Blog do Romilson Cuiabá, 29 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Eleição

Vale do Araguaia terá 4 "novatos" na disputa por cadeira na Assembleia

Por 22/02/2014, 19h:25 - Atualizado: 23/02/2014, 14h:22

Rodinei Crescêncio

ari_julio_soares_sagim.jpg

Pré-candidatos  Ari Dornelles , Julio Cesar, Leandro Soares e Sandro Saggin

Embora as eleições só ocorram em outubro e os pré-candidatos ainda precisem passar pelas convenções, o Vale do Araguaia vive a movimentação da pré-campanha com as articulações dos possíveis candidatos. Em Barra do Garças, principal colégio eleitoral da região, ao menos seis nomes com visibilidade política, buscam o fortalecimento do nome para concorrer a vaga na Assembleia.

A maioria dos pré-candidatos já possui experiência política e concorrerão pela segunda vez ao Legislativo, sendo eles Adalto de Freitas Filho, o Daltinho (Solidariedade); Cândido Teles (PSB), Leandro Soares (PSD) e Eduardo Moura (PPS), que tentarão a sorte mais uma vez. Dos quatro, apenas Eduardo Moura ainda não concorreu à Assembleia, sendo duas vezes candidatos a deputado federal e hoje é suplente.

Outros três nomes vão debutar em uma eleição estadual. O vereador barra-garcense de segundo mandato Julio Cesar (PSDB), o advogado Sandro Saggin (Pros) e o empresário Ari Dornelles (PSD), com domicílio eleitoral em Confresa, no Norte Araguaia.

Veterano e tendo currículo envolvimento em sucessivas polêmicas com a direção estadual do PMDB e ser fritado dentro do partido, o suplente Daltinho enxerga, no recém-criado Solidariedade, a chance de eleição para voltar a ocupar uma cadeira de titular, perdida em 2010, ao não ser reeleito. A mesma pretensão tem o advogado Cândido Teles, que recentemente, teve a oportunidade de assumir por três meses a vaga do deputado Zeca Viana (PDT).

“A convite da direção estadual assumimos o compromisso de reestruturar o PSB e, ao mesmo tempo, viabilizar nosso nome para uma eventual pré-candidatura a deputado estadual. Por onde nós passamos, a receptividade tem sido boa”, diz Teles.

O empresário Leandro Soares, que conta com o apoio do prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias, aproveitou o recente encontro estadual do PSD, em Cuiabá, para fortalecer o projeto político com as principais lideranças do partido. “Estou mantendo contato com prefeitos, vereadores e lideranças políticas para ter uma base sólida nessas eleições”, disse Leandro.

O vereador Julio Cesar, que poderá concorrer pela primeira vez como pré-candidato a deputado estadual, já recebeu a incumbência do PSDB, de representá-lo na região do Araguaia. “Essa é a intenção do diretório estadual e meu nome tem sido articulado para ser esse representante. É um projeto que está sendo amadurecido desde o ano passado e que tem tudo para dar certo”, assinala.

Ainda em Barra, o advogado Sandro Saggin foi apresentado pelo deputado federal Valtenir Pereira (Pros) como o pré-candidato da agremiação no Araguaia. Filho do ex-deputado Lincoln Saggin, Sandro é outro debutante em eleição estadual. Sua experiência eleitoral se resume às eleições municipais de 2012, na condição de vice na chapa de Daltinho.

Novato e com domicílio eleitoral no Norte Araguaia, o empresário Ari Dornelles deve representar o PSD na região. Ele recebeu aval do presidente nacional da sigla, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab e do secretário-geral de Mato Grosso, deputado José Riva, para trabalhar a pré-candidatura. 

Dornelles reforçou que a pré-candidatura ainda é um projeto e que tem conversado com os líderes regionais e partidários para juntos definirem a melhor estratégia para a região. “O que não pode acontecer é o Araguaia seguir sem representatividade”, reforça.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • ARTUR DE QUERENCIA EMPRESARIO | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 17h58
    1
    0

    Aqui NO NORTE ARAGUAIA SÓ SE FALA NO NOME DESTE ARI DA AGENCIA, UM RAPAS TRANQUILO SERENO E NUNCA PARTICIPOU DE POLITICA NEM UMA

  • Alex Abreu | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 16h50
    1
    0

    Sandro Saggin é o nome da vez; É novo, tem penetração na região e está com um trabalho bem feito na faculdade. Vale a pena arriscarmos um novo...

  • MAURO DO PAN | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 09h37
    1
    2

    SAI DAI Hiroche Rodriguês Diniz VOCÊ NÃO SABE O QUE FALA, EM ESTE TAL DE EDNOR NÃO TEM CREDIBILIDADE É O MESMO FOGOIÓ LA DE CANABRAVA QUE NEM .............DELE NO MEU ......... COLOCA AI MEU NOME- MAURO TAVARES TO É FORA DE GENTE ASSIM .

