Blog do Romilson Cuiabá, 27 de Novembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Divergências

Wilson culpa juiz por obras empacadas

27/12/2009, 17h:48 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

 
Prefeito cuiabano Wilson Santos transfere responsabilidade sobre projetos paralisados a seu provável adversário nas urnas de 2010

 Wilson Santos, pré-candidato tucano à sucessão estadual, começa a incluir no seu discurso político o nome do polêmico juiz federal Julier Sebastião da Silva, que alimenta expectativa de concorrer também à cadeira de governador. O prefeito de Cuiabá que curte férias com a família no Nordeste joga culpa no magistrado toda vez que é questionado sobre as obras empacadas do PAC. Moradores de alguns bairros vivem o caos por causa de buracos abertos à espera da rede de distribuição de água. A partir de investigação da Polícia Federal que apontou fraudes nos processos licitatórios, Julier determinou interrupção das obras, bloqueio de recursos e de bens de acusados e de empresas, além de prisões.

   Depois, em meio a brigas jurídicas, tudo foi arquivado. As frentes de trabalho precisam recomeçar. A Operação Pacenas, deflagrada em 10 de agosto, trouxe desgaste ao prefeito, que teve aliados próximos presos, como o ex-procurador-geral do Município José Antonio Rosa e o empresário e ex-deputado Carlos Avalone. Agora, sob orientação do seu marqueteiro Antero Paes de Barros, Wilson tenta "carimbar" o juiz federal como culpado pela "lambança" e "ingerência".

   O tucanato já fez manobras parecidas para desqualificar Julier na CPI dos Bingos, em Brasília, quando o magistrado e o MPF apontaram suposto envolvimento de Antero e de outras lideranças do partido com a factoring do ex-policial civil João Arcanjo Ribeiro, acusado de comendar o crime organizado. O calcanhar de Aquiles de Julier é sua antiga militância no PT nos tempos de faculdade. Apesar de não estar mais filiado há 14 anos, desde quando ingressou na magistratura, ele é visto como suspeito pelo tucanato.

    Em pré-campanha pelos municípios, Wilson tem dito que o juiz foi tão afoito para colocar pessoas ligadas ao PSDB atrás das grades que não respeitou nem mesmo os trâmites legais do processo, tanto que foi afastado do caso por determinação do TRF da 1ª Região. Posteriormente, as provas provenientes das escutas telefônicas, gravadas com autorização do magistrado, foram excluídas do processo. Diante disso, o pré-candidato do PSDB ao Paiaguás avalia que já tem argumentos de sobra para culpar Julier. Dirá que o magistrado forjou uma história criminosa a partir das conversas gravadas e inventou os personagens a ponto de confundí-los. Prova disso, dirá o tucano, é que Julier, na ânsia de condenar tudo e todos, confundiu a ex-presidente da Comissão de Licitação de Cuiabá, Ana Virgínia de Carvalho, a Naná, com a empresária Ana Virgínia Ferraz. Filha do ex-deputado estadual Alves de Matos, Ferraz morreu cinco dias após a deflagração da Pacenas e teria R$ 50 mil para receber da prefeitura a título de indenização por um terreno desapropriado. O montante, porém, teria sido atribuído pela PF como pagamento à Naná “sem motivo esclarecido”.

    Wilson sustenta o argumento de que Julier tem interesses políticos em suas decisões, tanto que é pré-candidato a governador. O magistrado, por sua vez, parece não está nem aí. Quando está distante das megaoperações, evita a imprensa e costuma alegar que os fatos falam por si. O magistrado tem defensores intransigentes que destacam a coragem dele no combate ao crime e à corrupção.
 

Postar um novo comentário

ONTEM E HOJE

Coronel que ajudou a eleger Abílio hoje quer distância do ex-aliado

Por 26/11/2020, 19h:16 - Atualizado: 05h atrás

leovaldo sales 680

O coronel PM da reserva Leovaldo Sales, secretário de Ordem Pública de Cuiabá, foi o coordenador e braço fundamental da campanha vitoriosa de Abílio Júnior a vereador, em 2016. Ajudou a arregimentar votos de centenas de fiéis. 

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • jose carleto neves neves | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h19
    7
    13

    Claro que o Sales não quer saber do Abilio,se o Abilio ganhar ele vai perder a mamata na prefeitura

  • Adalberto Rodrigues de Souza | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h18
    5
    13

    Claro, seria incoerência se ele apoiar o 19 agora , pois trabalha para o Paletó ...vão levar taca...

