissionado na Câmara, mas possa exercer o cargo de vereador, que em tese é um mais sobrecarregado.

Outro entrave apontado pelo documento refere-se à aposentadoria propriamente dita de Clovito, já que, segundo a legislação, quando se trata de invalidez,  ela não tem caráter permanente. “Pois com o avanço da medicina, muitas doenças puderam ser curadas, além do fato se a pessoa voltar a trabalhar se presume a sua cura, e este benefício é cessado”, destacam os fiscais em uma parte da auditoria.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Narciso Lirio | Sexta-Feira, 11 de Abril de 2014, 17h42
    0
    0

    Então, tá. E daí? O que é que vão fazer as "autoridades competentes"?

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

DEM abre prazo até 16 de fevereiro e Júlio será único a se lançar à disputa

Por 27/01/2020, 23h:42 - Atualizado: 02h atrás

julio campos 680

A direção estadual do DEM abriu prazo até 16 de fevereiro, ou seja, daqui a 18 dias, para quem desejar ser candidato à suplementar de 26 de abril para o Senado se manifestar oficialmente.

Postar um novo comentário

EM PRIMEIRA MÃO

DEM prioriza 10 maiores, sobe pra 5 opções em Cuiabá e define em maio

Por 27/01/2020, 22h:11 - Atualizado: 04h atrás

rogerio gallo 680 dem

Rogério Gallo, secretário de Fazenda, se filiará ao DEM, se tornando uma das 5 opções da sigla a prefeito de Cuiabá

Em reunião de cúpula há pouco, no Palácio Paiaguás, o DEM do governador Mauro Mendes decidiu que terá candidatura a prefeito prioritariamente nos 10 maiores municípios do Estado, como Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis. E, no caso da Capital, ampliou-se para cinco o número de pré-candidatos.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • jose | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 23h39
    2
    0

    nenhum vale nada

  • AUDITOR SENIOR | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 23h04
    2
    3

    marcelo Padeiro bom nome

  • Diego A L | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 22h27
    5
    2

    De todos o menos ruim é o Marcelo padeiro, queira sim queira não tem serviço prestado em Cuiabá, mas não voto nele tbem...

COM OU SEM MAURO

Consultando sobre o que já decidiu

Por 27/01/2020, 21h:34 - Atualizado: 04h atrás

Romilson Dourado

wilson santos 680

Mesmo já tendo decidido se aliar a um governo sobre o qual vinha fazendo oposição dura, o deputado Wilson Santos (PSDB) resolveu fazer espécie de um plebiscito entre seus correligionários sobre apoiar ou não a gestão Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

GUERRA SANTA

A mesma que prega harmonia no TCE, persegue e dissemina discórdia

Por 27/01/2020, 19h:59 - Atualizado: 06h atrás

jaqueline jacobsen 350

 

A  conselheira substituta Jaqueline Jacobsen, que nesta segunda participou de culto ecumênico no TCE, invocou a palavra de Deus, defendeu união, amor, harmonia e pregou que se deve fazer as coisas sempre pela Glória de Deus, é a mesma que tentou, por mais de uma vez, desgraçar com a vida de José Carlos Novelli, um dos cinco conselheiros afastados do Pleno.

Postar um novo comentário

ÓRGÃOS PÚBLICOS

Governo abre em março quase 3 mil vagas para estágio saiba os valores

Por 27/01/2020, 13h:47 - Atualizado: 27/01/2020, 13h:54

André Romeu

fachada pal�cio paiguas 1200

O governo estadual está abrindo 2.664 vagas de estágios em diversos órgãos e secretarias para contratação a partir de 1º de março. A bolsa remuneratória tem dois valores.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ahiga Zurac | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 16h07
    5
    0

    Será que dessa vez vai? Vale lembra que em julho do ano passado foi publicado a mesma noticia das vagas do estágio e até então não saiu do papel

  • jj | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 14h50
    4
    1

    BOA

Rondonópolis

Prefeito diz que Santa Casa é buraco sem fundo; gestão desmente assista

Por 27/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 26/01/2020, 22h:24

ernando patio 680 santa casa

Empresário Ernando Cabral, da Acir, uma das entidades que ajudam na gestão da Santa Casa, e prefeito Zé do Pátio

Recursos federais destinados à Santa Casa de Rondonópolis, por meio de emendas parlamentares, estão sendo travados pela burocracia imposta pelo prefeito Zé do Pátio, propositalmente ou não.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 11h00
    1
    3

    MANE DO PALETÓ nunca mais

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2482