PÓS-CASSAÇÃO

Ex-senadora agora monta escritório advocatício com 2 ex-assessores

Por 28/05/2020, 21h:55 - Atualizado: 02h atrás

selma arruda 680

Juíza aposentada e senadora com mandato prematuramente cassado neste ano por crimes eleitorais, Selma Arruda ainda não conseguiu licença da Ordem para atuar como advogada.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Saulo | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 09h36
    0
    1

    Senadora Selma, tá muito claro a manobra pro Favaro assumir, Eduardo Cardoso petista era seu advogado, Tofoli que deu a liminar também petista, isso é vergonhoso, tem que ter um meio de denunciar isso.

EM RONDONÓPOLIS

Governo Bolsonaro ama índio, diz ministra em MT veja

Por 28/05/2020, 18h:44 - Atualizado: 28/05/2020, 18h:50

damares discurso 680

A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), com um cocar sobre a cabeça, arrancou aplausos em Rondonópolis nesta quinta ao dizer que estava ali realizando a maior obra do Governo Bolsonaro, que é cuidar de vidas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Leonildo | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 21h09
    5
    2

    Que mentira!!!! E a boiada acredita....

  • Alberto | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h47
    4
    1

    Bolsonaro ama índio? Kkkkkk. Quem foi que disse que a cavalaria americana, ao contrário da nossa, foi competente ao exterminar os índios americanos.

EM RONDONÓPOLIS

Senador é ignorado e deixa ato constrangido

Por 28/05/2020, 13h:01 - Atualizado: 28/05/2020, 13h:09

damares favaro 680

O senador Carlos Fávaro (PSD) passou o maior constrangimento hoje, em Rondonópolis, durante ato de entrega de alimentos e máscaras faciais a povos indígenas com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Cristiano | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 16h08
    7
    22

    Medeiros é o candidato do Bolsonaro ao senado!

  • Lourinil | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h56
    16
    32

    Ele estava no lugar errado. Nem senador é só está na cadeira pq fez manobras , o jeitinho para estar lá. O lugar é legalmente da juíza que foi tirada , na proxima eleição Coronel Fernanda a candidata do Presidente

  • Benedita | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h33
    13
    37

    Queria uma beira; si fu, o Medeiros veio foi junto com a comitiva; parabéns deputado José Medeiros, nosso futuro senador!

BATALHA JURÍDICA

Pedido de Albano para voltar ao TCE será julgado pelo Supremo na terça

Por 28/05/2020, 12h:28 - Atualizado: 28/05/2020, 12h:31

gilmar mendes 680

A Segunda Turma do Supremo julga na sessão da próxima terça (2 de junho), um agravo regimental do conselheiro Valter Albano, pleiteando retorno ao cargo. O pedido de HC chegou a entrar na pauta ontem, mas a presidente, ministra Cármen Lúcia, não o colocou em julgamento porque a sessão já havia extrapolado o prazo.

Postar um novo comentário

EM RONDONÓPOLIS

2 pré ao Senado disputam espaço em ato com ministra

Por 28/05/2020, 10h:30 - Atualizado: 28/05/2020, 10h:35

fernanda victorio galli 680

Rúbia Fernanda (de blusa rosa) e seu suplente da chapa ao Senado, Victorio Galli, aguardando chegada da ministra

Dois pré-candidatos à suplementar ao Senado, tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriota), e o deputado José Medeiros (Pode), participam do ato nesta manhã, na sede da Conab, em Rondonópolis, com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

Postar um novo comentário

PREOCUPAÇÃO

Por questão de segurança, Michelle Bolsonaro cancela agenda em MT

Por 28/05/2020, 07h:07 - Atualizado: 28/05/2020, 07h:20

michelle bolsonaro 680

Por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), a primeira-dama Michelle Bolsonaro cancelou sua participação no evento de entrega de cestas básicas para comunidades indígenas hoje, em Rondonópolis.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Elias | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 14h31
    6
    1

    Jedae, raça infame é a tua. Vira este disco. Todo mundo vê o que essa corja está fazendo para dedtruir o Brasil. Somente você e sua corja de mau caráter ainda defende estes milicianos. Pior, não tem a capacidade tem postar um comentário sem agredir petistas, disseminando ódio, espalhando peçonha. Gente gomo você são o câncer da sociedade e precisa ser extirpado com urgência.

  • Jedae | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 10h20
    5
    12

    Ver petistas, comunas e toda raça infame chorar, não tem preço. Bolsonaro, só precisa fazer duas coisas. Primeiro: Não deixar haver roubos em todos os níveis. Segundo: Nunca mais deixar o poder cair nas mãos dessa quadrilha, que se intitula progressistas. De quebra, limpar esse STF, repleto de corruptos e vendidos. Nem sei quem é pior. Se é o ex-carregador de malas do mula ou o ex do Temer, enterno vice da anta!!!!!!!!!

  • MOSSUETO | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 09h46
    9
    4

    Ridícula essa justificativa, o nosso País nunca teve esse tipo de ameaças, mas a falta de postura e respeito com os eleitores é que está gerando esse tipo de reação.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2548