  • Moisés | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h04
    7
    13

    Quem é mesmo esse coroné na fila do pão? É claro que ele vai puxa para o PALETÓ !!!

Rumo às urnas

Abílio avalia se vai ao debate da TV Vila Real

Por 26/11/2020, 16h:52 - Atualizado: 07h atrás

abilio_680

Abílio Júnior (Pode) está refletindo se comparece ou não ao debate, nesta sexta (27), na TV Vila Real, do grupo Gazeta de Comunicação.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • jose carleto neves | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h13
    4
    3

    se fosse eu não ia no debate

  • Eleitor atento | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 21h38
    11
    4

    Quero votar para prefeito de Cuiabá e não pra Delegado de Polícia...voto 15.

  • JUSTO VERISSÍMO | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 19h44
    6
    9

    Abílio vai nao, ja esta praticamente eleito, debater o que com derrotado Mané Paletó Dia 29 voto 19, agora se tivéssemos umas impressas imparciais ai poderia ir.

CÂMARA DE CUIABÁ

Dos 10 vereadores reprovados, Toninho foi o menos votado confira

Por 26/11/2020, 10h:57 - Atualizado: 26/11/2020, 11h:00

toninho de souza 680

Dos 10 vereadores da Capital que não conseguiram se reeleger, o menos votado foi Toninho de Souza (PSDB), justamente o campeão de votos das urnas de 2016. Toninho saiu de 5.620 votos conquistados há quatro anos para apenas 885 desta vez.

Postar um novo comentário

JOGO ELEITOREIRO

Jurídico chancela manobras para Neurilan se perpetuar no poder veja

Por 25/11/2020, 21h:05 - Atualizado: 25/11/2020, 21h:15

debora simone neurilan 680

Advogada Débora Simone Rocha Faria, coordenadora jurídica da AMM, e o presidente Neurilan Fraga: manobras

As várias mudanças no estatuto da AMM, aprovadas em 19 de novembro do ano passado e registradas em cartório, foram conduzidas pelo "eterno" presidente Neurilan Fraga e pela advogada Débora Simone Rocha Faria, coordenadora-jurídica da entidade há vários anos.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Gutemberg Abreu | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 14h23
    9
    1

    Quem paga esse cidadão é o dinheiro dos municípios, portanto do povo! chega de manobra, vai trabalhar!

  • Mauricio | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 09h45
    4
    1

    Mauricio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • DE OLHO | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 08h51
    18
    3

    SERVE PRA QUE ESSA AMM ?? ALÉM DE NADA ?

PEÇA ORÇAMENTÁRIA

Duodécimo do MPE já é quase igual ao da Assembleia

Por 25/11/2020, 16h:25 - Atualizado: 25/11/2020, 16h:30

orcamento 2021 680 mt

O Ministério Público Estadual está prestes a alcançar o valor do duodécimo da Assembleia Legislativa.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Catharina Puntel | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h20
    0
    0

    falta os poderes seguir o exemplo da assembleia e devolver pra instituições e não ficar ai fomentando burocracia gasta mais preenchendo papel do que de fato executando algo útil ou que de retorno pra sociedade

  • ILDO FACCIO | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 09h51
    6
    1

    Mas o duodécimo do MP deveria ser maior que da Assembléia mesmo, porque na Assembléia são 24 Deputados e um único espaço físico, que é próprio, já o MP são mais de 200 Promotores, e pelo menos 141 Unidades instaladas uma em cada Município (nem todos os municípios tem promotoria por falta de ORÇAMENTO), além de todas as estruturas de servidores, veículos, equipamentos e manutenção, ou seja, onde tem mais gastos efetivamente? CLARO QUE É NO MINISTÉRIO PÚPLICO.

  • alexandre | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 18h56
    13
    1

    O dinheiro que sobra nos poderes,falta no executivo.

MANOBRAS NA AMM

Neurilan altera estatuto de novo; 87 novos prefeitos não poderão votar

Por 25/11/2020, 11h:47 - Atualizado: 25/11/2020, 11h:52

neurilan fraga 680

Em mais uma manobra para se perpetuar no poder, o presidente da AMM, Neurilan Fraga, já no segundo mandato e com mais de R$ 20 mil de salário, levou de novo a diretoria a alterar regras do estatuto para se auto-beneficiar eleitoralmente.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Luciano | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 06h54
    4
    2

    Hugo Chaves da AMM...

  • Lindaura de Souza | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 21h04
    2
    0

    Lindaura de Souza, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joao pequeno | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 17h36
    1
    0

    joao pequeno, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2633